Refutando o Pastor H. Lopes: Uma defesa católica


Entrega da Chaves

Entrega das Chaves do Céu ao Apóstolo Pedro

O auto nomeado pastor Hernandes Dias Lopes conseguiu o que parecia improvável. Superou em contradições, equívocos e imprecisões os textos de Edir Macedo, Silas Malafaia, INRI Cristo e CACP. Com poucas palavras, ele conseguiu fabricar um amontado de suposições contraditórias. H. Lopes não se conteve e produziu o seguinte comentário:

“Com a renúncia de Bento XVI mais uma vez o mundo inteiro discute quem é o cabeça da igreja? Será o papa? Será o papa a pedra fundamental da igreja, o sumo pontífice e o substituto de Cristo na terra? O que a Bíblia diz a esse respeito? A Bíblia diz que Cristo é o cabeça da igreja (Ef 5.23). A Bíblia diz que Cristo é a pedra sobre a qual a igreja está edificada (At 4.11; 1Co 3.11; 10.4). A Bíblia diz que Cristo é o sumo pontífice ou seja o supremo e único mediador entre Deus e os homens (1Tm 2.5). A Bíblia diz que o Espírito Santo é o substituto de Cristo na terra (Jo 14.16). É melhor ficar com a Bíblia, porque Jesus disse que a Palavra de Deus é a verdade (Jo 17.17) e as Escrituras não podem falhar (Jo 10.35).”
Disponível em 05/11/2015 – Aqui
Disponível em 05/11/2015 – Aqui

O que podemos dizer sobre a empreitada do autoproclamado pastor contra o catolicismo? – O pastor desconhece o que a Igreja sempre ensinou, ou seja, que Cristo é o cabeça da Igreja. Hernandes Dias Lopes disse o óbvio, sugerindo que a “novidade” precisa ser descoberta pelos católicos.

O que ensina a Igreja?

Catecismo da Igreja Católica – I.7.21.6 Cristo cabeça da Igreja

§1548 “IN PERSONA CHRISTI CAPITIS” (NA PESSOA DE CRISTO CABEÇA…) No serviço eclesial do ministro ordenado, é o próprio Cristo que está presente na sua Igreja enquanto Cabeça de seu Corpo, Pastor de seu rebanho, Sumo Sacerdote do sacrifício redentor Mestre da Verdade. A Igreja o expressa dizendo que o sacerdote, em virtude do sacramento da Ordem, age “in persona Christi Capitis” (na pessoa de Cristo Cabeça):
A Igreja Católica sempre ensinou o que Hernandes Dias Lopes só agora lembrou aos evangélicos: “Líderes evangélicos mundiais comentam a renúncia do Papa e pastor brasileiro lembra “quem é o cabeça da Igreja” – disponível em 05/11/2015 – Aqui

Conforme vimos acima, os católicos não precisam ser lembrados de que Jesus Cristo é o cabeça da Igreja.

LOPES SE ENGANA E SE CONFUNDE QUANTO:

À PEDRA SOBRE A QUAL A IGREJA ESTÁ EDIFICADA – O pastor H. Lopes citou três textos (At 4, 11, Co 3, 11 e Co, 10,4) fora dos seus contextos para impor a sua doutrina e omitiu o texto de Mateus 16, 17-18:

“Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus. E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

H. Lopes, também tratou de omitir o versículo 19 de Mateus 16:
“Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.”

Felizmente, a tradução peculiar de Hernandes Dias Lopes já foi desmascarada pelos apologistas católicos, como publicado em Aqui

À Primasia de Pedro:

Curiosamente, nem mesmo Lutero duvidou que São Pedro fosse papa:

Tese 77 de Lutero (Pai dos evangélicos) – “A afirmação de que nem mesmo S. Pedro, caso fosse o papa atualmente, poderia conceder maiores graças é blasfêmia contra São Pedro e o papa.”

A Comunhão e Intercessão do Santos:

O pastor promoveu o fatiamento da Bíblia comum aos evangélicos, quando pretendeu condenar a doutrina católica da intercessão dos santos. Ele citou: “…único mediador entre Deus e os homens (1Tm 2.5).” Porém, omitiu o restante do texto que lhe modificaria todo o sentido.

