Por que o Catolicismo permite e encoraja a devoção à Virgem Maria?


O texto abaixo elucida a verdadeira posição católica sobre a virgem Maria, bem como, desvenda o grande erro pregado por aqueles que, sem entender as verdadeiras doutrinas católicas, criticam nossa reverencia à Santa mãe de Deus.

TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM – por São Luís Maria Grignion de Montfort

Necessidade da devoção à Santíssima Virgem

14. Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

Jesus Cristo é o fim último da devoção à Santíssima Virgem

61. Primeira verdade. – Jesus Cristo, nosso salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções; de outro modo, elas serão falsas e enganosas. Jesus Cristo é o Alfa e Omega, o princípio e o fim de todas as coisas.

Nós só trabalhamos, como diz o apóstolo, para tornar todo homem perfeito em Jesus Cristo, pois é em Jesus Cristo que habita toda a plenitude da Divindade e todas as outras plenitudes de graças, de virtudes, de perfeições; porque nele somente fomos abençoados de toda a bênção espiritual; porque é nosso único mestre que deve ensinar-nos, nosso único Senhor de quem devemos depender, nosso único chefe ao qual devemos estar unidos, nosso único modelo, com o qual devemos conformar-nos, nosso único médico que nos há de curar, nosso único pastor que nos há de alimentar, nosso único caminho que devemos trilhar, nossa única verdade que devemos crer, nossa única vida que nos há de vivificar, e nosso tudo em todas as coisas, que deve bastar-nos.

Abaixo do céu nenhum outro nome foi dado aos homens, pelo qual devamos ser salvos. Deus não nos deu outro fundamento para nossa salvação, nossa perfeição e nossa glória, senão Jesus Cristo. Todo edifício cuja base não assentar sobre esta pedra firme, estará construído sobre areia movediça, e ruirá fatalmente, mais cedo ou mais tarde. Todo fiel que não está unido a ele, como um galho ao tronco da videira, cairá e secará, e será por fim atirado ao fogo. Fora dele tudo é ilusão, mentira, iniqüidade, inutilidade, morte e danação. Se estamos, porém, em Jesus Cristo e Jesus Cristo em nós, não temos danação a temer; nem os anjos do céu, nem os homens da terra, nem criatura alguma nos pode embaraçar, pois não pode separar-nos da caridade de Deus que está em Jesus Cristo. Por Jesus Cristo, com Jesus Cristo, em Jesus Cristo, podemos tudo: render toda a honra e glória ao Pai, em unidade do Espírito Santo e tornar-nos perfeitos e ser para nosso próximo um bom odor de vida eterna.

62. Se estabelecermos, portanto, a sólida devoção à Santíssima Virgem, teremos contribuído para estabelecer com mais perfeição a devoção a Jesus Cristo, teremos proporcionado um meio fácil e seguro de achar Jesus Cristo. Se a devoção à Santíssima Virgem nos afastasse de Jesus Cristo, seria preciso rejeitá-la como uma ilusão do demônio. Mas é tão o contrário, que, como já fiz ver e farei ver, ainda, nas páginas seguintes, esta devoção só nos é necessária para encontrar Jesus Cristo, amá-lo ternamente e fielmente servi-lo.

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que «não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2).

480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

2084. Deus dá-Se a conhecer lembrando a sua acção omnipotente, benevolente e libertadora, na história daquele a quem se dirige: «Sou Eu […] que te tirei da terra do Egipto, dessa casa da escravidão» (Dt 5, 6). A primeira palavra encerra o primeiro mandamento da Lei: «Ao Senhor, teu Deus, adorarás, a Ele servirás […]. Não ireis atrás de outras divindades» (Dt 6, 13-14). O primeiro apelo e a justa exigência de Deus é que o homem O acolha e O adore.

2096. A adoração é o primeiro acto da virtude da religião. Adorar a Deus é reconhecê-Lo como tal, Criador e Salvador, Senhor e Dono de tudo quanto existe, Amor infinito e misericordioso. «Ao Senhor teu Deus adorarás, só a Ele prestarás culto» (Lc 4, 8) – diz Jesus, citando o Deuteronómio(Dt 6, 13).

2097. Adorar a Deus é reconhecer, com respeito e submissão absoluta, o «nada da criatura», que só por Deus existe. Adorar a Deus é, como Maria no Magnificat, louvá-Lo, exaltá-Lo e humilhar-se, confessando com gratidão que Ele fez grandes coisas e que o seu Nome é santo. A adoração do Deus único liberta o homem de se fechar sobre si próprio, da escravidão do pecado e da idolatria do mundo.

2099. É justo que se ofereçam a Deus sacrifícios, em sinal de adoração e de reconhecimento, de súplica e de comunhão: «Verdadeiro sacrifício é todo o acto realizado para se unir a Deus em santa comunhão e poder ser feliz».

2110. O primeiro mandamento proíbe honrar outros deuses, além do único Senhor que Se revelou ao seu povo: e proíbe a superstição e a irreligião. A superstição representa, de certo modo, um excesso perverso de religião; a irreligião é um vício oposto por defeito à virtude da religião.

A SUPERSTIÇÃO

2111. A superstição é um desvio do sentimento religioso e das práticas que ele impõe. Também pode afectar o culto que prestamos ao verdadeiro Deus: por exemplo, quando atribuímos uma importância de algum modo mágica a certas práticas, aliás legítimas ou necessárias. Atribuir só à materialidade das orações ou aos sinais sacramentais a respectiva eficácia, independentemente das disposições interiores que exigem, é cair na superstição.

A IDOLATRIA

2112. O primeiro mandamento condena o politeísmo. Exige do homem que não acredite em outros deuses além de Deus, que não venere outras divindades além da única. A Sagrada Escritura está constantemente a lembrar esta rejeição dos «ídolos, ouro e prata, obra das mãos do homem, que «têm boca e não falam, têm olhos e não vêem…». Estes ídolos vãos tornam vão o homem: «sejam como eles os que os fazem e quantos põem neles a sua confiança» (Sl 115, 4-5.8). Deus, pelo contrário, é o «Deus vivo» (Js 3, 10), que faz viver e intervém na história.

2113. A idolatria não diz respeito apenas aos falsos cultos do paganismo. Continua a ser uma tentação constante para a fé. Ela consiste em divinizar o que não é Deus. Há idolatria desde o momento em que o homem honra e reverencia uma criatura em lugar de Deus, quer se trate de deuses ou de demónios (por exemplo, o satanismo), do poder, do prazer, da raça, dos antepassados, do Estado, do dinheiro, etc., «Vós não podereis servir a Deus e ao dinheiro», diz Jesus (Mt 6, 24). Muitos mártires foram mortos por não adorarem «a Besta», recusando-se mesmo a simularem-lhe o culto. A idolatria recusa o senhorio único de Deus; é, pois, incompatível com a comunhão divina.

2114. A vida humana unifica-se na adoração do Único. O mandamento de adorar o único Senhor simplifica o homem e salva-o duma dispersão ilimitada. A idolatria é uma perversão do sentido religioso inato no homem. Idólatra é aquele que «refere a sua indestrutível noção de Deus seja ao que for, que não a Deus».

ADIVINHAÇÃO E MAGIA

2115. Deus pode revelar o futuro aos seus profetas ou a outros santos. Mas a atitude certa do cristão consiste em pôr-se com confiança nas mãos da Providência, em tudo quanto se refere ao futuro, e em pôr de parte toda a curiosidade malsã a tal propósito. A imprevidência, no entanto, pode constituir uma falta de responsabilidade.

2116. Todas as formas de adivinhação devem ser rejeitadas: recurso a Satanás ou aos demónios, evocação dos mortos ou outras práticas supostamente «reveladoras» do futuro. A consulta dos horóscopos, a astrologia, a quiromancia, a interpretação de presságios e de sortes, os fenómenos de vidência, o recurso aos “médiuns”, tudo isso encerra uma vontade de dominar o tempo, a história e, finalmente, os homens, ao mesmo tempo que é um desejo de conluio com os poderes ocultos. Todas essas práticas estão em contradição com a honra e o respeito, penetrados de temor amoroso, que devemos a Deus e só a Ele.

2117. Todas as práticas de magia ou de feitiçaria, pelas quais se pretende domesticar os poderes ocultos para os pôr ao seu serviço e obter um poder sobrenatural sobre o próximo – ainda que seja para lhe obter a saúde – são gravemente contrárias à virtude de religião. Tais práticas são ainda mais condenáveis quando acompanhadas da intenção de fazer mal a outrem ou quando recorrem à intervenção dos demónios. O uso de amuletos também é repreensível. O espiritismoimplica muitas vezes práticas divinatórias ou mágicas; por isso, a Igreja adverte os fiéis para que se acautelem dele. O recurso às medicinas ditas tradicionais não legitima nem a invocação dos poderes malignos, nem a exploração da credulidade alheia.
IV. «Não farás para ti nenhuma imagem esculpida…»

2129. Esta imposição divina comportava a interdição de qualquer representação de Deus feita pela mão do homem. O Deuteronómio explica: «Tomai muito cuidado convosco, pois não vistes imagem alguma no dia em que o Senhor vos falou no Horeb do meio do fogo. Portanto, não vos deixeis corromper, fabricando para vós imagem esculpida» do quer que seja (Dt 4, 15-16). Quem Se revelou a Israel foi o Deus absolutamente transcendente. «Ele é tudo», mas, ao mesmo tempo, «está acima de todas as suas obras» (Sir 43, 27-28). Ele é «a própria fonte de toda a beleza criada» (Sb 13, 3).

2130. No entanto, já no Antigo Testamento Deus ordenou ou permitiu a instituição de imagens, que conduziriam simbolicamente à salvação pelo Verbo encarnado: por exemplo, a serpente de bronze a arca da Aliança e os querubins.

