Por que a Bíblia Católica é diferente da Protestante?


Muitas vezes, quando argumentamos com nossos irmãos protestantes nos deparamos com a questão da autoridade da Bíblia em detrimento da autoridade de Igreja, o que, via de regra, provoca um impasse nas discussões.  Torna-se importante determinar o que veio primeiro: a Bíblia ou a Igreja?

O entendimento Católico é simples e objetivo: A Revelação Escrita – ou seja, a Bíblia – foi confiada à Igreja, equipando-a assim para o cumprimento de sua missão; que é instruir e edificar os cristãos na fé.  Bem como, levar à todas as nações  o conhecimento da Obra Salvífica de Cristo,  através do anuncio do Seu evangelho.  Isso fica bastante claro quando analisamos a história do desenvolvimento da fé cristã e da Igreja em si.

É fácil constatar  – e provar – historicamente que foi a Igreja quem compilou a Bíblia, ou seja, quem coletou todos os escritos apostólicos e/ou influenciados por ensinamentos apostólicos, analisando-os e posteriormente definindo quais desses escritos eram genuinamente inspirados – que quer dizer, de origem humana mas sob a inspiração divina, pelo Espírito Santo. Assim,  a Bíblia confirma a autoridade da Igreja, pois foi entregue a ela, compilada, transmitida e preservada por ela. Tudo o que a Igreja ensina encontra-se explicita ou implicitamente na Bíblia. Embora algumas doutrinas católicas possam ser explicitamente encontradas apenas na Sagrada Tradição – que é a parte integrante, juntamente com a Bíblia, do de Depósito da Fé Cristã, e representa a parte não-escrita da Revelação Divina.

Por outro lado, o entendimento protestante é ofusco e impreciso e pode variar de acordo com o ponto de vista do interlocutor, bem como de acordo com as diferentes tradições protestantes. Em outras palavras, depende do ponto de vista de cada protestante e de sua denominação.  Contudo, a grande maioria deles é bastante rápida em afirmar que a Bíblia suplanta a autoridade da Igreja – Sola Scriptura – e consiste na única forma de autoridade do Cristão.

Quando questionados sobre o fato histórico que nos diz que por mais de três séculos os cristãos primitivos tinham apenas a autoridade da Igreja, pois a Bíblia não existia tal e qual a conhecemos hoje, o argumento protestante tende a desviar-se para campos subjetivos e imprecisos, de modo que torna-se quase impossível uma argumentação lógica. Uns, por desconhecimento da história, afirmam que a bíblia existiu desde o princípio. Acreditam que  logo após a Ressurreição do Senhor cada cristão tivesse em casa um exemplar da Bíblia, onde então podia ler tudo sobre a fé e aprender sozinho o que lhe fosse de interesse. Outros,  dizem ainda que embora não houvesse uma bíblia compilada, haviam escritos avulsos, utilizados indiscriminadamente pelo cristão primitivo, que pacientemente aguardava o dia em que Lutero – 1500 anos mais tarde – pudesse determinar o que era de origem inspirada ou não. Finalmente, há aqueles que admitem que a Igreja primitiva era de fato autoritativa, contudo, fora corrompida, necessitando ser reformada. Depois da reforma, passou a ser irrelevante e supérflua, pois, como sabemos, foi pela reforma que a “doutrina” da sola Scriptura entrou em vigor. Mas seria razoável dar credibilidade aos pontos de vista protestantes, quando os fatos históricos desmentem seus argumentos?

Neste texto vamos nos deter na discussão dos Deuterocanônicos  para provar que nem tudo aquilo afirmado pelos membros do rebanho separado confere com a verdade

Até o início do séc. XVII, os 7 livros deuterocanônicos estavam presentes nas Bíblias protestantes. Isso é possível de ser constatado com uma simples consulta da  edição protestante KJV de 1611. A Bíblia do rei James (em português Jaime ou Tiago), também conhecida como Versão do rei James ou Bíblia KJV (em inglês: Authorized King James Version,Versão Autorizada do rei Jaime), é uma tradução inglesa da bíblia realizada em benefício da Igreja Anglicana, sob ordens do rei Tiago I, que teve sua primeira publicação datada de 1611. Foi somente após a morte do Rei Tiago é que os protestantes decidiram “reformar” sua bíblia, eliminando definitivamente os deuterocanônicos sob o errôneo argumento de esses livros seriam “apócrifos”, pois contrariarem os princípios sob os quais fundamentavam-se algumas das  doutrinas protestantes.

Para justificar essa decisão convencionou-se dizer entre os círculos protestantes que a Igreja Católica teria inserido os Deuterocanônicos na bíblia durante o Concílio de Trento.  Contudo, é muito simples desmentir esta acusação,  basta conferir que estes livros já estavam inclusos no índice de bíblia Católica de Gutenberg – primeira versão impressa da Bíblia – publicada quase um século antes da realização do Concílio de Trento.

Veja:http://www.hrc.utexas.edu/…/gutenberg/web/pgstns/13.html

Infelizmente, algumas das versões mais variadas da bíblia protestante possuem inúmeras adulterações e erros de tradução. Ademais, nenhuma dessas versões teve acesso à outros manuscritos originais ( grego, hebraico e aramaico)  que não o CODEC, SINAITICUS OU Vaticanus, todos de posse da Igreja Católica. As adulterações foram tantas,  que 64.576 palavras estão faltando na corrupta versão NVI, isso equivale à dezessete versos inteiros!

Eis a  lista:
Em Mateus: 3 versos: 17:21, 18:11 e 23:14.
/
Em Marcos: 5 versos: 7:16, 9:44, 9:46, 11:26 e 15:28.
/
Em Lucas: 2 versos: 17:36, 23:17.
/
Em João: 1 verso: 5:4.
/
Em Atos: 4 versos: 8:37, 15:34, 24:7, 28:28,
/
Em Romanos: 1 verso: 16:24 e
/
Em 1João: 1 verso: 5:7.
/
Total: 17 versos subtraídos!

A versão NVI foi lançada no Brasil, e certamente é a preferida das igrejas evangélicas adeptas e simpatizantes do movimento gay: ‘Sinos de Belém’ e ‘Acalanto’. Ótima, para as corriqueiras cerimônias “matrimoniais” homossexuais da igreja presbiteriana.

O que disseram alguns protestantes sobre os problemas citados acima?

O Reverendo. Dr. Aked, ministro batista, declarou à “Appleton’s Magazine,” em setembro de 1908:

“Nas páginas da versão protestante da Bíblia será achado erros históricos, enganos aritméticos, inconsistências e contradições múltiplas, e, o que é longe pior, a pessoa acha que os crimes mais horríveis são cometidos por homens que falam: ‘Deus disse,’ em justificação de seus terríveis atos. Além disso, a Bíblia inglesa é uma versão de uma versão que é uma tradução de uma tradução. Veio do hebraico, grego e latim em inglês. Em todas suas fases antigas foi copiada à mão de um manuscrito a outro por escritores diferentes, um processo que resultou em muitos enganos”.

Corrompendo e mutilando a Bíblia, Lutero e seus seguidores caem sob a maldição da própria Bíblia, que diz:

” Eu declaro a todos aqueles que ouvirem as palavras da profecia deste livro: se alguém lhes ajuntar alguma coisa, Deus ajuntará sobre ele as pragas descritas neste livro; E se alguém dele tirar qualquer coisa, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida e da Cidade Santa, descritas neste livro.” (Apoc. 22,18-19).

“É que de fato, não somos, como tantos outros, falsificadores da palavra de Deus. Mas é na sua integridade, tal como procede de Deus, que nós a pregamos em Cristo, sob os olhares de Deus.” (2 Cor. 2,17).

Ester artigo é uma adaptação do texto do coloborador Edmilson – Link FaceBook – para o Blog Ecclesia Militans.

 

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica, Autoridade Eclesial, Reforma Protestante - Doutrinas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

27 respostas para Por que a Bíblia Católica é diferente da Protestante?

  1. Este tema é interessante, pois realmente muitos evangélicos acreditam que a igreja católica acrescentou livros extras em suas versões da Bíblia, mas em contrapartida, católicos acreditam que o protestantismo excluiu tais livros de suas versões, e assim, um acusa o outro mutuamente. Na verdade, nenhuma das duas afirmações é correta, pois nem católicos acrescentaram e nem evangélicos excluíram. A diferença existe porque, o catolicismo adotou a versão chamada Septuaginta, de onde inspirou a versão católica mais antiga que existe, conhecida como Vulgata que foi copilada por São Jerônimo entre os séculos IV e V da nossa era; enquanto que o protestantismo segue o cânon judaico tradicional. A Septuaginta foi uma versão traduzida por setenta sábios da cidade de Alexandria no Egito, alguns séculos antes de Cristo e esses sábios, incluíram em sua tradução alguns livros que não foram reconhecidos no hebraico tradicional. Segundo explicação mais aceita, houve quatrocentos anos de silêncio em que Deus não levantou nenhum profeta para falar com o seu povo, e esse período é compreendido entre o Antigo e o Novo Testamento. A versão Septuaginta surgiu nesse período, e também os livros nela acrescidos. Tais livros possuem grande valor histórico, mas doutrinariamente não são reconhecidos pelos judeus e nem por diversos grupos de cristãos. Para os católicos romanos tais livros são chamados de deuterocanônicos, enquanto que para os protestantes são chamados de apócrifos, sendo reconhecidos por muitos evangélicos como patrimônio histórico. Assim, não foi o protestantismo que excluiu, nem o catolicismo que acrescentou, mas foram setenta rabinos de Alexandria no Egito que incluíram em sua tradução. O catolicismo romano e também algumas confissões cristãs orientais, simplesmente adotaram tal versão em suas Bíblias. É argumentado, que por mais de três séculos os cristãos primitivos contaram apenas com a autoridade da Igreja, pretendendo com isto, alegar que a Bíblia como a conhecemos hoje, só veio a existir graças aos concílios da igreja romana ocorridos a partir do terceiro século. Isto não procede pois os cristãos primitivos tinham sim, os escritos da Lei e dos Profetas e isto é muito claro em todo o Novo Testamento. Além do mais, eles tinham também as cartas dos apóstolos que eram lidas de igreja em igreja. Portanto, o cânon do Antigo Testamento já existia nos tempos da igreja primitiva, de maneira que igreja católica se encarregou apenas de selecionar os livros do Novo Testamento, que seriam unidos aos do cânon hebraico, formando assim, a Bíblia em sua totalidade tal qual a conhecemos hoje, Antigo e Novo Testamento.

    Curtir

  2. vitor disse:

    poxa helen fiz uma pergunga aki no blog e acho que ela nao foi aceita gostaria de saber o por que

    Curtir

  3. Vitor disse:

    amo esse blog

    gostaria de tirar uma duvida com a Helen ou o Edmilson

    conheço evangelicos chatos que falam que o dizimo é garantia para repreender o tal “espirito devorador” e faz parte do plano de salvação eu gostaria de saber o que tem de verdade nisso porque nunca vi isso na biblia

    http://www.esbocandoideias.com/2012/07/o-que-significa-devorador-gafanhoto-espirito-devorador.html

    o devorador é o gafanhoto mesmo? os evangelicos falam que é espirito para tirar dinheiro dos outros?

    obrigado e parabens pelo blog

    Curtir

  4. EDMILSON disse:

    ANDERSON SOTEAM PIADISTAS COMO VOCÊ JÁ REFUTEI CENTENAS DE MILHARES
    QUE VÊ COMO VOCÊ É UMA ABERRAÇÃO UMA POBRE ALMA RACIONALISTA
    VOU TI MOSTRAR AS CONTRADIÇÕES SUAS E AO MESMO TEMPO DAS SEITAS PROTESTANTES!
    //
    E NENHUMA DAS EXPLICAÇÕES VOCÊ VAI ME DA!
    //
    VAMOS LÁ:
    ME RESPONDAS ANDERSON SOTEAM

    Quem fundou a sua Igreja? Por quê? Então, as igrejas existentes estavam erradas para que fosse preciso surgir mais uma igreja? E quem garante que a sua é que está certa? Me diga? Foi o Senhor que a fundou ou foi um mero homem? (Sl 126(127), 1.2; Mt 16,18). 2.
    //
    QUERO RESPOSTAS ANDERSON SOTEAM
    E MAIS…EU TI PERGUNTO?

    É correto o denominacionalismo? Se o é, por que a Bíblia insiste na unidade dos cristãos (Jo 10,16;17,21.22; Ef 4,5) e pede que nos afastemos dos que geram divisão (Rm 16,17)? Se não é, por que vocês das seitas protestantes que nem 500 anos tem ainda não obedecem a sua única regra de fé e prática?
    ME RESPONDAS ANDERSON SOTEAM SEM ARGUMENTAÇÃO BARATA QUERO RESPOSTAS CONVICENTES E DENTRO DA BÍBLIA!
    //

    E MAIS QUERO RESPOSTAS ME DIGA? ANDERSON SOTEAM

    Por que os nomes das Igrejas protestantes como Batista, Assembléia de Deus, Universal do Reino de Deus, Casa da Bênção, Anglicana, Presbiteriana, Quadrangular, Deus é amor, etc., etc., não estão na Bíblia? Se não estão, por que vocês protestantes seguem essas igrejas fundadas por homens?
    //

    Você não acha que em Mt 12,25 se faz uma severa crítica à Babel protestante?
    Se é verdadeira a interpretação que os protestantes dão à Bíblia, onde está a sua firmeza? Por que vocês caem em tantas contradições? Como garantir qual doutrina é realmente bíblica, se cada um de vocês apresenta interpretações diferentes?
    ME RESPONDAS ESSAS SIMPLES PERGUNTAS ANDERSON SOTEAM MAIS SEM RODEIO QUERO RESPOSTAS BIBLICAMENTE.
    //

    ME RESPONDAS TAMBÉM ANDERSON SOTEAM UMA PASSAGEM
    Em 1 Cor 1, 12.13, S. Paulo se mostra zangado porque vê os coríntios divididos em grupos apesar de estarem na mesma Igreja. Que diria ele se chegasse hoje e visse estes cristãos que se julgam perfeitos imitadores da Igreja primitiva dizerem: eu sou batista; eu sou pentecostal; eu sou luterano; eu sou calvinista, eu sou testemunha de Jeová; etc., pregando todos eles as mais diversas doutrinas? Se você concorda que Paulo ficaria horrorizado (o que é lógico), perguntamos: por que vocês protestantes desobedecem à palavra de Deus? Isso não demonstra que são infiéis à Bíblia? E mais adulterando a bíblia para vender heresias e pregar encima da mentira?
    //

    ME RESPONDAS ANDERSON SOTEAM?

