Primado de Pedro – Parte I: Onde Jesus chamou a Pedro de “Papa”?


Tu és Pedro

Uma das doutrinas mais rejeitadas pelos irmãos protestantes é precisamente a doutrina do primado de Pedro. Por isso nós Católicos somos insistentemente questionados:

“Mas onde Jesus chama a Pedro de “Papa” , “chefe dos Apóstolos”,  “infalível”, onde?

Se quisermos tomar uma postura defensiva no diálogo com os protestantes, certamente seria pertinente trazer à tona algumas outras perguntas, como: “Onde a Bíblia diz que Deus é uma Trindade?” ou “Onde a Bíblia diz haver mudado o sábado para o dia de domingo”? , “Onde ela disse isso”? …. Porém,  ai é onde cabe ao bom católico dar conta de sua fé.

E para responder a esta pergunta, devemos primeiro entender o que é a essência do papado, porque senão jamais se entenderá de onde sai o papado na Bíblia.

Onde Jesus chama a Pedro de “Papa”, “Chefe dos Apóstolos” , “infalível”? A resposta é clara e simples: Em lugar algum! 

Sim, em  lugar algum! Assim como em lugar algum lemos a palavra Trindade, Encarnação,  ou uma encontramos uma lista dos livros que fazem parte do cânone da Sagrada Escritura e muitos outros temas que os protestantes em geral aceitam sem contestar. Os Católicos percebem que no testemunho das Escrituras, da Revelação Divina, encontram-se verdades implícitas e explícitas, e sobre muitas delas o entendimento da Igreja e do povo de Deus tem sido ampliado e aprofundado ao longo do tempo.  Portanto, na medida que a Igreja aumenta sua compreensão, assim como essa compreensão tem sido enriquecida ao longo do tempo,  mais precisamente se expressa o que a Igreja sempre acreditou e acredita. Daí segue-se que hoje chamamos o sucessor do ministério exercido pelo apóstolo Pedro de “Papa”, do mesmo modo compreendemos que Deus tenha Se revelado em três Pessoas divinas pela “Santíssima Trindade”.

O problema do protestante é levantar a questão errada. A doutrina do papado não depende da terminologia, nem o estilo como ela tem sido praticada ao longo da história. Não importa o nome, mas o ofício!

A doutrina do papado

Hoje, nós poderíamos ou não chamar ao sucessor de Pedro, ou a todo bispo de Roma, de “Papa”, poderíamos nos referir a ele de outra forma e isso não mudaria a essência do papado. O que realmente importa não é a terminologia usada para definir o ofício papal, mas o que a terminologia se destina a explicar. A doutrina do papado tampouco depende do estilo o qual ela tem sido exercida ao longo da história

Muitos protestantes alegam não “encontrar” um Papa nos primeiros séculos cristãos porque não compreendem a essência do papado. Se a pesquisa estiver focada em alguém carregando o título de “Papa”, com roupas bonitas, olhar pomposo e quase ditatorial, exigindo que todos os cristãos sigam suas ordens  – esta é a imagem que a maioria dos protestantes têm do Papa ou bispo de Roma –  obviamente não o encontrarão. Vale a pena ressaltar o comentário do apologista católico Mark Bonocore:

“Nós não vamos dizer que a perspectiva protestante não tenha absolutamente nenhuma validade. Pelo contrário, é verdade dizer que os Papas de Roma por vezes têm exercido um estilo autocrático e ditatorial na história cristã. No entanto, o estilo do papado não define o próprio papado, nem define sua existência na Igreja primitiva.”

Assim, não devemos ter dificuldade em aceitar que o papado existira, mas sim que tenha mudado e evoluído, na medida que a Igreja teve que enfrentar diversos desafios e situações históricas. O papado própriamente dito ( e devidamente definido) existe desde o momento em que Cristo confiou a Pedro alimentar as ovelhas e cordeiros de seu rebanho, e entregou-lhe as chaves do reino dos céus.

Então, qual é a essência do papado, para que possamos reconhecer mais de Escritura e Tradição? Mark Bonocore nos dá um conceito muito concreto e resumido:

“O papado é o ministério do Pastor supremo o qual tem poder e jurisdição para manter a unidade universal e ortodoxia dentro da Igreja Cristã”.

Será que este ministério exercido por Pedro, e então o bispo de Roma, desde os primeiros séculos do cristianismo continua até hoje? Aqui, respondemos sem hesitação que sim!

A essência o exercício do papado nas Escrituras

Se houveram dias importantes na vida de Pedro, um deles foi certamente o dia em que Jesus deu-lhe um novo nome. E talvez argumente o protestante crítico, que alterar o nome de alguém não significa muito. Afinal, nos dias de hoje qualquer um muda de nome,  por exemplo, os artistas o fazem antes de iniciar sua carreira para melhor se ajusterem ao “show business”, outros simplesmente porque estão zangados com a escolha de seus pais desejando, assim, mudarem de nome. No entanto, os nomes antigos tinham uma profunda importância, e muito mais quando o próprio Deus é quem o muda para algo que até então não fora cedido a ninguém. Esta mudança de nome é acompanhada por uma mudança profunda na vida da pessoa, um novo recurso, uma nova identidade.

Então, se nós revisarmos brevemente a Bíblia vamos encontrar algumas mudanças fundamentais de nome: Abrão para Abraão em Gênesis 17,3-6 (porque seria “pai das nações”), Sarai para Sara em Gênesis 17,16 (“Mãe dos Reis” “Princesa frutífera”) Jacó para Israel, em Gênesis 32,28 (para “lutou com Deus e os homens e venceu”), e até mesmo o próprio nome de Jesus em Mateus 1,21 (Salvador de Deus, porque as pessoas iriam salvar-se dos seus pecados).

Como com eles, ocorreu com Simão. Quando Jesus se encontrou com seus discípulos e perguntou: “Quem dizem os homens que Eu sou? Como sempre, assumindo a liderança sobre o resto dos discípulos, Simão é rápido para responder: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”…

Muito boas foram as palavras de Simão, porque o que ele tinha revelado não o fora revelado por  “nenhuma carne e sangue, mas pelo Pai nos céus”. E não poderia errar, porque sua confissão foi o produto da revelação divina. Revelou, em poucas palavras, a identidade de Cristo, o verdadeiro filho de Deus. Jesus devolve o gesto e respostas com o que seria a nova identidade de Simão, o cargo para o qual ele o tinha escolhido, entregue com um novo nome:

“E eu, por sua vez digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” [Mateus 16,18]

Essa mudança é consumada com grande sucesso na vida de Simão. Cristo o deu um novo nome: “Pedra”, e disse-lhe que em que sobre esta Pedra Ele construiria a Sua Igreja. E com um novo nome surge um novo ministério, por isso Pedro naquele dia, também recebeu as ‘chaves’ do céu:

“Eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado no céu.” “[Mateus 16,19]

A semelhança destas palavras e a profecia de Isaías que coloca um novo governante sobre o reino de Judá é impressionante:

“Naquele dia chamarei meu servo Eliaquim, filho de Helcias. 21. Revesti-lo-ei com a tua túnica, cingi-lo-ei com o teu cinto, e lhe transferirei os teus poderes; ele será um pai para os habitantes de Jerusalém e para a casa de Judá. 22. Porei sobre seus ombros a chave da casa de Davi; se ele abrir, ninguém fechará, se fechar, ninguém abrirá; 23. fixá-lo-ei como prego em lugar firme, e ele será um trono de honra para a casa de seu pai.” Isaías 22: 21-23

Portanto, realmente não foi coincidência que Jesus tenha usado estas palavras, mas intencionalmente chama a atenção para o contexto desta profecia, onde um ‘mordomo’ ou ‘administrador’ novo (Eliaquim) está sendo colocado no reino de Judá. A figura do mordomo era muito conhecida porque era um servo a quem o rei entregou as chaves.

O texto de Isaías mostra-nos mais das funções exercidas pelo administrador, um ministro a serviço do rei com a mais alta autoridade subordinada apenas ao rei, e com um papel de paternidade espiritual:  “ele é um pai para os moradores da Jerusalém e à casa de Judá”.

Eliaquim não era realmente um precedente nessa posição. Já em Abraão isso ocorrera com um mordomo (Eliezer de Damasco), demonstrando que mesmo naquele tempo a figura do mordomo já era uma figura familiar. Mais tarde José (filho de Jacó), quando foi vendido como escravo e levado para o Egito, tornou-se administrador de Potifar em sua casa:

“Assim José achou graça em seus olhos, e servia-o e ele o fez mordomo da sua casa e na sua mão tudo o que tinha” [Génesis 39:4]

Veio mais tarde a ser gerente na casa de Faraó:

“E disse em seguida a José: “Pois que Deus te revelou tudo isto, não haverá ninguém tão prudente e tão sábio como tu. Tu mesmo serás posto à frente de toda a minha casa, e todo o meu povo obedecerá à tua palavra: só o trono me fará maior do que tu. “disse Faraó a José:”. Vês, disse-lhe ainda, eis que te ponho à testa de todo o Egito'”[ Génesis 41:39-41]

E assim por diante, encontramos inúmeras referências a mordomos nos reinados de Judá e de Israel ao longo dos séculos em 1 Reis 4.6, 16.9, 18.3, 2 Reis 10.5, 18,18.37, 19,2, 2 Crônicas 28.7, Isaías 22,15, 36,3.22; 37,2. O importante é que em todos estes casos, em cada reino, apenas um mordomo receberia plena autoridade depois  do rei, para tomar decisões que nenhum outro ministro do reino poderia revogar”, ou seja,  abras, e ninguém fechará, feches e ninguém abrirá.”

Jesus é o herdeiro do trono de Davi, assim de acordo com os meios habituais, seleciona um ‘mordomo’ real sobre o seu reino. É nesta ocasião especial, onde Jesus designa Pedro como “Papa”, porque é na entrega das chaves a Pedro como ‘mordomo’ do reino dos céus, que  se capta a essência do ministério petrino.

Visto desta perspectiva, percebe-se muito claramente porque Pedro está listado como a pedra sobre a qual está construída a Igreja. Cristo usa uma metáfora que compara a igreja com uma casa espiritual, onde os cristãos são declarados como parte do edifício. Como todos os edifícios, nem todos os blocos estão no mesmo lugar e nem todos têm a mesma função, assim na Igreja Cristã seus ministérios têm funções diferentes. Pedro, ocupando um ministério especial como ‘mordomo’ do reino, e chefe do colégio apostólico figura como a pedra sobre a qual está construída a Igreja, como com Pedro, outros apóstolos estão contidos em outras metáforas sobre a fundação da Igreja (Efésios 2,20) .

Porém nossos amigos protestantes seguramente hão de contestar:

“Se para os católicos a igreja está construída sobre “Pedro” e não “Cristo”, vocês estão em erro”!

O erro é que eles não entendem em que sentido Pedro é a pedra de Mateus 16:18. Pedro é a rocha sobre a qual é construída a autoridade estabelecida por Jesus Cristo para governar a Igreja, enquanto que a confissão de fé é o fundamento doutrinário do mesmo. Quando os protestantes não fazem qualquer distinção entre os dois,  desfigurando a posição católica, julgam que nós colocamos a nossa fé em “um homem” e não em Cristo.

Mais adiante, não podemos misturar e combinar as três diferentes metáforas usadas para a palavra ‘rocha’ nas Escrituras. Argumentar que  “Pedro não pode ser a pedra, porque Deus é a ‘rocha’ não faz mais sentido do que afirmar que  ‘Abraão’ não pode ser a ‘rocha’ porque Deus é a rocha. São três diferentes metáforas. Nenhuma incompatível com as outras. Deus é a rocha da nossa salvação, Pedro é a rocha sobre a qual está construída a Igreja, Abraão é a rocha da qual o povo judeu foi lavrado. Nenhuma dessas metáforas está em conflito.

O exercício do papado na história

No início destas reflexões, disse que, embora a essência do papado tenha sido sempre a mesma, seu estilo mudou ao longo da história, de modo que a Igreja enfrentou vários obstáculos e desafios.

Quando os apóstolos estavam vivos e eram guiados diretamente pelo Espírito Santo, o exercício do ministério petrino consistiu principalmente de liderança. Ai é onde vemos Pedro como um representante do resto dos apóstolos receber ordens de Cristo para apascentar o rebanho do povo de Deus.

“Depois de comer, Jesus perguntou a Simão Pedro:” Simão, filho de João, tu amas-me mais do que estes? “Ele respondeu:” Sim, Senhor, tu sabes que Te amo. “Jesus disse:” Apascenta os meus cordeiros. “Ele disse-lhe uma segunda vez,” Simão, filho de João, tu me amas? “Ele respondeu:” Sim, Senhor, Tu sabes que eu Te amo. “Jesus disse:” Apascenta as minhas ovelhas. “conta a terceira vez “Simão, filho de João, amas-me?” Pedro entristeceu-se que ele lhe perguntou pela terceira vez: “Tu me amas?” e disse: “Senhor, Tu sabes tudo e sabe que  eu Te amo.” Jesus disse: “Apascenta as minhas ovelhas.” [8]

Este texto é bastante notável, porque, enquanto o trabalho de alimentação do rebanho não é só de Pedro, mas todos os pastores, aqui Cristo dirige-se apenas a Pedro. Pedro é incumbido não apenas do trabalho de pastorear as “ovelhas”, mas também os “Inocentes” (o restante dos apóstolos). Note que Jesus se refere aos outros apóstolos quando pergunta “Tu me amas mais do que estes?”

É também por aqueles que crêem a quem Satanás pede “vos peneirar como trigo” [Lucas 22,31],  mas Jesus ora para que a fé de Pedro não desfaleça [Lucas 22,32]. Porém o mais importante de tudo isso  é  que foi a Pedro quem Cristo confiou confirmar os seus irmãos (os apóstolos) na fé [Lucas 22,32].

Como líder, Pedro é o destinatário da revelação de que os gentios podiam entrar na Igreja [Atos 10,28],  é o primeiro a pregar no dia de Pentecostes [Atos 2,14], é também quem toma a iniciativa na necessidade de completar o grupo de doze [Atos 1,15-22], é ele que fez a primeira cura milagrosa após a ressurreição [Atos 3,6-7] e outros feitos.

Em suma, podemos dizer que a forte liderança de Pedro no Novo Testamento não foi apenas o exercício de seu cargo, mas seu estilo de exercício, foi através da liderança do colégio apostólico.

Dessa forma aconteceu com os ministérios dos bispos de Roma, vemos que durante os primeiros cinco séculos nenhum bispo usurpa da primazia concedida a ele, senão atribui-la segundo o costume antigo, ao bispo de Roma. As objeções freqüentes feitas por alguns protestantes (porque a maioria nega categoricamente tal primazia) quanto a primazia  petrina e a alegação de que ela tenha sido apenas de honra e não de jurisdição não pode ser sustentada devido ao grande número de evidências históricas existentes. Os papas desde os dias dos Apóstolos, não só continuaram a exercer o mais alto tribunal no Ocidente, mas mesmo no Oriente até o grande cisma, no século IX.

Entretanto, já nos primeiros séculos houve-se que exercer esse ofício de diferentes maneiras, e não apenas sob forma de liderança, mas mesmo para disciplinar comunidades rebeldes (como Clemente de Roma para disciplinar a comunidade de Corinto por ter deposto seus pastores), ou servindo como um tribunal supremo e final de recursos.