2131. Com base no mistério do Verbo encarnado, o sétimo Concílio ecuménico, de Niceia (ano de 787) justificou, contra os iconoclastas, o culto dos ícones: dos de Cristo, e também dos da Mãe de Deus, dos anjos e de todos os santos. Encarnando, o Filho de Deus inaugurou uma nova «economia» das imagens.

2132. O culto cristão das imagens não é contrário ao primeiro mandamento, que proíbe os ídolos. Com efeito, «a honra prestada a uma imagem remonta ao modelo original» e «quem venera uma imagem venera nela a pessoa representada». A honra prestada às santas imagens é uma «veneração respeitosa», e não uma adoração, que só a Deus se deve:

«O culto da religião não se dirige às imagens em si mesmas como realidades, mas olha-as sob o seu aspecto próprio de imagens que nos conduzem ao Deus encarnado. Ora, o movimento que se dirige à imagem enquanto tal não se detém nela, mas orienta-se para a realidade de que ela é imagem».

AINDA SOBRE A SANTISSIMA SEMPRE VIRGEM MARIA…

Voltando ao TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM de São Luís Maria Grignion de Montfort:
15. Digo, entretanto, que, supostas as coisas como são, já que Deus quis começar e acabar suas maiores obras por meio da Santíssima Virgem, depois que a formou, é de crer que não mudará de conduta nos séculos dos séculos, pois é Deus, imutável em sua conduta e em seus sentimentos.

29. Por meio de Maria, Deus Pai quer que aumente sempre o número de seus filhos, até a consumação dos séculos, e diz-lhes estas palavras: In Iacob inhabita – Habita em Jacob (Ecli 24, 13), isto é, faze tua morada e residência em meus filhos e predestinados, figurados por Jacob e não nos filhos do demônio e nos réprobos, que Esaú figura.

30. Assim como na geração natural e corporal há um pai e uma mãe, há, na geração sobrenatural, um pai que é Deus e uma mãe, Maria Santíssima. Todos os verdadeiros filhos de Deus e os predestinados têm Deus por pai, e Maria por mãe; e quem não tem Maria por mãe, não tem Deus por pai. Por isso, os réprobos, os hereges, os cismáticos, etc., que odeiam ou olham com desprezo ou indiferença a Santíssima Virgem, não têm Deus por pai, ainda que disto se gloriem, pois não têm Maria por mãe. Se eles a tivessem por Mãe, haviam de amá-la e honrá-la, como um bom e verdadeiro filho ama e honra naturalmente sua mãe que lhe deu a vida.

O sinal mais infalível e indubitável para distinguir um herege, um cismático, um réprobo, de um predestinado, é que o herege e o réprobo ostentam desprezo e indiferença pela Santíssima Virgem17 e buscam por suas palavras e exemplos, abertamente e às escondidas, às vezes sob belos pretextos, diminuir e amesquinhar o culto e o amor a Maria. Ah! Não foi nestes que Deus Pai disse a Maria que fizesse sua morada, pois são filhos de Esaú.

17) Quicumque vult salvus esse, ante omnia opus est ut teneat de Maria firmam fidem (São Boaventura, Psalter. maius B.V., Symbol. Instar Symboli Athanasii).

31. O desejo de Deus Filho é formar-se e, por assim dizer, encarnar-se todos os dias, por meio de sua Mãe, em seus membros. Ele lhe diz: “In Israel hereditare – Possui tua herança em Israel” (Ecli 24, 13), como se dissesse: Deus, meu Pai, deu-me por herança todas as nações da terra, todos os homens bons e maus, predestinados e réprobos. Eu os conduzirei, uns com a vara de ouro, outros com a vara de ferro; serei o pai e advogado de uns, o justo vingador para outros, o juiz de todos; mas vós, minha querida Mãe, só tereis por herança e possessão os predestinados, figurados por Israel.Como sua boa mãe vós lhes dareis a vida, os nutrireis, educareis; e, como sua soberana, os conduzireis, governareis e defendereis.

32. “Um grande número de homens nasceu nela”, diz o Espírito Santo: Homo et homo natus est in ea. Conforme a explicação de alguns Santos Padres o primeiro homem nascido em Maria é o homem-Deus, Jesus Cristo; o segundo é um homem puro, filho de Deus e de Maria por adoção. Se Jesus Cristo, o chefe dos homens, nasceu nela, os predestinados, que são os membros deste chefe, devem também nascer nela, por uma conseqüência necessária. Não há mãe que dê à luz a cabeça sem os membros ou os membros sem a cabeça: seria uma monstruosidade da natureza. Do mesmo modo, na ordem da graça, a cabeça e os membros nascem da mesma mãe, e, se um membro do Corpo Místico de Jesus Cristo, isto é, um predestinado, nascesse de outra mãe que Maria, que produziu a cabeça, não seria um predestinado, nem membro de Jesus Cristo, e sim um monstro na ordem da graça.

“É “o amor até o fim” que confere o Valor de redenção de reparação, de expiação e de satisfação ao sacrifício de Cristo. Ele nos conheceu a todos e amou na oferenda de sua vida. “A caridade de Cristo nos compele quando consideramos que um só morreu por todos e que, por conseguinte, todos morreram” (2 Cor 5,14). NENHUM HOMEM, AINDA QUE O MAIS SANTO, TINHA CONDIÇÕES DE TOMAR SOBRE SI OS PECADOS DE TODOS OS HOMENS E DE SE OFERECER EM SACRIFÍCIO POR TODOS. A existência em Cristo da Pessoa Divina do Filho, que supera e, ao mesmo tempo, abraça todas as pessoas humanas, e que o constitui Cabeça de toda a humanidade, torna possível seu sacrifício redentor por todos.”(Catecismo da Igreja Católica Parágrafo 616)

Literatura usada: Tratado da verdadeira devoção da Santíssima Virgem e Catecismo da Igreja Católica

Autor: André Silva – Livre divulgação mencionando-se o autor

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica. Bookmark o link permanente.

12 respostas para Por que o Catolicismo permite e encoraja a devoção à Virgem Maria?