Vamos ao texto completo: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.”1 Timóteo 2:5,6

H. Lopes omitiu a o versículo 6. E por que ele omitiu? Porque a mediação ali descrita refere-se à redenção do gênero humano. Não se trata, portanto, de uma mediação para pedir cura, emprego ou qualquer outra graça. Omitindo aquela parte do texto, Lopes tenta passar a idéia de que não é possível a intercessão de outros para se pedir graças e favores do Altíssimo DEUS. O “reformado” pastor poderia aprender até mesmo com o próprio pai da reforma:

“Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.” (Martinho Lutero, “Comentário do Magnificat”)

Ademais, se realmente ninguém pudesse interceder, Hernandes Dias Lopes não deveria orar por ninguém e nem deveria pedir orações aos seus pares. Afinal de contas, quem poderia ser melhor intercessor do que Jesus Cristo? Muito embora na mediação para redenção do gênero humano apenas Jesus Cristo seja o nosso único salvador e redentor, sendo este o ensino bi milenar da Igreja, devemos interceder e orar uns pelos outros:

“E o Senhor disse-me: ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante de mim, a minha alma não se inclinaria para este povo; tira-os da minha face e retirem-se” (Jer 15, 1).
“Com orações e súplicas de toda sorte, orai por todo tempo, no Espírito, e para isso vigiai com absoluta perseverança e súplicas por todos os santos”. (Ef 6,18)
16 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5, 16

Lopes  cita os textos que lhe convém. Soube explorar a parte de 1 Timóteo e citou apenas o trecho que lhe interessava. Porém, não cita o mesmo livro 1 Timóteo, onde o texto lhe faz oposição. Vejamos:

“Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.” 1 Timóteo 3:15

Note-se que o texto ali consagra uma Igreja, como todo o Corpo de Cristo, no singular. E faz desta Igreja a única coluna e sustentáculo da verdade.

“Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade.”1 Timóteo 3:15

Contraditóriamente, Lopes não só apóia a pluralidade e diversidade de “igrejas”, como também, no lugar da igreja, ele coloca sua interpretação pessoal da Bíblia, coluna e sustentáculo da “verdade.” Esta conduta ignora que a interpretação pessoal da bíblia está proibida pela própria Bíblia, que diz o que segue: “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação”.2 Pedro 1:20

Lopes nem pode negar que faz a “interpretação” proibida pela Bíblia. Em um de seus abomináveis textos, ele declara: “1. O texto básico usado para provar o primado de Pedro está mal interpretado pelo catolicismo romano.” Disponível em 05/11/2015 – Aqui

Resposta ao texto de Hernandes: http://www.pr.gonet.biz/index-read.php?num=3528

Ora, se Hernandes Dias Lopes condenou interpretação católica, se antes ele mesmo “interpretou”? Não há como negar, interpretou e errou.

A DEFINIÇÃO BÍBLICA DE PONTÍFICE:

Vimos acima que o pastor evangélico não entendeu que a mediação descrita em 1 Tm 2, 5 refere-se à redenção do gênero humano, a qual só pode ser operada por Cristo Jesus. Isso é o que sempre ensinou a Igreja Católica, embora H. Lopes finja desconhecer:

Catecismo da Igreja Católica
480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

Depois de ter confundido a mediação de Cristo para redenção do homem, com a intercessão para alcançar graças, Hernandes Dias Lopes agora confunde pontífice com mediação.
Hernandes decretou: “A Bíblia diz que Cristo é o sumo pontífice, ou seja, o supremo e único mediador entre Deus e os homens (1Tm 2.5).”
O que diz a Bíblia e que Hernandes Dias Lopes não sabem ?
“Porque todo o sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados; E possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados; pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza. E por esta causa deve ele, tanto pelo povo, como também por si mesmo, fazer oferta pelos pecados. E ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão.” Hebreus 5:1-4
A Bíblia está nos dizendo que existem outros pontífices além de Jesus.
Jesus é o mais perfeito dos pontífices. Mas não é o único.
Errou Hernandes Dias Lopes ao tentar transmitir a idéia de que não existem outros pontífices além de Jesus.
E para impor sua doutrina pessoal, combinou a idéia com a mediação única de Jesus Cristo, a qual também ele tratou de confundir com intercessão para se alcançar favores e graças.