Um exemplo deste exercício da supremacia judicial temos-no precisamente nestes recursos, já que nunca  se recorre de um superior para um tribunal inferior. Na história da Igreja encontramos apelos ou recursos em todos os lugares (por bispos, patriarcas e até mesmo heréticos) à Igreja de Roma. Muitos exemplos poderiam ser citados, mas alguns serão suficientes:

1) Durante o pontificado do Papa Victor (189 dC – 198 dC), há uma controvérsia sobre as diferenças entre a Igreja de Roma – a qual seguiam quase todas as demais igrejas – e as Igrejas da Ásia, quanto ao dia de celebração da Páscoa. São Policarpo foi à Roma com mais de 80 anos de idade para reivindicar que a data em que se celebra a Páscoa era uma tradição que ele tinha aprendido do prório São João. Por isso, o Papa e São Policarpo mantiveram a paz.

Posteriormente, quando o problema voltou a agravar-se o Papa Vitor  ameaçou excomungar àqueles que não observavam a data segundo a Igreja, e agora intervém São Irineu, que após reconhecer seu compromisso com a observância de Roma, pediu ao Papa para excomungá-los pelo apego que mostravam às suas antigas tradições, uma vez que não se tratava de uma questão de doutrinária. O Papa aceitou não excomungá-los e, eventualmente, acabaram por aceitar a disciplina romana.

2) Dionísio, bispo de Roma, por volta da metade do terceiro século, tendo ouvido que o Patriarca de Alexandria estava errado em alguns pontos da fé,  exige uma explicação e o patriarca, em obediência ao seu superior imediato, acata prontamente sua ortodoxia.

3) Santo Atanásio, patriarca de Alexandria, apela no século IV ao Papa Júlio I, a partir da decisão proferida contra ele pelos bispos orientais. O Papa reverte a decisão do conselho  Oriental e retorna Atanásio a sua sede.

4) São Basílio, Arcebispo de Cesaréia, no século IV também recorre à proteção do Papa Dâmaso.

5) São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla, apela no início do século V ao Papa Inocêncio para uma reparação de injustiças infligidas a ele por vários prelados da África Oriental e da imperatriz Eudoxia de Constantinopla.

6) São Cirilo recorreu ao Papa Celestino contra Nestório pela chamada heresia Nestoriana; Nestório que não era tolo e sabia a quem recorrer, também apelou ao Papa, que ficou do lado de Cirilo.

7) Os Concílios de Cartago e Milevis celebrados pelos bispos Africano, inclusive Santo Agostinho, pedem a aprovação do Papa aos seus editais. Quando o Papa responde, S. Augustinho se alegra e dá a causa para encerrada. Em numerosas cartas sustenta que nada é mais claro do que a opinião da Sé Apostólica.

8) Quando Eutiques começou a pregar a doutrina conhecida como “monofisitas” a heresia foi condenada por Flaviano (bispo de Constantinopla), durante um sínodo. Ele apelou então ao Papa Leão (De Eutiques Papa Leão Ep 21), ao qual Pedro Crisólogo (bispo de Ravenna) escreve a Eutiques para prestar obediência ao Papa: “Nós te exortamos, irmão honrado, que obedientemente ouças o que foi escrito pelo abençoado Papa de Roma, do bem-aventurado Pedro, que vive e preside na sua própria cadeira. Pois nós, em nosso zelo pela paz e pela fé, não podemos decidir sobre questões de fé sem o consentimento do Bispo de Roma “[De Pedro Crisólogo ao Papa Leo, Ep 25]

9) Para julgar a causa de Eutiques em 449 tentou-se realizar um concílio ecumênico em Éfeso (convocado pelo imperador Teodósio II com a permissão do Papa Leão I). O conselho precedida Dióscoro (Patriarca de Alexandria), que apoiava Eutiques. Eutiques denuncia que a carta do Papa trazida pelos legados papais não havia sido lida, e após esta e outras irregularidades, o legado papal (Hilário) anulou a sentença em nome do Papa e abandonou o concílio.

Mais tarde, no Concílio de Calcedônia foi denunciado que Dioscoro tinha realizado um “concílio” (ecumênico) sem a Sé Apostólica, que nunca fora autorizado”, e que continuaram o Concílio após a saída dos legados papais.

O Papa Leão também  havia recebido apelos  de Teodoreto e Flaviano e tinha escrito para o imperador e a imperatriz que todos os atos do concílio eram inválidos. Excomungou todos os que haviam tomado parte nele e absolveu aqueles que haviam sido condenados (exceto Domnus de Antioquia) e foi assim que um concílio ecumênico anulado pelo Papa tornou-se conhecido como o “Concílio Latrocínio”.

10) No Concílio de Calcedônia, onde através da adopção de Canon 28, tetantava-se dar a Constantinopla o segundo lugar depois de Roma, pedia-se a aprovação papal para o referido Canon, e o  mesmo patriarca escrevendo ao Papa, reconhece que a adoção dos processos dependiam de sua aprovação. O mesmo concílio totalmente reconheceu-o como o sucessor de Pedro e chefe da Igreja Católica.

Se todos esses esses apelos não significam o reconhecimento contínuo da própria jurisdição, o que mais poderiam significar?

Objeções Protestantes

Objeção 1: Cristo referiu-se a si mesmo ou à confissão de fé de Pedro como ‘a rocha’ sobre a qual iria construir a Igreja e não Pedro.

Se bem podemos dizer que sobre a fé de Pedro está edificada a Igreja, não podemos negar que Cristo também tenha se referido a Pedro como a rocha  sobre a qual está construída a Igreja. Há de se levar em conta que nesse momento Cristo anuncia a mundaça do nome de Pedro para fazer um jogo de palavras “Tu és Pedro (Pedra) e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”. Não faria sentido mudar o nome de Simão para Pedra para logo em seguida, referir-se à outra pedra que não Pedro.

A frase em grego diz “ταυτη τη πετρα” (“epi tautê tê petra”). Aqui “epi” significa “sobre” e “tautê Tê petra” significa “na mesma pedra”.  Assim, a frase sem o “tê” significaria apenas “sobre esta pedra”, mas com o “tê” a construção gramatical força identificar a pedra à qual faz referência (sobre a qual será construída a Igreja), ou seja, a qual acaba-se de mencionar (Pedro). Assim, é Pedro e não outra pedra, a qual se refere Cristo como aquela sobre a qual Ele edificaria  Sua Igreja.

Uma explicação é dada por Robert Sungenis:

“É importante notar que Jesus escolheu a frase aqui epi tautê tê petra (” sobre esta rocha “) em vez de a redação mais ambígua e epi tee roca (” sobre a rocha “) ou epi petra (sobre uma rocha). Utilizando o artigo definido ou indefinido, poderia parecer que Jesus se referia alguém mais além de Pedro, enquanto o demonstrativo adjetivo Tautê (‘esta’) é mais provável identificar a alguém em estreita proximidade com o substantivo gramatical “rocha”. A rocha única outra que se ilustra nas imediações é Petros (‘Pedro’), que é um nome que significa “Rocha»….” [Traduzido do comentário de Robert Sungenis em Jesus, Peter & the Keys, Butler, Dahlgren, Hess, pág. 23-24]

Tendo isto em conta faz pouco sentido que alguém pretenda interpretar que Cristo quis dizer “Tu és Pedro e sobre aquela outra pedra edificarei a minha Igreja”

Objeção 2: A palavra usada para Pedro (Petros) é diferente da palavra usada para se referir a pedra sobre a qual está construída a Igreja (Petra), assim Cristo não estava se referindo a Pedro como o Rocha.

Os protestantes costumam argumentar que a palavra usada no grego “Petros” refere-se a um “seixo” (pedra pequena), enquanto “Petra” refere-se a uma grande pedra ou rocha, mas há fortes razões para rejeitar esse argumento.

Primeiro, porque em grego koiné (a língua em que se econtram os escritos do Novo Testamento) ambas as palavras (Petros e Petra) eram sinônimos. Para se referir a uma pedra pequena há outra palavra grega “lithos”, que é muitas vezes usada nas Escrituras desta maneira. Um exemplo é em Mateus 15,46:

“Depois de ter comprado um pano de linho, José tirou-o da cruz, envolveu-o no pano e depositou-o num sepulcro escavado na rocha (petra), rolando uma pedra (lithos) para fechar a entrada. .”

No texto grego para a palavra “rocha” utiliza-se “Petra”, mas para “pedra” é usado “lithos” e não “Petra”.

Outro exemplo é 1 Pedro 2, 7:

“Para vós, portanto, que tendes crido, cabe a honra. Mas, para os incrédulos, a pedra (lithos) que os edificadores rejeitaram tornou-se a pedra angular, uma pedra (lithos) de tropeço, uma pedra de escândalo (petra) (Sl 117,22; Is 8,14). “

Aqui novamente se utiliza a palavra lithos para se referir a uma pequena pedra (aquele na qual se tropeça) e petra para uma rocha ou pedra grande.

Mais exemplos:

“E disse: «Se tu és o Filho de Deus, atira-te para baixo, porque está escrito, confiou os seus anjos, e em suas mãos eles te levarão, para que não tropeces em uma pedra (lithos) qualquer.»” [Mateus 4,6]

“Há alguém entre vós a quem um filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra (lithos).” (Mateus 7,9)

“Jesus disse-lhes:”A pedra rejeitada pelos construtores tornou-se a pedra angular; isto é obra do Senhor, e é admirável aos nossos olhos (Sl 117,22)? “(Mateus 21, 42)

E assim, em cada texto onde a Escritura se refere a uma pedra utiliza-se a palavra “lithos”, enquanto que ao se referir a uma rocha usa-se “petra”, mas o mais importante é que a palavra Petros nunca é usada em toda a Escritura para referir-se a pequena pedra ou seixo, senão exclusivamente como um nome próprio, o nome de Pedro. Ao querer diferenciar no texto grego entre Pedro e a Rocha sobre a qual será construída a Igreja o autor poderia muito bem ter usado “Lithos” para Pedro, mas ele não o faz.

Leia em breve a continuação Parte II:  “Tu serás chamado de Cefas” – Saiba a origem e o significado do nome de Pedro.

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Papado & Primazia de Pedro e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Primado de Pedro – Parte I: Onde Jesus chamou a Pedro de “Papa”?