  1. EDMILSON disse:

    MARIA NOS ESCRITOS DA DOUTRINA DOS PADRES DA IGREJA
    NOTAS:
    Estes são os escritos de alguns Padres da Igreja e, até à data, é algo impressionante ver tanta honra como dada a Mãe MARIA
    VAMOS LÁ:
    /
    Virgem Imaculada [São João Damasceno Ano 675-749 ]
    Mãe da Glória 12
    Hoje, a Virgem Imaculada, que não conheceu quaisquer
    falhas de terra, ele se alimentou de pensamentos celestiais, não voltou para a terra; Ela era a vida como o céu,
    é nos tabernáculos celestiais.
    ////////////////////////////////////////////
    ·VEJA:
    Na carta aos Efésios [Santo Inácio de Antioquia Ano 107]
    Na carta aos Efésios
    Foi o segundo bispo de Antioquia , condenado às feras no reinado de Trajano (98-117).
    /
    Ele foi condenado a passar da Síria a Roma para sofrer o martírio lá (aproximadamente entre 107 a 110). No caminho para a Cidade Eterna, compus sete epístolas à comunidade cristã de Éfeso , Magnésia, Tralia , Filadélfia e Esmirna Outra carta foi dirigida a Policarpo, bispo de Esmirna .
    /
    O mais importante de tudo é a única que escreveu para a comunidade cristã em Roma, onde ele estava indo.
    Efes. 19,1: PG 5,660A, SC 10,88
    “Foi escondida do príncipe deste mundo a virgindade de MARIA e seu parto, bem como a morte do Senhor, três mistérios retumbantes foram realizadas no silêncio de Deus”
    ///////////////////////////////////
    · entrou e saiu com as portas fechadas [Santo Efrém Ano 306-372]
    Ele entrou e saiu com as portas fechadas
    Ele foi um defensor da virgindade perpétua para quem se atreveu a dizer que Joseph poderia ter relações sexuais depois do casamento com Maria.
    EFREN, Diatessaron , 2,6: SC 121,69-70; cf. ID ,. Hímni de Nativitate , 19,6-9: CSCO 187,59
    “Como foi que ela tinha que ser a casa do Espírito, que estava coberto com a sombra do poder de Deus, tornou-se uma mulher mortal e deu à luz na dor, de acordo com a primeira maldição? …
    /
    A Mulher dá à luz na dor não poderia ser chamado abençoado. Sr. entrou com as portas fechadas, e fora do seio virginal, porque isso realmente virgem deu à luz sem dor ”
    Antes da Virgin, Efren inspiração manifesta sua admiração:
    . “Senhor veio a ela para se tornar um servo. “Palavra veio a ela para calar a boca em seu peito. relâmpago veio a ela para ficar quieto. Pastor veio a ela, e nasceu Cordeiro, chorando baixinho. Sine Mary mudou os papéis: quem criou tudo . tomou conta dele, mas na pobreza
    /
    O Todo-Poderoso veio a ela (Maria) ., mas veio humildemente Splendor veio a ela, mas vestido com roupas humildes. Quem dá tudo o que ele passou fome. Quem dá de beber a todos Sofreu sede. nua saiu, que é de tudo (beleza) “(Hino” sobre a Natividade “11, 6-8) .
    /
    · profetizado em Isaías [São Gregório de Nissa Ano 335-394]
    Profetizado em Isaías
    Ele viu em Isaías 7:14 ratificação da integridade física de Maria no nascimento do Senhor
    De virg . 19: PG 46,396
    “Como relatado anteriormente em Isaías ficar mãe solteira, sem pai em carne, parto sem dor e sem defeito de nascimento”
    Explique que, quando Mary diz que ninguém sabia que ele estava se referindo ao seu propósito de salvar a virgindade:
    Hom em Nativ. : 46,1140s PG
    /
    O anjo anuncia o nascimento e ela se apega a sua virgindade, porque acha que está acima de permanecer mensagem. Nem costas do anjo intacto de sua decisão de virgindade”
    /////////////
    · Apologia contra os arianos [Santo Atanásio Ano 293-373]
    Apologia contra os arianos
    Discurso contra os Arianos 2,70 – 360 AD – “Ele se fez carne da Maria sempre virgem”
    /
    Akathist [ Liturgia bizantina Ano 400 – News]
    Akathist
    O Akathist (séculos VII – VIII) é um hino de ação de graças à liturgia oriental grego que “meditar”. Akathist significa “não sentado” ((a = negativo, e kathistomai = sit): Ao contrário de outros hinos da liturgia bizantina, cantando e ouvindo gospel de pé como sinal de reverência especial.
    /
    A Virgem que dá à luz a Cristo [Aristides século II]
    A Virgem gera Cristo
    Cristãos traçar sua genealogia do Senhor Jesus Cristo; confessa que ele é o Filho de Deus Todo-poderoso no Espírito Santo, que desceu do céu para a salvação dos homens. Ela gerou uma virgem santa degermed e corrupção , se fez carne e foi manifestado aos homens para removê-los do erro do politeísmo.
    //////////////////
    MARIA foi predita pelos profetas [Justin Ano 100-165]
    Maria predita pelos profetas
    Ouça em como profetizado por Isaías que Cristo foi concebido por uma virgem, a virgem conceber no teu seio e terás um filho.
    /
    Ele será chamado de “Deus conosco”.
    Através do Espírito profético, Deus anunciou de antemão que vêm para as coisas que os homens consideram incrível e impossível de acontecer quando não se recusam a acreditar, mas acreditam que só porque a previsão era realizada.
    “A virgem” significa que a virgem conceberia sem ter relações carnais, como se estes lhe daria não mais virgem.
    /
    Mas o poder de Deus veio sobre a virgem e sombra sobre ela de modo que ela concebeu, permanecendo virgem.
    A Virgem concebeu Cristo, com fé e alegria [Justin Ano 100-165]
    A Virgem concebeu Cristo, com fé e alegria
    Mas também sabemos que nasceu da virgem como um homem, que a desobediência da serpente encontrada a sua destruição pela mesma estrada que teve seu início.
    //////////////
    Eva era virgem e incorrupta, mas quando ele concebeu a palavra do desobediência furo serpente e da morte. Em vez disso, a Virgem Maria concebeu fé e alegria quando o anjo Gabriel lhe deu a boa notícia de que o Espírito Santo desça sobre ela, e o poder do Altíssimo ofuscar-la, para que, o Santo que nasceria de sua seria o Filho de Deus. Ela respondeu: Faça-se em mim segundo a tua palavra.
    Esta virgem concebeu Jesus, a quem as Escrituras falam (como já mostrado), por quem Deus destrói a serpente e os anjos e os homens que o assemelham, e realiza o lançamento de morte para aqueles que se arrependem de suas más ações e crer nEle.
    //////////////////////////////////////////////////////////
    · O novo Adão nasceu de Maria [Santo Irineu de Lyon Ano 137-203]
    O novo Adam nasceu de Maria
    Adv. Heresias III, 19,1-3; 21.10
    E, como Adão, o primeiro homem foi formado, teve a substância terra intacta e ainda é virgem (porque Deus não tinha feito chover ainda e o homem ainda não tinha trabalhado a terra), e que o homem foi formado pela mão de Deus, ou seja, a Palavra de Deus, então Adam recapitulando em si, o verbo ainda era virgem nascido de Maria, de uma maneira que recapitula a representação de Adam.
    Eva e Maria [Santo Irineu de Lyon Ano 137-203]
    EVA E MARIA
    Adv. Haereses III, 22,4; 23,7
    22.4. Em correspondência também são obedientes à Virgem Maria, quando ele diz: “Eis que o teu servo, Senhor, em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38);
    /
    Eva em mudança indócil porque ele desobedeceu ainda eram virgens.
    Porque assim, eu tinha um marido, Adam, mas ainda era virgem -para “estavam nus no paraíso ‘e não se envergonhavam
    /
    (Gn 2, 25), porque eles sabiam que a procriação acabou de criar; portanto, apropriado que foram desenvolvidas antes da primeira multiplicação
    /
    (Gn 1, 28) -, depois de ter desobedecido a causa da morte para si e para toda a humanidade o fez; assim Maria, ter um homem como marido, mas uma virgem como este, tendo obedecido tornou-se causa de salvação para si mesma e para toda a humanidade (Hb 5, 9).
    /
    E assim a lei chamada desposada com um homem, ainda que ainda é virgem, mulher prometida (Dt 22, 23-24), o que significa que não há recirculação de Maria para Eva, porque não há outra forma iria quebrar o que é ligado mas o modo de inversão de fixação, de modo que primeiro as primeiras cabeças desatam, em seguida, o segundo, o que por sua vez o primeiro libertação.
    /
    Assim, o primeiro nó é disparado a partir da segunda, e de modo que os últimos quebras primeiro.
    Por isso o Senhor disse que os primeiros serão os últimos e os últimos serão os primeiros (Mt 19, 30, 20, 16).
    /
    E o mesmo acontece com o profeta diz: “Em lugar de teus pais têm filhos” (Sl 45 [44], 17). Para o Senhor, ser nascido de mortos
    /
    (Col 1,18) recebeu em seu seio os antigos pais para regenerar a vida de Deus, sendo o primeiro da vida
    /
    (Col 1,18), porque Adão tinha sido o princípio dos mortos. Então Lucas colocar o Senhor no início da genealogia para voltar a Adão
    /
    (Lc 3,23-38), o que significa que aqueles que não foram regenerados Jesus no Evangelho da vida, mas aqueles.
    Assim também, o nó da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de MARIA; Para que a virgem Eva atou, com a sua descrença, Maria desatou por sua fé.
    23.7. Por isso, Deus colocou inimizade entre a serpente e a mulher e sua semente, espreitando o outro (Gn 3, 15),
    /
    A segunda mordida no calcanhar, mas com o poder para esmagar a cabeça do inimigo; o primeiro, mordendo e matando e impedindo o caminho do homem “, até que o vinho semente” (Gl 3:19) destinado a esmagar a cabeça dele (Lucas 10:19): este era o lugar onde Maria deu à luz (Gal 3 16).
    /
    Dele, o profeta diz: “Você vai andar e pisa em cima do leão e o dragão” (Sl 91 [90], 13), indicando que o pecado, que tinha sido construído e expandido contra o homem, e matá-lo, eles seriam sobrecarregados com a morte reina (Rm 5,14.17);
    /
    e que ele seria esmagado pelo leão nos últimos tempos seria lançado contra a humanidade, ou o Anticristo, o dragão a antiga serpente (Ap 20.2),
    /
    e vinculá-lo e submeter ao poder do homem que tinha foi derrotado, para destruir todo o seu poder (Lc 10,19-20). Porque Adão havia sido derrotado, e tinha arrebatado vida.
    /
    Então, mais uma vez derrotado o inimigo, Adam pode receber nova vida; como “morte, o último inimigo está derrotado” (1 Cor 15,26), que anteriormente tinha em seu poder para o homem. Então soltei o homem, “Deve acontecer o que está escrito: A morte foi tragada na vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte , o teu aguilhão? “(1 Cor 15,54-55).
    /
    Isso não poderia ter sido dito, se não tivesse sido lançado àquele em que dominou a primeira morte.
    /
    Saúde, pois envolve a destruição da morte. E a morte foi destruída quando o Senhor deu a vida ao homem, quero dizer Adam.
    MARIA NA IGREJA E NA DOUTRINA DOS PADRES TEÓLOGOS COMO:
    · Maria é a Mãe do Cordeiro [San Melitão de Sardes Ano + 180]
    /
    · Nós temos Maria como Mãe [Fontes Ano 185-254]
    /
    · Maria, nossa irmã, que Jesus [Santo Atanásio Ano 293-373] nasceu
    /
    · Maria da Graça é imenso [San Epifanio Ano 310-403]
    /
    · Maria, causa da nossa alegria [400 liturgia bizantina Ano – News]
    /
    · O milagre da Virgem Mãe [São Gregório Nazianzeno Ano 330-390]
    · The Burning Bush, anuncia a Concepção virginal [São Gregório de Nissa Ano 335-394]
    · O Altíssimo santificou sua morada [Anfiloquio Icônio Ano 340-400]
    /
    · Imaculada Virgem e Mãe [São Cirilo de Jerusalém Ano 313-386]
    /
    Maria é sempre virgem [São João Crisóstomo Ano Siglo IV-V]
    Maria é sempre virgem
    /
    Homilias sobre Mateus, 5.3
    “Jose recebeu como esposa, e não tinha relações até que ela deu à luz seu filho primogênito”.
    Quando o evangelista diz que “até que” não é a suspeitar de que depois que eles fizeram sexo, mas para saber que era antes do nascimento virgem completamente intacto.