    Você acha que uma igreja protestante em particular pode querer nos convencer de que as outras interpretam errado a Bíblia e que ela é que está certa? Se acha, então, TI PERGUNTO?
    //

    Por que todas as outras igrejas dizem a mesma coisa?
    /

    Por que todas as igrejas se subdividem tanto?
    /

    Por que todas elas ensinam doutrinas inexistentes antes do século XVI?
    /

    ANDERSON SOTEAM! Você acha que Cristo esperou 16 séculos para propagar sua doutrina?
    CLARO QUE NÃO! VOCÊ NAVEGA EM BLASFÊMIAS E RACIONALISMO BARATO.
    //

    E MAIS ANDERSON SOTEAM…

    Se você acha que a Igreja falhou? Se não, por que afirmam isso? Se sim, não é isso chamar Cristo de mentiroso? (Mt 16,18).
    //

    Suponhamos absurdamente que um dia a Igreja inventasse de agradar aos evangélicos (Mt 16,18; At 4,19). Pois bem, perguntamos: qual doutrina protestante a Igreja deveria adotar? Se negasse a Trindade, agradaria às TJs, por exemplo, mas desagradaria aos que creem, como os batistas; se negasse o batismo às crianças, agradaria aos batistas, mas desagradaria aos metodistas, anglicanos e outros mais; se guardasse o sábado, agradaria aos adventistas e batistas do sétimo dia, mas desagradaria ao outro ramo que guarda o domingo, e assim suces-sivamente. E aí, o que fazer?
    ME RESPONDAS ANDERSON SOTEAM MAIS QUERO RESPOSTAS BÍBLICAS E SEM RODEIOS.
    //

    E outra se os erros dos homens afetaram a pureza doutrinal da Igreja Católica e tornaram necessária a Reforma de 1516, não acha você que já passou da hora de haver uma Reforma similar dentro do Protestantismo?
    O QUE VOCÊ ACHA? ANDERSON SOTEAM?
    //

    Constantemente ouvimos pastores protestantes criticarem o surgimento de novas igrejas. Mas perguntamos também a estes:
    /

    Mas a sua igreja não surgiu pelo mesmo processo?
    /

    Se sua igreja surgiu por um homem e por motivo de discordância doutrinária, como você pode exigir que os outros acatem o que vocês pregam? (Mt 7, 3).
    O QUE VOCÊ ANDERSON SOTEAM TEM A ME DIZER?
    //

    Se você como todos os pastores não podem hoje fundar igrejas (e realmente não podem), e o que fundou a sua igreja podia? Se podia, onde está isso na Bíblia? Se não podia, por que fundou?
    ME MOSTRE ISSO BIBLICAMENTE ANDERSON SOTEAM?
    //

    AÍ eu ti pergunto! Será que a Bíblia autorizou Lutero, David Miranda, Edir Macedo, RR Soares, Joseph Smith, Charles Russel ou qualquer outro homem a fundar uma Igreja, se quase dois mil anos atrás Jesus já fundara sua Igreja e prometera indestrutibilidade a essa Igreja? Sl 126 (127),1.2; Mt 16,18. Se autorizou, onde está isso na Bíblia? Se não autorizou, por que todo dia surge uma Igreja?
    ME MOSTRE ISSO BIBLICAMENTE ANDERSON SOTEAM SE VOCÊ NÃO ME MOSTRAR VOU PEGAR PESADO COM VOCÊ.

    //
    Vocês protestantes descaradamente defendem sua inerrância, assumindo a infalibilidade que negam aos católicos? Ora, se ninguém é infalível, como podem defender com unhas e dentes as suas doutrinas? Como podem garantir que suas interpretações da Bíblia estão absolutamente certas? A cada igreja que surge, novas “verdades” aparecem (ou reaparecem) e nenhuma larga o osso de suas convicções. Para as testemunhas de Jeová a terra será um paraíso, e não se fala mais nisso. Para os batistas não se pode batizar criança, e ninguém pode duvidar.
    //
    Para os adventistas devemos guardar o sábado, e acabou-se o assunto. Para os metodistas deve-se batizar criança e pronto. Para a Universal do Reino de Deus o cristão tem prosperidade garantida e fim de papo. Por que essa certeza, se não são infalíveis?
    O QUE VOCÊ TEM A DIZER? ANDERSON SOTEAM?
    //

    Será que os apóstolos eram infalíveis? Se não eram, como podemos confiar na doutrina deles? E mais, por que os apóstolos exigiam crença total naquilo que pregavam (Gl 1, 8.9)? Se o eram, por que a Igreja hoje não o pode ser? Ainda, se o eram, isso não é prova de que os protestantes estão entendendo Jer 17, 5 de forma errada? Ou os apóstolos não eram humanos?
    //

    Você não acha que esta confusão de igrejas protestantes é a demonstração de que o homem não pode confiar na suposta inspiração de outro homem? (Jer 17,5).
    //

    Pois o protestantismo tem dogmas? Se não tem, a Sola Scriptura, a Sola fide ou qualquer outra doutrina protestante pode ser questionada? Além disso, por que cada igreja garante que suas doutrinas estão absolutamente corretas? Tal certeza não dogmatiza suas crenças?
    //

    E MAIS ANDERSON SOTEAM?
    Se vocês protestantes? Não têm tradição? Se não têm, por que frequentemente recorrem a ela para justificar suas doutrinas? Além disso, algum protestante seria capaz de justificar o cânon bíblico sem usar a tradição?
    //
    Todos os argumentos usados Por vocês protestantes contra a inspiração dos livros deutero-canônicos do AT forem aplicados contra a inspiração dos livros protocanônicos, estes últimos passarão na peneira? Por exemplo:
    /

    Por que as “heresias” que os protestantes dizem haver nesses livros também existem em livros que eles consideram inspirados? (Compare Tob 4,7-11 com 2 Cron 6,30; Prov 24,12; Rom 2,5-8).

    Por que existem “erros” históricos e geográficos em livros que também estão na própria Bíblia suas? (Gn 1, 3.14; Jos 10, 12.13; Jó 9, 5.6; Mc 3,41).
    ///////////////////////

    Por que também há “contradições” em muitos desses livros? (Compare, por exemplo, 1 Sm 21,1-6 e 1 Sm 23,6 com Mc 2,25.26; Mt 21,2 com Mc 11, 2; 2 Sm 23,8 com 1 Cron 11,11).
    //////////////////

    Por que alguns personagens de livros protocanônicos também “mentiram”? (Gn 27,19; Ex 1,15-21;Jz 4, 18-21; 5,24; Mt 24,36).
    //////////////////////////

    Por que em alguns desses livros também há histórias “absurdas”? (Gn 3,1-5; Nm 22,22; Jn 2).
    //

    Por que os protestantes não negam a inspiração da carta aos Coríntios, já que São Paulo afirma ali (1 Cor 7,25) que não tem “mandamento do Senhor aos virgens, mas dá seu próprio conselho”? Se isso fosse dito num livro deuterocanônico, os evangélicos não usariam a expressão para negar a inspiração dele como fazem com 2 Mac 15, 37-39?
    ////////////////////////////
    ANDERSON SOTEAM:

    Você percebeu que se esses argumentos negassem a inspiração dos livros deuteroca-nônicos, negariam também a de muitos outros livros existentes na própria Bíblia protestante? Na realidade, as supostas falhas acima, com discernimento, são plenamente entendidas.
    ///////////////////////////////////

    Saiba Anderson soteam que até hoje nenhum protestante conseguiu provar pela sua única regra de fé e prática que os livros deuterocanônicos são apócrifos?
    //

    ANDERSON SOTEAM ME DIGA?
    Por que a Bíblia não ensina a Sola Scriptura? Por que ela só foi pregada por Lutero?
    ME DIGA? ANDERSON SOTEAM?

    Se todos podem interpretar a Bíblia livremente, por que só a Igreja Católica não o pode?
    //

    Frequentemente, os protestantes exigem que nós católicos que provemos tal e tal doutrina na Bíblia, e só nela. Perguntamos: Em qual Bíblia? Na católica ou na protestante? Se é na protestante, perguntamos também: onde está na Bíblia que uma doutrina só pode ser provada na Bíblia protestante? Se disserem que é por causa do cânon, perguntamos, ainda: onde está na Bíblia que o correto é o cânon protestante?
    //

    Por que a Bíblia teria precisado de 1600 anos para ser entendida corretamente, se segundo os evangélicos, ela é algo que qualquer pessoa pode ler e entender?
    //
    E MAIS ANDERSON SOTEAM!
    Você não acha que o livre exame é um grande achado para os que gostam de se apresentar como líderes religiosos, envaidecidos de ver muitos homens aderirem às suas idéias e contentes com a perspectiva de deixarem o nome célebre na História de qualquer maneira, ao menos, como fundadores de mais uma religião?
    ME RESPONDAS ANDERSON SOTEAM?
    //

    Como os protestantes pretendem impor suas crenças aos católicos, se eles pregam o livre exame?
    //

    Será que os apóstolos acreditavam na Sola Scriptura? Se a resposta for “sim”, ti pergunto: Como, se não existia a Bíblia? Se você acredita apenas no AT, você não acha que assim estariam invadindo todas as suas pregações bem como todos os escritos do NT? Se a resposta for “não”, também perguntamos: então, como ela pode ser uma doutrina bíblica?
    //
    E MAIS… ANDERSON SOTEAM

    Por que vocês protestantes aceitam a autoridade dos Concílios de Hipona (393) e de Cartago (397) para os 27 livros do NT, mas não para os do AT?
    //

    ANDERSON SOTEAM ME RESPONDAS?

    Em que ano, local e qual o nome do fundador da Igreja Católica? Não foi Jesus Cristo? Se foi (e realmente foi), o que você está fazendo fora daquela Igreja sobre a qual Cristo disse “a minha Igreja”? (Mt 16,18).
    //
    Se não, então, há provas históricas? Me mostre elas Anderson Soteam! Ou vai querer que acreditemos naquela piada de que foi Constantino que a fundou? Se é, então, responda-nos:
    //

    Que Igreja, então, existia antes de Constantino e que desde o final do século 1 já era chamada de “Católica”?
    //

    O que sei e provo com testemunhas oculares dos fatos é que Constantino apenas oficializou uma Igreja que já existia muito antes dele?
    //
    E MAIS ANDERSON SOTEAM ME RESPONDAS?

    Há algum documento histórico comprovando que Constantino fundou alguma Igreja?
    ME MOSTRE POIS ATÉ HOJE VOCÊS PROTESTANTES DE FUNDO DE QUINTAL SÓ MOSTRAM SAFADEZA ADULTERAÇÃO E FALSIFICAÇÃO BARATA.NO QUAL CHAMO DE CRIME.
    //
    E MAIS ANDERSON SOTEAM ME DIGA?

    Se todas as doutrinas de vocês protestantes são realmente fundamentadas na Bíblia sagrada? Se o é, por que são tão contraditórios? Por que vocês não concordam entre si quanto a pontos importantes da fé? E por que não constituem uma só igreja, em vez de serem centenas e centenas de denominações separadas (e até hostis) entre si?
    IGREJA DA MACONHA IGREJA DE HOMOSSEXUAIS, IGREJAS QUE NEGAM JESUS CRISTO DEUS ETC…
    E MAIS TODAS SÃO PROTESTANTES POIS NASCERAM DO LIVRE EXAME BÍBLICO.
    //
    E OUTRA ANDERSON SOTEAM

    Se a Escritura é a nossa única regra de fé, por que Jesus não afirmou isso? Além disso, por que Ele não disse “Ide e distribuí Bíblias”, mas, sim “Ide e pregai” (Mt 28,18-20)? Você não acha que se a Tradição é confiável para estabelecer o cânon bíblico, isso é prova de que há uma autoridade extra bíblica, e que, portanto, a Sola Scriptura não tem fundamento?
    //

    Pois se a própria única regra de fé dos protestantes nos ensina em 2 Ts 2, 15 a guardar-mos o que foi escrito (a Bíblia) e o que foi transmitido oralmente (a Tradição oral), como, então, você como muitos protestantes querem nos convencer de que a Bíblia é a única regra de fé?
    //
    ISSO É O CÚMULO ANDERSON SOTEAM
    E UMA ULTIMA PERGUNTA? ANDERSON SOTEAM ME MOSTRE UM SÓ VERSÍCULO BIBLICO EM QUE DEUS DA AUTORIDADE PARA HOMENS FUNDAR IGREJAS?
    //
    E SE O PROTESTANTISMO É VERDADEIRO POR QUE NÃO TEM AINDA 500 NOS?
    E SE É VERDADEIRO POR QUE NÃO TEM 2000 MIL ANOS?
    //
    E SE É VERDADEIRO QUAL DAS 50 MIL DEMONOMINAÇÕES É A CERTA? A QUE PREGA O HOMOSSEXUALISMO? A QUE PREGA QUE CRISTO NÃO É DEUS? A QUE NEGA O DOMINGO?
    //
    E ASSIM VAI E OUTRA SE VOCÊ DIZER QUE TODAS ELAS SÃO SEITAS? ELAS TAMBÉM VÃO DIZER QUE A SUA TAMBÉM É?
    //
    ANDERSON SOTEAM SÓ VOLTO A TI RESPONDER SE VOCÊ ME RESPONDER TODAS ESSAS PERGUNTAS CASO CONTRARIO TI CHAMAREI DE HEREGE E CONTRADITÓRIO

    Curtir

    • Edmilson, o problema é ter um diálogo ou uma discussão com você, por que estamos discutindo um assunto, de repente você do nada, copia (ctrl+c) e cola (ctrl+v) uma enciclopédia sobre protestantismo, eu não perguntei para ti o que era um protestante, e tampouco queria uma enciclopedia sobre protestantismo. Acho que deveríamos discutir o assunto em pauta sem partir para outro, senão que diferença teremos de debates políticos? O questionamento contigo foi a forma que você tratou alguém no blog, e o parelelismo que fiz com a dona do blog, mesmo sendo dona, poderia não publicar os comentários, mesmo assim ela comente e responde cordialmente, disse que você não precisaria chamar uma pessoa de “doente mental”, “víbora”, “pobre alma” para poder dar uma resposta com digna a ela, muito simples Edmilson, é apenas isso. Se toda vez que formos discutir você copiar e colar livros, pode ter certeza que ninguém vai ler, coloque na discussão o seu pensamento, e tente ser breve, hoje vivemos na era digital do “sem tempo”, nossos trabalhos, compromissos extras, nos impedem de ler textos imensos.

      Que o Senhor esteja contigo.

      PS. E ainda para finalizar, qualquer pessoa sabe protestantismo, até os ateus sabem, todos que passaram pelo ensino médio sabem, pois faz parte da história.

      Curtir

  5. EDMILSON disse:

    ANDERSON SOTEAM, VOCÊ SÓ PODE ESTAR DE PIADA COM MINHA CARA.
    //
    VOCÊ TEÓLOGO ISSO É UMA PIADA, NEM INTERPRETAR A BÍBLIA VOCÊ SABE
    //
    E OUTRA, PROTESTANTE USANDO A DIDAQUÊ, ISSO É UMA PIADA.
    //
    PIADISTA ANDERSON VOCÊ CONHECE UM POUQUINHO DA PATRÍSTICA DE SITES PROTESTANTES QUE ADULTERAM OS ESCRITOS DOS ESCRITORES PERTENCENTES A IGREJA?
    //
    CAIA NA REAL VIBRADOR! E OUTRA VOCÊ USA MUITO SOFISMA, QUE TEOLOGIA BARATA SÓ GERA HERESIAS EM CIMA DE HERESIAS.
    //
    ENTRA NO SITE, AQUI NÃO DA PRA CONVERSAR EM TEMPO REAL, OU ENTRA NO BLOG
    //

    Curtir

  6. EDMILSON disse:

    PRIMEIRO ANDERSON PIADISTA VAMOS ANALIZAR O PROTESTANTISMO

    ANALISANDO O PROTESTANTISMO (PARTE I)

    O Protestante é alguém que por falta de Sabedoria acha que a interpretação da Sagrada Escritura é absolutamente livre.

    Foi Lutero quem, revoltando-se contra o Papa, levantou o princípio do livre exame da Bíblia, afirmando que toda pessoa é livre de interpretar a Escritura como lhe parecer.

    O que leva qualquer Protestante, de qualquer igrejola, a se arvorar como infalível intérprete da palavra de Deus.

    “Nenhuma profecia da Escritura é de interpretação particular” (II Pedro, 1, 20).

    E o Protestante lê a Bíblia e interpreta a Escritura como bem entende, recusando aplicar o que lê.

    É assim que os protestantes respeitam a Bíblia: fazendo o contrário do que ela manda.

    De que adianta ler, se não se entende o que se lê?

    O Protestante lê a Bíblia como o eunuco da rainha de Candace: (At. 8,30-31) lê, mas não entende o que lê.

    “A letra mata” (2 Cor. 3,6), e a letra matou o protestante

    O livre exame protestante fez da Bíblia um livro “chicletes”. Cada herege, puxa e estica a Bíblia para onde quer, faz até bolinha de vento com ela, e depois explode seu achismo na cara dos outros, julgando que foi o Espírito Santo quem o fez achar tal e tal coisa
    Daí a multiplicação de seitas protestantes, cada uma dela arvorando-se como verdadeira igreja.
    Na realidade, cada protestante é, ele sozinho, uma seita, visto que ele crê que é o único intérprete infalível da Bíblia.