QUEM VAI SUBSTITUIR JESUS CRISTO:

Hernandes Dias Lopes, de forma impositiva, diz em seu texto reproduzido no início do nosso artigo: “…A Bíblia diz que o Espírito Santo é o substituto de Cristo na terra (Jo 14.16.).”

Mas esqueceu é que, sendo o Espírito Santo invisível, jamais poderia suceder Cristo na Terra, visivelmente. Sem sombra de dúvida, Jesus Cristo enviou o Consolador para assistir a sua Igreja, mas não para guiá-la no lugar do Cristo, de forma VISÍVEL. Essa missão Cristo confiou a Pedro, e para tal lhe confiou poderes especiais, omitidos propositalmente por H. Lopes, se não vejamos:

Depois de ter dito a Pedro “…tu és Pedro”, conforme visto acima, Jesus também disse a Pedro:
“Apascenta minhas ovelhas.” João 21, 15-17
“Confirma teus irmãos na fé.” Lucas 22, 32
“A ti darei as chaves do céu.” Mateus 16, 19
“Aqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos.”João 20:23

E a Pedro Jesus prometeu a assistência infalível do Espírito Santo:
“…e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Mateus 16:18

Hernandes Dias Lopes distorce daqui, distorce dali, mas não pode fugir da inevitável verdade.

LOPES AUTO CONDENA-SE COM SUA SENTENÇA:

Ao final e como não poderia deixar de ser, Lopes termina seu comentário com o costumeiro argumento que os pregadores evangélicos, lançam sobre seus oponentes:

“É melhor ficar com a Bíblia, porque Jesus disse que a Palavra de Deus é a verdade (Jo 17.17) e as Escrituras não podem falhar (Jo 10.35).”

O pastor H. Lopes proclama que é melhor ficar com a Bíblia. Ocorre que, e, conforme provado nos tópicos acima, tudo que Hernandes Dias Lopes não consegue é exatamente fazer o que a Bíblia ensina.

Ele “interpreta”, quando a Bíblia o proíbe de fazê-lo.
Ele troca a Igreja, no singular, como coluna e sustentáculo da verdade, por sua pessoal “interpretação”.
Ele modifica o sentido das Escrituras na mediação de Jesus Cristo.
Ele não aceita a autoridade que Jesus deu a Pedro.
Ele apóia a pluralidade de denominações condenada pela Bíblia.
Ele não aceita que existam outros sacerdotes e pontífices menores além de Jesus.
Ele quer que o Espírito Santo invisível faça o papel do Cristo visível aqui na terra.

E assim, H. Lopes não aceita que Jesus Cristo seja representado visivelmente na terra por aqueles a quem ele escolheu. Que se cumpra: “Quem vos ouve a vós, a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós, a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou.” Lucas 10:16. Ademais, não nos esqueçamos do Concílio infalível:

Concílio Vaticano I (1869-1870): “Se alguém disser que o Pontífice Romano tem apenas o dever de inspeção e direção, mas não pleno e supremo poder de jurisdição sobre a Igreja universal, não só nas matérias que pertencem à fé e aos costumes, mas também naquelas de regime e disciplina da Igreja…seja excomungado” (Dz. 1831 cf. Dz. 1827).

Não admitimos ataques à honra e à dignidade do Sr. Hernandes Dias Lopes. Aceitamos que o Sr. Hernandes Dias Lopes tem o direito de aderir e abraçar a fé e crenças que lhe pareçam mais adequadas. Apoiamos a liberdade religiosa e repudiamos toda e qualquer forma de preconceito religioso.

Autor: André Melkis. Edição do Blog Ecclesia Militans – Livre difusão com os respectivos créditos

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica e marcado , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para Refutando o Pastor H. Lopes: Uma defesa católica

  1. WALDOMIRO FERREIRA disse:

    EU FUI ARTISTA PLÁSTICO, JÁ NÃO SOU MAIS. FIZ MUITAS NOSSA SENHORAS E SANTOS. PERGUNTO: SOU DEUS PORQUE FIZ MUITAS ENCOMENDAS PARA OS CATOLICOS? NUNCA FIZ DEUSES, SÓ IMAGENS SEMELHANTES AO SER CRIADO POR DEUS. HOJE VEJO QUE ISTO É CONTRÁRIO A SUA SANTIDADE. TAMBEM FIZ MUITA REZA [HOJE NÃO] EU ORO. HOJE SEI QUE ESTAVA EM TREVAS. ÊXODO 20: 3.4.5
    SEM QUERER OFENDER, SE A IGREJA ROMANA É MAIOR QUE A BÍBLIA, ONDE ELA ENCONTRA RESPALDO PARA TAL, ELA SE AUTO CRIOU?