    Você pode dizer: “Então, por que dizer” como “?”
    Porque é uma prática comum nas Escrituras usar esta palavra para indicar uma vez que é limitado. Por exemplo, quando se fala da arca de Noé, diz: “O corvo não retornou até a terra estava seca”, e nós sabemos que naquela época também.
    Falando de Deus, diz: “Desde o primeiro século para o outro que você existe” e, certamente, para não colocar um fim.
    /
    Em outra parte, para dar uma boa notícia, diz: “Nos seus dias a justiça ea abundância de paz até que a lua não é ser estabelecida”, e não significa que você colocar um fim a esta bela estrela.
    Aqui também o “até” afirma o que veio antes do nascimento, e o que aconteceu depois que sai o seu reflexo.
    /
    O evangelista disse o que você precisava saber sobre este assunto, ou seja, era virgem intacta antes da entrega. Em vez disso, o que você vê como um resultado do acima exposto e está em completo acordo com ele, deixá-lo para que você possa compreender a si mesmo.
    Como você não vai entender que José, o homem justo, não teria relações conjugais com aquele que tinha sido uma mãe assim, e merecia um novo nascimento como, o nascimento tão incomum?
    /
    NOTAS:
    ISSO AQUI SÃO NOMES E OBRAS DE DOUTORES E PADRES DA IGREJA QUE ESCREVERAM SOBRE MARIA ISSO NO COMEÇO DA IGREJA
    /
    · A canção de ninar de Maria [Santo Efrém Ano 306-372]
    · Mãe de Deus [São Cirilo de Alexandria 370-444 Ano]
    · Hino à Virgem Maria [Santo Efrém Ano 306-372]
    · A Anunciação da Virgem [Santo Efrém Ano 306-372]
    · Eva e Maria [Santo Efrém Ano 306-372 ]
    · Canção admirável em honra de Maria [Santo Efrém Ano 306-372]
    · Você bateu Maria [Santo Ambrósio Ano 340-397]
    · A nova Eva [Santo Ambrósio Ano 340-397]
    · Luz Nuvem [Santo Ambrósio Ambrose Ano 340-397]
    · Maria a porta fechada [Santo Ambrósio Ano 340-397]
    · Tabernáculo de Mistérios celestiais [Santo Ambrósio Ano 340-397]
    · Maria, Templo de Deus [St. Ambrose Ano 340-397]
    · Morada do Rei Celestial [Ano Ambrose 340-397]
    · ponderou as palavras de seu Filho [San Ambrosio Ano 340-397]
    · Luminous Arca de Deus [São Máximo de Turim Ano 380-465]
    · Nascido da Virgem Maria [Rufinus de Aquiléia Ano 380-465]
    · Maria recebeu todas as graças [St. Jeronimo Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    MARIA RECEBEU TODAS AS GRAÇAS
    Ele educado em Roma, onde ele se tornou um cristão ao contemplar os martírios sofridos pelos crentes desta fé e as catacumbas onde eles estavam escondidos. Mudou-se para Constantinopla para saber mais sobre o monaquismo , fazendo seu retorno a Roma no secretário pessoal do Papa Dâmaso Mais uma vez ele voltou para o Oriente para fundar um convento em Belém.
    /
    É neste lugar onde ele traduziu a Bíblia para o latim, conhecida como a tradução “Vulgata”. Sua facilidade de oratória fizeram dele um dos participantes na maioria controvérsias teológicas que ocorreram durante o século IV.
    //////////
    As qualidades e grandeza da Bem-aventurada Virgem Maria nos disse quando o anjo disse: ” Ave, cheia de graça, o Senhor está com você, você é bendita entre as mulheres “. De fato, deve possuir a plenitude da graça que deram glória ao Senhor dos céus e da terra, que brilhou paz, deu fé para as nações, o que colocou um fim aos vícios, o que deu um regra de vida e uma disciplina para os costumes. Maria estava cheia de graça, porque totalmente recebido, enquanto outros foram parcialmente concedido.
    Ela era realmente cheia de graça, porque enquanto Grace estava no Pai santo e os profetas, não totalmente possuído; Maria, porém, recebeu todas as graças estão em Cristo, embora de uma forma diferente. Então o anjo disse: ” Você está bendita entre as mulheres “, que é abençoada acima de todas as mulheres.
    E assim todas as maldições trazidos por Eva foram apagadas pela bênção de Maria. A louvores Ela tem são direcionados Salomão, no Cântico dos Cânticos: ” Vem, minha pomba, minha perfeita, que passou o inverno e as chuvas são “, acrescentando” Vem do Líbano e será coroado .
    Justamente convidou para o Líbano porque o Líbano significa brilhante brancura. Maria brilhou em inúmeros méritos e virtudes, e era mais branco do que a neve pura. Preenchido com os dons do Espírito Santo, ela mostra toda a simplicidade da pomba, porque a pureza e simplicidade é tudo trabalho; tudo nela é verdade e graça, tudo é misericórdia e justiça, a justiça celestial; Ela é impecável, em que não há nenhuma mancha. Ele concebeu um homem em seu meio, como evidenciado por Jeremias, sem perder a sua virgindade.
    /
    O Senhor diz que este Profeta criou um novo prodígio na terra: uma mulher protege a um varão . ” Novidade verdadeiramente sem precedentes, novidade das virtudes, a mais excelente de todos o novo Deus, que o mundo não pode conter, e que ninguém pode ver sem morrer entra no ventre de uma virgem, como em um santo hostel sem ser um prisioneiro do corpo, no entanto, é o conteúdo inteiro e ele vai, como diz Ezequiel, as portas estavam trancadas.
    É o que diz o Cântico dos Cânticos, referindo-se a Maria, ” jardim fechado, fonte selada, delícias Manatial do paraíso . ” Jardim verdadeiro de delícias que traz todos os tipos de flores e perfumes de todas as virtudes; tão bem fechada que nem violência nem astúcia pode forçar a entrada; fonte selada com o selo de toda a Trindade.
    ///////////////////////////////
    · Jesus Cristo, perfeito Deus se encarnou em Maria [St.Felix Ano 269-274]
    · Cristo é a virgem nasceu da Virgem [São jerônimo Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    · Cristo e Virgem Maria Virgem [São Jerônimo Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    · A porta está fechada e não [St. Jerome Doutor da Igreja será aberta. Ano 342-420]
    · O Poder de Jesse [São Jerônimo Doutor da Igreja. Ano 342-420 ]
    /
    · Maria dará à luz um filho chamado Emanuel [século IV em diante copta Liturgia]
    · A senhora terra tomou um fruto da justiça [St. Jerome Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    · Santa Maria, Nuvem Luz [São Jerônimo Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    · As maravilhas de Deus [São Jerônimo Doutor da Igreja. Ano 342-420]
    · A Igreja, como Maria, virgem e mãe [Santo Agostinho Augustine Ano 354-430]
    2.2 santa virgindade
    Temos a intenção de falar sobre virgindade. Ajude-nos a Cristo, Filho da Virgem, marido da virgem, nascido de um ventre virgem corporal e espiritualmente unidos em matrimônio espiritual. Sendo também uma virgem desposada Igreja universal com um homem, que é Cristo, como diz o Apóstolo, como digno de honra não devem ser membros, mantêm-se em sua carne o que tudo o que ela tem em sua fé?
    A Igreja imita a mãe de seu marido e Senhor, porque a Igreja é virgem e mãe. Bem, se não uma virgem, por que a integridade celamos?
    /
    E a mãe, se não, o que as crianças falam? Maria deu à luz Cabeça corporal deste órgão; Igreja dá à luz o espírito dos membros daquela cabeça. Nem um nem outro virgindade impediu a fertilidade; nem um nem o outro desapareceu fertilidade virgindade. Portanto, se a Igreja universal é santa no corpo e no espírito, e ainda assim, nem todos virgem no corpo, embora no espírito, quanto mais santo seria nos Estados-Membros onde ela é virgem para o Uma vez no corpo e espírito?
    ///////////////
    A IGREJA É A MÃE DOS MEMBROS DE CRISTO QUE SOMOS SANTO AGOSTINHO DATA 354-430
    ·
    · Uma mulher deu à luz a vida [Santo Agostinho Ano 354-430 ]
    · A Virgem Mãe [Santo Agostinho Ano 354-430 ]
    · convite a imitar Maria [Santo Agostinho Ano 354-430 ]
    · A Virgem Mãe é felicitado por Angeles [Santo Agostinho Ano 354-430]
    · Maria, Mãe de Cristo e da Virgem de Cristo [San Augustine Ano 354-430]
    · A maternidade de Maria [San Augustine Ano 354-430]
    · Maria ea Igreja são virgem a Cristo [San Augustine Ano 354-430 ]
    · Maria carrega em seu ventre o fruto da alegria [San Augustine Ano 354-430 ]
    · O servo do Senhor [San Augustine Ano 354-430 ]
    · Maria concebe Cristo em seu espírito antes de seu corpo [São Leão Magno Ano 461]
    · A vara da raiz de Jessé [São Leão Magno Ano 461]
    · Nós celebramos a Virgem [liturgia bizantina Ano 400 aprox – presente]
    · Teológicos Motivos privilégio da Imaculada Conceição [Fr Reginald Garrigou-Lagrange OP Auch, Francia1877 – Roma 1964]
    · Comentário sobre a Salve Regina Maria, Rainha e Mãe. [Santo Afonso Maria de Ligório – Auch,
    Francia1877 – Roma 1964]
    · Comentário sobre a Salve Regina: Mary nossa vida e Sweetness [Santo Afonso Maria de Ligório – Auch,
    Francia1877 – Roma 1964]]
    · Comentário sobre a Salve Regina: Mary nossa esperança. [Santo Afonso Maria de Ligório – Auch,
    Francia1877 – Roma 1964]]
    · Comentário sobre a Salve Regina: Mary Nosso advogado. [Santo Afonso Maria de Ligório – Auch,
    Francia1877 – Roma 1964]]
    · Fiestas de Maria: A Natividade de Maria. [Santo Afonso Maria de Ligório – Auch, Francia1877 – Roma
    1964]]
    · Todos da Imaculada: Bíblia, Ensino, Desenvolvimento Dogma. [George Frederick P. Holweck
    Ano 1856-1927]
    · Louvor [Theodore Studite Ano 726-843]
    · Maria Redentora em relação à Santíssima Trindade [Dr. Mark Miravalle 2000]
    · Eu vou lembrar de seu nome [liturgia bizantina Ano 400 Atualmente]
    · Canção da Virgem [liturgia bizantina Ano 400 Atualmente]
    · Graça se tornou a mãe da Virgem e guardado [São Proclo de Constantinopla Ano 446]
    · A Virgem Maria é a Mãe de Deus [São Proclo de Constantinopla Ano 446]
    · Maria é o mais exaltado de todas as criaturas [São Proclo de Constantinopla Ano 446 ]
    · O Admirável Mãe [São Proclo de Constantinopla Ano 446]
    · Ave Maria, Mãe de Deus [São Cirilo de Alexandria 370-444 Ano]
    · Louvor de Maria [São Cirilo de Alexandria 370-444 Ano]
    · O Mistério de Maria [Hesychius de Jerusalém Siglo V]
    /
    · Atualizado para a glória do céu, com sua alma e seu corpo [São Germano de Constantinopla Ano m. 733]
    /
    · A Dormição da Mãe de Deus [o Papa João Paulo II ano 1920 – 2005]
    · Defesa de Maria por São Jerônimo [o Papa Bento XV 1914-1922]
    · Defensor da Maternidade Divina [São Cirilo de Alexandria 370-444 Ano]
    · Ave Maria [São Sofrônio Ano 560-638]
    · Na encarnação [São Sofrônio Ano 560-638]
    · Slave Maria, Cheia de Graça [São Sofrônio Ano 560-638]
    · Honra Mary [San Ildefonso de Toledo Ano 607-667]
    · Na virgindade perpétua de Santa Maria [San Ildefonso de Toledo Ano 607-667]
    · oração ng à Virgem Mãe de Deus [San Ildefonso de Toledo Ano 607-667]
    · Maria embeleza o céu e ilumina a terra [São Germano de Constantinopla Ano m. 733]
    · FESTA no edital [São Germano de Constantinopla Ano m. 733]
    · Cantar os louvores de Maria [São Germano de Constantinopla Ano m. 733]
    · O Bureau of Pan Celestial [San Andres Creta Ano 660-740]
    · A maravilha que ultrapassa todas as maravilhas [São João Damasceno Doctor of the Year Igreja
    675-749]
    · Louvor da Mãe de Deus [São João Damasceno Doutor da Igreja Ano 675-749]
    · O Santo de todas as criaturas [P. Jorge Loring Nascido em 1921]
    · Sub Tuum Praesidium [Escritos Anônimo século III]
    · Oração à Mãe de Deus [Santo Efrém Ano 306-372]
    · Maria, espelho das Virgens [Santo Ambrósio Ano 340-397]
    · Anthem [Prudencio Ano 348-410]
    · Dos presentes dados a Maria [Basílio de Selêucia Siglo V