    Mas como manter a unidade da Fé, se cada um interpretará a Bíblia a seu modo, livremente, como disse Lutero?

    Com o livre exame é impossível a unidade da Fé

    Só a verdade é una, como só Deus é uno

    O erro é múltiplo. E o protestantismo é múltiplo. Logo, os protestantes estão errados.
    O protestantismo é uma nova Torre de Babel, na qual cada um se proclama infalível.
    Qual das mais de 50.000 seitas estaria com a verdadeira interpretação da Bíblia?
    Negando a autoridade e a infalibilidade de Pedro, o protestantismo, pela afirmação do livre exame, proclama que todo leitor da Bíblia é Papa, e Papa infalível

    Algum Protestante por acaso recebeu de Cristo “as chaves do Céu”?

    E a loucura e a contradição dos “invejélicos” é tanta, que eles afirmam que TODA interpretação da Bíblia é livre, e por isso, é também válida. Mas afirmam ao mesmo tempo que a interpretação da Igreja Católica é falsa. (sic)

    O Protestante só crê nele mesmo. O Protestante é seu próprio ídolo

    O Protestante negaria até Cristo em pessoa, se Ele lhe aparecesse dizendo o contrário do que pensa o “consenso do protestantismo”.

    Epa!!! Consenso???

    Mas, Não existe Consenso, entre os protestantes.

    AS duas únicas coisas em que os protestantes estão de acordo entre si, é Que não concordam com nada e no ódio à Igreja Católica.

    “Vêde como eles odeiam, e como se odeiam”…. poderia ser dito deles.

    …………………………………………………………………………………………………………………….

    ANALISANDO O PROTESTANTISMO (PARTE II)

    O Protestante é alguém furiosamente cheio de ódio a Nossa Senhora.

    Assim, se lê em São Lucas:

    “Aconteceu que, apenas Isabel OUVIU A SAUDAÇÃO DE MARIA, o menino saltou em seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo” ( Luc. 1, 41).

    Repare que com o Protestante acontece o contrário:

    Basta ouvir a “saudação de Maria”, Que o Protestante não fica cheio do Espírito Santo, mas sim, cheio de furor contra a Virgem Maria.

    Qual será então o espírito que enfurece o Protestante?

    Meditem bem nisso, mas não é difícil descobrir.

    Aquela que o anjo saudou por ordem de Deus, poderia ser ofendida por um Protestante qualquer sem que Deus se incomodasse?

    E Cristo seria um filho tão pouco amante da honra de sua Mãe santíssima que admitiria no céu os Protestantes, apesar de tantas negações da honra de Maria?

    Que filho receberia em sua casa aquele que ofendeu sua mãe?

    A Protestante Pensa que Deus tolera a desonra de sua própria Mãe!!

    Ele imagina possível esse absurdo e essa blasfêmia

    Finalizo com um Conselho:

    Protestantes, Recorram a Maria, e ela lhes alcançará o perdão de tantas ofensas que fizeram à Mãe de Cristo.

    Ou vocës presumem que entrarão no céu, tendo ódio à Mãe de Deus? [

    SOU CATÓLICO… PODE ME ELOGIAR .

    ……………………………………………………………………

    ANALISANDO O PROTESTANTISMO ((PARTE III) ( NÃO É DE MINHA AUTORIA)

    .

    .
    O protestante é aquele que “protesta contra a Igreja Católica”.

    Sua doutrina não tem unidade, suas igrejas não são infalíveis, sua hierarquia não é rígida, seus preceitos são secundários, pois o que importa é “crer”em Cristo.

    Sobre a unidade, eles se unem contra a Igreja.

    Sobre a infalibilidade, eles negam na Igreja Católica, mas defendemem sua interpretação pessoal, que não admite provas em sentido contrário,ainda que mais absurdas sejam suas teses.

    Sobre a hierarquia, eles obedecem apenas enquanto lhes convém, paralogo depois fundarem uma Igreja que melhor se adapte à suas convicções subjetivas.

    Sobre os preceitos, basta ter fé, pois aquele que tem fé se salva…

    No fundo, eles só acreditam neles mesmos, pois utilizam-se da Bíblia para justificar suas crenças, já que não seguem uma Igreja determinada enem devem obediência ao seu pequeno líder.

    Em vez de consultarem as aves, como os romanos, ou os astros, como osgregos, os protestantes consultam a Bíblia, dando eles mesmos, ao texto,o sentido de que precisam e que mais se adapta a seus caprichos ou seus interesses.

    Todo o livro precisa de uma interpretação autêntica, feita por uma autoridadecompetente, senão é uma letra morta, e a letra morta só pode dar a morte.

    É o que clara e energicamente exprime S. Paulo: “A letra mata e o espírito vivifica” (2 Cor 3, 6).

    E ainda: “Para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra” (Rom 7, 6). Os judeus estavam na velhice da letra; Cristo trouxe a novidade de espírito e os protestantes rejeitam este espírito.

    Como tal, os protestantes não têm dogmas porque o dogma exige uma verdade contida na Sagrada Escritura, e declarada autêntica pela autoridade competente.

    O Protestante tem a Bíblia (embora sem alguns livros e com interpretações diversas),

    porém não possui nenhuma autoridade superior, infalível, para declarar que uma palavra tem tal sentido, e exprime tal verdade.

    Não tem moral fixa, estável, porque “basta crer” e “fazer o que quiserem”, como diz Lutero, o que exclui toda moral.

    Não tem culto público, porque o culto é a expressão da crença e sendoa crença individual, o culto igualmente deve ser individual.

    No fundo, o que fazem então os protestantes?

    Eles protestam, criticam, censuram a Fé católica para substituí-la pela negação, pela revolta contra a autoridade do Papa, etc.

    Esse é o laço que os une, pois a essência do protestantismo é a negação da Igreja Católica.

    Não duvidamos que existam protestantes por ignorância.

    O que dizemos é que a essência do protestantismo é a revolta contra a autoridade da Igreja de Cristo.

    A Igreja tem seus dogmas, eles os combatem

    A Igreja possui uma moral pura, santa, um sacerdócio virgem. Guerra, pois ao celibato!

    A Igreja é baseada sobre o papado. Guerra ao papado!

    A Igreja possui um culto majestoso, atraente, manifestação da sua fé e de seu amor. Guerra, pois ao culto da Igreja!

    A Igreja honra de um culto de adoração a pessoa de Cristo; de um culto de super veneração a Imaculada Mãe de Deus, e de um culto de veneração aos santos. Guerra, pois aos santos.

    O protestantismo não possui santo nenhum! Então, gritam:

    “são ídolos… adoram as imagens… são idólatras!”

    Pobres protestantes, como dizia o Pe. Júlio Maria: “os ídolos são eles”.

    O protestante “é um ateu envolvido na capa de uma Bíblia…

    conservando só a capa, sendo ele mesmo o texto da Bíblia, isso é, sua própria vontade, pela livre interpretação”.

    Aos protestantes, deixai de protestar e voltai à religião dos vossos pais, à religião de Jesus Cristo, ensinada pela Igreja católica.

    Ela é a única que possui dogmas imutáveis e faz praticar uma moral santa e santificante.

    a única que possui um culto interior, exterior, digno de Deus e dos homens.

    a única, enfim, que foi fundada por Jesus Cristo, e atravessou os séculos, sempre a mesma, sempre idêntica, sempre divina, porque com ela está o Espírito de Deus:

    “Eis que eu estarei convosco até o fim dos tempos” (Mt 28, 20)

    ANALISANDO O PROTESTANTISMO PARTE IV – Autor: Jaime Francisco de Moura

    1) O protestante é aquele que segue a revolta iniciada contra a Igreja Católica em 1517. É seguidor de várias doutrinas que surgiram 1500 anos depois da era Apostólica.2) O protestante é aquele que protesta contra a Igreja Católica, usa a Bíblia, porém, não possui nenhuma autoridade superior, infalível, para declarar que uma palavra tem tal sentido, e exprime tal verdade.

    3) O protestante tem sua fé alicerçada na emoção. A religião, para ele, resume-se em um estado de espírito agradável, em uma sensação que forçosamente um dia irá passar. O protestante toma uma experiência emocional por uma revelação, e um estado emocional pela graça de Deus. A fé edificada sobre a emoção não é fé verdadeira, mas mera busca de recompensa rápida, tão pouco profunda e ineficiente.

    4) O protestante gosta de apoiar-se em ameaças de castigos e de fim de mundo, usando trechos da Bíblia. Acredita ter uma iluminação “direta” do Espírito Santo, sem intermediários, ou seja, sem a Igreja. No fundo, cada protestante se julga juiz da Bíblia.

    5) O protestante se afirma salvo, porém, crê em um “Jesus” diferente, sendo que o “Jesus” dos Batistas parece ser diferente do “Jesus” dos Metodistas , que parece ser diferente do “Jesus ” dos Adventistas, que também parece ser diferente das demais igrejas protestantes. São mais de 33.000 denominações pregando vários “Jesuses” diferentes, um do outro.

    6) O protestante adota uma interpretação particular da Bíblia como única norma de vida. Seu texto se converte em arma de ataque e de defesa frente a estranhos. Costuma Memorizar “versículos-chave” para tanto. Não se preocupa muito com o contexto das citações e nem com a verdade histórica de suas afirmações.

    7) O protestante costuma desenvolver uma mentalidade de natureza fundamentalista. Seu fervor religioso nasce como reação a um mundo complexo e hostil que ameaça certos princípios qualificados como “intocáveis”. Exclui o uso da razão de sua compreensão bíblica e cai facilmente na irracionalidade total. Sua argumentação freqüentemente espelha medo e incerteza, desconhecendo o diálogo lógico e racional.

    8) O protestante vive num ambiente de “supostos fiéis do povo escolhido”. Segundo tal, o mundo os persegue porque somente eles têm permanecido fiéis ao que Deus quer. Isto provoca uma profunda suspeita frente ao mundo. Cria a idéia de que a salvação dos homens será possível apenas dentro dos estreitos limites das igrejas protestantes.

    Os líderes fazem o possível para ocupar todo o tempo livre dos membros. Abarrota-lhes de reuniões, serviços, estudos e outras atividades que fazem com que a vida diária do adepto gire em torno das “supostas igrejas”. Costumam proibir categoricamente qualquer contato com culturas diferentes, avanço científico, literatura ou programas que não estão explicitamente escritos na Bíblia.

    10) Sem exceção, ditam um código moral estreito que afetam todos os aspectos da vida de seus membros, a forma de vestir, a abstinência da dança, da música (não evangélica) etc. Tudo isso serve para separar do mundo os membros, dar-lhes uma identidade externa inconfundível, criar neles uma mentalidade de superioridade moral e reforçar em suas mentes a legitimidade da determinada “igreja protestante”.

    11) Os líderes criam uma forte expectativa em seus membros quanto ao fim do mundo e a segunda vinda de Cristo. Esta postura de milenarismo ou adventismo resulta em um fanatismo dificilmente compreensível para aqueles que não compartilham da visão do fim iminente.

    12) Já, os grupos de espiritualidade pentecostal, dão muita importância aos sinais exteriores como o falar em línguas, o transe místico, as visões, as choradeiras, etc… Algumas igrejas protestantes exercem uma sugestão poderosa sobre os seus para que se produzam estas manifestações de forma contínua nas reuniões dos adeptos.

    13) Certas igrejas protestantes obrigam seus membros a uma ação direta de proselitismo de porta em porta, pelas ruas, etc… Distribuindo mensagens como forma de ganhar novos adeptos e de fortalecer a convicção dos membros. Freqüentemente controlam os resultados do proselitismo de forma pública dentro da comunidade, o que serve de pressão aos membros menos inclinados a estar molestando estranhos com suas crenças particulares.

    Autor: Jaime Francisco de Moura
    SOU CATÓLICO… PODE ME ELOGIAR .

    ANALISANDO O PROTESTANTISMO (PARTE V)
    .É costume protestante, apresentar o erro partindo da meia-verdade, (e meia verdade é sempre uma mentira completa) Os lideres protestantes se alimentam e alimentam os incautos, inventando mentiras contra a Igreja Católica.As informações trazidas pelos “apologistas” protestantes são truncadas, e mentirosas.Ou seja, o protestantismo é mais uma iniciativa da Indústria da Desinformação.Todo Protestante se julga um “apologista” e como tal, pretende saber mais da História e da Doutrina da Igreja do que a própria Igreja.A “apologética” protestante vive não só de conjecturas absurdas, mas também de devaneios.

    A “apologética” protestante é uma colcha de retalhos muito mal costurada

    O Protestante diz que baseia sua Fé SOMENTE na Bíblia. (sola scritura)

    Mas, para o protestante repudiar livros verdadeiramente sagrados, e dizer que os deuterocanônicos contêm heresias, ele embasa-se NÃO NA BÍBLIA, mas em devaneios e conjecturas absurdas.

    Mas e o Tal Sola Scritura?

    Enfim… O protestantismo é tão contraditório que é capaz de contradizer a si mesmo… Fantástico!

    O Protestante por malandragem e para sustentar suas Heresias, nega as determinações dos Concílios dos Pais da Igreja.

    Foi a Igreja que nos deu o cânon do AT e do NT. O que a Igreja ensina e afirma continua valendo, pois a História não muda, o passado não pode ser desfeito.

    Para essa gente não importa o que os Concílios decidiram, caso contrário não confessariam o iconoclatismo (II Concílio de Nicéia) e etc.

    Essa é a brilhante apologética protestante, esta é a escola onde o protestante é forjado.

    A mente desta gente é tão funesta que dizem:

    mesmo que a Igreja tenha definido o Cânon, não lhe devemos obediência. Será que o Gato comeu da Bíblia protestante as palavras de S. Paulo de que ” A Igreja é a Coluna e o Fundamento da Verdade” (cf. 1Tm 3,15)? Os equívocos contraditórios nos quais o protestante se apóia, sempre encerram o argumento protestante com “chave-de-lata”. Será que o Gato também comeu da Bíblia protestante 2 Ts 2,15 onde S. Paulo nos manda guardar tanto os ensinamentos orais (Sagrada Tradição) quando os escritos (Sagrada Escritura)?Dizem eles que devemos seguir os ventos de doutrina…Que coisa não?São nestas bobagens que se apóia o Protestantismo.DEMAPRO: DEsmascarando MAnobras PROtestantes.ANALISANDO O PROTESTANTISMO (PARTE VI)
    .Tal qual o demônio, os protestantes tem um ferrenho, ardente e nutrido ódio pela Igreja Católica, pois ela é a barreira intransponível que os ídolos dos crentes, os Pastores, tem pela frente.O princípio de ódio a verdadeira Santa Igreja é uma filosofia perpetrada pelos agentes e proprietários de seitas protestantes, pois os seus latifúndios e produtos da falsidade cristã não encontra respaldo diante da integra misericórdia de Jesus Cristo.Boa parte dos Crentes, são ‘treinados’ para combater, invalidar e destruir a Santa Igreja. Para isso adotam uma linha de ataque impetuoso a Nossa Senhora, as Santificações e ao Santo Papa.Em 500 anos de existência, os Hereges jamais produziram, e jamais produzirão,um Santo Agostinho, Um São Francisco, Um João Paulo II….Em oposição a desencontrada e fraudulenta atuação Protestante, a Igreja Católica, ainda que diante de épocas censuráveis, tem na sua integra e inabalável essência, o retrato legitimo de Jesus Cristo desde da sucessão apostólica passando por todo o legado de devoções e santificações, inclusive reconhecidas, respeitada e compactuadas por diversas outras doutrinas.A tática dos hereges é simples. Bíblia na mão, uma boa dose de fundamentalismo ‘tosco’, interpretações ‘advogadas’ de versículos e passagens, bastante inveja e um contundente ataque a herança católica.

    Coisas do fanatismo.