  1. EDMILSON disse:
    A Lenda de Ouro da vida de São Pedro Apóstolo ere segue de São Pedro Apóstolo, e primeiro lugar do seu nome. Peter tinha um grande nome, porque ele foi chamado Simão Barjonas. E Simon é tanto dizer como direito obediente ou cometer grande tristeza. Barjona é tanto para dizer como o filho de uma pomba, ou de um bueiro Ele foi obediente quando o nosso Senhor o chamou, para a voz de uma única chamada, ele obedeceu ao Senhor. Ele estava cometendo peso e tristeza quando ele alugou Jesu Cristo, pois ele saiu e chorou amargamente. Ele era filho da pomba, pois ele serviu a Deus com a intenção simples. Em segundo lugar, ele foi chamado Cefas, que é tanto dizer como chefe, ou pedra, ou culpando com a boca. Foi dito chefe por causa do principado em prelation; uma pedra por causa de sua firmeza em sua paixão; culpando com a boca por causa da constância em sua pregação. Em terceiro lugar, ele foi chamado Peter, que é tanto dizer como saber ou unhosing e calçar ou saber desligamento, pois sabia que a dignidade de Cristo, quando disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Em unhosing e calçar, quando seus pés descalços do carinho de todo o trabalho mortal e terrena, dizendo: Olhai! deixamos todas as coisas, etc Libertação, pois ele tem unbounden os laços de pecado, e que foi por as chaves que ele recebeu de Nosso Senhor. E ele tinha três sobrenomes. Ele se disse Simon Johanna, que é tanto para dizer como a beleza do nosso Senhor. Em segundo lugar, ele se disse Simon Johannis, ou seja, a quem é dado. E em terceiro lugar, ele é dito Barjona, isto é, filho da pomba, pelo que é dado a entender que ele tinha beleza dos costumes, presente de virtudes, e abundância de lágrimas, pois a pomba tem lamentando por sua canção . Este nome de Pedro, Jesus prometeu colocar-lhe: Johannis primo tu serás chamado Cefas, ou seja, Peter. Em segundo lugar, ele fez o que prometeu, como se diz, Mathei Quarto: E deu o nome de Simão Pedro, etc Em terceiro lugar, ele confirmou que, Mathei XVI:. E eu digo-te que tu és Pedro, e sobre esta pedra, etc . Seu martírio escreveu Marcelo, Linus papa, Hegésipo, e Leo papa. de São Pedro. São Pedro, o apóstolo entre todos os outros, e acima de todos os outros, era de amor mais fervoroso e ardente, para que ele teria conhecido o traidor que deveria trair nosso Senhor Jesu Cristo, como diz São Austin: Se ele soubesse que ele teria arrancado-lhe os dentes, e, portanto, nosso Senhor não iria chamá-lo para ele, pois como diz Crisóstomo: Se ele tivesse chamado a ele, Peter tinha surgido e todos dilacerado ele. Peter entrou no mar, ele foi escolhido por Deus para ser a sua transfiguração, e levantou uma empregada da morte para a vida, ele encontrou o stater ou peça de dinheiro na boca do peixe, ele recebeu do Senhor as chaves do reino dos céu, ele levou a carga para alimentar as ovelhas de Jesu Cristo. Ele se converteu em um Pentecostes três mil homens, ele curou Claude com John, e depois convertido cinco mil homens, disse a Ananias e Safira a sua morte antes, ele curou Enéias da paralisia, ele levantou Tabitha, ele batizou Cornelia, com a sombra de seu corpo, ele curou os homens doentes, ele foi preso por Herodes, mas o anjo do Senhor, ele foi entregue. Qual a sua carne era e sua roupa, o livro de São Clemente testifica, porque ele disse: Pão só com azeitonas, e raramente com mostos, é meu uso, e eu tenho essas roupas como vês, um casaco e um manto, e quando Eu tenho que, eu exijo mais. Diz-se por certo que ele levou sempre uma sudary no seu seio com a qual ele enxugou as lágrimas que corriam de seus olhos, pois quando ele se lembrou da doce presença do nosso Senhor, pois o grande amor que ele tinha com ele, ele não pode abster chorando. E também quando ele se lembrou de que ele havia alugado, chorou abundantemente grande abundância de lágrimas, de tal modo que ele estava tão acostumado a chorar que o seu rosto foi queimado com lágrimas como parecia, assim como já diz Clement. E disse também que no meio da noite quando ouviu o galo cantar ele chorava customably. E depois que ele é lido em Historia Ecclesiastica que, quando a esposa de São Pedro foi levado a sua paixão, ele tinha grande alegria e chamou pelo seu nome próprio, e disse-lhe:. Minha esposa, lembre-te de nosso Senhor Em um tempo quando São Pedro mandou dois dos seus discípulos para pregar a fé ot Jesu Cristo, e quando eles tinham ido jornada 20 dias “, um deles morreu, e aquele outro em seguida, retornou a São Pedro e disse-lhe o que tinha acontecido, alguns dizem que era São Marcial que assim morreu, e alguns dizem que foi São Maternus, e outros dizem que foi São Frank. Então São Pedro deu a ele sua equipe e ordenou que ele deve retornar ao seu companheiro, e colocá-lo em cima dele, que ele assim o fez, então ele que tinha sido 40 dias morto, Anon surgiu todos os viventes. Dessa vez Simon o feiticeiro estava em Jerusalém, e ele disse que era a primeira verdade, e afirmou que quem que iria acreditar nele, ele iria fazê-los perpétua. E ele também disse que nada lhe era impossível. Ele é lido no livro de S Clemente que ele disse que deve ser adorado de todos os homens como Deus, e que ele poderia fazer tudo o que ele faria. E disse ainda mais: Quando minha mãe Rachel me mandou que eu deveria ir colher milho no campo, e viu a foice pronto para colher, com, ordenei a foice para colher por si só, e colheram dez vezes mais do que qualquer outro . E ainda acrescentou mais presente regulamento, depois de Jerome, e disse: Eu sou a Palavra de Deus, eu sou o Espírito Santo, eu sou Todo-Poderoso, eu sou tudo o que é de Deus. Ele fez as serpentes de bronze para se mover, e fez as imagens de ferro e de pedra de rir, e cães para cantar e, como diz Santo Linus, ele iria disputar com São Pedro e show, num dia designado, que ele era Deus. E Pedro entrou para o lugar onde o conflito deve ser, e disse aos que estavam ali: Paz seja convosco irmãos que verdade pomba. Para quem Simon disse: Não temos nenhuma necessidade de tua paz, pois se a paz ea concórdia foram feitas, não devemos aproveitar para encontrar a verdade, para os ladrões a paz entre eles. E, portanto, não desejam a paz, mas a batalha, pois, quando dois homens e uma luta é superada, então, é a paz. Então, disse Pedro: Por que dreadest tu ouvir falar de paz? Dos pecados crescer batalhas, onde há pecado há paz, em disputa é verdade que se encontra, e em justiça obras. Então, disse Simon: Não é como tu dizes, mas vou mostrar-te o poder de minha dignidade, que Anon tu me adorar, eu sou o primeiro a verdade e pode fugir pelo ar, eu posso fazer novas árvores e transformar pedras em pão , resistir ao fogo, sem ferir, e tudo o que eu quero eu posso fazer. São Pedro disputava também contra todos estes, e divulgados todos os seus malefices. Simão, o Mago, vendo que ele não poderia resistir Pedro, lançar todos os seus livros para o mar, para que São Pedro deve provar que ele estava um mágico, por seus livros, e foi para Roma, onde foi tido e reputado como um deus. E quando Pedro sabia que, ele seguiu e chegou a Roma. O quarto ano de Claudius imperador, Pedro veio a Roma, e ficou lá 25 anos, e ordenou dois bispos como seus ajudantes, Linus e Cletus, um dentro das paredes, e que outros sem. Ele emendou muito a pregação da Palavra de Deus, pela qual ele se converteu muita gente à fé de Cristo, e curou muitos homens doentes, e em sua pregação sempre elogiou e castidade preferido. Ele converteu quatro concubinas de Agripa o reitor, para que eles não mais vir a ele, por isso o reitor procuraram ocasião contra Peter. Após isso, nosso Senhor apareceu a São Pedro, dizendo-lhe: Simão, o Mago e Nero propósito contra ti, medo ti não, porque eu sou contigo, e dará a ti o consolo do meu servo Paulo, que a manhã virá a Roma. Então Pedro, sabendo que ele não deve permanecer muito tempo aqui, reuniu todos os seus irmãos e tomou Clement pela mão e ordenou um bispo, e fê-lo sentar-se em seu próprio assento. Depois disso, como nosso Senhor tinha dito tofore, Paulo chegou a Roma, e com Pedro começou a pregar a fé de Cristo. Simon Magus era muito amada de Nero que ele weened que ele tinha sido o guardião de sua vida, de sua saúde e de toda a cidade. Em um dia, como Leo diz o papa, como ele ficou tofore Nero, de repente, seu rosto mudou, agora velho e agora jovem, que, quando Nero viu, ele supôs que ele tinha sido o filho de Deus. Então, disse Simon Magus para Nero: Porque tu sabe me ser o próprio Filho de Deus, manda a minha cabeça para ser ferido off e eu vou surgir de novo no terceiro dia. Então Nero ordenou a seu irmão para ferir-lhe a cabeça, e quando ele deveria ter decapitado Simon, ele decapitou um carneiro. Simon, por sua mágica arte saiu ileso, reuniram-se os membros do carneiro, e escondeu-o três dias. O sangue do carneiro morada e congelados. O terceiro dia ele veio e mostrou-lhe a Nero, dizendo: Command meu sangue para ser lavada, pois eis que eu sou aquele que foi decapitado, e como eu prometi que subiram ao terceiro dia. Quem Nero vendo, era envergonhado e curvou-se, na verdade, que ele havia sido o filho de Deus. Tudo isso diz Leo. Algum tempo também, quando ele estava com Nero secretamente dentro de seu conclave, o diabo em sua semelhança falou sem ao povo. Em seguida, os romanos tinham ele em tal adoração que eles fizeram para ele uma imagem e escrevi acima, este título: Para Simão, o santo Deus. Peter e Paul entrou para Nero e descobriu todos os encantos e malefices de Simão, o Mago, e Peter adicionado à mesma, visto que, como em Cristo haver duas substâncias que é de Deus e do homem, por isso estão nesta mágico duas substâncias, isto é, do homem e do diabo. Então, disse Simon Magus, como São Marcelle e Leo testemunha, para que eu não sofra mais esse inimigo, vou comandar os meus anjos que hão de vingar-me dele. Para quem Pedro disse: eu temo nada anjos brilho, mas eles me pavor. Nero disse: Dreadest tu não Simon, que por certas coisas affirmeth sua divindade? Para quem Pedro disse: Se a dignidade ou divindade ser nele que ele diga agora o que eu penso ou o que eu faço, o que eu pensei primeiro que dizer para ti, para que ele não deve cortar mentir que eu penso. Para quem Nero disse: Vem cá e dizer o que tu pensas. Então, Pedro foi até ele e disse-lhe secretamente: Comanda um homem para trazer-me um pão de cevada, e entregá-lo para me secretamente. Quando foi levado para ele, ele abençoou-o e escondeu-o sob sua manga, e, em seguida, ele disse: Agora Simon dizer o que penso, e dito e feito. Simão respondeu: Vamos Peter dizer o que penso. Pedro respondeu: O que Simon pensa que eu sei, vou fazê-lo quando ele tem pensamento. Então Simon ter indignação, clamou em alta voz: Eu ordeno que os cães vêm e devorá-lo. E, de repente, apareceu grandes cães e fez um assalto contra Peter. Ele lhes deu o pão que ele tinha abençoado, e de repente ele fez para fugir. Então disse a Pedro para Nero: Lo! Eu mostrei-lhe o que ele achava contra mim, não em palavras, mas em atos, para onde ele prometeu anjos para vir contra mim ele trouxe cães, assim não mostra o que ele tem nenhum anjos mas os cães. Então, disse Simon: Ouvi, Pedro e Paulo, se eu não posso chorar aqui, tiverdes onde me deve convinha para julgá-lo. Vou poupá-lo aqui. HAEC Leo. Simão, o Mago, como Hegésipo e Linus dizer, elate no orgulho avaunted que ele pode levantar os mortos à vida. E happed que havia um jovem morto, em seguida, Nero deixou chamada Pedro e Simão, e tudo deu sentença pela vontade de Simon que ele deve ser morto, que não pode surgir o homem morto à vida. Simon, então, como ele fez os seus encantamentos sobre o corpo morto, ele foi visto mover sua cabeça de que ali estavam, então todos gritaram para a pedra de Pedro. Peter unnethe ficando silêncio, disse: Se o corpo do morto vivo, que se levante, ande e fale, então sabeis que ele é uma fantasia que a cabeça do morto se move. Deixe Simon ser feita a partir do leito. E o corpo permaneceu imóvel. Peter pé longe de fazer sua oração clamou ao cadáver, dizendo: Jovem, levanta-te em nome de Jesu Cristo de Nazaré crucificado, e logo, levantou-se vivo, e andou. Então, quando as pessoas teriam apedrejado Simon Magus, Pedro disse: Ele está com dor suficiente, sabendo-o a ser superado em seu coração; vos o nosso mestre nos ensinou a fazer o bem para o mal. Então disse a Pedro Simon e Paul: Ainda não é con e para você que desejais, para vos não ser digno de ter o martírio, o qual respondeu: Ou seja, que o desejo de ter, para ti nunca mais será assim, por te deitares tudo o que dizes. Então, como diz Marcel: Simon foi até a casa de Marcel e vinculados há um grande cão preto na porta da casa, e disse: Agora vou ver se Peter, que está acostumado a vir para cá, virão, e se ele vir este cão deve estrangulá-lo. E um pouco depois disso, Pedro e Paulo foi para lá, e logo Peter fez o sinal da cruz e não ligado o cão, eo cão era tão manso e manso como um cordeiro, e perseguiu ninguém, mas Simon, e foi até ele e deu e lançá-lo para o chão debaixo dele, e teria estrangulado ele. E, em seguida, correu-lhe Pedro e chorou sobre o cão que ele não deveria fazer-lhe qualquer dano. E logo o cão à esquerda e não tocou em seu corpo, mas tudo Torent e tara seu vestido de tal modo que ele estava quase nu. Então, todas as pessoas, especialmente as crianças, correu com o cão em cima dele e caçado e perseguido para fora da cidade, ele tinha sido um lobo. Então, para a repreensão e pena que ele não se atreveu a vir para a cidade de todos um ano inteiro depois. Então Marcel, que foi discípulo de Simão, o Mago, vendo esses grandes milagres, chegou a Pedro, e foi a partir de então forthon seu discípulo. E depois, no final do ano, Simon voltou e foi recebido novamente na amizade de Nero. E então, como diz Leo, este Simão, o Mago reuniu o povo e mostrou-lhes como tinha sido irritou dos galileus, e, portanto, ele disse que iria deixar a cidade que ele estava acostumado a defender e manter, e estabeleceu um dia em que ele iria subir ao céu, pois ele não mais se dignou habitar na terra. Em seguida, no dia em que ele tinha estabelecido, como, como tinha dito, ele foi até uma torre alta, que estava no Capitólio, e há de ser coroada de louros, atirou-se para fora de lugar para lugar, e começou a voar no ar. Então disse São Paulo a São Pedro: É caberá a mim para orar, ea ti, para comandar. Então, disse Nero: Este homem é o próprio Deus, e vós estareis dois traidores. Então disse São Pedro a São Paulo: Paul, irmão, levante a cabeça brilho e ver como Simon flyeth. Então disse São Paulo a São Pedro quando o viu voar tão alto: Peter, por que te demoras? executar que tens começado, Deus agora nos chamaram. Então, disse Pedro: I cobrar e conjuro anjos de Sathanas, que carregam-lo no ar, com o nome de nosso Senhor Jesu Cristo, que deis ne sustentá-lo mais, mas deixá-lo cair por terra. E logo eles deixá-lo cair no chão e quebrou-lhe o pescoço e cabeça, e ele morreu ali imediatamente. E quando Nero ouviu dizer que Simon estava morto, e que ele tinha perdido um homem, ele estava triste, e disse aos apóstolos: Ye ter feito isso, a despeito de mim e, portanto, eu vou destruí-lo por mau exemplo certo. HAEC Leo. Em seguida, ele os entregou ao Paulin, que era um homem muito nobre, e Paulin entregou a Mamertin sob a guarda de dois cavaleiros, Processadas e Martinian, a quem São Pedro convertidos à fé. E, em seguida, abriu a prisão e deixá-los todos para fora que iria, portanto, após a paixão dos apóstolos, Paulin, quando ele sabia que eles eram cristãos, ambos decapitados Processe e Martinian. Os irmãos, então, quando a prisão foi aberta , orou Pedro para ir lá, e ele não o faria, mas no fim, ele está sendo superada por suas orações foram embora. E quando chegou ao portão, como, Leo testifica, que é chamado Sancta Maria ad passus, ele conheceu Jesu Cristo que vem contra ele, e disse-lhe Pedro: Senhor, para onde vais? E ele lhe disse: Eu vou a Roma para ser crucificado novamente, e Peter perguntou-lhe: Senhor, tu deverás ser crucificado novamente, e ele disse: Sim, e Pedro disse então: Senhor, vou voltar