    Curtir

  2. EDMILSON disse:

    MARIA, ESPELHO DAS VIRGENS
    SANTO AMBRÓSIO NASCIDO NO ANO 340 ASSIM ESCREVEU: Santo Ambrósio – (340-397)
    UM POUCO DE AMBRÓSIO:
    Ele foi Bispo de Milão. Valentemente defendeu a fé cristã contra a heresia ariana e as reivindicações de poder imperial.
    /
    Ele escreveu comentários valiosos em vários livros do Antigo e do Novo Testamento, além de, morais, obras litúrgicas dogmáticas, etc Sua festa é celebrada no dia 7 de dezembro.
    ///////////
    O mais nobre do que a Mãe de Deus ? O que mais esplêndido do que aqueles que escolheram o esplendor?
    /
    O que mais casto do que engendrou o corpo sem mancha corpo?
    /
    E o que dizer de suas outras virtudes? Ela era virgem, não só no corpo, mas também em espírito. Um pecado Ela nunca conseguiu alterar a sua pureza: humilde de coração, em suas resoluções, pensativo, prudente, palavras discretas, leitura ávido;
    /
    Não ponha sua esperança na riqueza, mas a oração dos pobres; aplicada ao trabalho, levou para a sua não julgar a alma humana, mas Deus; Ele nunca fez mal, afável para com todos, cheio de respeito para as pessoas idosas, sem inveja com a sua idade, humilde, razoável virtude, amor.
    Quando ofendido seus pais, mesmo que não seja mais do que em sua atitude? Quando ela foi vista em desacordo com seus familiares? Quando ele se recusou a humilde , escarnecido os fracos, evitou o miserável? Foi somente as reuniões que, tendo saído da caridade, não tem que sofrer com vergonha ou pudor.
    /
    No dureza em seus olhos , há falta de ação em suas palavras, há negligência em suas ações; nenhuma contradição no ato, ou insolência em sua voz, a sua atitude era fora da imagem expressa de sua alma, a manifestação da sua justiça Um bom lar precisa da porta, e mostrar bem desde o início que não há trevas escondido; e a nossa alma tem sem ser dominada pelo corpo, a sua luz fora, como a luz que jorra de dentro de sua clareza.
    Embora … Mãe de Deus, aspirava, no entanto, para aprender os preceitos do Senhor; Ela, que deu à luz a Deus, queria, no entanto, conhecer a Deus.
    /
    É o modelo da virgindade. A vida de Maria deve ser, com efeito, um exemplo para todos . Se amamos o autor, também aprecio o trabalho; e todos os que aspiram a imitar seus privilégios exemplo. Que virtudes brilhe em uma Virgem! Asilo pureza padrão de fé, um modelo de devoção, a empregada doméstica em casa , ajudar sacerdócio, Mãe no templo.
    Em muitos virgens ele irá procurar para levá-los em seus braços e levá-los ao Senhor, dizendo: “. Eis que guardou me Filho, você salvou uma pureza original”
    /
    E da mesma forma o Senhor vai confiar ao Pai, repetindo o Eu amei as palavras: “Santo Padre, eis que eu te salvei. Mas eles não ganharam desde si não deve ser salvo por si só pode resgatar, para um pai, os outros irmãos. Pai justo, o mundo não me conhecer, mas eles me conhecem, e eles não queriam ver o mundo. ”
    /
    O namoro, muitos aplausos de alegria entre os anjos! Ela merecia habitam no céu, que vive no mundo uma vida celestial. Então, Maria, tomando o pandeiro, o chumbo aos corações de virgens, que vai cantar ao Senhor e dar graças por ter atravessado o mar sem emborcar mundo em seus turbilhões.
    /
    Em seguida, todos pular de alegria e dizer: ‘eu vou para o altar do meu Deus, o Deus que é a alegria da minha juventude. Eu imolar a Deus um sacrifício de louvor, e ofereço meus dons do Altíssimo. ”
    E eu não tenho dúvida de que diante dos altares de Deus sois totalmente aberta. No que diz respeito a você, eu ouso dizer que suas almas são altares onde todos os dias, para o resgate do Corpo Místico, Cristo é imolada.
    /
    Pois, se o corpo da Virgem é o templo de Deus, que sobre a alma , desnudado pela mão do eterno Sacerdote, que retirou as cinzas do corpo e deixa claro o fogo divino? Santíssima Virgem, perfumado pela fragrância imortal da graça, como os motivos para as flores , os templos para a adoração de Deus, e o altar por Sacerdote.

    Curtir

  3. EDMILSON disse:

    AVE , MARIA ,MÃE DE DEUS
    São Cirilo de Alexandria – (370-444)
    Virgem e Mãe, de manhã e de vidro de escolha! Ave Maria, mãe e serva; Uma verdade virgem virgem nasceu para vós; mãe por virtude daquele que assumiu fraldas e nutriste com seus seios; servo, pois Ele que tomou a forma de servo.
    /
    Como o rei queria entrar em sua cidade, em seu ventre, e saiu quando lhe aprouve, fechando a porta para sempre, porque nenhuma obra do homem conceber e seu nascimento foi divino. Ave, Maria! templo onde Deus habita, o templo sagrado, como ele chama o profeta Davi, quando ele diz “. Santo é o seu templo, admirável para a justiça”
    Ave, Maria! a criatura mais preciosa da criação; Ave Maria! pomba pura; Ave Maria! tocha onextinguible; Salve! porque você nasceu o Sol da Justiça, Ave Maria! Morada da vastidão, você trancado em seu ventre o Deus imenso, o unigênito Word, produzindo plantio direto e semeado o pico imarcescível!
    /
    Ave, Maria, Mãe de Deus! aclamada pelos profetas, abençoado pelos pastores quando os anjos cantaram o hino sublime de Belém. Ave, Maria, Mãe de Deus, alegria dos anjos, glorifique a ti no Céu! Ave, Maria, Mãe de Deus!
    /
    Por você adorar a Cristo os Magos guiados pela estrela do Oriente; Ave Maria, Mãe de Deus, seja honra e glória dos apóstolos! Ave, Maria, Mãe de Deus, por quem João Batista desde o ventre de sua mãe pulou de alegria, amando a perene como a luz da manhã! Ave, Maria, Mãe de Deus! você trouxe ao mundo a graça inefável que São Paulo diz: Para todos os homens a graça de Deus Salvador apareceu .
    Ave, Maria, Mãe de Deus! Você fez brilhar no mundo, que é a verdadeira luz, o nosso Senhor Jesus Cristo, que diz no Evangelho:
    /
    Eu sou a luz do mundo . ” Salve, Mãe de Deus! alumbraste aos que estavam nas trevas e na sombra da morte; ” porque as pessoas sentadas nas trevas viu uma luz grande “; aquela luz que não é outro senão o nosso Senhor Jesus Cristo, a verdadeira luz que ilumina todo homem, estava chegando ao mundo . Ave Maria, Mãe de Deus! Mãe dos Evangelhos proclamam bem-aventurada: Bendito o que vem em nome do Senhor.
    Ave, Maria, Mãe de Deus! pela Igreja que povoaram nossas cidades. Ave, Maria, Mãe de Deus, que veio ao mundo o vencedor da morte e do inferno destruidor! Ave, Maria, Mãe de Deus que veio à terra a vitória sobre a morte e o inferno destruidor!
    /
    Ave, Maria, Mãe de Deus que veio à terra o autor da criação e o restaurador das criaturas, o Rei do céu! Ave, Maria, Mãe de Deus, que brilhou e brilhou a glória da ressurreição! Ave, Maria, Mãe de Deus, que usava o santo batismo no Jordão sublime! Ave, Maria, Mãe de Deus, por quem o Jordão e o Batista foram santificados e destronou o diabo! Ave Maria, Mãe de Deus, por quem tudo espírito alcança a salvação eterna fiel!
    /
    Ave, Maria, Mãe de Deus! Serenaste … porque os mares acalmou e para que eles pudessem cruzá-los com a prosperidade, os nossos funcionários e cooperativa, levando, com alegria e regozijo da alma , esta montagem de partidários entusiastas de sua honra.