    Curtir

  7. EDMILSON disse:

    ANDERSON VOCÊ É UMA PIADA NÃO ENTENDE NADA DE PATRÍSTICA , NÃO ENTENDE NADA DE BÍBLIA.
    //
    E AINDA USA UMA BÍBLIA ADULTERADA QUE AINDA FALTAM 7 LIVROS.
    //
    E OUTRA VIBRADOR EU TI DOU UMA VASTA LISTA DE OBRAS PATRÍSTICAS EM QUE HEREGES DONTES COMO VOCÊ ERA CHAMADO DE SATANÁS, SÃO JOÃO TI CHAMARIA DE VÍRBORA SE VOCÊ FOSSE DO SEU TEMPO.
    //
    PIADISTA ANDERSON SÃO POLICARPO DE ESMIRNA QUANDO SE ENCONTROU COM MARCIÃO DE SINOPE CHAMOU DE SATANÁS.
    //
    VOCÊ NÃO TEM ARGUMENTOS VIBRADOR.
    E OUTRA SE TEM HUMILDADE E MANSIDÃO COM PESSOAS SIMPLES LEIGAS HONESTAS…
    //
    ME DIGA VIBRADOR ANDERSON?
    Quando Jesus chamou os fariseus de hipócritas,cegos,raça de víboras;você acha correto Jesus ter feito isto?
    //
    ACORDA PRA VIDA ANDERSON.
    ME PROCURE ENTRE NO MEU BLOG QUE TI DESMASCARO FACILMENTE
    A HELEN É BOAZINHA MAIS EU SEI COMO MEXER NA FERIDA DE HEREGES.
    //
    EU REFUTO E REFUTO PEDINDO PROVAS .
    E OUTRA PROTESTANTE DE FUNDO DE QUINTAL
    TRAGA SUAS FABULAS
    //
    POIS TI DIGO ANDERSON EU TERIA VERGONHA NA CARA DE DIZER QUE ESTUDO HISTÓRIA EM LIVRARIA OU FACULDADE PROTESTANTES KKKKKKKKKK
    //
    ISSO É UMA TREMENDA ABERRAÇÃO

    Curtir

    • Prezado Edmilson,

      Evitei o máximo discutir teologia ou bíblia com você, mas parece que está me obrigando.

      Que Jesus que você está pregando, não consegue ao menos aprender com o comportamento da dona do Blog, a Helen, cordial, paciente e amorosa com os leitores?

      Quando Jesus chamava o farisei de hipócrita, não estava te ensinando a chamar teu semelhante de “doente mental”, você não leu o texto que te mandei?

      Não foi Jesus que disse que ao ser ferido na face esquerda oferecer a outra? Não é o mesmo que disse, se lhe roubarem a túnica dê-lhe a capa?

      Você como bom católico, já deve ter lido a Didaqué, certo? Didaqué 1:3 diz “[…] Bendigam aqueles que o amaldiçoam e rezem por seus inimigos” . Me parece que você não leu o catecismo dos primeiros cristãos, e, tampouco segue o exemplo deles, muito pelo contrário, age como uma pessoa rancorosa que ao invés de “BENDIZER” quem te amoldiçoa, faz justamente o inverso. Por isso que lhe perguntei no comentário anterior: o PAPA ficaria satisfeito com sua atitude?

      Alguma vez leu Marcos 9.38?

      João estava furioso com uma pessoa que não era do grupo dos 12 que, segundo ele estava usando o nome de Jesus em vão, inclusive que estava expulsando demônios em nome de Jesus. Então o “Jesus” mais próximo do sr. Edmilson acredito que teria dito isso: “Verdade João? Vamos lá castigar essa víbora, Raca, Doente Mental que está usando meu nome e não é dos nossos, de repente posso pedir para meu Pai descer fogo do céu o consumir aquele filho de Satanás”.

      Muito bem, você deve saber o que Jesus fez naquela ocasião e o que ele disse a João, poderia aprender com aquelas palavras. Ah! Ainda falando do colérico João (Também conhecido como filho do Trovão), qualquer semelhança com você é mera coinscidência, quando Jesus foi rejeitado pelo povoado samaritano, só por que sabiam que ele se dirigia à Jerusalém (você deve saber que naquela época os samaritanos não se davam com os judeus) e não foi possível Jesus e seus discípulos se hospedarem naquele vilarejo, o que ele disse a Jesus? “Mestre permita-nos rogar a Deus para que desça fogo do céu e os consuma”. confira em Lucas 9.54

      As palavras de Jesus foram semelhantes a essa [depende da sua tradução] Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu, dizendo: “Vocês não sabem de que espécie de espírito vocês são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los.”

      Edmílson, não precisa ir muito longe siga o exemplo de Jesus, nos dois exemplos, o colérico João estava envolvido, ele não inclua ninguém que não fosse aprovado pelo critério religioso dele, será que Marcos 9.38 não foi permitido pelo Espírito Santo, justamente para tolerarmos o modo de outras pessoas crerem no Senhor, mesmo que não concordarmos com boa parte do pensamento delas? Nunca leu Paulo, o apostolo dos gentios, em Romanos 14:

      “Acolhei aquele que é fraco na fé, com bondade, sem discutir as suas opiniões.”
      Romanos 14:1 [versão católica].

      Edmilson, tente seguir o exemplo da Helen, uma pessoa notável no Senhor, digo isso, pois o fato de eu vir no Blog e apreciar os posts dela e, claro, a sabedoria dela, é que tudo começa na forma que ela trata as opiniões alheia, inclusive a minha que ela respondeu como se o proprio Senhor estivesse falando. Portanto, acho o exemplo dela mais digno e próximo do Mestres dos Mestres do que o seu.

      Curtir

  8. EDMILSON disse:

    A Imaculada Conceição
    Imprimir E-mail

    A Objeção Protestante

    Os protestantes negam esta verdade de fé professada desde o início do Cristianismo. Geralmente costumam citar a Lei Geral “Todos pecaram” (cf. Rm 5,12), como argumento contra a Imaculada Conceição.

    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    A REFUTAÇÃO

    Tal Lei é certa, e a ela está subordinada toda a humanidade. Mas, não será Deus capaz de antes que a alma e o corpo se unam, suspender um de seus efeitos, que é a mácula da alma, a transmissão do Pecado Original?

    //////

    Um exemplo destas intervenções Divinas às Leis Gerais, foi quando Deus atrasou a descida do Sol por quase um dia, para que os filhos de Israel vencessem a batalha contra os reis amorreus (cf. Jos 10,12-13).

    ////////////////////////////

    Outro exemplo foi quando “Moisés estendeu a mão” e o mar deixou livre seu leito, partindo as águas pelo meio. (Ex. 14,21-22)

    //////////////////////////////////////

    Também é uma Lei Geral, que os mortos aguardem à ressurreição geral, entretanto, Nosso Senhor Jesus Cristo, ressuscitou a Lázaro, estando seu cadáver já em putrefação (cf. Jo 11,41-43).

    ////////////////////////

    Outro argumento protestante contra o dogma, são dos seguintes versos do cântico de Nossa Senhora: “A minha alma engrandece ao Senhor e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador” (Lc 1,46-47).

    //

    Segundo eles, Maria reconhece que é pecadora, pois, somente um pecador é que precisa de salvador.

    Seria formidável se soubessem o que é pecar em Adão e pecar pessoalmente.

    //

    Nossa Senhora pertence a uma raça pecadora, pois é humana e filha de Adão e Eva, como todos nós, isto é pecar em Adão. No entanto, sua alma foi preservada da mácula do Pecado Original, não tendo então desejo pelo pecado, sendo incapaz de pecar, isto é, não pecou pessoalmente.

    //

    É claro que Deus é o Salvador da Virgem, pois foi Ele que a livrou do poder da morte. Como diz meu amigo e irmão em Cristo, Professor Carlos Ramalhete: “uma coisa é Deus salvar alguém que caiu em um buraco, outra coisa é Ele impedir que alguém caia no buraco. Nas duas proposições o Senhor é o Salvador, sendo que a segunda se aplica ao caso de Nossa Senhora.”

    //

    Nem mesmo o Pai da Reforma, Martinho Lutero, negou a imaculada conceição da Virgem: “Era justo e conveniente, diz ele, fosse a pessoa de Maria preservada do Pecado Original, visto o filho de Deus tomar dela a carne que devia vencer todo o pecado” (Lut in postil. maj.).

    //////////////

    Provas da Sagrada Tradição

    “Fazemos memória de nossa Santíssima, Imaculada, e gloriosíssima Senhora Maria, Mãe de Deus e sempre Virgem” (São Tiago Menor, S.jacob in Liturgia sua).

    /////////////////

    “Prestemos homenagem, principalmente, a Nossa Senhora, a Santíssima, Imaculada, e abençoada acima de todas as criaturas, a gloriosíssima Mãe de Deus, sempre Virgem Maria” (São Tiago Menor, S.jacob in Liturgia sua).

    //

    “Tendo sido o primeiro homem formado de uma terra imaculada, era necessário que o homem perfeito nascesse de uma Virgem igualmente imaculada, para que o Filho de Deus, que antes formara o homem, reparasse a vida eterna que os homens tinham perdido” (Santo André, Cartas dos Padres de Acaia).

    //

    “O Cristo foi concebido e tomou o seu crescimento de Maria, a Mãe de Deus toda pura […] Como o Salvador do mundo tinha decretado salvar o gênero humano, nasceu da Imaculada Virgem Maria” (Santo Hipólito +220).

    Provas da Sagrada Escritura

    “Ave, cheia de Graça” (Lc 1,28) – a saudação angélica mostra muito bem a Graça que Deus concedeu á Maria Santíssima. “Cheia de Graça” significa que a Virgem obtivera a graça que não existia, a graça perdida, a graça original, isto é, a Imaculada Conceição. A expressão “Cheia de Graça” em grego “Kecharitoménê”, é empregada para designar a graça em seu sentido pleno.

    /////////

    A tradução em latim “Gratia Plena”, isto é, “Graça Plena” é mais perfeita do que a portuguesa “Cheia de Graça”. O Arcanjo falando à Virgem que ela achara graça diante de Deus diz: Maria, sois imaculada, e por isto serás a mãe do Salvador.

    //

    “O Senhor é Convosco” (Luc 1,28) – estas palavras angélicas, foram ditas antes da concepção pelo Espírito Santo, o que mostra que Deus está com a Nossa Senhora antes da encarnação do Verbo. E, onde está Deus não há pecado, ou seja, Maria não tinha o Pecado Original.

    //

    “Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação” (Hb 9,11) – aqui São Paulo se expressa sobre o ventre que concebeu o menino-Deus, e o compara com um tabernáculo perfeito.

    ////////////////////////////////////

    ////////////////////////////////////

    Lembremos que no Antigo Testamento, no tabernáculo existia o lugar chamado “Santo dos Santos” ou “Santíssimo Lugar”, que tinha a presença de Deus. Este lugar era visitado pelo sacerdote um vez por ano, e se entrasse lá em pecado, morria fulminado pela presença santa do Senhor. Era comum que o sacerdote entrasse amarrado a uma corda, que era usada para que o povo o puxasse se tivesse morrido. Pois onde Deus está, pecado não há.

    //

    A Necessidade da Imaculada Conceição

    Se Deus pode preservar Nossa Senhora do pecado original em um ventre escravo deste pecado, por que que Deus não pode também preservar seu Filho nas mesmas condições? Isto leva a crer que não era necessário que a Virgem fosse Imaculada.

    //

    O Professor Carlos Ramalhete esclarece o caso: “É necessário para isso perceber como funciona a transmissão do Pecado Original.

    O Pecado Original é transmitido do corpo dos pais ao dos filhos (em termos modernos poderíamos dizer que geneticamente, com óvulo e espermatozóide sendo portadores), e infecta a alma no instante de sua infusão no corpo (ou seja, no instante da concepção).

    //

    Assim, a Imaculada Concepção foi um ato divino em que Ele impediu que houvesse esta contaminação; São Joaquim e Sant’Ana tinham o Pecado Original, e normalmente o teriam transmitido a sua filha. Deus, no entanto, impediu que a alma que Ele criou fosse contaminada pelo pecado original que normalmente a contaminaria. Este ato divino ocorreu no instante da concepção.

    //

    Assim, ela foi preservada das conseqüência do Pecado Original, e sua vontade era submissa a sua razão. Seu corpo e sua alma estavam livres desta inimizade com Deus, logo preparados para ceder seu material genético para a Encarnação do Verbo.

    Já o caso de seu Filho é bastante diferente. Ele foi concebido pelo Espírito Santo, usando apenas material genético de Nossa Senhora. Como o material genético dela foi preservado por Deus do Pecado, esta concepção foi possível. Depois dessa concepção, em que o próprio Deus uniu-se a um corpo e alma humanos criados especialmente (posto que Nosso Senhor tem corpo humano – herdado da Virgem -, e alma humana – criada imediatamente por Deus, como todas as outras), não houve necessidade de fazer com Ele o que foi feito com Nossa Senhora. Isso aliás seria impossível, pois uma alma imaculada poderia viver em um ventre marcado pelo Pecado Original (o de Sant’Ana), mas a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade não.

    Provavelmente a Mãe d’Ele teria morrido em meio a dores horríveis caso fosse marcada pelo Pecado Original e tentasse abrigar em seu ventre – que não seria imaculado – a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade.

    ///////////

    Há assim, duas respostas que se completam à pergunta:

    1 – Deus preservou Nossa Senhora do Pecado Original para que ela pudesse ser aquela que cedeu seu material genético para a Encarnação do Verbo. Seu material genético deveria estar imaculado, ou teríamos o pior caso de incompatibilidade da história da Criação!

    //

    2 – Sua preservação, que teve o fim que acabo de expor, foi feita de maneira sumamente diferente do que ocorreu em seu ventre quando da Encarnação do Verbo. Ela não é Deus; ela é simplesmente alguém que não foi contaminado (por interferência divina direta), como por exemplo o filho não-aidético de uma grávida aidética. Não há uma contraposição, uma inimizade completa, mas apenas um corpo sadio abrigado em um corpo doente.

    Já Nosso Senhor é o contrário do Pecado por definição. O Pecado é Seu inimigo, o Pecado é a ofensa feita a Ele. Assim, seria como misturar matéria e antimatéria, vírus e anticorpo, se Ele tivesse que ser colocado em um ventre marcado pelo Pecado Original. Ele não poderia ser nutrido por este corpo, Ele não poderia ter o Seu código genético originado deste corpo… a gravidez seria na verdade uma ilusão, pois Sua mãe não seria Sua mãe, sim Sua inimiga. Deus teria que ter criado o corpo dele do nada, e o mantido sem contato real com o corpo de Sua Mãe, ou ela morreria imediatamente.”

    Curtir

  9. EDMILSON disse:

    POXA HELEN ESTOU DECEPCIONADO COM VOCÊ EXCLUI OS COMENTÁRIOS DESSE CARA DE NOME RENATO ESSE CARA É DOENTE E LUGAR DE DOENTE MENTAL NÃO AQUI

    Curtir

    • Helen disse:

      Caro Edmilson,

      Não se aborreça.
      Se eu excluir os comentários contrários à Verdade, como poderemos refutar e corrigir aqueles que estão em erro?
      Animo, não se desencoraje. Com paciencia e amor, volte para ensiná-los a Verdade!!

      Pax e obrigada pelo apoio.

      PS. Estou estudando Direito na Univ. Liverpool. Ando muito ocupada. Minha intensão é me voltar ao direito canonico em tempo hábil. Contudo, ando ocupadíssima e o blog não está recebendo muito da minha atenção no momento. Sendo assim, sua participação é valiosíssima.

      Curtir

    • Edmilson, é isso que o Papa ensina? É isso que os santos padres encorajam? Chamar seus semelhantes de “doentes mentais”? Nunca lestes as palavras de nosso Senhor?
      “Mas eu vos digo: todo aquele que se irar contra seu irmão será castigado pelos juízes. Aquele que disser a seu irmão: Raca, será castigado pelo Grande Conselho. Aquele que lhe disser: Louco, será condenado ao fogo da geena.
      Mateus 5:22”

      “Raca” uma expressão aramaica, que pode ser traduzida, por “Louco”, “Tolo”, “Desprezível”.