novamente depois de ser crucificado contigo. Dito isto, nosso Senhor subiu ao céu, Peter contemplando ele, que chorou muito. E quando Pedro entendeu que o Senhor tinha dito a ele de sua paixão, ele voltou, e quando ele chegou a seus irmãos, disse-lhes o que o Senhor tinha dito. E logo ele foi levado dos ministros do Nero e foi entregue ao reitor Agripa, então era o rosto dele tão clara como o sol, como se diz. Então Agripa disse-lhe: Tu és aquele que glorifiest nas pessoas, e nas mulheres, que te apartando-se da cama de seus maridos. Quem o apóstolo culpado, e disse-lhe que ele glorificado na cruz de nosso Senhor Jesu Cristo. Então, Pedro foi ordenado para ser crucificado como um estranho, e por que Paulo era um cidadão de Roma, foi ordenado que sua cabeça deve ser golpeado fora. E desta sentença proferida contra eles, São Dionísio, em uma epístola a Timóteo diz assim: O meu irmão Timóteo, se tu viu a agonia do fim delas deves ter falhado de tristeza e pesar. Quem não deve chorar naquela hora quando o mandamento da sentença foi dada contra eles, que Peter deve ser crucificado e Paul ser decapitado? Tu deves então ter visto os turbes ot judeus e dos paynims que os feriu e cuspir em seus rostos. E quando o tempo horrível veio de seu fim de que eles se retirado aquele daquela outra, amarraram os pilares do mundo, mas que não foi sem choro e choro dos irmãos. Então disse São Paulo a São Pedro: Paz seja contigo que foundement arte da igreja e pastor das ovelhas e cordeiros de nosso Senhor. Pedro, então, disse a Paul: Vai tu em paz, pregador de boas maneiras, mediador, líder, e consolo de legítimos pessoas. E quando eles foram retirados longe de outro eu segui meu mestre. Eles não estavam ambos mortos em uma rua. Este diz São Dionísio, e como Leo do papa e Marcel testemunha, quando Peter chegou à cruz, ele disse: Quando o meu Senhor, descendo do céu para a terra, ele foi colocado no lado direito cruz, mas me quem lhe agrada para chamar da terra para o céu, a minha cruz deve mostrar a minha cabeça para a terra e resolver os meus pés para o céu, porque eu não sou digno de ser posto na cruz como o meu Senhor estava, portanto, transformar a minha cruz e crucificar-me a minha cabeça para baixo. Em seguida, eles voltaram a cruz, e prendeu os pés para cima ea cabeça para baixo. Em seguida, as pessoas estavam com raiva contra Nero eo reitor, e teria matado eles, porque eles fizeram São Pedro para morrer, mas ele exigiu-lhes que eles não devem deixar sua paixão, e como Leo witnesseth, nosso Senhor abriu os olhos dos que estavam lá, e chorou de modo que, eles viram os anjos com coroas de rosas e lírios que estão por Peter que estava na cruz com os anjos. E, em seguida, Peter recebeu um livro de nosso Senhor, onde ele aprendeu as palavras que ele disse. Então, como diz Hegesippus: Pedro disse assim: Senhor, eu tenho desejado muito para seguir-te, mas para ser crucificado em pé eu não usurpou, tu és sempre justo, alto e soberano, e nós sermos filhos do primeiro homem que tem a cabeça inclinada em relação à terra, sendo que a queda significa a forma da geração humana. Também nascer que ser visto inclinado para a terra por efeito, ea condição é alterada para o weeneth mundo que tal coisa é boa, o que é mau e ruim. Senhor, tu és tudo para mim, e nada é para mim, mas tu só, eu me rendo a ti thankings com todo o espírito do que eu vivo, por que eu entendo, e por quem eu chamo-te. E quando São Pedro viu que os homens bons cristãos viram a sua glória, em ceder thankings a Deus e elogiando pessoas boas para ele, prestou o espírito. Em seguida, Marcel e Apuleio, seu irmão, que eram seus discípulos, tirou o corpo da cruz, quando ele estava morto, e ungiu-o com muito ungüento, eo sepultaram honrosamente. Diz Isidoro no livro da Natividade e da morte dos santos assim: Pedro, depois que ele havia governado Antioquia, ele fundou uma igreja sob o imperador Cláudio, ele foi para Roma contra Simon Magus, lá ele pregou o evangelho 25 anos e ocupou o bispado, e trinta e seis anos após a paixão de Nosso Senhor Jesus foi crucificado por Nero virou a cabeça para baixo, pois ele seria tão crucificado: HAEC Isidorus. Naquele mesmo dia, Peter e Paul apareceu a São Dionísio, como ele diz em sua epístola foresaid com estas palavras: Entenda o milagre e ver o prodígio, meu irmão Timóteo, do dia do martírio ot-los, pois eu estava pronto no tempo da partida deles. Depois de sua morte, eu os vi juntos, de mãos dadas, entrando nas portas da cidade, e vestida com roupas de luz, e vestida com coroas de clareza e luz. HAEC Dionísio. Nero não foi punido por sua morte e outros grandes pecados e tiranias que ele cometeu, pois ele matou com as próprias mãos, o que tiranias eram demasiado longa para contar, mas logo vou ensaiar aqui alguns. Ele matou seu mestre Seneca porque ele tinha medo dele quando ele foi para a escola. Também Nero matou sua mãe e cortou a barriga para ver o lugar onde ele estava dentro Os médicos e mestres culpa dele, e disse que o filho não deve matar sua mãe, que tinha dado a ele com tristeza e dor. Então disse ele: Faze-me com a criança, e depois de dar à luz, para que eu possa saber o que minha mãe sofreu dor. Que, por ofício, deram a ele um jovem sapo para beber, e cresceu em sua barriga, e então ele disse: Mas se fazeis me para ser entregue Vou matar todos vocês, e por isso deram-lhe como uma bebida que ele tinha um vomitar e expulsou o sapo, e lhe deu na mão que, por causa que ele não se firmou seu tempo era disforme, que ainda que ele fez para ser mantido. Então, para seu prazer pôs Roma em chamas, que queimaram sete dias e sete pontos turísticos, e estava em uma torre alta e gostava de o ver tão grande chama de fogo, e cantavam alegremente. Ele matou os senadores de Roma para ver o que tristeza e lamentação suas esposas faria. Ele casou um homem para sua esposa. Ele pescou com redes de fio de ouro, ea roupa que ele usava um dia ele nunca iria usá-lo ne vê-lo depois. Em seguida, os romanos vendo seu woodness, assaltaram e perseguiram-no até fora da cidade, e quando viu que ele não poderia escapar deles, tomou uma estaca e afiadas com os dentes, e com isso preso a si mesmo através do corpo e por isso se matou. Em outro lugar, lê-se que ele foi devorado por lobos. Em seguida, os romanos voltaram e encontraram o sapo e atirou-o para fora da cidade e não queimou. No tempo de São Cornélio, o papa, os gregos roubaram os corpos dos apóstolos Pedro e Paulo, mas os demônios que estavam nas ídolos foram constrangidos pela virtude divina de Deus, e clamando, disse: Varões de Roma, socorrer às pressas seus deuses que ser roubado de você, por que coisa que os bons cristãos entenderam que eles eram os corpos de Pedro e Paulo. E os paynims supunha que tinha sido seus deuses. Em seguida, reuniu grande número de homens e de cristãos paynims também, e perseguiu desde os gregos que duvidava de ter sido morto, e jogou os corpos em um poço nas catacumbas, mas depois eles foram atraídos por homens cristãos. Diz São Gregório que a grande força de um trovão e raio que veio do céu fez com tanto medo que eles partiram cada um dos outros, e assim deixaram os corpos dos apóstolos nas catacumbas em um poço, mas duvidava que os ossos eram Pedro e que Paulo: Por que os homens bons cristãos colocá-los para orações e jejuns, e foi Respondeu-lhes do céu que os grandes ossos desejava o pregador, e menos para o pescador, e assim se retirado, e os ossos foram colocados na igreja dele que era de dedicar. E outros dizem que Silvester o papa iria santificar as igrejas e tomou todos os ossos juntos, e partiu-os pelo peso, grandes e pequenos, e que ponha metade em uma igreja, e que a outra metade no outro. E São Gregório recounteth em seus diálogos que, na igreja de São Pedro, onde os ossos de descanso, era um homem de grande santidade e de mansidão chamado Genciana, e veio uma empregada para a igreja que era aleijado, e chamou o seu corpo e as pernas atrás dela com as mãos, e quando ela tinha muito tempo exigido e orou São Pedro para a saúde, ele apareceu-lhe numa visão, e disse-lhe: Vai para Genciana, meu servo, e ele deve restaurar a tua saúde. Então ela começou a arrastar-se aqui e ali, por meio da igreja, e perguntou quem era Genciana, e de repente ele happed que ele veio para ela que ele procurou, e ela disse-lhe: O santo apóstolo São Pedro, me enviou a ti, para que tu deverias fazer me todo e livra-me de minha doença, e ele respondeu: Se tu és enviado para me dele, levanta-te tu Anon e ir em teus pés. E tomou-a pela mão e logo ela estava inteira, de tal modo que ela não sentiu nada de sua dor, nem doença, e então ela agradeceu a Deus e São Pedro. E no mesmo livro diz São Gregório, quando que um santo sacerdote era chegar ao fim de sua vida, ele começou a chorar em grande alegria: Vós sois bem-vindos, meus senhores, vós bem-vinda para que vos vouchsafe vir para tão pequeno e pobre servo, e ele disse: Eu virei e obrigado. Então, os que ali estavam exigiu que eles eram de que ele falou, e ele disse-lhes perguntando: Não tendes visto o Santos Apóstolos Pedro e Paulo e como ele chorou de novo, a sua alma bendita partiu da carne. Alguns têm dúvida se Peter e Paul sofreu a morte em um dia, para alguns dizem que foi o mesmo dia, mas um ano após o outro. E Jerome e todos os santos que tratam deste assunto acordo que estava em um dia e um ano, e assim é contido em uma epístola de Denis e Leo diz o papa o mesmo em um sermão, dizendo: Nós supomos, mas que ele não foi feito sem justa causa que sofreu em um dia e em um só lugar a sentença do tirano, e sofreu a morte de uma só vez, a fim de que eles devem ir juntos para Jesu Cristo, e ambos sob um perseguidor até o fim que a crueldade igual deve forçar aquele e aquele outro. O dia para o seu mérito, o lugar para a sua glória, ea perseguição superado pela virtude. HAEC Leo. Apesar de terem sofrido tanto a morte em um dia e em uma hora, mas ele não estava em um lugar, mas em diversas dentro de Roma, e disse deste instrumento um versejador desta maneira: Ense coronatus Paulus, cruce Petrus, eodem-Sub duce, luce, loco, dux Nero, Roma lugar. Ou seja, Paulo coroado com a espada, e Pedro teve a cruz invertida, o lugar era a cidade de Roma. E contudo o que sofreu a morte em um dia, mas São Gregório ordenou que naquele dia especial deve ser a solenidade de São Pedro, e no próximo dia de comemoração de São Paulo, para a igreja de São Pedro foi consagrado nesse mesmo dia, e também porquanto como ele era mais digna, e pela primeira vez na conversão, e manteve o principado em Roma. E depois que ele é lido em Historia Ecclesiastica que, quando a esposa de São Pedro foi levado a sua paixão, ele tinha grande alegria e chamou pelo seu nome próprio, e disse-lhe:. Minha esposa, lembre-te de nosso Senhor Em um tempo quando São Pedro mandou dois dos seus discípulos para pregar a fé ot Jesu Cristo, e quando eles tinham ido jornada 20 dias “, um deles morreu, e aquele outro em seguida, retornou a São Pedro e disse-lhe o que tinha acontecido, alguns dizem que era São Marcial que assim morreu, e alguns dizem que foi São Maternus, e outros dizem que foi São Frank. Então São Pedro deu a ele sua equipe e ordenou que ele deve retornar ao seu companheiro, e colocá-lo em cima dele, que ele assim o fez, então ele que tinha sido 40 dias morto, Anon surgiu todos os viventes. Dessa vez Simon o feiticeiro estava em Jerusalém, e ele disse que era a primeira verdade, e afirmou que quem que iria acreditar nele, ele iria fazê-los perpétua. E ele também disse que nada lhe era impossível. Ele é lido no livro de S Clemente que ele disse que deve ser adorado de todos os homens como Deus, e que ele poderia fazer tudo o que ele faria. E disse ainda mais: Quando minha mãe Rachel me mandou que eu deveria ir colher milho no campo, e viu a foice pronto para colher, com, ordenei a foice para colher por si só, e colheram dez vezes mais do que qualquer outro . E ainda acrescentou mais presente regulamento, depois de Jerome, e disse: Eu sou a Palavra de Deus, eu sou o Espírito Santo, eu sou Todo-Poderoso, eu sou tudo o que é de Deus. Ele fez as serpentes de bronze para se mover, e fez as imagens de ferro e de pedra de rir, e cães para cantar e, como diz Santo Linus, ele iria disputar com São Pedro e show, num dia designado, que ele era Deus. E Pedro entrou para o lugar onde o conflito deve ser, e disse aos que estavam ali: Paz seja convosco irmãos que verdade pomba. Para quem Simon disse: Não temos nenhuma necessidade de tua paz, pois se a paz ea concórdia foram feitas, não devemos aproveitar para encontrar a verdade, para os ladrões a paz entre eles. E, portanto, não desejam a paz, mas a batalha, pois, quando dois homens e uma luta é superada, então, é a paz. Então, disse Pedro: Por que dreadest tu ouvir falar de paz? Dos pecados crescer batalhas, onde há pecado há paz, em disputa é verdade que se encontra, e em justiça obras. Então, disse Simon: Não é como tu dizes, mas vou mostrar-te o poder de minha dignidade, que Anon tu me adorar, eu sou o primeiro a verdade e pode fugir pelo ar, eu posso fazer novas árvores e transformar pedras em pão , resistir ao fogo, sem ferir, e tudo o que eu quero eu posso fazer. São Pedro disputava também contra todos estes, e divulgados todos os seus malefices. Simão, o Mago, vendo que ele não poderia resistir Pedro, lançar todos os seus livros para o mar, para que São Pedro deve provar que ele estava um mágico, por seus livros, e foi para Roma, onde foi tido e reputado como um deus. E quando Pedro sabia que, ele seguiu e chegou a Roma. O quarto ano de Claudius imperador, Pedro veio a Roma, e ficou lá 25 anos, e ordenou dois bispos como seus ajudantes, Linus e Cletus, um dentro das paredes, e que outros sem. Ele emendou muito a pregação da Palavra de Deus, pela qual ele se converteu muita gente à fé de Cristo, e curou muitos homens doentes, e em sua pregação sempre elogiou e castidade preferido. Ele converteu quatro concubinas de Agripa o reitor, para que eles não mais vir a ele, por isso o reitor procuraram ocasião contra Peter. Após isso, nosso Senhor apareceu a São Pedro, dizendo-lhe: Simão, o Mago e Nero propósito contra ti, medo ti não, porque eu sou contigo, e dará a ti o consolo do meu servo Paulo, que a manhã virá a Roma. Então Pedro, sabendo que ele não deve permanecer muito tempo aqui, reuniu todos os seus irmãos e tomou Clement pela mão e ordenou um bispo, e fê-lo sentar-se em seu próprio assento. Depois disso, como nosso Senhor tinha dito tofore, Paulo chegou a Roma, e com Pedro começou a pregar a fé de Cristo. Simon Magus era muito amada de Nero que ele weened que ele tinha sido o guardião de sua vida, de sua saúde e de toda a cidade. Em um dia, como Leo diz o papa, como ele ficou tofore Nero, de repente, seu rosto mudou, agora velho e agora jovem, que, quando Nero viu, ele supôs que ele tinha sido o filho de Deus. Então, disse Simon Magus para Nero: Porque tu sabe me ser o próprio Filho de Deus, manda a minha cabeça para ser ferido off e eu vou surgir de novo no terceiro dia. Então Nero ordenou a seu irmão para ferir-lhe a cabeça, e quando ele deveria ter decapitado Simon, ele decapitou um carneiro. Simon, por sua mágica arte saiu ileso, reuniram-se os membros do carneiro, e escondeu-o três dias. O sangue do carneiro morada e congelados. O terceiro dia ele veio e mostrou-lhe a Nero, dizendo: Command meu sangue para ser lavada, pois eis que eu sou aquele que foi decapitado, e como eu prometi que subiram ao terceiro dia. Quem Nero vendo, era envergonhado e curvou-se, na verdade, que ele havia sido o filho de Deus. Tudo isso diz Leo. Algum tempo também, quando ele estava com Nero secretamente dentro de seu conclave, o diabo em sua semelhança falou sem ao povo. Em seguida, os romanos tinham ele em tal adoração que eles fizeram para ele uma imagem e escrevi acima, este título: Para Simão, o santo Deus. Peter e Paul entrou para Nero e descobriu todos os encantos e malefices de Simão, o Mago, e Peter adicionado à mesma, visto que, como em Cristo haver duas substâncias que é de Deus e do homem, por isso