    Curtir

    • Hellen disse:

      Waldomiro,

      Onde está escrito nos documentos da Igreja que o Católico deve ou pode adorar aos Santos? O sr acha mesmo que o Católico não compreende que a imagem não passa disso: de uma estátua feita pelas mãos de um mortal para representar a Imagem, ou semblante, daqueles que já não se encontram em nosso meio?

      O Sr acha que quando um católico olha para foto de um parente falecido ele acha que a foto é a pessoa falecida? Acha que o católico acredita que a fotografia tem algum valor ou poder, senão aquele de nos remeter à uma realidade que já não pode ser re-criada na terra? À uma memória, uma lembrança, uma forma de auxiliar nossa imaginação e nossos sentidos e com isso, nos remeter mais perto espiritualmente e psicologicamente daqueles que a foto (ou a imagem de barro, madeira) representa?

      Diga-me, Waldomiro; isso é tão difícil assim de entender? Ou vocês protestantes se fazem de parvos e, cumprem aquilo que Jesus disse:

      “Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem.
      E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz:Ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis,e, vendo, vereis, mas não percebereis. Porque o coração deste povo está endurecido,E ouviram de mau grado com seus ouvidos,E fecharam seus olhos;Para que não vejam com os olhos,E ouçam com os ouvidos,e compreendam com o coração,e se convertam,e eu os cure. Mas, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.”

      Mateus 13:13-16

      Pax Domini
      H.

      Curtir

      • Kleber Cardoso da silva disse:

        Bom dia! Lí suas palavras refutando o comentário acima, vamos supor que você está certa em seu ponto de vista! Onde nas escrituras neotestamentarias vemos tal prática como doutrina ou prática? Se tem i exemplo de se fazer imagens com esta finalidade que expressas como admissível, não vejo nenhuma carta paulina,norteadora de conduta de igrejas gentilicas tal orientação! Ainda que seu ponto de vista esteja certo não tem fundamento como prática e doutrina no berço da igreja! Valeu e paz!

        Curtir

        • Hellen disse:

          Caro Kleber,

          Não há endorso apóstólico por escrito, mas há o testemunho histórico documentado pela sagrada tradição.
          Há, contudo, as passagens do antigo testamento, que apesar desprezadas por muitos evangélicos, são partes integrantes da bíblia.
          E finalmente, há o bom-senso. Se não o ícone sacro não é considerado ídolo por aquele que o venera, então o argumento da idolatria a ele não se aplica!
          Do mesmo modo, ousariam os srs. a chamar de idólatras os primeiros Cristãos que, em pleno fervor de fé, tocavam os lenços e aventais de São Paulo na esperança de obterem uma cura?

          12 De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam.

          Pax Domini,
          H.

          Curtir

  2. rafael disse:

    Esta otima a fonte..muito bom..voce mora no Brasil?

    Curtir

  3. Daniel disse:

    Gostei do post Hellen, belo trabalho. Espero um dia alcançar seu conhecimento sobre a fé católica. Abraços, fica na paz!

    Curtir

    • Hellen disse:

      Que bom que gostou Daniel, mas meus crêditos são apenas de edição neste caso! Obrigada pela visita!!

      Curtir

      • Sergio Cunha disse:

        Olá Hellen, gostei muito do artigo.Só uma observação: existem citações bíblicas demonstradas da forma protestante ex.: Lucas 10:16. Eu aprendi que nós católicos não usamos dois pontos e sim a vírgula para separar os capítulos e os traços para separar os versículos, mas diante da riqueza catequética do texto, acaba sendo irrelevante essa minha observação.. Paz e bem!

        Curtir

        • Hellen disse:

          Prezado Sérgio, obrigadíssima pela observação. Eu já havia sido avisada disso, mas como escrevo outro blog na língua Inglêsa, e no inglês não se faz essa distinção, acabei adquirindo este hábito. Vou prestar mais atenção!
          Grata pela visita.
          Pax Domini,
          H.

          Curtir

  4. Thiago disse:

    Só eu vejo que essa letra está bem esquisita? 😦

    Curtir

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s