      Julgas estar agindo em amor, como Jesus nos ensinou, se poderia ajudar uma pessoa que possivelmente esteja errada na fé, é com tais palavras vexatórias para conduzi-lá ao caminho? Já vistes por exemplo o Pe Zezinho, discutir com evangélicos a seu modo, percebe a diferença?

      Antes de sua cólera, superstime o amor e a paciênicia.

      Curtir

  10. EDMILSON disse:

    A Bem-Aventurada Virgem Maria

    “Que que Lady brilhante e suave, a Santíssima Virgem Maria, superá-lo com a sua doçura, e vingar-se de seus inimigos, intercedendo eficazmente para a sua conversão.” – Cardeal John Henry Newman

    “E aconteceu que, quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo, E exclamou em alta voz, e disse: Bendito [de arte] tu entre as mulheres, e bendito [é] o fruto do teu ventre. onde E [é] isso para mim, que a mãe do meu Senhor venha me visitar? Pois eis que, assim que a voz da tua saudação soou em meus ouvidos , a criancinha saltou no meu ventre de alegria E bem-aventurado [é] que creu. porque haverá uma apresentação de . aquelas coisas que lhe foram ditas da parte do Senhor Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, eo meu espírito se alegra em Deus meu Salvador Pois Ele vos atentou na baixeza de sua serva, pois eis que desde agora todas as gerações me chamarão bem-aventurado porque aquele que é poderoso tem feito para mim grandes coisas e santo [é] o seu nome.. “. – Lucas 1:41-49A Bem-Aventurada Virgem Maria

    “E quando eles queriam vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho. Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Minha hora ainda não chegou. Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser fazê-lo. E estavam ali postas seis talhas de pedra, segundo o costume da purificação dos judeus, contendo dois ou três Firkins cada. Disse-lhes Jesus: Enchei as talhas com água. E encheram- até a borda. E ele lhes disse: Tirai agora, e dar-vos o governador da festa. E eles o fizeram. Quando o mestre-sala provou a água feita vinho, não sabendo donde era : (mas os servos que chamou a água sabia 😉 o governador da festa chamou o noivo e disse-lhe: Todo o homem no início Acaso estabelecido vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o que é pior: mas tu guardaste o bom vinho até agora. Este início de milagres fez Jesus na Cana de Galiléia, E manifestou a sua glória e os seus discípulos creram nele “-. João 2:3-11

    “E apareceu um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas: E ela estar com a criança chorou, dores de parto, sofrendo tormentos para ser entregue . E apareceu outro sinal no céu, e eis um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres e sete coroas em cima de suas cabeças e sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra. : eo dragão parou diante da mulher que estava pronto para ser entregue, para devorar o seu filho assim que nasceu E ela deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com cetro de ferro. eo seu filho foi arrebatado para Deus e [para] o seu trono. E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada por mil duzentos [e] sessenta dias. ” – Apocalipse 12:1-6

    O Catecismo da Igreja Católica diz em “A Virgem Maria:”

    64. “Através dos profetas, Deus forma seu povo na esperança da salvação, na expectativa de uma Aliança nova e eterna destinada a todos, a ser escrita em seus corações [Cf Is 2:2-4; Jer 31:31 -.. 34, Hb10:16.] Os profetas proclamam uma redenção radical do Povo de Deus, a purificação de todas as suas infidelidades, uma salvação que incluirá todas as nações. [Cf. Ez 03:06; Is 49:5-6; É 53:11] Acima de tudo, o pobre e humilde do Senhor vai suportar essa esperança.. Essas mulheres santas como Sara, Rebeca, Raquel, Miriam, Débora, Ana, Judite e Ester mantiveram viva a esperança deIsrael’S salvação. A figura mais pura entre eles é Mary. [Cf. Ez 02:03; Lc01:38 .] ”

    148. “A Virgem Maria encarna mais perfeitamente a obediência da fé Pela fé, Maria acolheu a notícia ea promessa trazidos pelo anjo Gabriel, acreditando que ‘com Deus nada é impossível” e assim dar o seu consentimento:.’ Eis a serva do Senhor, faça-se (feito) para mim segundo a tua palavra “. [Lc 1:37-38;.. Cf Gn 18:14]Elizabeth a saudou: “Bem-aventurada aquela que acreditou que teriam cumprimento do que foi dito da parte do Senhor.” [Lc01:45 .] É por esta fé que todas as gerações têm chamado Mary abençoado. [Cf. Lc 1:48]. ”

    273. “Somente a fé pode abraçar os caminhos misteriosos do poder onipotente de Deus essa fé glórias em suas fraquezas a fim de atrair para si o poder de Cristo [cf 2 Cor 0:09;… Phil04:13.] A Virgem Maria é o modelo supremo da fé, pois ela acreditava que “nada é impossível a Deus”, e foi capaz de ampliar o Senhor: “Pois aquele que é poderoso fez em mim grandes coisas e santo é seu nome. ‘ [Lc 1:37, 49] “.

    487. “O que a fé católica crê acerca de Maria é baseado no que acredita a respeito de Cristo, e que ela ensina sobre Maria ilumina, por sua vez a sua fé em Cristo.”

    490. “Para se tornar a mãe do Salvador, Maria” foi enriquecida por Deus com dons apropriadas para esse papel. ” [LG 56.] O anjo Gabriel no momento da Anunciação, saúda-a como “cheia de graça”. [Lc01:28 .] Na verdade, para que Mary para poder dar o assentimento livre de sua fé ao anúncio de sua vocação, era necessário que ela fosse totalmente suportado pela graça de Deus. ”

    491. “Através dos séculos, a Igreja tornou-se cada vez mais conscientes de que Maria,” cheia de graça “através de Deus, [Lc01:28 .] Foi redimida desde o momento da sua concepção. Isso é o que o dogma da Imaculada Conceição confessa, como o Papa Pio IX proclamou em 1854: A Santíssima Virgem Maria foi, desde o primeiro instante de sua concepção, por singular graça e privilégio de Deus Todo-Poderoso e em virtude dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, preservada imune de toda a mancha do pecado original. [Pio IX, Ineffabilis Deus (1854):. DS 2803] ”

    492. “O ‘esplendor de uma santidade inteiramente original” pelo qual Maria é “enriquecida desde o primeiro instante de sua concepção” vem totalmente de Cristo: ela é’ resgatado, de uma forma mais exaltada, em virtude dos méritos de seu Filho “. [LG 53, 56.] O Pai abençoou Maria mais do que qualquer outra pessoa criada ‘em Cristo, com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais “e escolheu” em Cristo antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor “. [cf. Ef 1:3-4].”

    493. “Os Padres da tradição oriental chamam a Mãe de Deus”, o Todo-Santo “(Panagia), e celebrar a ela como” livre de qualquer mancha de pecado, como que plasmada pelo Espírito Santo e formada como uma nova criatura “. [ LG 56.] Pela graça de Deus, Maria permaneceu livre de todo pecado pessoal toda a sua longa vida. ‘Faça-se em mim segundo a tua palavra … ”

    494. “No anúncio de que ela daria à luz o Filho do Altíssimo ‘, sem saber o homem, pelo poder do Espírito Santo, Maria respondeu com a obediência da fé, certos de que’ com Deus nada é impossível ‘:’ Eis aqui a serva do Senhor, faça-se (feito) para mim segundo a tua palavra “. . [Lc 1:28-38;.. Cf Rom 1:05] Assim, dando o seu consentimento à palavra de Deus, Maria torna-se a mãe de Jesus Defendendo a vontade divina para a salvação de todo o coração, sem que nenhum pecado a contê-la, ela deu se inteiramente à pessoa e à obra de seu Filho, ela o fez a fim de servir o mistério da redenção com ele e dependentes dele, por graça de Deus: [cf LG 56..] Como diz Santo Irineu, “Ser obediente, ela se tornou a causa de salvação para si e para toda a raça humana. ” [Santo Irineu, Adv. haeres 3, 22, 4:… PG 7/1, 959A] Assim, não poucos dos primeiros Padres prazer … afirmar: “O nó da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de Maria: o que a virgem Eva atou por sua incredulidade, Maria soltou por sua fé. ” [Santo Irineu, Adv. haeres 3, 22, 4:… PG 7/1, 959A] Comparando-a com Eva, chamam Maria a Mãe dos viventes “e com freqüência afirmam:” Morte por Eva, vida por Maria . ‘ [LC 56; Santo Epifânio, Panarion 2, 78, 18: PG 42, 728CD-729AB;São Jerônimo, Ep. 22, 21:. PL 22, 408] ”

    495. “Chamados nos Evangelhos” a mãe de Jesus, Maria é aclamada porElizabeth, No impulso do Espírito e até mesmo antes do nascimento de seu filho, como “a mãe do meu Senhor”. [Lc01:43 , Jo 02:01, Jo 19:25Cf. Mt13:55 , Et al] Na verdade, Aquele que ela concebeu como homem pelo Espírito Santo, que se tornou verdadeiramente seu Filho segundo a carne, não era outro senão o Filho eterno do Pai, a segunda pessoa da Santíssima Trindade.. A Igreja confessa que Maria é verdadeiramente “Mãe de Deus” (Theotokos). [Conselho deÉfeso (431):. DS 251] ”

    496. “Desde as primeiras formulações de sua fé, a Igreja confessou que Jesus foi concebido exclusivamente pelo poder do Espírito Santo no seio da Virgem Maria, afirmando também o aspecto corporal deste evento: Jesus foi concebido” do Espírito Santo sem semente humana “. [Concílio de Latrão (649):.. DS 503; cf DS 10-64] Os Padres vêem na conceição virginal o sinal de que ele realmente era o Filho de Deus que veio numa humanidade como a nossa própria . Assim, Santo Inácio de Antioquia, no início do segundo século, diz: Você está firmemente convencido sobre o nosso Senhor, que é verdadeiramente da raça de Davi segundo a carne, Filho de Deus segundo a vontade eo poder de Deus, verdadeiramente nascido de uma virgem … ele foi verdadeiramente pregado a uma árvore para nós em sua carne sob Pôncio Pilatos … ele sofreu verdadeiramente, como ele é também verdadeiramente ressuscitou [Santo Inácio de Antioquia, Ad Smirn 1-2.: Padres Apostólicos, ed JB Lightfoot (London: Macmillan, 1889)…, 11/2, 289-293, SCH 10, 154-156; cf Rm 1:03; Jo 01:13] ”

    497. “Os relatos evangélicos entendem a conceição virginal de Jesus como uma obra divina que ultrapassa toda a compreensão humana e possibilidade: [. Mt 1:18-25, Lc 1:26-38]” Aquilo que nela foi gerado é do Espírito Santo “, disse o anjo a José acerca de Maria, sua noiva. [Mt01:20.] A Igreja vê aqui o cumprimento da promessa divina dada pelo profeta Isaías: “. Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho ‘ [É07:14 vLXX; citado em Mt 01:23 vGreek.] ”

    498. “As pessoas às vezes são incomodados com o silêncio do Evangelho de São Marcos e das epístolas do Novo Testamento sobre a concepção virginal de Jesus Alguns podem se perguntar se estávamos apenas lidando com lendas ou construções teológicas não afirmam ser a história Para isso, devemos responder:.. Fé na concepção virginal de Jesus se reuniu com a viva oposição, troça ou incompreensão dos não-crentes, judeus e pagãos similares; [Cf. São Justino, Dial 99, 7:.. PG 6, 708-709; Orígenes, Contra Celsum 1 , 32, 69: PG 11, 720-721; et al] para que ele dificilmente poderia ter sido motivada pela mitologia pagã ou por alguma adaptação às idéias da idade O significado deste acontecimento só é acessível à fé, que entende.. nela a ‘conexão desses mistérios uns com os outros “[Dei Filius 4: DS 3016.] na totalidade dos mistérios de Cristo, desde a sua Encarnação até a sua Páscoa Santo Inácio de.Antioch já testemunha a esse respeito: “A virgindade de Maria e dar à luz, e até mesmo a morte do Senhor escapou ao conhecimento do príncipe deste mundo:. estes três mistérios dignos de proclamação foram realizados no silêncio de Deus ‘ [St. Inácio deAntioch, Ad Eph. 19, 1: AF 11/2 76-80: cf. 1 Coríntios 2:08]. ”

    499. “O aprofundamento da fé na maternidade virginal levou a Igreja a confessar real e perpétua virgindade de Maria, mesmo no ato de dar à luz o Filho de Deus feito homem [Cf. DS 291;.. 294, 427, 442, 503 e 571; 1880.] Na verdade, o nascimento de Cristo ‘não diminuem a integridade virginal de sua mãe, mas santificou. [LG 57.] E assim a liturgia da Igreja celebra Maria como Aeiparthenos, o “Ever-virgem”. [Cf. LG 52]. ”

    500. “Contra essa doutrina a objeção às vezes é levantada de que a Bíblia menciona irmãos e irmãs de Jesus [cf Mc 3:31-35;.. Mc 6:03, 1 Coríntios 9:5, Gal01:19.] A Igreja sempre entendeu que essas passagens não se referindo a outros filhos da Virgem Maria. Na verdade, Tiago e José, “irmãos de Jesus, são os filhos de uma outra Maria, um discípulo de Cristo, a quem chama de St. Matthew significativamente” a outra Maria “. [Mt 13:55, Mt 28:1, cf. Mt 27:56.] Eles são parentes próximos de Jesus, segundo uma expressão do Antigo Testamento. [Cf. Gn 13:8; Gen 14:16; Gen 29:15, etc] ”

    501. “Jesus é o único filho de Maria, mas a sua maternidade espiritual se estende a todos os homens a quem de fato Ele veio para salvar:” O Filho a quem ela deu à luz há a quem Deus colocou como o primogênito entre muitos irmãos, isto é, os fiéis, em cujo geração e formação ela coopera com amor de mãe. ” [LG 63;. Cf Jo 19:26-27; Rom08:29; Rev 00:17.] ”

    502. “Os olhos da fé pode descobrir, no contexto de toda a Revelação os misteriosos motivos pelos quais Deus, em seu desígnio salvífico queria que seu filho nasceria de uma virgem. Essas razões tocam tanto a pessoa de Cristo e de sua missão redentora, e em Maria deu as boas-vindas que a missão em nome de todos os homens “.

    503. “A virgindade de Maria manifesta a iniciativa absoluta de Deus na Encarnação. Jesus só tem Deus como Pai”. Ele nunca foi afastado do Pai por causa da natureza humana que ele assumiu … Ele é, naturalmente, o Filho do Pai, como a sua divindade e, naturalmente, filho de sua mãe, segundo a humanidade, mas propriamente Filho do Pai, em ambas as naturezas. [Conselho deFriuli (796): DS 619; cf. Lc 2:48-49]. ”

    504. “Jesus é concebido pelo Espírito Santo no seio da Virgem Maria, porque ele é o Novo Adão que inaugura a nova criação:” O primeiro homem era da terra, um homem de pó, o segundo homem é do céu. [1 Cor15:45, De 47 anos.] Desde sua concepção, a humanidade de Cristo é preenchido com o Espírito Santo, pois Deus “lhe dá o Espírito sem medida.” [Jo03:34.] From ‘sua plenitude “, como o chefe da humanidade redimida” todos nós recebemos graça sobre graça. ” [Jo 1:16; cf.Col 1:18]. ”

    505. “Por sua concepção virginal, Jesus, o Novo Adão, inaugura o novo nascimento de crianças adotadas no Espírito Santo através da fé.” Como pode ser isso? [Lc 01:34;.. Cf Jo 3:09]. Participação na vida divina surge “não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” [. Jo 01:13] A aceitação desta vida é virginal, porque é inteiramente dom do Espírito para o homem. o caráter esponsal da vocação humana em relação a Deus “[cf. 2 Coríntios 11:02.] é cumprida perfeitamente na maternidade virginal de Maria.