estão nesta mágico duas substâncias, isto é, do homem e do diabo. Então, disse Simon Magus, como São Marcelle e Leo testemunha, para que eu não sofra mais esse inimigo, vou comandar os meus anjos que hão de vingar-me dele. Para quem Pedro disse: eu temo nada anjos brilho, mas eles me pavor. Nero disse: Dreadest tu não Simon, que por certas coisas affirmeth sua divindade? Para quem Pedro disse: Se a dignidade ou divindade ser nele que ele diga agora o que eu penso ou o que eu faço, o que eu pensei primeiro que dizer para ti, para que ele não deve cortar mentir que eu penso. Para quem Nero disse: Vem cá e dizer o que tu pensas. Então, Pedro foi até ele e disse-lhe secretamente: Comanda um homem para trazer-me um pão de cevada, e entregá-lo para me secretamente. Quando foi levado para ele, ele abençoou-o e escondeu-o sob sua manga, e, em seguida, ele disse: Agora Simon dizer o que penso, e dito e feito. Simão respondeu: Vamos Peter dizer o que penso. Pedro respondeu: O que Simon pensa que eu sei, vou fazê-lo quando ele tem pensamento. Então Simon ter indignação, clamou em alta voz: Eu ordeno que os cães vêm e devorá-lo. E, de repente, apareceu grandes cães e fez um assalto contra Peter. Ele lhes deu o pão que ele tinha abençoado, e de repente ele fez para fugir. Então disse a Pedro para Nero: Lo! Eu mostrei-lhe o que ele achava contra mim, não em palavras, mas em atos, para onde ele prometeu anjos para vir contra mim ele trouxe cães, assim não mostra o que ele tem nenhum anjos mas os cães. Então, disse Simon: Ouvi, Pedro e Paulo, se eu não posso chorar aqui, tiverdes onde me deve convinha para julgá-lo. Vou poupá-lo aqui. HAEC Leo. Simão, o Mago, como Hegésipo e Linus dizer, elate no orgulho avaunted que ele pode levantar os mortos à vida. E happed que havia um jovem morto, em seguida, Nero deixou chamada Pedro e Simão, e tudo deu sentença pela vontade de Simon que ele deve ser morto, que não pode surgir o homem morto à vida. Simon, então, como ele fez os seus encantamentos sobre o corpo morto, ele foi visto mover sua cabeça de que ali estavam, então todos gritaram para a pedra de Pedro. Peter unnethe ficando silêncio, disse: Se o corpo do morto vivo, que se levante, ande e fale, então sabeis que ele é uma fantasia que a cabeça do morto se move. Deixe Simon ser feita a partir do leito. E o corpo permaneceu imóvel. Peter pé longe de fazer sua oração clamou ao cadáver, dizendo: Jovem, levanta-te em nome de Jesu Cristo de Nazaré crucificado, e logo, levantou-se vivo, e andou. Então, quando as pessoas teriam apedrejado Simon Magus, Pedro disse: Ele está com dor suficiente, sabendo-o a ser superado em seu coração; vos o nosso mestre nos ensinou a fazer o bem para o mal. Então disse a Pedro Simon e Paul: Ainda não é con e para você que desejais, para vos não ser digno de ter o martírio, o qual respondeu: Ou seja, que o desejo de ter, para ti nunca mais será assim, por te deitares tudo o que dizes. Então, como diz Marcel: Simon foi até a casa de Marcel e vinculados há um grande cão preto na porta da casa, e disse: Agora vou ver se Peter, que está acostumado a vir para cá, virão, e se ele vir este cão deve estrangulá-lo. E um pouco depois disso, Pedro e Paulo foi para lá, e logo Peter fez o sinal da cruz e não ligado o cão, eo cão era tão manso e manso como um cordeiro, e perseguiu ninguém, mas Simon, e foi até ele e deu e lançá-lo para o chão debaixo dele, e teria estrangulado ele. E, em seguida, correu-lhe Pedro e chorou sobre o cão que ele não deveria fazer-lhe qualquer dano. E logo o cão à esquerda e não tocou em seu corpo, mas tudo Torent e tara seu vestido de tal modo que ele estava quase nu. Então, todas as pessoas, especialmente as crianças, correu com o cão em cima dele e caçado e perseguido para fora da cidade, ele tinha sido um lobo. Então, para a repreensão e pena que ele não se atreveu a vir para a cidade de todos um ano inteiro depois. Então Marcel, que foi discípulo de Simão, o Mago, vendo esses grandes milagres, chegou a Pedro, e foi a partir de então forthon seu discípulo. E depois, no final do ano, Simon voltou e foi recebido novamente na amizade de Nero. E então, como diz Leo, este Simão, o Mago reuniu o povo e mostrou-lhes como tinha sido irritou dos galileus, e, portanto, ele disse que iria deixar a cidade que ele estava acostumado a defender e manter, e estabeleceu um dia em que ele iria subir ao céu, pois ele não mais se dignou habitar na terra. Em seguida, no dia em que ele tinha estabelecido, como, como tinha dito, ele foi até uma torre alta, que estava no Capitólio, e há de ser coroada de louros, atirou-se para fora de lugar para lugar, e começou a voar no ar. Então disse São Paulo a São Pedro: É caberá a mim para orar, ea ti, para comandar. Então, disse Nero: Este homem é o próprio Deus, e vós estareis dois traidores. Então disse São Pedro a São Paulo: Paul, irmão, levante a cabeça brilho e ver como Simon flyeth. Então disse São Paulo a São Pedro quando o viu voar tão alto: Peter, por que te demoras? executar que tens começado, Deus agora nos chamaram. Então, disse Pedro: I cobrar e conjuro anjos de Sathanas, que carregam-lo no ar, com o nome de nosso Senhor Jesu Cristo, que deis ne sustentá-lo mais, mas deixá-lo cair por terra. E logo eles deixá-lo cair no chão e quebrou-lhe o pescoço e cabeça, e ele morreu ali imediatamente. E quando Nero ouviu dizer que Simon estava morto, e que ele tinha perdido um homem, ele estava triste, e disse aos apóstolos: Ye ter feito isso, a despeito de mim e, portanto, eu vou destruí-lo por mau exemplo certo. HAEC Leo. Em seguida, ele os entregou ao Paulin, que era um homem muito nobre, e Paulin entregou a Mamertin sob a guarda de dois cavaleiros, Processadas e Martinian, a quem São Pedro convertidos à fé. E, em seguida, abriu a prisão e deixá-los todos para fora que iria, portanto, após a paixão dos apóstolos, Paulin, quando ele sabia que eles eram cristãos, ambos decapitados Processe e Martinian. Os irmãos, então, quando a prisão foi aberta , orou Pedro para ir lá, e ele não o faria, mas no fim, ele está sendo superada por suas orações foram embora. E quando chegou ao portão, como, Leo testifica, que é chamado Sancta Maria ad passus, ele conheceu Jesu Cristo que vem contra ele, e disse-lhe Pedro: Senhor, para onde vais? E ele lhe disse: Eu vou a Roma para ser crucificado novamente, e Peter perguntou-lhe: Senhor, tu deverás ser crucificado novamente, e ele disse: Sim, e Pedro disse então: Senhor, vou voltar novamente depois de ser crucificado contigo. Dito isto, nosso Senhor subiu ao céu, Peter contemplando ele, que chorou muito. E quando Pedro entendeu que o Senhor tinha dito a ele de sua paixão, ele voltou, e quando ele chegou a seus irmãos, disse-lhes o que o Senhor tinha dito. E logo ele foi levado dos ministros do Nero e foi entregue ao reitor Agripa, então era o rosto dele tão clara como o sol, como se diz. Então Agripa disse-lhe: Tu és aquele que glorifiest nas pessoas, e nas mulheres, que te apartando-se da cama de seus maridos. Quem o apóstolo culpado, e disse-lhe que ele glorificado na cruz de nosso Senhor Jesu Cristo. Então, Pedro foi ordenado para ser crucificado como um estranho, e por que Paulo era um cidadão de Roma, foi ordenado que sua cabeça deve ser golpeado fora. E desta sentença proferida contra eles, São Dionísio, em uma epístola a Timóteo diz assim: O meu irmão Timóteo, se tu viu a agonia do fim delas deves ter falhado de tristeza e pesar. Quem não deve chorar naquela hora quando o mandamento da sentença foi dada contra eles, que Peter deve ser crucificado e Paul ser decapitado? Tu deves então ter visto os turbes ot judeus e dos paynims que os feriu e cuspir em seus rostos. E quando o tempo horrível veio de seu fim de que eles se retirado aquele daquela outra, amarraram os pilares do mundo, mas que não foi sem choro e choro dos irmãos. Então disse São Paulo a São Pedro: Paz seja contigo que foundement arte da igreja e pastor das ovelhas e cordeiros de nosso Senhor. Pedro, então, disse a Paul: Vai tu em paz, pregador de boas maneiras, mediador, líder, e consolo de legítimos pessoas. E quando eles foram retirados longe de outro eu segui meu mestre. Eles não estavam ambos mortos em uma rua. Este diz São Dionísio, e como Leo do papa e Marcel testemunha, quando Peter chegou à cruz, ele disse: Quando o meu Senhor, descendo do céu para a terra, ele foi colocado no lado direito cruz, mas me quem lhe agrada para chamar da terra para o céu, a minha cruz deve mostrar a minha cabeça para a terra e resolver os meus pés para o céu, porque eu não sou digno de ser posto na cruz como o meu Senhor estava, portanto, transformar a minha cruz e crucificar-me a minha cabeça para baixo. Em seguida, eles voltaram a cruz, e prendeu os pés para cima ea cabeça para baixo. Em seguida, as pessoas estavam com raiva contra Nero eo reitor, e teria matado eles, porque eles fizeram São Pedro para morrer, mas ele exigiu-lhes que eles não devem deixar sua paixão, e como Leo witnesseth, nosso Senhor abriu os olhos dos que estavam lá, e chorou de modo que, eles viram os anjos com coroas de rosas e lírios que estão por Peter que estava na cruz com os anjos. E, em seguida, Peter recebeu um livro de nosso Senhor, onde ele aprendeu as palavras que ele disse. Então, como diz Hegesippus: Pedro disse assim: Senhor, eu tenho desejado muito para seguir-te, mas para ser crucificado em pé eu não usurpou, tu és sempre justo, alto e soberano, e nós sermos filhos do primeiro homem que tem a cabeça inclinada em relação à terra, sendo que a queda significa a forma da geração humana. Também nascer que ser visto inclinado para a terra por efeito, ea condição é alterada para o weeneth mundo que tal coisa é boa, o que é mau e ruim. Senhor, tu és tudo para mim, e nada é para mim, mas tu só, eu me rendo a ti thankings com todo o espírito do que eu vivo, por que eu entendo, e por quem eu chamo-te. E quando São Pedro viu que os homens bons cristãos viram a sua glória, em ceder thankings a Deus e elogiando pessoas boas para ele, prestou o espírito. Em seguida, Marcel e Apuleio, seu irmão, que eram seus discípulos, tirou o corpo da cruz, quando ele estava morto, e ungiu-o com muito ungüento, eo sepultaram honrosamente. Diz Isidoro no livro da Natividade e da morte dos santos assim: Pedro, depois que ele havia governado Antioquia, ele fundou uma igreja sob o imperador Cláudio, ele foi para Roma contra Simon Magus, lá ele pregou o evangelho 25 anos e ocupou o bispado, e trinta e seis anos após a paixão de Nosso Senhor Jesus foi crucificado por Nero virou a cabeça para baixo, pois ele seria tão crucificado: HAEC Isidorus. Naquele mesmo dia, Peter e Paul apareceu a São Dionísio, como ele diz em sua epístola foresaid com estas palavras: Entenda o milagre e ver o prodígio, meu irmão Timóteo, do dia do martírio ot-los, pois eu estava pronto no tempo da partida deles. Depois de sua morte, eu os vi juntos, de mãos dadas, entrando nas portas da cidade, e vestida com roupas de luz, e vestida com coroas de clareza e luz. HAEC Dionísio. Nero não foi punido por sua morte e outros grandes pecados e tiranias que ele cometeu, pois ele matou com as próprias mãos, o que tiranias eram demasiado longa para contar, mas logo vou ensaiar aqui alguns. Ele matou seu mestre Seneca porque ele tinha medo dele quando ele foi para a escola. Também Nero matou sua mãe e cortou a barriga para ver o lugar onde ele estava dentro Os médicos e mestres culpa dele, e disse que o filho não deve matar sua mãe, que tinha dado a ele com tristeza e dor. Então disse ele: Faze-me com a criança, e depois de dar à luz, para que eu possa saber o que minha mãe sofreu dor. Que, por ofício, deram a ele um jovem sapo para beber, e cresceu em sua barriga, e então ele disse: Mas se fazeis me para ser entregue Vou matar todos vocês, e por isso deram-lhe como uma bebida que ele tinha um vomitar e expulsou o sapo, e lhe deu na mão que, por causa que ele não se firmou seu tempo era disforme, que ainda que ele fez para ser mantido. Então, para seu prazer pôs Roma em chamas, que queimaram sete dias e sete pontos turísticos, e estava em uma torre alta e gostava de o ver tão grande chama de fogo, e cantavam alegremente. Ele matou os senadores de Roma para ver o que tristeza e lamentação suas esposas faria. Ele casou um homem para sua esposa. Ele pescou com redes de fio de ouro, ea roupa que ele usava um dia ele nunca iria usá-lo ne vê-lo depois. Em seguida, os romanos vendo seu woodness, assaltaram e perseguiram-no até fora da cidade, e quando viu que ele não poderia escapar deles, tomou uma estaca e afiadas com os dentes, e com isso preso a si mesmo através do corpo e por isso se matou. Em outro lugar, lê-se que ele foi devorado por lobos. Em seguida, os romanos voltaram e encontraram o sapo e atirou-o para fora da cidade e não queimou. No tempo de São Cornélio, o papa, os gregos roubaram os corpos dos apóstolos Pedro e Paulo, mas os demônios que estavam nas ídolos foram constrangidos pela virtude divina de Deus, e clamando, disse: Varões de Roma, socorrer às pressas seus deuses que ser roubado de você, por que coisa que os bons cristãos entenderam que eles eram os corpos de Pedro e Paulo. E os paynims supunha que tinha sido seus deuses. Em seguida, reuniu grande número de homens e de cristãos paynims também, e perseguiu desde os gregos que duvidava de ter sido morto, e jogou os corpos em um poço nas catacumbas, mas depois eles foram atraídos por homens cristãos. Diz São Gregório que a grande força de um trovão e raio que veio do céu fez com tanto medo que eles partiram cada um dos outros, e assim deixaram os corpos dos apóstolos nas catacumbas em um poço, mas duvidava que os ossos eram Pedro e que Paulo: Por que os homens bons cristãos colocá-los para orações e jejuns, e foi Respondeu-lhes do céu que os grandes ossos desejava o pregador, e menos para o pescador, e assim se retirado, e os ossos foram colocados na igreja dele que era de dedicar. E outros dizem que Silvester o papa iria santificar as igrejas e tomou todos os ossos juntos, e partiu-os pelo peso, grandes e pequenos, e que ponha metade em uma igreja, e que a outra metade no outro. E São Gregório recounteth em seus diálogos que, na igreja de São Pedro, onde os ossos de descanso, era um homem de grande santidade e de mansidão chamado Genciana, e veio uma empregada para a igreja que era aleijado, e chamou o seu corpo e as pernas atrás dela com as mãos, e quando ela tinha muito tempo exigido e orou São Pedro para a saúde, ele apareceu-lhe numa visão, e disse-lhe: Vai para Genciana, meu servo, e ele deve restaurar a tua saúde. Então ela começou a arrastar-se aqui e ali, por meio da igreja, e perguntou quem era Genciana, e de repente ele happed que ele veio para ela que ele procurou, e ela disse-lhe: O santo apóstolo São Pedro, me enviou a ti, para que tu deverias fazer me todo e livra-me de minha doença, e ele respondeu: Se tu és enviado para me dele, levanta-te tu Anon e ir em teus pés. E tomou-a pela mão e logo ela estava inteira, de tal modo que ela não sentiu nada de sua dor, nem doença, e então ela agradeceu a Deus e São Pedro. E no mesmo livro diz São Gregório, quando que um santo sacerdote era chegar ao fim de sua vida, ele começou a chorar em grande alegria: Vós sois bem-vindos, meus senhores, vós bem-vinda para que vos vouchsafe vir para tão pequeno e pobre servo, e ele disse: Eu virei e obrigado. Então, os que ali estavam exigiu que eles eram de que ele falou, e ele disse-lhes perguntando: Não tendes visto o Santos Apóstolos Pedro e Paulo e como ele chorou de novo, a sua alma bendita partiu da carne. Alguns têm dúvida se Peter e Paul sofreu a morte em um dia, para alguns dizem que foi o mesmo dia, mas um ano após o outro. E Jerome e todos os santos que tratam deste assunto acordo que estava em um dia e um ano, e assim é contido em uma epístola de Denis e Leo diz o papa o mesmo em um sermão, dizendo: Nós supomos, mas que ele não foi feito sem justa causa que sofreu em um dia e em um só lugar a sentença do tirano, e sofreu a morte de uma só vez, a fim