    Curtir

  4. EDMILSON disse:

    ELE ENTROU E SAIU COM AS PORTAS FECHADAS
    /
    SANTO EFRÉM- NASCIDO NO ANO 306 ASSIM ESCREVEU SOBRE MARIA
    UM POUCO DE SUA BIOGRAFIA:
    ////////////////
    EFRÉM nasceu em Nisibis (Turquia). Lá ele fundou a célebre escola de Teologia . Quando a cidade caiu nas mãos dos persas, ele emigrou para Edessa (Síria). Monk, teólogo, poeta, foi chamado de “harpa do Espírito Santo.
    Sua produção literária é grande e consiste principalmente de sermões e hinos. Seu dia de festa é 09 de junho.
    /
    Efrém nasceu na Síria em Nisibis , provavelmente uma família cristã, segundo alguns; segundo outros, seus pais eram pagãos, seu pai ainda ídolo padre Abnil ou Abizal ; e o jovem teria sido jogado para fora de casa por sua conversão ao cristianismo.
    /
    A verdade é que muito cedo o Bispo alado viveu em sua cidade natal, Santiago, com quem estudou. Dedicou-se à oração, penitência e meditação das Escrituras. Ordenado diácono em data não especificada, permanecer assim durante todo o resto de sua vida, rejeitando humildade elevado ao sacerdócio e ser episcopado. Seus últimos dez anos foram passados em intensa atividade intelectual.
    /
    Ele morreu em 373.
    Ele era um defensor da virgindade vida de quem se atreveu a dizer que Jose poderia ter relações sexuais depois do casamento com Maria.
    /////////////////////////////////////////////////////
    EFREN, Diatessaron , 2,6: SC 121,69-70; cf. ID ,. Hímni de Nativitate , 19,6-9: CSCO 187,59
    Como foi que ela tinha que ser a casa do Espírito , que foi coberto com a sombra do poder de Deus, tornou-se uma mulher mortal e deu à luz na dor, de acordo com a primeira maldição? …
    A Mulher dá à luz na dor não poderia ser chamado abençoado. Mr. entrou nas portas fechadas , e fora do seio virginal , porque esta virgem deu à luz, mas realmente nenhuma dor ”
    Antes da Virgindade, Efren inspiração manifesta sua admiração: .
    “Senhor veio a ela
    para se tornar um servo.
    “Palavra veio a ela
    para calar a boca em seu peito.
    relâmpago veio a ela
    para ficar quieto.
    Pastor veio a ela,
    e nasceu Cordeiro, chorando baixinho.
    Sine Maria
    mudou os papéis:
    quem criou tudo
    . tomou conta dele, mas na pobreza
    O Todo-Poderoso veio a ela (Maria)
    ., mas veio humildemente
    Splendor veio a ela,
    mas vestido com roupas humildes.
    Quem dá tudo o
    que ele experimentou a fome .
    Quem dá de beber a todos
    Sofreu sede.
    nua saiu,
    que é de tudo (beleza) “( Hino “sobre a Natividade” 11, 6-8) .

    Curtir

  5. EDMILSON disse:

    MARIA É A MÃE DO CORDEIRO
    /
    MELITÃO DE SARDES MORTO NO ANO 177
    UM POUCO SOBRE ELE:
    Foi um Bispo de Sardes (Lydia), Ásia Menor (Turquia). Melitão de Sardes é Considerado um dos pais apologistas.
    Segundo Tertuliano escritor do segundo século, Melitão era muito estimado pelos fiéis e um profeta.
    /////////////
    HOMILIA SOBRE A PÁSCOA ESCRITO POR MELITÃO DE SARDES MORTO NO ANO 177
    ASSIM ELE ESCREVEU:
    Ele é o único que veio do céu para a Terra para causar sofrimento, e o revestiu com as entranhas de uma VIRGEM posando como homem.
    /
    Ele tomou sobre si os sofrimentos de sofrimento, tomando um corpo capaz de sofrimento e destruição os sofrimentos da carne, matando o seu espírito não pode morrer, uma morte homicida.
    /
    Ele é o único que nos tirou da escravidão para a liberdade das trevas à luz, da morte para a vida, da tirania para o reino eterno.
    /
    Ei fez-nos um novo sacerdócio e um povo escolhido para sempre .
    Ele é a Páscoa da nossa salvação ele é o único que se encarnou em UMA VIRGEM, a qual foi suspensa em uma árvore, que foi enterrado em terra, que ressuscitou dentre os mortos, o qual foi feita a partir das alturas do céu.
    /
    Ele é o cordeiro sem voz, ele é o cordeiro morto, ele é nascido de MARIA, A BELA OVELHA, ele é o foi feita a partir de rebanho e arrastados para o abate, sacrificado ao pôr do sol e foi sepultado à noite, na árvore não foi quebrado, a terra não sofreu corrupção, mas ressuscitou dos mortos, e ressuscitou o homem no fundo de seu túmulo.

    Curtir

  6. EDMILSON disse:

    EVA E MARIA
    ASSIM ESCREVEU SANTO EFRÉM NASCIDO NO ANO 306
    /
    UM POUCO DA SUA BIOGRAFIA:
    (CARMEM 18, 1)
    Oh meu sitar, cria novos modelos de louvor à Virgem Maria. Levante sua voz e cantar a maravilhosa maternidade é totalmente virgem filha de David, que trouxe vida ao mundo.
    /
    Quem ama, admira. O curioso cheio de vergonha e silêncio. Ele não se atreve a me perguntar como uma mãe dá à luz e mantém a sua virgindade. E, embora seja muito difícil de explicar, os descrentes não se atrevem a perguntar sobre seu Filho.
    Seu Filho porra esmagou a serpente e esmagou sua cabeça. Ele curou Eva veneno do assassino do dragão, através do engano, ele tinha injetado, arrastando-a até a morte.
    Como Monte Sinai, MARIA acolheu você, mas você não queimaram seu fogo incombustível, porque você tem feito para que o seu fogo não abraçasse ou chama vai queimar mesmo os serafins podem olhar.
    Aquele que é eterno foi chamado o Novo Adão, porque ele habitava nas entranhas da filha de David e Ela, semeado e dor, tornou-se homem. Bendito seja o seu nome para sempre!
    /
    A Árvore da Vida, que cresceu no meio do Paraíso, ele deu ao homem uma fruta que vivificasse. A árvore nasce do ventre de Maria deu a si mesmo para o homem e doou a vida.
    /
    A Palavra do Senhor desceu do seu trono; se tratava de um jovem e habitaram nela. Ela projetou e deu à luz. Grande é o mistério da Virgem puríssima, além de todo o louvor.
    Ele eva no Éden tornou-se rea pecado. A serpente do mal, escreveu, assinado e selado o julgamento pelo qual seus descendentes, o nascimento, a morte veio feridos.
    E por causa de seu engano, o velho dragão viu o pecado de Eva multiplicada. Ela era uma mulher que acreditou na mentira de seu sedutor, humilhou-se e obedeceu o homem diabo da sua dignidade.
    Eva tornou-se rea do pecado, mas a dívida passou para Maria, a filha deve pagar as dívidas da mãe e apagou a frase que tinha sido entregue a sua gemendo todas as gerações.
    /
    MARIA tomou o fogo em suas mãos e os braços amarrados às chamas: os seios se aproximou do fogo e cuidou dele que alimenta todas as coisas.
    Quem pode falar sobre ela?
    /
    Os homens terrenos multiplicado maldições e os espinhos sufocaram a terra. Introduzido morte. O Filho de Maria encheu a esfera da vida e da paz.
    Os homens terrenos imerso no mundo da doença e da dor. Eles abriram a porta para que a morte entrou e passasse do mundo.
    /
    O Filho de MARIA tomou sobre si as dores do mundo, para salvá-lo.
    Maria é fonte limpa, sem águas turbulentas. Ela conta entre seu rio da vida, cuja água irrigada do mundo e acelerou os mortos.
    Você é santuário imaculado onde Deus habitava o Rei dos séculos. Em si mesmo para um grande prodígio o mistério que Deus se fez homem e um homem foi chamado o Filho do Pai trabalhava.
    /
    Maria é abençoada linhagem de Davi. Seus ramos deu grão cheio com o sangue das uvas vida. Adam bebeu o vinho e rosa poderia voltar ao Éden.
    Duas mães deram à luz a duas crianças diferentes: um, um homem que amaldiçoou; Maria, Deus que encheu o mundo de bênção.
    /
    Bem-aventurados, você, MARIA, filha de Davi, e bendito é o fruto que você nos deu! Louvado seja o Pai que enviou seu Filho para a nossa salvação, e bendito é o Espírito Paráclito nos disse que o mistério! Bendito seja o seu nome.