    506. “Maria é virgem porque sua virgindade é o sinal de sua fé ‘puro por qualquer dúvida”, e de seu dom indivisa de si mesma a vontade de Deus [LG 63;.. Cf l Cor07:34-35] É a fé que permite que ela se torne a mãe do Salvador:. ‘. Mary é mais abençoado porque ela abraça a fé em Cristo por causa do que ela concebe a carne de Cristo’ [St. Agostinho, De virg. 3:. PL 40, 398] ”

    507. “Ao mesmo tempo virgem e mãe, Maria é o símbolo ea mais perfeita realização da Igreja:. ‘A Igreja de fato … ao receber a Palavra de Deus na fé torna-se mãe pela pregação e pelo Batismo ela gera filhos, que está concebido pelo Espírito Santo e nasceu de Deus, para uma vida nova e imortal. ela é uma virgem, que guarda em sua totalidade e pureza da fé, ela se comprometeu a seu esposo. [LG 64;.. Cf 63] ”

    COMENTÁRIOS

    Vou começar parafraseando São Bernardo de Claraval. É melhor para honrar Mary muito ou pouco? Se alguém é um pecado – o que seria mais perdoável aos olhos de Deus? St. Bernard achou melhor ser culpado de honrá-la muito como Cristo vos perdoará uma pessoa para honrar sua mãe (se fosse de fato um pecado que não é).

    Segue-se a oração “Sub Tuum Praesidium” a partir do século 4. Como se pode ver a partir dele, os primeiros cristãos que estavam sendo perseguidos pelos romanos colocam sua confiança na Mãe de Deus, bem como o próprio Deus. Por que não estamos hoje? A oração mariana mais populares entre os católicos, hoje é o “Ave Maria”. A maior parte desta oração é levado diretamente a partir das Escrituras ( cf. Lc01:28 e 42 ). É um pecado a recitar as Escrituras? O resto da oração só pede para Maria rogai por nós pecadores. Isso é um pecado?

    Além disso, Jesus Cristo realizou seu primeiro milagre público no “intercessão” de sua mãe ( João 2:1 ). Por que isso mudaria agora que ela se juntou a ele no céu?

    — Chris

    AVE MARIA

    Ave Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo.

    Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

    Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amen.

    SUB tuum PRAESIDIUM

    A partir do século 4

    Dirigimo-nos a vocês para a proteção, santa Mãe de Deus.

    Ouça nossas orações e nos ajudar em nossas necessidades, a Virgem gloriosa e bendita!

    A virgindade perpétua de Maria

    “Hereges chamado Antidicomarites são aqueles que contradizem a virgindade perpétua de Maria e afirmar que, depois de Cristo nasceu, ela se juntou como um com o seu marido.” -St. Augustine de Hipona (século 5)

    Será que a palavra “até que (até)” na seguinte passagem significa a cessação da virgindade de Maria após o nascimento de Cristo?:

    “E (José) não a conheceu até que deu à luz o seu filho primogênito, e pôs-lhe o nome de Jesus.” ( Mateus 1:25 )

    Se é verdade que a virgindade de Maria cessou após o nascimento de Cristo, em seguida, usando a mesma lógica “falho”, o reinado de Cristo vai acabar em algum momento, de acordo com a seguinte passagem:

    “Porque convém que reine até que haja posto todos os inimigos debaixo de seus pés.” ( 1 Coríntios 15:25 )

    No entanto, isso não pode ser verdade, como na seguinte passagem contradiz aquele ao usar essa linha de lógica:

    “E o sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: Os reinos deste mundo se tornaram os reinos de nosso Senhor e do seu Cristo, e Ele reinará para todo o sempre . ” ( Apocalipse 11:15 )

    Assim, “até que (até)” não pode significar que o estado de virgindade de Maria parou para se isso fosse assim o reinado de Cristo também acabaria.

    De acordo com a história e os escritos nas catacumbas, os primeiros cristãos chamavam Maria “Virgem Maria” ou “Virgem” ou “Virgem”. Por que os primeiros cristãos continuam a chamá-la de “virgem”, se ela já não era assim? Uma pessoa não continue a afirmar “meu irmão solteira”, depois que o irmão se casou.

    Além disso, Ezequiel 44:2 afirma que a “porta” em que o Senhor passa está fechado ainda mais para os outros. Será que isso se aplica ao ventre da Virgem Maria, através do qual Cristo passou durante seu nascimento? Todos os reformadores protestantes iniciais (Zwingli, Lutero e Calvino) interpretaram esta passagem quer dizer que a virgindade de Maria continuou após o nascimento de Cristo.

    “E derramarei sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém, o espírito de graça e de súplicas, e olharão para mim, a quem traspassaram, e eles choram por ele, como quem pranteia por seu único filho, e chorarão amargamente por ele, como aquele que está em chora amargamente pelo primogênito. ” ( Zacarias 12:10 ) Obviamente, esta é uma referência profética para Jesus Cristo (ie, “piercings”, conforme descrito no John19:37) . E é sem dúvida declarou nesta passagem bíblica que ele é um “filho único”, mas Ele também é “primogênito”. Os dois não se contradizem uns aos outros como certa “Bíblia” reivindicação cristãos. Primogênito significa apenas que “o primeiro a nascer.” Ele não exclui “a única a nascer” também.

    Se Maria é a filha do Pai ( Lucas 1:28 ), é a mãe de Cristo ( Atos 1:14 ), então ela não é a noiva espiritual do Espírito Santo, como é isso o que a fez com a criança ( Mateus 1: 18 )? Para Jesus certamente era “legítimo”, por Escritura afirma que Jesus Cristo foi “nascido sob a lei” ( Gálatas 4:4 ). AindaSão Joséea Virgem Maria não eram casados ​​quando Cristo foi concebido (“feito”) ( Lucas01:27). Consequentemente, o Espírito Santo deve ser o marido “espiritual” de Mary, caso contrário, Cristo teria sido ilegítimo. Se o Espírito Santo é o marido “espiritual” de Maria, em seguida, que ela não estar “em essência” cometer adultério se ela eSão Joséestavam a ter relações sexuais? Portanto, Maria eSão José deve ter permanecido casto durante seu casamento. Para eles tiveram que levantar e servir Jesus (Deus) como seu filho e é melhor manter-se casto quando é para servir ao Senhor ( 1 Coríntios07:32). Escritura afirma que é melhor para permanecer casto ( 1 Coríntios 7:1 ), e viver como se a pessoa não tem um cônjuge ( 1 Coríntios 07:29 ). Este é exatamente o que tanto a Virgem Maria eSão Joséfez. Eles foram chamados por Deus, enquanto “no estado de virgindade” e que é o estado em que ficaram ( 1 Coríntios07:20).

    “Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; pois vos desposei com um só Esposo, para que eu possa apresentar como uma virgem pura a Cristo” ( 2 Coríntios 11:02 ). Como pode Maria, que foi “adotado” a um marido (São José) Também continuam a ser uma “virgem pura” (como ela o fez de acordo com a doutrina católica) se ela realmente fez sexo com São José como alguns cristãos não-católicos ensinar?

    Neste ponto, vou citar a Summa Theologica de São Tomás de Aquino sobre a virgindade de Maria após o nascimento de Cristo:

    Terceira Parte, Questão 28, Resposta 3

    Se a mãe de Cristo permaneceu virgem após seu nascimento? Objeção 1: Parece que a Mãe de Cristo não permaneceu virgem após seu nascimento. Pois está escrito (Mt.

    01:18): “Antes de José e Maria se ajuntarem, ela se achou ter concebido do Espírito Santo.” Agora, o evangelista não teria dito isso — “antes de se ajuntarem” — a menos que ele estivesse certo de sua posterior aproximação, pois ninguém diz de quem não eventualmente jantar “antes que ele janta” (cf. Jerome , Contra Helvid.). Parece, portanto, que a Santíssima Virgem, posteriormente, teve relações sexuais com José, e, consequentemente, que ela não permaneceu virgem depois (de Cristo) Nascimento.

    Réplica à Objeção 1: Como diz Jerônimo (Contra Helvid i.): “Embora esta partícula” antes “, muitas vezes indica um evento posterior, mas devemos observar que, não raro, aponta apenas para uma coisa anteriormente na mente: nem há necessidade que o que estava na mente ocorrem eventualmente, uma vez que algo pode ocorrer para evitar seu acontecimento Assim, se um homem dizer: “. Antes eu jantei no porto, eu zarpar,” nós não entendemos o que comeram no porto depois que ele zarpar, mas que sua mente foi fixado em jantar no porto “. Da mesma maneira, o evangelista diz: “Antes de se ajuntarem” Mary “foi encontrado com a criança, do Espírito Santo”, não que eles se uniram mais tarde, mas que, quando parecia que eles iriam se reunir, isso foi antecipado por ela conceber pelo Espírito Santo, o resultado é que depois eles não vieram juntos. Objeção 2: Além disso, na mesma passagem (Mt.

    01:20) Estão relacionados com as palavras do anjo a José: “não temas receber Maria, tua esposa.” Mas o casamento é consumado pela relação sexual carnal. Portanto, parece que este deve ter em algum momento ocorreu entre Maria e José, e que, portanto, ela não permaneceu virgem depois (de Cristo) Nascimento.

    Réplica à Objeção 2: Como diz Agostinho (De Nup et Concup i..): “A Mãe de Deus é chamado de (Joseph) esposa de a primeira promessa de suas núpcias, a quem ele não conhecia nem nunca foi saber por conjunção carnal “. Pois, como diz Ambrósio em Lc. 01:27: “O fato de seu casamento é declarado, não insinuar a perda da virgindade, mas para testemunhar a realidade da união.” Objeção 3: Além disso, mais uma vez, na mesma passagem um pouco mais adiante (Mt.

    01:24, 25), lemos: “E” (Joseph) “tomou-lhe sua esposa, e ele não a conheceu até que deu à luz seu filho primogênito”. Agora, esta conjunção “até” costuma designar um tempo fixo, na conclusão de que que acontece que não haviam ocorrido. E o verbo “sabia” refere-se aqui ao conhecimento pela relação sexual (cf. Jerônimo, Contra Helvid.), Assim como (Gn. 4:1), é dito que “Adão conheceu sua esposa.” Portanto, parece que depois (de Cristo) Nascimento, a Santíssima Virgem era conhecido por José, e, consequentemente, que ela não permaneceu virgem após o nascimento (de Cristo).

    Réplica à Objeção 3: Alguns dizem que isso não deve ser entendido de conhecimento carnal, mas de conhecimento. Assim Crisóstomo diz [Opus imperf. em Matth, Hom.1.:St. JohnCrisóstomo] que “José não a conheceu até que ela deu à luz, sendo inconsciente de sua dignidade, mas depois que ela tinha dado à luz, então ele sabia que ela causa em razão da sua criança, ela superou todo o mundo em beleza e dignidade.: desde que ela sozinha na morada estreita do seu ventre recebeu a quem o mundo não pode conter. ” Outros ainda se referem a este conhecimento pela visão. Porque, assim como, enquanto Moisés falava com Deus, seu rosto era tão brilhante “que os filhos de

    Israelnão podia contemplá-la com firmeza “, por isso Maria, ao ser” ofuscado “pelo brilho do” poder do Altíssimo “, não poderia ser contemplou por Joseph, até que ela deu à luz Mas depois ela é reconhecida por Joseph, por. olhando para o rosto dela, não pelo contato lascivo. Jerome, no entanto, os subsídios que esta deve ser entendida de conhecimento através de relações, mas ele observa que “antes” ou “até” tem um duplo sentido nas Escrituras Para algumas vezes indica um fixo. tempo, como Gal 3:19:. lei. “foi criado por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem Ele fez a promessa” Por outro lado, às vezes indica um tempo indefinido, como no Salmo 122.: 2:. “Nossos olhos são para o Senhor nosso Deus, até que Ele tenha misericórdia de nós”, do qual não devem ser recolhidas de que os nossos olhos estão voltados de Deus assim que a Sua misericórdia foi obtida Nesse sentido, essas coisas são indicado “de que poderíamos duvidar se eles não tivessem sido escrito: enquanto outros são deixados de fora para ser fornecida por nosso entendimento. Assim, o evangelista diz que a Mãe de Deus não foi conhecido por seu marido até que ela deu à luz, que pode ser dado a entender que muito menos ele sabia que ela depois “(Adversus Helvid v.). Objeção 4: Além disso, “em primeiro lugar -nascido “só pode ser dito de quem tem irmãos mais tarde: por isso (Rm

    08:29): “Que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformados à imagem de Seu Filho, para que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.” Mas o evangelista chama Cristo o primogênito de sua mãe. Portanto, ela teve outros filhos depois de Cristo. E, portanto, parece que a Mãe de Cristo não permaneceu virgem após seu nascimento.

    Réplica à Objeção 4: As Escrituras estão acostumados a designar como o primeiro-nascido, não é apenas uma criança que é seguido por outros, mas também aquele que nasce primeiro. “Caso contrário, se a criança não fosse primogênito menos que seja seguido por outros, os primeiros frutos não seria devido enquanto não houve mais produção” [Jerônimo, Adversus Helvid. x]:. que é claramente falso, uma vez que de acordo com a lei, os primeiros frutos tiveram que ser resgatados dentro de um mês (Nm 18:16) Objeção 5: Além disso, está escrito (Jo

    02:12): “Depois disso desceu a Cafarnaum, ele” — isto é, Cristo — “e sua mãe e seus irmãos.” Mas irmãos são aqueles que são gerados do mesmo pai. Portanto, parece que a Santíssima Virgem teve outros filhos depois de Cristo.

    Réplica à Objeção 5: Alguns, como diz Jerome no Monte. 12:49, 50, “supor que os irmãos do Senhor eram filhos de José por uma outra mulher. Mas entendemos os irmãos do Senhor, a não ser filhos de José, mas primos do Salvador, os filhos de Maria, irmã de sua mãe “. Para “Escritura fala de irmãos em quatro sentidos, ou seja, aqueles que estão unidos por ser dos mesmos pais, da mesma nação, da mesma família, por afeição comum.” Por isso os irmãos do Senhor são chamados, não por nascimento, como tendo nascido da mesma mãe, mas de relacionamento, como sendo as relações de sangue dele. Mas Joseph, como diz Jerônimo (Contra Helvid. Ix), é bastante para ser acreditado ter permanecido virgem “, já que ele não é dito ter tido outra mulher”, e “um homem santo não vive senão a castidade”. Objeção 6: Além disso, está escrito (Mt. 27:55, 56): “Eles estavam lá” — isto é, a cruz de Cristo — “muitas mulheres longe, que tinham seguido Jesus desde a Galiléia, ministrando a Ele; entre elas Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e de José, ea mãe dos filhos de Zebedeu “. Agora, esta Maria, que é chamado de “a mãe de Tiago e de José” parece ter sido também a Mãe de Cristo, pois está escrito (Jo

    19:25) Que “não estava junto à cruz de Jesus, Maria, sua mãe.” Portanto, parece que a Mãe de Cristo não permaneceu virgem após seu nascimento.