de que eles devem ir juntos para Jesu Cristo, e ambos sob um perseguidor até o fim que a crueldade igual deve forçar aquele e aquele outro. O dia para o seu mérito, o lugar para a sua glória, ea perseguição superado pela virtude. HAEC Leo. Apesar de terem sofrido tanto a morte em um dia e em uma hora, mas ele não estava em um lugar, mas em diversas dentro de Roma, e disse deste instrumento um versejador desta maneira: Ense coronatus Paulus, cruce Petrus, eodem-Sub duce, luce, loco, dux Nero, Roma lugar. Ou seja, Paulo coroado com a espada, e Pedro teve a cruz invertida, o lugar era a cidade de Roma. E contudo o que sofreu a morte em um dia, mas São Gregório ordenou que naquele dia especial deve ser a solenidade de São Pedro, e no próximo dia de comemoração de São Paulo, para a igreja de São Pedro foi consagrado nesse mesmo dia, e também porquanto como ele era mais digna, e pela primeira vez na conversão, e manteve o principado em Roma. E depois que ele é lido em Historia Ecclesiastica que, quando a esposa de São Pedro foi levado a sua paixão, ele tinha grande alegria e chamou pelo seu nome próprio, e disse-lhe:. Minha esposa, lembre-te de nosso Senhor Em um tempo quando São Pedro mandou dois dos seus discípulos para pregar a fé ot Jesu Cristo, e quando eles tinham ido jornada 20 dias “, um deles morreu, e aquele outro em seguida, retornou a São Pedro e disse-lhe o que tinha acontecido, alguns dizem que era São Marcial que assim morreu, e alguns dizem que foi São Maternus, e outros dizem que foi São Frank. Então São Pedro deu a ele sua equipe e ordenou que ele deve retornar ao seu companheiro, e colocá-lo em cima dele, que ele assim o fez, então ele que tinha sido 40 dias morto, Anon surgiu todos os viventes. Dessa vez Simon o feiticeiro estava em Jerusalém, e ele disse que era a primeira verdade, e afirmou que quem que iria acreditar nele, ele iria fazê-los perpétua. E ele também disse que nada lhe era impossível. Ele é lido no livro de S Clemente que ele disse que deve ser adorado de todos os homens como Deus, e que ele poderia fazer tudo o que ele faria. E disse ainda mais: Quando minha mãe Rachel me mandou que eu deveria ir colher milho no campo, e viu a foice pronto para colher, com, ordenei a foice para colher por si só, e colheram dez vezes mais do que qualquer outro . E ainda acrescentou mais presente regulamento, depois de Jerome, e disse: Eu sou a Palavra de Deus, eu sou o Espírito Santo, eu sou Todo-Poderoso, eu sou tudo o que é de Deus. Ele fez as serpentes de bronze para se mover, e fez as imagens de ferro e de pedra de rir, e cães para cantar e, como diz Santo Linus, ele iria disputar com São Pedro e show, num dia designado, que ele era Deus. E Pedro entrou para o lugar onde o conflito deve ser, e disse aos que estavam ali: Paz seja convosco irmãos que verdade pomba. Para quem Simon disse: Não temos nenhuma necessidade de tua paz, pois se a paz ea concórdia foram feitas, não devemos aproveitar para encontrar a verdade, para os ladrões a paz entre eles. E, portanto, não desejam a paz, mas a batalha, pois, quando dois homens e uma luta é superada, então, é a paz. Então, disse Pedro: Por que dreadest tu ouvir falar de paz? Dos pecados crescer batalhas, onde há pecado há paz, em disputa é verdade que se encontra, e em justiça obras. Então, disse Simon: Não é como tu dizes, mas vou mostrar-te o poder de minha dignidade, que Anon tu me adorar, eu sou o primeiro a verdade e pode fugir pelo ar, eu posso fazer novas árvores e transformar pedras em pão , resistir ao fogo, sem ferir, e tudo o que eu quero eu posso fazer. São Pedro disputava também contra todos estes, e divulgados todos os seus malefices. Simão, o Mago, vendo que ele não poderia resistir Pedro, lançar todos os seus livros para o mar, para que São Pedro deve provar que ele estava um mágico, por seus livros, e foi para Roma, onde foi tido e reputado como um deus. E quando Pedro sabia que, ele seguiu e chegou a Roma. O quarto ano de Claudius imperador, Pedro veio a Roma, e ficou lá 25 anos, e ordenou dois bispos como seus ajudantes, Linus e Cletus, um dentro das paredes, e que outros sem. Ele emendou muito a pregação da Palavra de Deus, pela qual ele se converteu muita gente à fé de Cristo, e curou muitos homens doentes, e em sua pregação sempre elogiou e castidade preferido. Ele converteu quatro concubinas de Agripa o reitor, para que eles não mais vir a ele, por isso o reitor procuraram ocasião contra Peter. Após isso, nosso Senhor apareceu a São Pedro, dizendo-lhe: Simão, o Mago e Nero propósito contra ti, medo ti não, porque eu sou contigo, e dará a ti o consolo do meu servo Paulo, que a manhã virá a Roma. Então Pedro, sabendo que ele não deve permanecer muito tempo aqui, reuniu todos os seus irmãos e tomou Clement pela mão e ordenou um bispo, e fê-lo sentar-se em seu próprio assento. Depois disso, como nosso Senhor tinha dito tofore, Paulo chegou a Roma, e com Pedro começou a pregar a fé de Cristo. Simon Magus era muito amada de Nero que ele weened que ele tinha sido o guardião de sua vida, de sua saúde e de toda a cidade. Em um dia, como Leo diz o papa, como ele ficou tofore Nero, de repente, seu rosto mudou, agora velho e agora jovem, que, quando Nero viu, ele supôs que ele tinha sido o filho de Deus. Então, disse Simon Magus para Nero: Porque tu sabe me ser o próprio Filho de Deus, manda a minha cabeça para ser ferido off e eu vou surgir de novo no terceiro dia. Então Nero ordenou a seu irmão para ferir-lhe a cabeça, e quando ele deveria ter decapitado Simon, ele decapitou um carneiro. Simon, por sua mágica arte saiu ileso, reuniram-se os membros do carneiro, e escondeu-o três dias. O sangue do carneiro morada e congelados. O terceiro dia ele veio e mostrou-lhe a Nero, dizendo: Command meu sangue para ser lavada, pois eis que eu sou aquele que foi decapitado, e como eu prometi que subiram ao terceiro dia. Quem Nero vendo, era envergonhado e curvou-se, na verdade, que ele havia sido o filho de Deus. Tudo isso diz Leo. Algum tempo também, quando ele estava com Nero secretamente dentro de seu conclave, o diabo em sua semelhança falou sem ao povo. Em seguida, os romanos tinham ele em tal adoração que eles fizeram para ele uma imagem e escrevi acima, este título: Para Simão, o santo Deus. Peter e Paul entrou para Nero e descobriu todos os encantos e malefices de Simão, o Mago, e Peter adicionado à mesma, visto que, como em Cristo haver duas substâncias que é de Deus e do homem, por isso estão nesta mágico duas substâncias, isto é, do homem e do diabo. Então, disse Simon Magus, como São Marcelle e Leo testemunha, para que eu não sofra mais esse inimigo, vou comandar os meus anjos que hão de vingar-me dele. Para quem Pedro disse: eu temo nada anjos brilho, mas eles me pavor. Nero disse: Dreadest tu não Simon, que por certas coisas affirmeth sua divindade? Para quem Pedro disse: Se a dignidade ou divindade ser nele que ele diga agora o que eu penso ou o que eu faço, o que eu pensei primeiro que dizer para ti, para que ele não deve cortar mentir que eu penso. Para quem Nero disse: Vem cá e dizer o que tu pensas. Então, Pedro foi até ele e disse-lhe secretamente: Comanda um homem para trazer-me um pão de cevada, e entregá-lo para me secretamente. Quando foi levado para ele, ele abençoou-o e escondeu-o sob sua manga, e, em seguida, ele disse: Agora Simon dizer o que penso, e dito e feito. Simão respondeu: Vamos Peter dizer o que penso. Pedro respondeu: O que Simon pensa que eu sei, vou fazê-lo quando ele tem pensamento. Então Simon ter indignação, clamou em alta voz: Eu ordeno que os cães vêm e devorá-lo. E, de repente, apareceu grandes cães e fez um assalto contra Peter. Ele lhes deu o pão que ele tinha abençoado, e de repente ele fez para fugir. Então disse a Pedro para Nero: Lo! Eu mostrei-lhe o que ele achava contra mim, não em palavras, mas em atos, para onde ele prometeu anjos para vir contra mim ele trouxe cães, assim não mostra o que ele tem nenhum anjos mas os cães. Então, disse Simon: Ouvi, Pedro e Paulo, se eu não posso chorar aqui, tiverdes onde me deve convinha para julgá-lo. Vou poupá-lo aqui. HAEC Leo. Simão, o Mago, como Hegésipo e Linus dizer, elate no orgulho avaunted que ele pode levantar os mortos à vida. E happed que havia um jovem morto, em seguida, Nero deixou chamada Pedro e Simão, e tudo deu sentença pela vontade de Simon que ele deve ser morto, que não pode surgir o homem morto à vida. Simon, então, como ele fez os seus encantamentos sobre o corpo morto, ele foi visto mover sua cabeça de que ali estavam, então todos gritaram para a pedra de Pedro. Peter unnethe ficando silêncio, disse: Se o corpo do morto vivo, que se levante, ande e fale, então sabeis que ele é uma fantasia que a cabeça do morto se move. Deixe Simon ser feita a partir do leito. E o corpo permaneceu imóvel. Peter pé longe de fazer sua oração clamou ao cadáver, dizendo: Jovem, levanta-te em nome de Jesu Cristo de Nazaré crucificado, e logo, levantou-se vivo, e andou. Então, quando as pessoas teriam apedrejado Simon Magus, Pedro disse: Ele está com dor suficiente, sabendo-o a ser superado em seu coração; vos o nosso mestre nos ensinou a fazer o bem para o mal. Então disse a Pedro Simon e Paul: Ainda não é con e para você que desejais, para vos não ser digno de ter o martírio, o qual respondeu: Ou seja, que o desejo de ter, para ti nunca mais será assim, por te deitares tudo o que dizes. Então, como diz Marcel: Simon foi até a casa de Marcel e vinculados há um grande cão preto na porta da casa, e disse: Agora vou ver se Peter, que está acostumado a vir para cá, virão, e se ele vir este cão deve estrangulá-lo. E um pouco depois disso, Pedro e Paulo foi para lá, e logo Peter fez o sinal da cruz e não ligado o cão, eo cão era tão manso e manso como um cordeiro, e perseguiu ninguém, mas Simon, e foi até ele e deu e lançá-lo para o chão debaixo dele, e teria estrangulado ele. E, em seguida, correu-lhe Pedro e chorou sobre o cão que ele não deveria fazer-lhe qualquer dano. E logo o cão à esquerda e não tocou em seu corpo, mas tudo Torent e tara seu vestido de tal modo que ele estava quase nu. Então, todas as pessoas, especialmente as crianças, correu com o cão em cima dele e caçado e perseguido para fora da cidade, ele tinha sido um lobo. Então, para a repreensão e pena que ele não se atreveu a vir para a cidade de todos um ano inteiro depois. Então Marcel, que foi discípulo de Simão, o Mago, vendo esses grandes milagres, chegou a Pedro, e foi a partir de então forthon seu discípulo. E depois, no final do ano, Simon voltou e foi recebido novamente na amizade de Nero. E então, como diz Leo, este Simão, o Mago reuniu o povo e mostrou-lhes como tinha sido irritou dos galileus, e, portanto, ele disse que iria deixar a cidade que ele estava acostumado a defender e manter, e estabeleceu um dia em que ele iria subir ao céu, pois ele não mais se dignou habitar na terra. Em seguida, no dia em que ele tinha estabelecido, como, como tinha dito, ele foi até uma torre alta, que estava no Capitólio, e há de ser coroada de louros, atirou-se para fora de lugar para lugar, e começou a voar no ar. Então disse São Paulo a São Pedro: É caberá a mim para orar, ea ti, para comandar. Então, disse Nero: Este homem é o próprio Deus, e vós estareis dois traidores. Então disse São Pedro a São Paulo: Paul, irmão, levante a cabeça brilho e ver como Simon flyeth. Então disse São Paulo a São Pedro quando o viu voar tão alto: Peter, por que te demoras? executar que tens começado, Deus agora nos chamaram. Então, disse Pedro: I cobrar e conjuro anjos de Sathanas, que carregam-lo no ar, com o nome de nosso Senhor Jesu Cristo, que deis ne sustentá-lo mais, mas deixá-lo cair por terra. E logo eles deixá-lo cair no chão e quebrou-lhe o pescoço e cabeça, e ele morreu ali imediatamente. E quando Nero ouviu dizer que Simon estava morto, e que ele tinha perdido um homem, ele estava triste, e disse aos apóstolos: Ye ter feito isso, a despeito de mim e, portanto, eu vou destruí-lo por mau exemplo certo. HAEC Leo. Em seguida, ele os entregou ao Paulin, que era um homem muito nobre, e Paulin entregou a Mamertin sob a guarda de dois cavaleiros, Processadas e Martinian, a quem São Pedro convertidos à fé. E, em seguida, abriu a prisão e deixá-los todos para fora que iria, portanto, após a paixão dos apóstolos, Paulin, quando ele sabia que eles eram cristãos, ambos decapitados Processe e Martinian. Os irmãos, então, quando a prisão foi aberta , orou Pedro para ir lá, e ele não o faria, mas no fim, ele está sendo superada por suas orações foram embora. E quando chegou ao portão, como, Leo testifica, que é chamado Sancta Maria ad passus, ele conheceu Jesu Cristo que vem contra ele, e disse-lhe Pedro: Senhor, para onde vais? E ele lhe disse: Eu vou a Roma para ser crucificado novamente, e Peter perguntou-lhe: Senhor, tu deverás ser crucificado novamente, e ele disse: Sim, e Pedro disse então: Senhor, vou voltar novamente depois de ser crucificado contigo. Dito isto, nosso Senhor subiu ao céu, Peter contemplando ele, que chorou muito. E quando Pedro entendeu que o Senhor tinha dito a ele de sua paixão, ele voltou, e quando ele chegou a seus irmãos, disse-lhes o que o Senhor tinha dito. E logo ele foi levado dos ministros do Nero e foi entregue ao reitor Agripa, então era o rosto dele tão clara como o sol, como se diz. Então Agripa disse-lhe: Tu és aquele que glorifiest nas pessoas, e nas mulheres, que te apartando-se da cama de seus maridos. Quem o apóstolo culpado, e disse-lhe que ele glorificado na cruz de nosso Senhor Jesu Cristo. Então, Pedro foi ordenado para ser crucificado como um estranho, e por que Paulo era um cidadão de Roma, foi ordenado que sua cabeça deve ser golpeado fora. E desta sentença proferida contra eles, São Dionísio, em uma epístola a Timóteo diz assim: O meu irmão Timóteo, se tu viu a agonia do fim delas deves ter falhado de tristeza e pesar. Quem não deve chorar naquela hora quando o mandamento da sentença foi dada contra eles, que Peter deve ser crucificado e Paul ser decapitado? Tu deves então ter visto os turbes ot judeus e dos paynims que os feriu e cuspir em seus rostos. E quando o tempo horrível veio de seu fim de que eles se retirado aquele daquela outra, amarraram os pilares do mundo, mas que não foi sem choro e choro dos irmãos. Então disse São Paulo a São Pedro: Paz seja contigo que foundement arte da igreja e pastor das ovelhas e cordeiros de nosso Senhor. Pedro, então, disse a Paul: Vai tu em paz, pregador de boas maneiras, mediador, líder, e consolo de legítimos pessoas. E quando eles foram retirados longe de outro eu segui meu mestre. Eles não estavam ambos mortos em uma rua. Este diz São Dionísio, e como Leo do papa e Marcel testemunha, quando Peter chegou à cruz, ele disse: Quando o meu Senhor, descendo do céu para a terra, ele foi colocado no lado direito cruz, mas me quem lhe agrada para chamar da terra para o céu, a minha cruz deve mostrar a minha cabeça para a terra e resolver os meus pés para o céu, porque eu não sou digno de ser posto na cruz como o meu Senhor estava, portanto, transformar a minha cruz e crucificar-me a minha cabeça para baixo. Em seguida, eles voltaram a cruz, e prendeu os pés para cima ea cabeça para baixo. Em seguida, as pessoas estavam com raiva contra Nero eo reitor, e teria matado eles, porque eles fizeram São Pedro para morrer, mas ele exigiu-lhes que eles não devem deixar sua paixão, e como Leo witnesseth, nosso Senhor abriu os olhos dos que estavam lá, e chorou de modo que, eles viram os anjos com coroas de rosas e lírios que estão por Peter que estava na cruz com os anjos. E, em seguida, Peter recebeu um livro de nosso Senhor, onde ele aprendeu as palavras que ele disse. Então, como diz Hegesippus: Pedro disse assim: Senhor, eu tenho desejado muito para seguir-te, mas para ser crucificado em pé eu não usurpou, tu és sempre justo, alto e soberano, e nós sermos filhos do primeiro homem que tem a cabeça inclinada em relação à terra, sendo que a queda significa a CurtirCurtir
  2. EDMILSON disse:

    Helen essa é a grande prova, bíblica. Que mostra claramente que a cidade de babilônia citada por São Pedro é a cidade de Roma.

    VEJA:

    1 Pedro 5, 13. A igreja escolhida de Babilônia saúda-vos, assim como também Marcos, meu filho.

    Está é a principal prova de que Pedro esteve em Roma, visto que Roma era tira como a babilônia na época pela semelhança que tinha com a babilônia (Ap 17,5; 18, 10). Assim, na mente de Pedro, a Roma dos seus dias lembrava a antiga Babilônia em riqueza, luxúria e licenciosidade isso é incontestável pois existem livros de historiadores contemporâneos com testemunhas oculares com fatos verídicos e fonte histórica da época que afirmam que na época de são Pedro a cidade de babilônia estava em ruína.

    Objeção:

    Alguns dizem que está babilônia era Babilônia do Egito ou ainda mais fortemente a Babilônia do Eufrates é considerada por muitos como o lugar aí designado, pois muitos Judeus, ainda moravam em Babilônia.

    Refutação:

    A babilônia do Egito, sendo provavelmente um posto militar do Império Romano, no local onde hoje é a cidade do Cairo, não existe nenhum registro das missões e da tradição que havia uma comunidade de cristãos ali naquela época muito menos que Pedro tenha estado ali, não encontramos nenhum indicio de cristianismo lá.

    Já a babilônia do Eufrates não existe notícia nem tradição de qualquer apóstolo ter estado na Mesopotâmia, salvo Tomé.

    Ou seja, em nenhuma das outras babilônias literais há qualquer noticia de comunidade cristã por perto, somente Roma se encaixa na descrição de Pedro.

    Por isso é muito fácil provar que São Pedro veio a Roma e em Roma morreu

    E mais antes de estabelecer de um modo positivo o fato do martírio de São Pedro em Roma, convém recordar esta prova negativa: que ninguém assinalou nunca para a tumba de São Pedro um lugar diferente de Roma.

    Mas podemos ir mais longe, já que a Sagrada Escritura nos permite estabelecer positivamente o fato do martírio de São Pedro em Roma. Assim, a 1ª epístola de São Pedro:Diz “Saúda-vos a igreja que está em Babilônia” (5, 13). A Tradição estabelece que São Pedro ocupou sucessivamente as sedes episcopais de Jerusalém, Antioquia e Roma; mas também demonstra que nunca esteve em Babilônia.

    Assim pois, como saúda da parte da igreja que está em Babilônia?

    A resposta não oferece dúvidas para os contemporâneos dos judeus do século I:Pois Babilônia era o nome que São Pedro dava a Roma por causa da sua corrupção. Assim, com este texto tão curto,

    São Pedro situa-nos no itinerário da sua estadia em Roma.

    Saúda-vos a igreja que está em Babilônia e Marcos meu filho”. Ora, Marcos nesta época (c. 1-62) não se achava em Babilônia mas em Roma.

    Di-lo abertamente S. Paulo em duas epístolas escritas durante o seu primeiro cativeiro na capital do império. Na epístola aos colossenses, IV, 10, Diz”Saúda-vos Aristarco… e Marcos, primo de Barnabé; na epístola a Filemon v. 24: saúda-te Marcos, etc.”.

    2ª Prova bíblica.

    Colossenses 4, 10. Saúda-vos Aristarco, meu companheiro de prisão, e Marcos, primo de Barnabé, a respeito do qual já recebestes instruções.

    Assim como Pedro diz que Marcos está com ele em Babilônia (ROMA), Paulo também quando escreve sua carta aos Colossenses diz que Marcos está com ele em Roma.

    Paulo manda Timóteo levar Marcos a Roma Em II Timóteo:

    II Timóteo 4,11b. Toma contigo Marcos e traze-o, porque me é bem útil para o ministério.

    Timóteo estava em Éfeso e só poderia Marcos estar lá ou em uma cidade por perto no caminho para Roma, e não em Babilônia do Eufrates.

    Se formos ver as datas das cartas veremos que II Timóteo foi escrita antes de 1 Pedro, portanto as datas se encaixam, Marcos foi para Roma com Timóteo por volta do ano 65 quando Paulo escreveu a 2ª carta a ele , e antes do ano 67 Pedro escreveu sua carta as comunidades da Ásia menor com Marcos. E alguns Anos depois Paulo escreveu sua Cartas aos Colossenses e Marcos estava com ele em Roma. Será que Marcos iria de Éfeso a Roma, Depois ir pra Babilônia do Eufrates mais de 3000 km de distancia escrever a carta com Pedro e voltar pra Roma? É meio que absurdo para a época, sem meios de transportes e nem estradas e etc. veja o mapa:

    Ele estaria viajando mais de 6000 km em um curto período de tempo o que é ilógico, como já disse, para a época.

    3ª Prova bíblica

    I Pedro 5, 12. Por meio de Silvano, que estimo como a um irmão fiel, vos escrevi essas poucas palavras. Minha intenção é de admoestar-vos e assegurar-vos que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes.

    Todos Sabem que Silvano Andava junto a Timóteo, e na região de Éfeso próximo a Europa, o que era que Silvano iria fazer na Babilônia? Marcos e Silvano iriam para a babilônia do Eufrates somente para escrever a carta com Pedro e Depois voltarem para Roma? É geograficamente e fisicamente impossível eles estarem em 2 lugares ao menos tempo.

    Ainda falando sobre Babilônia.

    Três cidades podem ser designadas com esse nome:

    1. A Babilônia da Mesopotâmia (hoje Iraque).

    2.

    3. Que no século I depois de Cristo ainda estava habitada; porém, não há nenhum vestígio de tradição local que associe esta Babilônia com o apóstolo São Pedro.

    2. Cidade do Egito, onde está a atual cidade de Cairo, com uma fortaleza romana que controlava o canal entre o Nilo e o mar Vermelho (não é o moderno Canal de Suez). Não existe nenhuma tradição que relacione São Pedro com o Egito; e esse lugar era apenas uma fortaleza militar.

    3. Roma: é chamada Babilônia no Apocalipse (14, 8; 16, 19; 17, 5).

    Agora se os protestantes dizem que Babilônia não é uma maneira figurada de designar Roma;

    pergunte então a eles de qual Babilônia São Pedro escreveu a sua primeira carta.

    Foi de Babilônia – Mesopotâmia, hoje Iraque?

    Foi da cidade do Egito (fortaleza militar), onde está a atual cidade de Cairo?

    Qual quer grande historiador primitivo que seja mestre em linguística e doutor em ciência e em palavras que estuda idiomas costumes dialetos símbolos e suas origens

    Sabe muito bem que a expressão metafórica de Babilônia mostra claramente que São Pedro ao referir-se do nome de Babilônia realmente ele somente estava se referindo a cidade de Roma, pois não existe registro histórico nenhum da passagens de são Pedro em babilônia e de cristãos nessa Cidade e mais

    Todos os padres apostólicos afirmam unânimes como também os antigos intérpretes historiadores e escritores da época dos fatos de dentro e de fora da igreja afirmam que a cidade de babilônia era um cativeiro na época

    Veja o que diz

    JOSEFO FLÁVIO 38 — ca. 100), veja o que Josefo historiador dos hebreus

    diz No lugar indicado e que leio? Que Herodes Magno antes da era vulgar depôs a Ananel, sumo pontífice, oriundo dos judeus que haviam sido deportados em massa para Babilônia. Quem duvidou jamais deste fato? Mas que prova ele em favor da existência de uma numerosa colônia judaica em Babilônia

    Irmãos católicos saibas que na época em que S. Pedro escreveu a sua primeira epístola? O próprio FLAVIO, no l. XVIII, c. 9, fala dos tempos de Calígula (estamos, pois, na idade apostólica isso é a patrística e mais…

    Saibam que a cidade de Babilônia da época de São Pedro(Babylon-onis) não passava de uma deserto;Pois na região de babilônia não havia judeus quando S. Pedro escreveu a sua epístola.

    Vejam aqui algumas provas contundentes que você pode encontrar em alguns relatos dos historiadores da época dos fatos que dizem o mesmo a cidade de babilônia estava deserta e servia somente de cativeiro para os romanos

    Para maior entendimento e aprofundamento procure por esses historiadores da época dos fatos

    Estrabão (em grego: Στράϐων; (63 a.C. ou 64 a.C. — ca. 24) foi um historiador, geógrafo e filósofo grego. Foi o autor da monumental Geographia, e um tratado de 17 livros contendo a história e descrições de povos e locais de todo o mundo que lhe era conhecido à época

    Plínio, o Velho (Gaius Plinius Secundus), Foi um nobre romano, cientista e historiador que morreu na erupção do Vesúvio em 79 d.C.;

    Diodoro Sículo ou Diodoro da Sicília (em grego Διόδωρος ὁ Σικελός; ca. 90 a.C. — 30 a.C.), foi um historiador grego, que viveu no século I a.C

    Luciano de Samósata, 115 d.C foi escritor e historiador romano ETC…

    Pausânias (c. 115 – 180 d.C.) foi um geógrafo e viajante grego, autor da Descrição da Grécia, obra que presta um importante contributo para o conhecimento da Grécia Antiga, graças às suas descrições de localidades da Grécia central e do Peloponeso.

    Irmãos e irmãs católicas saiba que são unânimes os testemunhos históricos dos padres apostólicos e de todos os historiadores e escritores eclesiásticos em seus livros e cartas sermões apologéticas e epístolas que comprovam como verdades absolutas o primado de são Pedro em Roma

    VEJA AQUI ALGUNS TESTEMUNHOS SANTOS E VERDADEIROS

    veja o que diz o 3 terceiro bispo de Roma após São Pedro de nome São Clemente Romano a nascido no ano 30 da era cristã

    “Lancemos os olhos sobre os excelentes apóstolos: Pedro foi para a glória que lhe era devida; e foi em razão da inveja e da discórdia que Paulo mostrou o preço da paciência: depois de ter ensinado a justiça ao mundo inteiro e ter atingido os confins do Ocidente, deu testemunho perante aqueles que governavam e, desta forma, deixou o mundo e foi para o lugar santo. A esses homens […] juntou-se grande multidão de eleitos que, em conseqüência da inveja, padeceram muitos ultrajes e torturas, deixando entre nós magnífico exemplo.” (São Clemente Bispo de Roma, ano 96, Carta aos Coríntios, 5,3-7; 6,1).

    Clemente o 3º Bispo de Roma após Pedro, dá testemunho do belíssimo exemplo que o Apóstolo deixou entre os cidadãos Romanos

    “Assim, Mateus publicou entre os hebreus, na língua deles, o escrito dos Evangelhos, quando Pedro e Paulo evangelizavam em Roma e aí fundavam a Igreja.” (Santo Ireneu Bispo de Lião – Contra as Heresias,III,1,1 – 180 d.C).

    “Sob Cláudio [Imperador], Fílon [quande estoriador judeu] em Roma relacionou-se com Pedro, que então pregava aos seus habitantes.” (Eusébio de Cesaréia – HE II,17,1 – 317 d.C)

    Eusébio de Cesaréia, narrando sobre a primeira sucessão Apostólica em Roma escreve: “Depois do martírio de Pedro e Paulo, o primeiro a obter o episcopado na Igreja de Roma foi Lino. Paulo, ao escrever de Roma a Timóteo, cita-o na saudação final da carta [cf. 2Tm 4,21].” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,III,2 – 317 d.C).

    “[…]quanto a Lino, cuja presença junto dele [do Apóstolo Paulo] em Roma foi registrada na 2ª carta a Timóteo [cf. 2Tm 4,21], depois de Pedro foi o primeiro a obter ali o episcopado, conforme mencionamos mais acima.” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,IV,8 – 317 d.C).

    “[…]Alexandre recebeu o episcopado em Roma, sendo o quinto na sucessão de Pedro e Paulo” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,IV,1 – 317 d.C).

    Papias (nascido no ano 70 e morto no ano 155 da era cristã ),

    Veja o que diz Papias

    diz-nos que Marcos escreveu seu evangelho (baseado em sermões de Pedro), na cidade de Roma.

    OLHE O QUE DIZ O PAPA ZEFERINO MORTO NO ANO 217 DA ERA CRISTÃ

    EPÍSTOLA DO PAPA ZEFERINO

    Zeferino,
    Bispo da cidade de Roma,
    aos mui queridos irmãos que servem ao Senhor no Egito.

    “Recebemos uma grande responsabilidade do Senhor, fundador desta Santa Sé e da Igreja apostólica, e do bem-aventurado Pedro, chefe dos apóstolos:

    bispo Dionísio de Corinto morto no ano 170 da era cristã,

    Veja o que ele diz num extrato de uma de suas cartas aos romanos (170):

    “Tendo vindo ambos a Corinto, os dois apóstolos Pedro e Paulo nos formaram na doutrina evangélica. A seguir, indo para a Itália, eles vos transmitiram os mesmos ensinamentos e, por fim, sofreram o martírio simultaneamente.”

    Santo Irineu nascido no ano 130 da era cristã.

    Carta contra heresias:

    “Mas visto que seria coisa bastante longa elencar, numa obra como esta, as sucessões de todas as igrejas, limitar-nos-emos à maior e mais antiga e conhecida por todos, à igreja fundada e constituída em Roma, pelos dois gloriosíssimos apóstolos, Pedro e Paulo.