    Curtir

  7. Luiz disse:

    Olá Helen e amigos católicos
    Boa noite

    O que significa a palavra ‘dia” em 1 coríntios 3:13 ?

    se refere ao dia de julgamento após a morte conforme Hebreus 9:27 ou o dia do juízo final?

    um abraço

    Luiz

    Curtir

    • Helen disse:

      Olá Luiz,

      A palavra Dia em 1 coríntios 3:13 refere-se ao dia em que as obras de cada um serão julgadas. Ou seja, refere-se ao dia do julgamento após a morte, como descrito em Hebreus 9:27. O juízo final, por sua vez, não será concernente ao que fizemos individualmente, mas será o juízo coletivo, das nações diante de Deus.

      Pax Domini,
      Helen

      Curtir

  8. Aldobrandina Rodrigues disse:

    O texto corrobora intensamente o posicionamento da Igreja Católica referente a crença devocional a Maria, a mãe de Jesus. O Padre Luis Maria Grignion de Monfort foi pregador, escritor e um grande defensor da devoção a Nossa Senhora, falecido em 1716, aos 43 anos de idade, autor de vários livros que continuam sendo aceitos pelo Magistério da Igreja Católica, dentre estes o Tratado da Verdadeira Devoção à Virgem Santíssima, que é plenamente seguido pela mesma. No entanto, existem colocações do Padre Luís, que nos submetem a reflexões, como: (Maria sempre viveu oculta, para ela o importante era esconder-se de toda criatura,para ser conhecida somente por Deus. E Este, atendendo ao seus pedidos, providenciou que oculta ela permanecesse em seu nascimento, em sua vida, em seus mistérios, em sua ressurreição e assunção, passando despercebida aos olhos de toda criatura humana, até dos seus próprios parentes, e dos anjos, e que estes perguntavam uns aos outros, quem é Esta? E …)

    São escritos que não constam na Bíblia. Como foram obtidas estas informações? Quem presenciou os Anjos perguntarem entre si quem é Esta? Quem informou que Deus atendeu os apelos de Maria e providenciou que Ela passasse despercebida? Ou são interpretações que estão ocultas nos textos Bíblicos, que não são notadas pelos leigos?

    Outras citações: ( Deus Pai consentiu que jamais em sua vida Ela fizesse milagre; Deus Filho consentiu que Ela não falasse, se bem lhe houvesse comunicado a Sabedoria Divina; Deus Espírito Santo consentiu que os apóstolos e evangelistas a Ela mal se referissem, mesmo assim apenas no que fosse necessário para manifestar Cristo Jesus. E no entanto Ela era esposa do Espírito Santo. Maria fonte selada, esposa fiel do Espírito Santo, onde só Ele pode penetrar. É o Santuário da Santíssima Trindade onde Deus está mais magnificamente que em qualquer outro lugar. ) Será que a Igreja Católica aceita estes relatos como Verdades?

    Curtir

  9. Alexandre disse:

    Gostaria de tecer alguns comentários, já que recebi este post em meu E-mail. O texto acima é uma contradição, uma vez que reconhece a insignificância de Maria como criatura humana diante de Deus o Criador, mas mesmo assim, os católicos tributam-lhe honra demasiada e indevida. Reconhece que a salvação é só em Jesus Cristo, que não há outro fundamento e que não existe nenhum outro nome, além do de Jesus Cristo, que deva ser invocado. Porém, invocam o nome de Maria com a mesma intensidade com que invocam o nome de Jesus, ou dependendo do caso, como a reza do terço, por exemplo, invocam o nome de Maria dez vezes mais que o nome do próprio Deus (dez Ave-marias para cada Pai Nosso). Reconhece em Jesus: “nosso único mestre que deve ensinar-nos, nosso único Senhor de quem devemos depender, nosso único chefe ao qual devemos estar unidos, nosso único modelo, com o qual devemos conformar-nos, nosso único médico que nos há de curar, nosso único pastor que nos há de alimentar, nosso único caminho que devemos trilhar, nossa única verdade que devemos crer, nossa única vida que nos há de vivificar, e nosso tudo em todas as coisas, que deve bastar-nos”. Contudo, “Nossa Senhora” é invocada como: Senhora do Bom Conselho, Senhora das Graças, Medianeira de todas as Graças, Senhora da Guia, Senhora da Consolação, Senhora da Luz, Senhora do Perpétuo Socorro, Senhora da Purificação, Senhora Rainha do Céu e centenas de outros títulos, que ultrapassam a Jesus e a Deus em dezenas de vezes mais. Reconhece também, segundo o Catecismo art. 2113: “A idolatria não diz respeito apenas aos falsos cultos do paganismo. Continua a ser uma tentação constante para a fé. Ela consiste em divinizar o que não é Deus. HÁ IDOLATRIA DESDE O MOMENTO EM QUE O HOMEM HORA E REVERENCIA UMA CRIATURA EM LUGAR DE DEUS”. Ora, o próprio Catecismo Romano, ensina que a idolatria não consiste apenas de culto a falsos deuses, mas também em honrar e reverenciar criaturas ou coisas de forma demasiada. Assim, a doutrina católica se contradiz ao honrar e reverenciar de forma demasiada e absolutamente inapropriada a mãe de Jesus, que é tão somente uma criatura humana. Tamanha contradição vem provar, além de outras coisas, o quanto os papas são “infalíveis”. Se os católicos de fato desejam honrar a mãe de Jesus sem idolatrá-la nunca, devem honrá-la pelo menos dez vezes menos, e nunca tributar-lhe o que não lhe é devido e ainda tirá-la da posição de destaque em que a colocaram, pois não lhe é cabível. Por exemplo, católicos defendem a ideia de que Pedro foi o primeiro papa. Porém, nem Pedro, nem apóstolo algum de Jesus Cristo, jamais ensinou qualquer tipo de devoção à Maria, nem jamais disseram que ela é Nossa Senhora, nem que é a Rainha dos Céus, e nem mesmo nada semelhante às centenas de títulos que ela recebe de forma incorreta. A verdadeira doutrina dos apóstolos, apenas ensina que Maria é bendita entre as mulheres, cheia de graça, mãe de Jesus, mãe do Senhor e nada mais, além destes quatro títulos. Assim, por que ir além do ensino apostólico e dogmatizar o que não é bíblico? Se Pedro foi papa e um papa não pode contradizer outro, por que tanta contradição? Por que tanta ênfase à mãe de Jesus, caracterizando a idolatria, mesmo sem reconhecer em sua pessoa uma divindade? Concluindo, se os católicos honrassem a mãe de Jesus, apenas conforme o ensino dos apóstolos, nenhum evangélico teria nada a dizer contra os católicos, pelo menos não neste ponto, e além do mais, seria até possível uma aproximação entre ambos.

    Curtir

    • Helen disse:

      Sr Alexandre,

      O seu comentário só vem a provar aquilo que o parágrafo introdutório diz: O texto abaixo elucida a verdadeira posição católica sobre a virgem Maria, bem como, desvenda o grande erro pregado por aqueles que, sem entender as verdadeiras doutrinas católicas, criticam nossa reverencia à Santa mãe de Deus.

      O blog está repleto de explicaçoes sobre a intercessao dos santos. Faça um simples busca e encontrará material suficiente para sua informaçao.

      Eis aqui apenas uma pequena lista de artigos;

      https://igrejamilitante.wordpress.com/?s=santos&submit=Pesquisa

      Indico particularmente este: As Escritura nos ensinam que todos os batizados foram revestidos de Cristo e, tornando-se uma só coisa com ele, são membros do seu Corpo, que é a Igreja. Ser cristão é estar incorporado, enxertado no Senhor Jesus ressuscitado:

      “Todos vós, que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo… pois todos vós sois um só em Cristo Jesus” (Gl 3,27); “Vós sois o corpo de Cristo e sois seus membros, cada um por sua parte” (1Cor 12,27); “Nós somos muitos, mas formamos um só corpo em Cristo” (Rm 12,27). A união nossa com Cristo é tão forte e real, tão concreta e verdadeira, que Paulo fala que o cristão é batizado (=mergulhado) em Cristo, no Cristo, dentro de Cristo: “Não sabeis que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, é na sua morte que fomos batizados?… Porque se nos tornamos uma só coisa com ele por uma morte semelhante à sua, seremos uma só coisa com ele também por uma ressurreição semelhante à sua” (Rm 6,3-9). A vida dos bem-aventurados no céu – e também já aqui na terra a vida de cada batizado – é vida em Cristo: “A graça de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6,23).

      A ele estamos unidos como os ramos à videira, de tal modo que vivemos da sua mesma vida: “Eu sou a verdadeira videira e meu Pai é o agricultor… Permanecei em mim, como eu em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanece na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim e eu nele produz muito fruto; porque sem mim, nada podeis fazer” (Jo 15,1.4-5).

      O cristão é aquele que permanece em Cristo, que vive não mais por si mesmo, mas por Cristo. A seiva, a vida nova da qual vivem os cristãos é o próprio Espírito Santo do Senhor Jesus ressuscitado, recebido no batismo: “Aquele que se une ao Senhor, constitui com ele um só Espírito” (1Cor 6,17); “Pois fomos todos batizados num só Espírito para ser um só corpo… e todos bebemos de um só Espírito” (1Cor 12,13). De tal modo isto é verdadeiro, real, que Paulo exclamava: “Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20); “Para mim o viver é Cristo…” (Fl 1,23). Cristo está de tal modo presente no cristão e este é de tal modo enxertado em Cristo e nele incorporado, que fazia o Apóstolo afirmar: “A vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (Cl 3,2). E falar também do mistério de Deus que é “o Cristo em vós, a esperança da glória” (Cl 1,27). Aparece assim claramente que os batizados – particularmente os que estão na Glória, ou seja, os Santos – são uma só coisa com Cristo, estão em Cristo, foram «con-formados» com Cristo, são membros de Cristo, que é Cabeça de todos. Não há, para aqueles que estão na Glória, outra vida que não a de Cristo e em Cristo!

      Ora, o Espírito de Cristo ressuscitado em nós, fazendo-nos uma só coisa com o Senhor Jesus, suscita em nós os bons sentimentos e as boas obras: tudo de bom que pensamos e fazemos é suscitado pelo Espírito Santo em nós: “É Deus quem opera em vós o querer e o operar” (Fl 2,13). É exatamente porque cremos em Cristo, porque estamos unidos a ele e nele estamos enxertados e incorporados pelo Batismo, que podemos realizar as obras da fé, daquela fé que atua pela caridade (cf. Gl 5,6). Quando rezamos, não somos nós que rezamos: quem ora em nós, quem louva em nós e intercede em nós é o próprio Espírito do Cristo Jesus ressuscitado: “Assim também o Espírito socorre a nossa fraqueza. Pois não sabemos o que pedir como convém; mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inefáveis e aquele que perscruta os corações sabe qual é o desejo do Espírito; pois é segundo Deus que ele intercede pelos santos” (Rm 8,26-27). É por isso que, já aqui na terra, pedimos aos nossos irmãos que intercedam por nós. Dizemos uns aos outros: «Fulano, reze por mim!» O próprio Novo Testamento recomenda que rezemos uns pelos outros (cf. 2Cor 1,1; Ef 1,16; 6,19; Fl 1,4; Cl 4,12; 1Ts 1,2; 1Ts 5,25; 1Tm 2,1; Tg 5,16). Pedimos a oração de um irmão batizado porque sabemos que ele ora em Cristo, que esse irmão é uma só coisa com Cristo, já que é membro do seu Corpo e vive do Espírito do Senhor ressuscitado, de modo que já não é ele quem ora, mas é Cristo que ora nele como Mediador único entre nós e Deus. CONTINUE A LER AQUI

      Curtir

    • franklin disse:

      CONCORDO MINHA IRMA , DE FATO EXISTE UM GRANDE EXAGEIRO , CONTUDO VALE LEMBRAR QUE O CATOLICO DE FATO , TEM EM SEU INTIMO, 1. MARIA NÃO SALVA . 2 MARIA NÃO E DEUSA. 3 O UNICO NOME QUE FOI DADO DOS CEUS E JESUS O SENHOR. 4 MARIA NÃO PODE SALVAR NUNCA PODERIA. 5 DEVOÇÃO MARIANA NÃO E PARA ADORAR MARIA . 6 A INTERCESSAO DE MARIA NÃO QUER DIZER QUE ELA E PONTE DE SALVAÇÃO, MAIS SIM AQUELE QUE PEDE A JESUS, COMO NOIS PEDIMOS ORAÇÃO AO UM IRMÃO OU PASTOR. CONTUDO , NÃO PODEMOS ESQUECER QUE A UNICA MULHER NA BIBLIA QUE FOI REALMENTE GRANDE FOI MARIA NÃO PORQUE E MERECEU MAIS FOI ESCOLHIDA PRA SER A MÃE DE JESUS . O SANGUE DE JESUS QUE VOCES TANTA CLAMA VEM DE MARIA LEMBRE DISSO .. PORTANTO SÓ CRISTO QUEN SALVA SÓ ELE E DIGNO DE LOUVOR HONRA GLORIA PODER ADORAÇÃO TODO O PODER FOI DADO PARA TODO SEMPRE SEMPRE SEMPRE QUE FIQUE CLARO IRMA QUE CRISTO E O NOSSO DEUS O FILHO DE JEOVÁ O DEUS DE ISRAEL ,ONDE SÓ A ELE QUE VEM A SALVAÇÃO , PORTANTO PARA NOIS CATOLICOS , ONDE ESSA IGREJA DE IDOLATRAS QUE JÁ EXISTE 2000 ANOS OU MAIS AINDA ESTÁ DE PÉ E VOCES QUE VIERAM NO PERIODO DE LUTERO IGREJA FEITAS DEPOIS DA IMPRESSA DEVERIAM AGRADECER PELA IGREJA QUARDAR TODOS ANOS A BIBLIA QUE VOCES MODIFICARAM , AGRADEÇA AOS IDOLATRAS A IGREJA PROSTITUTA, A TORRE DE BABEL, ESSA MESMA QUE VEM O ANTE CRISTO , AGRADEÇA PORQUE SE NÃO FOSSE POR ELA NEM BIBLIA EXISTIA , ISSO E FATO E SO ESTUDAR A HISTORIA . VOCES FALAM TÃO BE, DE LUTERO ENTÃO PORQUE VOCES NÃO SÃO LUTERANOS ? ? ENGRAÇADO NÉ ??? SABE QUE MAIS ME ESPANTA E QUE VOCES TEM UM PODER QUE O PROPRIO SENHOR NOSSO DEUS AINDA NÃO FEZ QUANDO ELE VOLTAR E DE SER JUIZES ONDE TODOS OS CATOLICOS IDOLATRAS VÃO PARA O INFERNO ENTÃO PRA QUE O JULGAMENTO DO TRONO BRANCO ??? NÃO TEM SENTIDO , SE O PROPRIO SENHOR QUANDO ESTAVA NA TERRA NÃO JULGOU NINGUEM NEM PROSTITUTA , NEM COBRADORES DE IMPOSTOS , NEM SALDADOS ROMANOS , NEM, TRAIÇÃO NEM, O JUDAISMO PERCEGUIÇÕES SIMPLISMENTE FALOU DE AMOR E CONVERÇÃO O ANUNCIO DO REINO DE DEUS EO A REVELAÇÃO DO PAI PARA HUMANIDADE CONTUTO ELE FOI CRUCIFICADO , NEM POR ISSO ELE O JULGOU, PARABENS VOCES SÃO EXTRAORDINARIOS MESMO NÃO SABIA DISSO O PODER QUE O NOSSO DEUS DEU A VOCES E INCRIVEL …… PORTANTO SOU CIENTE DE UAM COISA QUE O VERDADEIRO INSINAMENTO DO NOSSO SENHOR FOI SE SEMPRE SERÁ O AMOR PORQUE ATRAVES DO AMOR QUE OS CORAÇOES SÃO TOCADOS A AI SIM SE AMA QUANDO REALMENTE CONHECE . PORTANTO SE MARIA E UAM QUALQUER MULHER , ONDE ELA TEM ESSES TITULOS QUE O POVO DAR A ELA IMAGINE VOCE QUE NÃO CARREGOU JESUS NÃO CUIDOU DELE , NÃO PARTICIPOU DE SUA VIDA SE MARIA E ADORADA ISSO NÃO COMPETE A MIM FALAR EU COMO CATOLICO NUNCA ADOREI MARIA NUNCA VOU ADORA-LA PORQUE SÓ EXISTE UM UNICO DEUS JESUUUUUUUSSSSSS E MARIA PRA MIM SIM TEM UM PAPAEL DE DESTAQUE SEM DUVIDA NENHUMA E MEREÇE SER LEMBRADA SEMPRE , AGORA O POVO POR ALGUMA IGNORANCIA OU FALTA DE IMFORMÇÃO FALAM DELA ENTÃO TE ACONSELHO FALAR E QUEBRAR AS IMAGEM DENTRO DE UAM CATEDRAL CATOLICA OU NO MEIO DER UMA PROCISSÃO EU SOU CRITÃO NAO ACREDITO EM SORTE PORÉM TE DESEJARIA MUITO, FELIZ A RELIGIÃO QUE LEMBRA DA MÃE DO SENHOR . CONCLUINDO QUE FIQUE CLARO PRA VOCÊ QUE CATOLICO QUE REALMENTE E CATOLICO NÃO ADORA MARIA E SIM A RESPEITA SE PROSTAM SE ADORAM NÃO SOU EU QUE VOU JULGAR , NÃO SOU JUIZ COM A BIBLIA DE BAIXO DO BRAÇO DEVO AMA-LOS COMO CRISTO AMOU E SE FALAM DE MARIA E MUITO MELHOR QUE FALAR DE TEOLOGIA DA PROSPERIDADE ONDE O DEUS MAMON O DEUS DINHEIRO E TAMBEM CULTUADO ADORADO , ONDE O DIZIMO E UMA FORMA DE BARGANHA COM DEUS ONDE QUANDO MAIOR FOR MEU DIZIMO MAIOR A A GRAÇA ONDE O DINHEIRO E CAPAZ DE MOVER O PODER DE DEUS , ONDE DEUS E TÃO CAPITALISTA UM CRISTO QUE PREGA UMA VIDA DE CONFORTO CARRO NOVO MUITO DINHEIRO , E FALAM DE IDOLATRIA . ONDE VOCE MESMO FALOU QUE IDOLATRIA E TUDO AQUILO QUE SE OPOEM EMLUGAR DE DEUS ISSO TAMBEM E IDOLATRIA SE NÃO SABE PORTANTO ANTES DE JULGAR VAI VIVER O EVANGELHO VAI TENTAR SEGUIR O CRISTO SENTO UM SINAL DE DEUS NA VIDA DE MUITO QUE SER JUIZES DO APOCALIPSE

      Curtir

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s