    Cipriano (NASCIDO NO ANO 258 DA ERA CRISTÃ)

    Veja O QUE ELE DIZ:

    “atrevem-se estes a dirigir-se à cátedra de Pedro, a esta igreja principal de onde se origina o sacerdócio… esquecidos de que OS ROMANOS NÃO PODEM ERRAR NA FÉ”

    (Epist. 59,n.14, Hartel, 683)

    Gaio presbítero romano, em 199 da era cristã: “diz assim

    nós aqui em Roma temos algo melhor do que o túmulo de Filipe. Possuímos os troféus dos apóstolos fundadores desta Igreja local. Ide à Via Ostiense e lá encontrareis o troféu de Paulo; ide ao Vaticano e lá vereis o troféu de Pedro

    Tertuliano nascido no ano 150 da era cristã falou da morte de Pedro em Roma assim

    “A Igreja também dos romanos publica – isto é, demonstra por instrumentos públicos e provas – que Clemente foi ordenado por Pedro.”

    “Feliz Igreja, na qual os Apóstolos verteram seu sangue por sua doutrina integral!” – e falando da Igreja Romana, “onde a paixão de Pedro se fez como a paixão do Senhor.”

    “Nero foi o primeiro a banhar no sangue o berço da fé. Pedro então, segundo a promessa de Cristo, foi por outrem cingido quando o suspenderam na Cruz.”

    Isso é claro São Pedro foi o primeiro bispo de Roma

    E mais todos os antigos testemunhos históricos,também atesta-nos que Marcos escreveu as suas páginas inspiradas em Roma, sintetizando nelas a pregação e os ensinamentos do príncipe dos apóstolos.

    ENTRE ELES ESSES TESTEMUNHOS ESTÃO

    SÃO CLEMENTE ROMANO NASCIDO NO ANO 30 DA ERA CRISTÃ

    SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA NASCIDO NO ANO 35 DA ERA CRISTÃ

    HERMAS MORTO NO ANO 160 DA ERA C RISTÃ

    PAPIAS NASCIDO NO ANO 60 DA ERA CRISTÃ,

    JUSTINO NASCIDO NO ANO 100 DA ERA CRISTÃ,

    IRINEU DE LYON NASCIDO NO ANO 130 DA ERA CRISTÃ

    ORÍGNES NASCIDO NO ANO 180 DA ERA CRISTÃ

    E CLEMENTE DE ALEXANDRIA NASCIDO DO ANO 150 DA ERA CRISTÃ

    TODOS ESSES NOMES AQUI POSTADOS ATESTAM UNÂNIMES QUE MARCOS ESCREVEU EM ROMA.

    COMO ME ORGULHO DE SER CATÓLICO.

    Curtir

  3. EDMILSON disse:

    VEJA AQUI ALGUMAS INCONTESTÁVEIS PROVAS QUE MOSTRA SÃO PEDRO COMO O PRIMEIRO BISPO DA CIDADE DE ROMA

    1ª Prova, bíblica. Que mostra claramente que a cidade de babilônia citada por São Pedro é a cidade de Roma

    VEJA:

    1 Pedro 5, 13. A igreja escolhida de Babilônia saúda-vos, assim como também Marcos, meu filho.

    Está é a principal prova de que Pedro esteve em Roma, visto que Roma era tira como a babilônia na época pela semelhança que tinha com a babilônia (Ap 17,5; 18, 10). Assim, na mente de Pedro, a Roma dos seus dias lembrava a antiga Babilônia em riqueza, luxúria e licenciosidade

    Saúda-vos a igreja que está em Babilônia e Marcos meu filho”. Ora, Marcos nesta época (c. 1-62) não se achava em Babilônia mas em Roma.

    Di-lo abertamente S. Paulo em duas epístolas escritas durante o seu primeiro cativeiro na capital do império. Na epístola aos colossenses, IV, 10, Diz”Saúda-vos Aristarco… e Marcos, primo de Barnabé; na epístola a Filemon v. 24: saúda-te Marcos, etc.”.

    Pois a expressão metafórica de Babilônia mostra claramente que São Pedro estava Roma, pois todos os padres apostólicos afirmam unânimes como também os antigos intérpretes historiadores e escritores da época dos fatos de dentro e de fora da igreja:

    JOSEFO FLÁVIO 38 — ca. 100), veja o que Josefo historiador dos hebreus diz No lugar indicado e que leio? Que Herodes Magno antes da era vulgar depôs a Ananel, sumo pontífice, oriundo dos judeus que haviam sido deportados em massa para Babilônia. Quem duvidou jamais deste fato? Mas que prova ele em favor da existência de uma numerosa colônia judaica em Babilônia

    Irmãos católicos saibas que na época em que S. Pedro escreveu a sua primeira epístola? O próprio FLAVIO, no l. XVIII, c. 9, fala dos tempos de Calígula (estamos, pois, na idade apostólica isso é a patrística e mais…

    Saibam que a cidade de Babilônia da época de São Pedro(Babylon-onis) não passava de uma deserto;Pois na região de babilônia não havia judeus quando S. Pedro escreveu a sua epístola.

    As provas contudentes você pode encontrar em alguns relatos dos historiadores da época dos fatos

    Vejam aqui o nome deles

    Estrabão (em grego: Στράϐων; (63 a.C. ou 64 a.C. — ca. 24) foi um historiador, geógrafo e filósofo grego. Foi o autor da monumental Geographia, e um tratado de 17 livros contendo a história e descrições de povos e locais de todo o mundo que lhe era conhecido à época

    Plínio, o Velho (Gaius Plinius Secundus), Foi um nobre romano, cientista e historiador que morreu na erupção do Vesúvio em 79 d.C.;

    Diodoro Sículo ou Diodoro da Sicília (em grego Διόδωρος ὁ Σικελός; ca. 90 a.C. — 30 a.C.), foi um historiador grego, que viveu no século I a.C

    Luciano de Samósata, 115 d.C foi escritor e historiador romano ETC…

    Pausânias (c. 115 – 180 d.C.) foi um geógrafo e viajante grego, autor da Descrição da Grécia, obra que presta um importante contributo para o conhecimento da Grécia Antiga, graças às suas descrições de localidades da Grécia central e do Peloponeso.

    Irmãos e irmãs católicas saiba que são unânimes os testemunhos históricos dos padres apostólicos e de todos os historiadores e escritores eclesiásticos em seus livros e cartas sermões apologéticas e epístolas que comprovam como verdades absolutas o primado de são Pedro em Roma

    VEJA AQUI ALGUNS TESTEMUNHOS SANTOS E VERDADEIROS

    Agora vejo o que diz o 3 terceiro bispo de Roma após São Pedro de nome São Clemente Romano a nascido no ano 30 da era cristã

    “Lancemos os olhos sobre os excelentes apóstolos: Pedro foi para a glória que lhe era devida; e foi em razão da inveja e da discórdia que Paulo mostrou o preço da paciência: depois de ter ensinado a justiça ao mundo inteiro e ter atingido os confins do Ocidente, deu testemunho perante aqueles que governavam e, desta forma, deixou o mundo e foi para o lugar santo. A esses homens […] juntou-se grande multidão de eleitos que, em conseqüência da inveja, padeceram muitos ultrajes e torturas, deixando entre nós magnífico exemplo.” (São Clemente Bispo de Roma, ano 96, Carta aos Coríntios, 5,3-7; 6,1). Clemente o 3º Bispo de Roma após Pedro, dá testemunho do belíssimo exemplo que o Apóstolo deixou entre os cidadãos Romanos

    “Assim, Mateus publicou entre os hebreus, na língua deles, o escrito dos Evangelhos, quando Pedro e Paulo evangelizavam em Roma e aí fundavam a Igreja.” (Santo Ireneu Bispo de Lião – Contra as Heresias,III,1,1 – 180 d.C).

    “Sob Cláudio [Imperador], Fílon [quande estoriador judeu] em Roma relacionou-se com Pedro, que então pregava aos seus habitantes.” (Eusébio de Cesaréia – HE II,17,1 – 317 d.C)

    Eusébio de Cesaréia, narrando sobre a primeira sucessão Apostólica em Roma escreve: “Depois do martírio de Pedro e Paulo, o primeiro a obter o episcopado na Igreja de Roma foi Lino. Paulo, ao escrever de Roma a Timóteo, cita-o na saudação final da carta [cf. 2Tm 4,21].” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,III,2 – 317 d.C).

    “[…]quanto a Lino, cuja presença junto dele [do Apóstolo Paulo] em Roma foi registrada na 2ª carta a Timóteo [cf. 2Tm 4,21], depois de Pedro foi o primeiro a obter ali o episcopado, conforme mencionamos mais acima.” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,IV,8 – 317 d.C).

    “[…]Alexandre recebeu o episcopado em Roma, sendo o quinto na sucessão de Pedro e Paulo” (Eusébio Bispo de Cesaréia – HE,IV,1 – 317 d.C).

    Papias (nascido no ano 70 e morto no ano 155 da era cristã ),

    Veja o que diz Papias

    diz-nos que Marcos escreveu seu evangelho (baseado em sermões de Pedro), na cidade de Roma.

    OLHE O QUE DIZ O PAPA ZEFERINO MORTO NO ANO 217 DA ERA CRISTÃ

    EPÍSTOLA DO PAPA ZEFERINO

    Zeferino,
    Bispo da cidade de Roma,
    aos mui queridos irmãos que servem ao Senhor no Egito.

    “Recebemos uma grande responsabilidade do Senhor, fundador desta Santa Sé e da Igreja apostólica, e do bem-aventurado Pedro, chefe dos apóstolos:

    bispo Dionísio de Corinto morto no ano 170 da era cristã,

    Veja o que ele diz num extrato de uma de suas cartas aos romanos (170):

    “Tendo vindo ambos a Corinto, os dois apóstolos Pedro e Paulo nos formaram na doutrina evangélica. A seguir, indo para a Itália, eles vos transmitiram os mesmos ensinamentos e, por fim, sofreram o martírio simultaneamente.”

    Saibam também que os mais antigos testemunhos históricos,também atesta-nos que Marcos escreveu as suas páginas inspiradas em Roma, sintetizando nelas a pregação e os ensinamentos do príncipe dos apóstolos.

    ENTRE ELES ESSES TESTEMUNHOS ESTÃO

    SÃO CLEMENTE ROMANO NASCIDO NO ANO 30 DA ERA CRISTÃ

    SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA NASCIDO NO ANO 35 DA ERA CRISTÃ

    HERMAS MORTO NO ANO 160 DA ERA C RISTÃ

    PAPIAS NASCIDO NO ANO 60 DA ERA CRISTÃ,

    JUSTINO NASCIDO NO ANO 100 DA ERA CRISTÃ,

    IRINEU DE LYON NASCIDO NO ANO 130 DA ERA CRISTÃ

    ORÍGNES NASCIDO NO ANO 180 DA ERA CRISTÃ

    E CLEMENTE DE ALEXANDRIA NASCIDO DO ANO 150 DA ERA CRISTÃ

    TODOS ELES TESTAM UNÂNIMES QUE MARCOS ESCREVEU EM ROMA.

    COMO ME ORGULHO DE SER CATÓLICO.

    Curtir

  4. EDMILSON disse:

    1ª Prova, bíblica. Que mostra claramente que a cidade de babilônia citada por São Pedro é a cidade de Roma
    1 Pedro 5, 13. A igreja escolhida de Babilônia saúda-vos, assim como também Marcos, meu filho.
    Está é a principal prova de que Pedro esteve em Roma, visto que Roma era tira como a babilônia na época pela semelhança que tinha com a babilônia (Ap 17,5; 18, 10). Assim, na mente de Pedro, a Roma dos seus dias lembrava a antiga Babilônia em riqueza, luxúria e licenciosidade
    Saúda-vos a igreja que está em Babilônia e Marcos meu filho”. Ora, Marcos nesta época (c. 1-62) não se achava em Babilônia mas em Roma.
    Di-lo abertamente S. Paulo em duas epístolas escritas durante o seu primeiro cativeiro na capital do império. Na epístola aos colossenses, IV, 10, Diz”Saúda-vos Aristarco… e Marcos, primo de Barnabé; na epístola a Filemon v. 24: saúda-te Marcos, etc.”.
    Pois a expressão metafórica de Babilônia mostra claramente que São Pedro estava Roma, pois todos os padres apostólicos afirmam unânimes como também os antigos intérpretes historiadores e escritores da época dos fatos de dentro e de fora da igreja:
    JOSEFO FLÁVIO 38 — ca. 100), veja o que Josefo historiador dos hebreus diz No lugar indicado e que leio? Que Herodes Magno antes da era vulgar depôs a Ananel, sumo pontífice, oriundo dos judeus que haviam sido deportados em massa para Babilônia. Quem duvidou jamais deste fato? Mas que prova ele em favor da existência de uma numerosa colônia judaica em Babilônia
    Irmãos católicos saibas que na época em que S. Pedro escreveu a sua primeira epístola? O próprio FLAVIO, no l. XVIII, c. 9, fala dos tempos de Calígula (estamos, pois, na idade apostólica isso é a patrística e mais…
    Saibam que a cidade de Babilônia da época de São Pedro(Babylon-onis) não passava de uma deserto;Pois na região de babilônia não havia judeus quando S. Pedro escreveu a sua epístola.
    As provas contudentes você pode encontrar em alguns relatos dos historiadores da época dos fatos
    Vejam aqui o nome deles
    Estrabão (em grego: Στράϐων; (63 a.C. ou 64 a.C. — ca. 24) foi um historiador, geógrafo e filósofo grego. Foi o autor da monumental Geographia, e um tratado de 17 livros contendo a história e descrições de povos e locais de todo o mundo que lhe era conhecido à época

    Plínio, o Velho (Gaius Plinius Secundus), Foi um nobre romano, cientista e historiador que morreu na erupção do Vesúvio em 79 d.C.;

    Diodoro Sículo ou Diodoro da Sicília (em grego Διόδωρος ὁ Σικελός; ca. 90 a.C. — 30 a.C.), foi um historiador grego, que viveu no século I a.C

    Luciano de Samósata, 115 d.C foi escritor e historiador romano ETC…

    Pausânias (c. 115 – 180 d.C.) foi um geógrafo e viajante grego, autor da Descrição da Grécia, obra que presta um importante contributo para o conhecimento da Grécia Antiga, graças às suas descrições de localidades da Grécia central e do Peloponeso.
    Irmãos e irmãs católicas saiba que são unânimes os testemunhos históricos em livros e cartas sobre o primado de são Pedro em Roma
    Saibam também que os mais antigos testemunhos históricos,também atesta-nos que Marcos escreveu as suas páginas inspiradas em Roma, sintetizando nelas a pregação e os ensinamentos do príncipe dos apóstolos.
    ENTRE ELES PAPIAS NASCIDO NO ANO 60 DA ERA CRISTÃ,
    JUSTINO NASCIDO NO ANO 100 DA ERA CRISTÃ,
    IRINEU DE LYON NASCIDO NO ANO 130 DA ERA CRISTÃ
    ORÍGNES NASCIDO NO ANO 180 DA ERA CRISTÃ
    E CLEMENTE DE ALEXANDRIA NASCIDO DO ANO 150 DA ERA CRISTÃ
    TODOS ELES TESTAM UNÂNIMES QUE MARCOS ESCREVEU EM ROMA.

    COMO ME ORGULHO DE SER CATÓLICO.

    Curtir

  5. Seu blog é muito bom! tomei a liberdade de linká-lo ao meu blog que comecei a pouco tempo, para acompanhar o seu trabalho. =)

    Curtir

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s