    Réplica à Objeção 6: Maria, que é chamado de “a mãe de Tiago e de José” não é para ser levado para a mãe de nosso Senhor, que não está acostumado a ser chamado nos Evangelhos salvar sob esta designação da sua dignidade — ” a Mãe de Jesus. ” Esta Mary é para ser tomado para a esposa de Alfeu, cujo filho foi Tiago, o menor, conhecido como o “irmão do Senhor” (Gl01:19). Está escrito (Ezech. 44:2): “Esta porta ficará fechada, não se abrirá, e ninguém passará por ela, porque o Senhor, o Deus de

    Israel. vos entrou por ela “Expondo estas palavras, diz Agostinho, em um sermão (De Annunt Dom iii.).:” O que significa que este portão fechado na Casa do Senhor, a não ser que Maria é estar sempre inviolável? O que significa que “ninguém passará por ela”, salvo que Joseph não se conhece? E o que é isso — ‘Só o Senhor entra e apaga de it’ — exceto que o Espírito Santo deve engravidá-la, e que o Senhor dos anjos nascerá dela? E o que significa isso — ‘será fechada por evermore’ — mas que Maria é virgem antes do seu nascimento, uma virgem no seu nascimento, e uma virgem depois do seu nascimento? ” Eu respondo que, sem qualquer hesitação que deve abominar o erro de Helvídio, que se atreveu a afirmar que a Mãe de Cristo, depois de seu nascimento, foi carnalmente conhecido por José, e deu à luz outras crianças porque, em primeiro lugar, este é depreciativo para a perfeição de Cristo. pois como Ele é em Sua Divindade do Unigênito do Pai, sendo, portanto, Seu Filho perfeito em todos os aspectos, por isso estava tornando-se que ele deveria ser o filho unigênito de sua mãe, como sendo sua prole perfeita. segundo lugar, esse erro é um insulto à Espírito Santo, cuja “santuário” era o ventre virginal [“Sacrário Spiritus Sancti” (Office of BMV,

    Ant.ad Benedictus, TP)], onde ele se formou a carne de Cristo:. portanto foi inconveniente que deve ser profanado por relações sexuais com o homem Em terceiro lugar, este é depreciativo para a dignidade ea santidade da Mãe de Deus, porque assim ela parece ser mais ingrato, onde ela não se contenta com tal Filho, e foram ela, por vontade própria, por conjunção carnal para perder a virgindade, que tinha sido milagrosamente preservados nela. quarto lugar, seria o equivalente a uma imputação de extrema presunção Joseph, supor que ele tentou violentá-la a quem, por revelação do anjo, ele sabia ter concebido pelo poder do Espírito Santo. Devemos, portanto, simplesmente afirmar que a Mãe de Deus, como ela era virgem ao conceber-Lo e virgem em dar-lhe nascimento, ela permanecer virgem nunca depois.

    A MÃE DE DEUS

    “Se alguém não acredita que Santa Maria é a Mãe de Deus, tal pessoa é um estranho para a Divindade.” – St Gregório Nazianzeno (390 AD)

    “E então você diz: O herege, quem quer que seja, que negam que Deus nasceu da Virgem Maria, que Maria, a Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo não deve ser chamada de Theotokos, ou seja, Mãe de Deus, mas Christotokos, ou seja, , somente a Mãe de Cristo, não é de Deus. Pois ninguém, você diz, traz à tona o que é anterior no tempo. E esse argumento completamente ridículo em que você acha que o nascimento de Deus pode ser entendida por mentes carnais, e imagino que o mistério de Sua Majestade pode ser explicado pelo raciocínio humano …. ” – St João Cassiano (século 5 dC)

    Este é um título muito apropriado para a Bem-Aventurada Virgem Maria. Pois em Lucas 01:43, St. Elizabeth chama este título exato : “E daí é isso para mim, que a mãe do meu Senhor ? (grifo meu) deve vir a mim ” Senhor está com um capital “L”, que significa “Deus”. Então, por que a maioria dos cristãos não-católicos não aceitar isso como um título apropriado para Maria, quando o título vem da própria Escritura? Pois, se Jesus é o Filho de Deus ( Marcos 1:1 ) eo Filho de Deus é Deus também ( Hebreus 1:08 ) e Maria é a mãe de Jesus ( Atos 1:14 ), então ergo: Maria é a Mãe de Deus.

    Desde que Maria é a mãe de Jesus ( João 2:1-3, Atos01:14), Como Jesus honrar sua mãe, conforme os Dez Mandamentos ( Êxodo20:12)? Veja como – Ele a fez Rainha dos Céus, Ele criou-a sem pecado, Ele fez a nossa mãe ( John19:27 ), Ele fez a mãe da Igreja e Ele fez dela a medianeira de todas as graças.

    — Chris

    A Imaculada Conceição e da impecabilidade DE MARIA

    “A Santíssima Virgem nunca cometeu qualquer pecado atual, nem mesmo a um venial Caso contrário, ela não teria sido uma digna Mãe de Jesus Cristo,. Pela ignomínia da Mãe também teria sido a do Filho, porque Ele teria tido uma pecador para sua mãe. ” – St Tomás de Aquino (1274 dC)

    Se Maria é “bendita entre as mulheres”, que isso não significa que ela é maior do que qualquer mulher que nasce, nasceu, ou vai nascer? Se é assim, por que ela não ser livre do pecado original? Se ela for maior do que Eva e Eva foi criada sem pecado original, então por que não Mary também ser concebido (criado) sem o pecado original? Onde é que as Escrituras afirmam que toda a graça tem de ser dada enquanto nesta terra? Mary foi dada a graça conforme a Mãe de Deus antes de ela ter nascido ( a graça preveniente) . Sim, Deus é o seu Salvador ( Lucas 1:47 ) – Ele salvou -a de todo o pecado, incluindo o pecado original.

    Vamos examinar a frase “cheia de graça”, pois é aplicável a Maria ( Lucas 1:28 ). Porque a palavra grega usada nesta passagem é “kecharitomene”, que significa não apenas “altamente favorecida” (como comumente interpretado em versões da Bíblia protestante), mas “completamente, perfeitamente, duradoura dotado de graça”. Assim, a palavra significa “completo” que Maria não pode abranger mais de graças de Deus. Se Deus não pode lhe dar mais graça do que ela já tem, então Ele deve ter-lhe dado toda a graça possível. Será que é mesmo possível para Maria a pecar depois de receber todas estas graças de Deus? É concebível, não.

    Escritura também afirma que os anjos são superiores aos homens ( Lucas 20:36, Hebreus 2:07, 2 Pedro 2:11 ), então por que um ser superior (o arcanjo São Gabriel) “hail” (saudação, honra ou louvor) Mary (um “suposto” ser inferior)? Se esta honra é dada a Maria como a Escritura afirma, em seguida, Mary deve ser maior do que os anjos.

    Quem mais pode ser a seguinte passagem falando exceto Mary? A mulher nessa passagem é “impecável” (ie, imaculado, sem pecado): “Tu és toda formosa, meu amor, não há mancha em ti.” ( Cântico dos Cânticos 4:07 )

    — Chris

    Coroação de Maria, Rainha do Céu
    CONCLUSÃO

    O cristão não daria a graça da impecabilidade a seu / sua mãe se ele / ela tinha o poder de fazê-lo?

    O cristão não iria trazer o seu / sua mãe ao Céu em corpo e alma, se ele / ela tinha o poder de fazê-lo?

    Estas doutrinas marianas não são “não-bíblica”, como muitos cristãos não-católicos parecem acreditar. Jesus Cristo estava apenas cumprindo o Quarto Mandamento ( Êxodo20:12) Para “honrar” Sua mãe, dando-lhe as graças e privilégios exclusivos. Dizer que Cristo não dar essas graças à sua mãe quando era possível para ele a fazê-lo, é acusá-lo de um pecado de omissão contra o quarto mandamento. Portanto, uma vez que Cristo não pecou ( Hebreus04:15), Mary tem que ser impecável e foi assunta ao Céu para o próprio Deus não iria desobedecer a um de seus próprios mandamentos. E, até hoje, Cristo continua a obedecer o seu próprio mandamento, permitindo que Maria para ser nossa medianeira, o dispensador de suas graças e participar de Sua onisciência ouvir os milhões de preces diárias dirigidas a ela.

    Curtir

  11. EDMILSON disse:

    ANÍCIO MÂNLIO TORQUATO SEVERINO BOÉCIO (em latim: Anicius Manlius Torquatus Severinus Boethius, Roma, ca. 480 — Pavia, 524 ou 525), mais conhecido simplesmente por Boécio, foi um filósofo, estadista e teólogo romano
    //
    ESCREVEU VÁRIAS OBRAS ELES ELAS

    A FILOSOFIA É ELA EM PERIGO?

    Enquanto olhava para mim:
    “É você, disse ela, eu alimentei meu leite, eu levantei tão cuidadosamente É você que eu gostava de fortalecer a mente eo coração Como? você derrotar deixou eu te dei armas que tinha para fazer você invencível, provavelmente você ainda não fez qualquer uso que você me reconhecer Você está em silêncio;?.? é por vergonha ou surpresa? Será que era uma vergonha salutar Mas vejo esta é uma redução estúpido t’ôte mento de que a fala “.
    Como ela percebeu que não só eu persisti em silêncio, mas eu não estava em movimento, ela colocou a mão no meu coração.

    “Há um ponto de perigo, ela chorou;. Esta é uma letargia, a doença geralmente se seduzido pelos espíritos ilusão É um pouco esquecido ele mesmo, reconhecer, provavelmente me reconhecendo. Mas ele vai me reconhecer como a nuvem de coisas terrenas ofendido sua visão? ”

    Imediatamente a se dissipar, ela enxugou os olhos com seu vestido quase extinta pela abundância de lágrimas.

    Assim, a noite escura que cobria desapareceu de repente, eles recuperaram a sua força e seu primeiro primeiro brilho. Assim, quando o vento sul tempestuoso traz as nuvens, e todo o céu parece derreter em chuva, o sol está escondido, e as estrelas da noite não aparecem ainda a terra está coberta de escuridão, mas se Boreas frias das montanhas da Trácia, ela varre a atmosfera por sua respiração impetuosa, forçando as barreiras que mantinham cativo o dia, o sol mais brilhante, reaparece aos olhos mortais surpreso e encantado com o esplendor seus raios.

    Assim, as nuvens escuras da minha dor se dissipar, eu comecei a apreciar a luz, e minha mente ao mesmo tempo, informou-me que era capaz de conhecer a mão caridosa que trabalhou na minha cura.

    ” O quê! chorou I, vendo que era filosofia , Ó vós que me trouxe em seu seio, a mãe fecunda de todas as virtudes, você se dignou a descer do céu para vir morar comigo triste lugar meu exílio! Você, portanto, também envolvido nas acusações falsas que me desperta? ”

    – Você está pensando, meu caro aluno, ela respondeu que eu iria abandoná-lo em seus problemas, e eu me recuso a compartilhar com vocês a perseguição a que você está exposto por minha causa? Eu acredito que um crime se, em tais circunstâncias, eu séparais um momento de inocente falsamente acusado, e cuja causa é meu. Você acha que essas acusações são capazes de me intimidar? Nada do que acontece, você não pode me inspirar surpresa nem medo, eu estou sempre, é a primeira vez que os ímpios ter executado sabedoria o maior perigo? Desde o início, antes do nascimento do meu ilustre aluno de Platão, eu tive grandes lutas contra a apoiar a audácia selvagem dos homens. A vida de Platão, Sócrates, seu mestre triunfou por meu alívio dos horrores de uma punição injusta. Depois de sua gloriosa morte, a seita de Epicuro e Zenão de muitos outros, alegou ser os legítimos herdeiros de seus sentimentos, Todos queriam a violência para tomar posse da herança aprendido eu opôs com todas as minhas forças sua usurpação, mas como cada um deles tentou me a ele, que rasgou o vestido que eu tinha me tecido, e glorificavam em que permaneceram em suas mãos, como se retirando, eles tinham me conduzido completamente do seu lado. Havia até mesmo um monte de pessoas que são reflexo suficiente, acredita que o número de meu, porque eles viram vestido com pedaços de meu navio, e eles foram seduzidos por imprudente erros que muitos profanos. Meus alunos eram mil vezes perseguidos. Anaxágoras foi exilado, Sócrates foi envenenado, Zeno sofreu a tortura mais horrível. Se você ignorar estes exemplos da crueldade dos homens, porque eles são estranhos ao seu país, você não pode ignorar as desgraças de uma Canius , um Seneca, um Soranus , cuja memória é tão recente quanto famosa . Educado das minhas máximas, eles praticaram, a pureza de suas maneiras condenou a maldade dos ímpios, que é a única causa da perseguição de que foram vítimas. É de se admirar que a nossa vida é tão agitada por tempestades, uma vez que fazemos glória de desagradar o ímpio? Seu número é infinito, sem dúvida, mas não é menos desprezível. Sem leis e sem um guia, eles seguem os movimentos de ajuste de raiva cega. Se às vezes somos obrigados a ceder a sua violência, nós retiramos o nosso chef de uma forma muito espetacular: não podemos vê-los tomar para saquear a bagagem que lhes damos nós nos rir de sua ganância tola, que atribui ao se as coisas tão vil e desprezível, e enfrentar sua raiva impotente no topo das nossas paredes inacessíveis à sua audácia.

    Nada pode abalar aquele que sabe regular sua conduta, eventos desprezando, atropelar o destino atraente, e assistir a um olho igual a fortuna bom e ruim. Ou irritado quando chamado tempestades do mar o fundo do seu abismo, nem vulcões impetuoso, quando a parte superior de seus topos entreaberta eles rolam torrents de enxofre e fumaça ou deuses raios, quando rosnando em ar, é anunciado por sulcos de fogo e ameaça as torres mais altas para reduzir a cinzas, nada é capaz de abalar. Ei, por que são eles infeliz surpresa com as ameaças ociosas de um tirano? Eles não sabem nada e desejo nada a temer, e raiva é derrotado. Mas se eles se envolvem seus corações para as impressões de medo e desejos de esperança, incerteza, buraco de milho, fora de si, eles fazem muito cedo armas, e será executado em ferros frontais cegos de escravidão cruel. ”

    ? “Você entende que Y você insensível Por que você derreter em lágrimas Conversa; Quais são os seus sentimentos Se você deseja que o médico ford risse, descobrir-lhe a sua dor?”.

    Durante a coleta de toda a minha força:

    “O que eu preciso explicar? ele disse,? único aspecto onde eu estou, não é capaz de excitar sua pena é isso, então essa rica biblioteca onde você desfrutado sua estadia segura, e onde você instruisiez me coisas humanas e divinas? Era eu, infelizmente, em o triste estado em que estou hoje, quando me sondou com você os segredos da natureza, quando me foram traçando as diferentes rotas que atravessam as estrelas, e você me ensinar a ser liquidado em minha moral ea minha conduta, pois eles estão em seus cursos? suas lições Ouvi com tal docilidade em é este ? do fundo de recompensa O que devemos fazer então esta máxima que você, pela boca de Platão: estados feliz se os filósofos se tornar reis ou os reis se tornar filósofos Isso ainda está na boca de Platão! você disse., é necessário que o sábio tomar as rédeas do governo por medo de que abandonar o perverso não aproveitar, e não perder o direito de abusar Determinado por estas máximas, eu fizeram questão de praticar publicamente o que eu aprendi com você em segredo Você sabe, você e Deus, que te fez reinar sobre a mente eo coração do sábio. você sabe, o desejo de contribuir a felicidade dos justos é o único motivo que poderia induzir-me a tomar parte no governo. Assim todos estes problemas fatal que tive com os ímpios, e os poucos casos que eu pensei que eu deveria fazer grande ressentimento quando, sem me atrair, eu não poderia cumprir os devidos sob me a voz da minha consciência e de equidade. que frequência usurpador Conigastus , tão gananciosas dos despojos baixo, me encontrou em seu caminho! Quantas vezes eu impedido Triguilla , Grão-Mestre da casa do rei, comendo as injustiças que ele tinha começado! Quantas vezes eu coloquei coberto, por minha autoridade, os pobres, a ganância insaciável desses caluniadores bárbaros tão cruelmente perseguidos, e sempre com a impunidade! Nenhuma consideração nunca foi capaz de me fazer abandonar o lado da justiça. quando me viu as províncias devastadas por indivíduos saquear, e sobrecarregados pelos impostos públicos, fui profundamente tocado que mesmo aqueles que sofreram a humilhação horrível. Na época de extrema escassez, demos de compra de ouro eo transporte de uma quantidade prodigiosa de grãos, a Companhia foi arruinada, sem recurso, se a aquisição tivesse ocorrido, mas eu me opus com força: Eu estava nesta ocasião, na presença do rei, uma briga mais viva com o prefeito pretoriano, tomei, e que o pedido foi finalmente revogada bens fome consulares Paulin cortesãos já devorado por seus desejos. rasguei sua Albin voracidade insaciável, como consular. Ele ia ser a vítima da falsa acusação de que ele havia trazido, e os preconceitos que ela havia concebido sua desvantagem;. Sauval I perseguição de seu informante Cipriano eu não encontrei contra mim ódio suficiente? Mas se o zelo da justiça me chamou para com as pessoas, eu tinha que pelo menos não tem nada a temer do outro, no entanto, a acusação de que tenho vindo a desgraça? Em um dos a Basílio, que, expulsos do ministério e sobrecarregado com a dívida, procurou salvar me perder naqueles de um Opilion e Gaudêncio , que por suas injustiças e fraude reconhecida foram con condenado . exílio para escapar à ordem do soberano, que se atreveu a abusar do sagrado privilégio de se refugiar nos templos, mas o príncipe irritado fez significa que eles não saem de Ravenna no dia desejado, ele iria arrancar o asilo santo profanaram, e fazê-los imprimir na frente da marca vergonhosa seus crimes. Você poderia dar alguma confiança para as pessoas consideradas merecedoras de tal punição? E ainda, no mesmo dia, acrescenta credibilidade à afirmação que eles fazem contra mim. Onde é que eu fiz para merecer isso por mim tinha tão pouco respeito? condenações sofridas pelos meus informantes que eles justificar suas acusações? Se fortuna injusta n não foi vergonha para ver o acusado inocente, ela deveria pelo menos ter vergonha de a maldade daqueles que ela costumava calúnia. Quer saber o que me fez tão culpado? eu queria salvar o Senado é o meu crime Que fiz eu para que eu mantinha uma pequena informante a acusar o Senado de lesa-majestade Ensina-me, ó tu que ensinar a verdade aos homens o quê.?.! que devo fazer? Devo negar tal crime, para que ele não despreza você? Mas eu fiz isso com a deliberação mais madura, e eu gostaria de fazê-lo novamente com entusiasmo. Devo confessar? Mas Eu, portanto, tira qualquer meio de me defender, estou superar a injustiça imputar crime para mim Eu tentei salvar os senadores Sua conduta em relação a mim, talvez merecia, pelo menos, que eu levo o seu coração.? interesses, mas na vicissitude constante das coisas deste mundo, sempre propensos a negar, poderia causar uma mudança em seus sentimentos para mim, o mérito é basicamente sempre a mesma coisa, algo que me acontece, nada mundo nunca vai me trazer para disfarçar a verdade, nem permitir que uma mentira que você pode me culpar por fazer isso é você, é a sabedoria que eu faço juiz.? Cuidei para escrever qualquer coisa que pareça este grande negócio, para que a posteridade é educado, eu não acho que eu deveria ter o mesmo cuidado com relação às supostas cartas, por que ele me culpa por ter a esperança de restaurar a república eo ex-liberdade. A falsidade desta acusação tinha aparecido com as últimas provas se é decisivo em causas semelhantes, que tinha me confrontado com os meus acusadores e permitiu-me a usá-los contra a sua própria evidência. E liberdade, infelizmente, podemos ainda raios eu respondi a essa esperança? Será que eu poderia saber por que meios a recuperação! Canius respondeu Calígula, que o acusou de ser cúmplice de uma conspiração formada contra ele, “If” Eu tinha sido ensinado, você seria “não”. Finalmente, qualquer que seja a dor que me causa este caso infeliz, eu não estou preocupado o suficiente para reclamar que os ímpios foram retirados sob a opressão, mas que rua joga a surpresa final é ver que eles foram bem sucedidos em seus planos criminosos para se o homem está a fazer mal, pode ser. o resultado fatal da imperfeição de sua natureza. Mas um vilão pode ser executado contra a inocência tudo o que sua vilania sugeriria ele e que sob os olhos de Deus, é inconcebível para mim um milagre! Struck a mesma idéia, um de vocês bem disse: “Se Deus é quem governa o mundo, o que pode trazer o” mal prevalece? Se Deus não existe, de onde pode o bem que é feito? ” Afinal de contas, é estranho que homens maus, sedentos de sangue dos senadores e todos os homens bons, conspiraram minha perda, eu, que sempre me um dever essencial de lutar por boas pessoas e do Senado fez?

    Não, sem dúvida, mas eu tive que esperar tal tratamento dos próprios senadores? Lembre-se, você que sempre foram o motivo para todas as minhas ações, lembre-se o quão duro eu levei Verona defesa do Senado, mesmo com o risco da minha vida, quando o rei, que queria destruir esta ordem respeitável, tentou caindo em todo o corpo, especialmente o crime imputado ao Albin, um dos seus membros. Você sabe a verdade do que digo, e você sabe que eu não buscam glorificá-lo em mim. A reputação é adquirida por ostentando o bem que fazemos, é uma recompensa frívolo diminui a satisfação íntima, fruto precioso de uma boa consciência consoladora testemunho vai para si. Eu fiz bem, e você ver que benefício eu sair. Quando eu poderia esperar a recompensa de uma virtude real, eles me punir um crime imaginário, e como eu posso ser punido? A Haverá sempre os juízes concordam tão unanimemente contra o maior culpado? Em número, há sempre alguns que erroneamente ou não, estão inclinados a duvidar dos pacotes mais comprovados. Quando eu fui acusado de tentar queimar os templos de Deus e matar seus ministros ao pé dos altares, quando eu teria sido suspeito de ter projetado a perda de todas as pessoas boas, eles teriam me ouvido menos, e ninguém teria me condenado depois que eu confessei o meu crime, ou eu teria sido legalmente satisfeito. Mas você não pode me acusar de tentar salvar o senado, e ainda me tira de Roma, e sem me ouvir, que me proibiu, estou condenado à morte. O que é vantajoso para mim que ninguém ainda foi condenado por tal crime! crime tão glorioso na opinião dos meus informantes si, como para manchar o brilho, eles foram forçados a dizer, contra toda a verdade, eu sacrifiquei tudo para os interesses de uma ambição um sacrilégio. Mas que vivia no meu coração, você tinha proibido todo o interesse humano, e eu ousaria, em seus olhos, cometer tal crime. Porque muitas vezes você repetir-me esta bela exortação Pitágoras Siga as sugestões do vosso Deus, e que não era possível para mim pensar em uma maneira tão baixa e vergonhosa para mim que você trabalha com o máximo de cuidado para desenvolver mais mais, e que se propõe a si mesmo modelo de Deus. Além da minha casa, cuja inocência é conhecido, meus amigos, cuja integridade é tão louvável, meus Symmachus padrasto, o respeitável, o homem santo, tudo me coloca sob o disfarce de tal alegação. Mas cabe a você para imputar toda a culpa que injustiça! que horror! Nós não acreditamos me culpado por este crime porque qu’instruit na sua escola, eu praticar suas aulas e minha moral são consistentes. Assim, não só o respeito devido mim você não garante ataca os meus inimigos, mas insultar-me que teve a audácia de insultá-lo a si mesmo, o que coloca o toque final ao meu infortúnio é que a maioria dos homens não decidir as coisas pelo evento, e sentir-se indigno de sua aprovação tudo que a fortuna não era digno de seus favores. Assim, a primeira perda é infeliz é que da opinião pública. Não, eu odeio pensar que são agora os boatos espalhados por ocasião da minha graça dizendo, o que são os vários julgamentos que porta. Tudo o que posso dizer é que o que oprime mais infeliz, é pensar que, tão logo os acusados, a maioria das pessoas estão convencidas de que nada acontece com ele que n ‘ é bem merecida, e ainda, se eu estou despojado de minhas posses, a minha dignidade degradada, desgraçada nas mentes de muitos homens, é uma cruel do que eu sou atraído em fazer o bem. Parece-me ver os autores de meu desastre para estourar sua alegria profana nos lugares onde eles moldam as características de suas calúnias. Parece-me ver o ambiente na preparação de novo, enquanto os justos estão na última consternação com a visão dos perigos a que estou exposto. Os vilões, com certeza da impunidade, se atreve a conceber os projetos mais hediondos ousam até mesmo correr, impulsionado pelas recompensas oferecidas a eles, e os inocentes, privadas de todo o apoio, não pode escapar da perseguição de seus inimigos ou parry seus golpes. Para que eu possa exclamar com justiça: “Criador do universo, que o seu trono eterno imutável nos céus, dará os seus movimentos rápidos, e definir o rumo das estrelas, que você tenha submetido a lua com estas constantes mudanças que às vezes são as luzes brilhantes de seu irmão de uma forma tão impressionante, parece então, durante a noite, reinar sozinho no firmamento, que às vezes tornam gradualmente perdem sua luz, e fazê-lo desaparecer quando é finalmente mais perto do sol, que encomendou uma das estrelas mais brilhantes, sempre anunciado pelo nascer do sol, as abordagens da noite, e por do sol, o nascer do dia que você abreviar a temporada geada dias de duração rigorosos, e na estação oposta, apressar as sombras da noite, para que eles dão lugar a dias mais longos que direta por sua onipotência, o impetuoso vento soprando do norte que descascar as árvores de suas folhas, eo espírito doce de zephyrs que fazem renascer, ainda que amadurece com o calor da colheita abundante cão produzido pelos pequenos grãos confiadas à terra e debaixo da constelação de Bootes fracos. Todos e seguindo as leis, nada desvia a ordem imutável você prescrito,. tudo é acorrentado pelos decretos da vontade suprema o homem é o único que parece que você abandonar o destino, a sorte é inconstante tudo na terra de acordo com seus caprichos. Inocência vai sofrer o castigo que é devido apenas ao crime, e crime, colocado no trono, pisa em que o tremor, escondendo-se na escuridão ., triste de ver a punição apenas para os miseráveis ​​culpados fazê-lo impunemente o que quiserem, suas mentiras, suas perjúrio, nada lhes dói, e quando eles querem usar toda a sua força, eles attentent na autoridade . Árbitro mesmo os reis soberanos de todas as coisas, então dê uma olhada providência sobre a terra, os homens, a parte mais digno dos seres que ha bitent, os homens são sempre o esporte da fortuna, onde eles está inquieto, atormentado, é como um navio sobre as ondas de tempestade. Senhor Calma, esse mar tempestuoso, e não reinar neste mundo que vemos ao redor desta bela regra invariavelmente no céu. ”

    Enquanto a dor me fez, por assim dizer, a Filosofia me olhou um olhar calmo, e assim que eu tinha terminado: “Assim que eu vi o seu fluxo de lágrimas, ela me disse, eu entendo que você Você acredita exilado e infeliz, mas você é realmente tão exilado? que você enganar a si mesmo? Você está expulso de sua terra natal? que você arrumar você por acaso? É, sem dúvida, que você é exilou-se, e que ele poderia ser autorizados a caçar você lembre-se que sua casa não é tão Atenas, governada pela multidão: é um soberano que tem prazer em pessoas e não privar os seus cidadãos. obedecer o monarca é para ser completamente livre. Ignorar que quem colocou sua casa não pode ser rasgado Sim, aquele que é coberto por suas muralhas, é imune à violência eo medo não podem exílio, mas quem despreza a vida merece ser banido para sempre Se eu sou tocado, este é o lugar onde eu vejo a dor que você mergulhou. e não o lugar onde eu encontrei você. Isto é muito menos rica em sua biblioteca que eu gostaria de corrigir a minha estadia em sua alma. Eu gostava de fazer uma biblioteca viva, onde eu coloquei não os próprios livros, mas eles contêm máximas Você está demitido lo de qualquer maneira, em qualquer e você disse, seu zelo pelo bem público. você ainda pode dizer mais Everyone. sabe coisas que são cobrados, alguns são falsos, e outros são mais dignos de elogios que ações culpa. que você disse, de passagem, emblemas engano e maldade dos seus informantes ser repetida milhares de vezes pelo público que sabe toda a verdade Você. você está gritos contra a injustiça do senado para você, você queixou-se amargamente que desonra a mim, me acusando você parece indignado recompensamos ruim seus méritos e, finalmente, a sua ira musa, eventualmente, fazer-nos desejar a atrair a eterna paz que reina no céu Todos esses sentimentos, todos esses vários movimentos são o resultado de sua aflição, e I. acreditam no estado de fraqueza onde você está, você não pode permitir remédios violentos: Eu vou, por mais suave, você pre preparar para receber mais eficaz que pode curá-lo completamente.

    Curtir

  12. Romão Casals disse:

    Normalmente, nas minhas pesquisas, utilizo a Bíblia dos Franciscanos Capuchinhos (Difusora Bíblica Portuguesa), é uma tradução de fácil compreensão, gramaticalmente poética, apresentando uma complexidade acima do excelente.

    No entanto, aprecio muitíssimo a tradução João Ferreira de Almeida revista e corrigida (Portugal), sei que é uma bíblia parcial, não contem os deuterocanónicos do Antigo Testamento, mas gosto imenso da construção artística das frases, bastante rica na estrutura descritiva, sem variantes no padrão de concordância.

    Na versão A.R.C. não se encontram adulterações, não existem erros de tradução e os versículos do Novo Testamento estão contemplados na íntegra. Esta tradução é uma das mais vendidas na língua portuguesa, e a mais utilizada no meio protestante.

    A tradução Almeida Revista e Corrigida, versão portuguesa (não brasileira) é recomendável até mesmo para católicos. Pelo menos é esta a minha opinião.

    Curtir

    • EDMILSON disse:

      Romão Casals a bíblia traduzida por João Ferreira de Almeida o falso padre tem erros grotescos e falsificações barata.
      //
      não fala besteira se quer aprofundar no assunto me procura ok
      tenho todas as refutações e provas digo provas com nota de roda pé com testemunhas oculares registros históricos .

      Curtir

    • Renato disse:

      Vc nao tem nada!Vc se esquece do Poder do Espirito Santo!

      Se a igreja catolica um dia viria a descobrir que a Biblia viria a ser impressa…Eles concerteza absoluta a teriam modificado!
      Mas a Deus ninguem consegue enganar!

      Curtir

    • Sidnei disse:

      Interessante observação: se a Igreja Católica soubesse que algum dia a Bíblia seria impressa ela teria a modificado todinha, que coisa, então quer dizer que os monges copistas no passado não alteraram nada da Bíblia porque eles não sabiam que algum dia a Bíblia seria impressa, ou seja, uma virtude (a anão adulteração da Bíblia) se torna um agravante, pois é a prova cabal de que a Igreja Católica é contrárias as Sagradas Escrituras pois ela poderia a ter modificado se por acaso viesse a saber que no futuro iriamos ter a imprensa e as Bíblias seriam impressas dispensando assim os monges copista. Pensamento brilhante. Só esquecem que o primeiro livro a ser impresso por Gutemberg foi a Bíblia Sagrada, e Bíblia Católica, e ainda o foi por conselho de uma amigo de Gutemberg, a saber, um Bispo da Igreja Católica, fora que depois a própria Igreja Católica começou a utilizar esta mesma imprensa para imprimir as Sagradas Escrituras e mutos de suas obras doutrinais e filosóficas, muito antes de Lutero e dos protestantes.

      Curtir

      • Helen disse:

        Caro leitor, como dito pelo Sidnei,

        Seu afirmação é bastante ilógica:

        Ora, a Igreja católica NÃO apenas foi responsável pela preservação da Bíblia, como também foi responsável por sua PRIMEIRA impressão!!
        Se os monges católicos não tivessem MANUALMENTE copiado a Bíblia, com poderíamos ter um original para servir de guia para a impressão que viria a acontecer mais de 1500 anos mais tarde? Foi justamente a Igreja que permitiu esse processo!

        Ao copiar a Bíblia, passando-a de geração para geração, a Igreja de fato “imprimiu” em preto e branco o conteúdo da Bíblia. Ora, se tivesse a intenção de adulterar esse conteúdo, o que a impediria de tê-lo feito? Não seria muito fácil mudar frases, adulterar o sentido das coisas, quando o original estava sendo copiado à mão? Portanto, onde está a lógica da sua afirmação?

        A resposta é simples: Não há lógica. Há sim, ignorância e preconceito contra aquilo que desconhece!

        Curtir

  13. EDMILSON disse:

    SAI DELA POVO MEU! JERUSALÉM OU ROMA?
    //

    Bem meus irmãos Católicos, esse termo retirado do livro de Apocalipse é usado pelos amigos rebelados para atacar a Santa Igreja Católica, segundo eles e segundo as interpretações bizarras que eles fazem no livro do Apocalipse, um belo dia ou um terrível dia (segundo cada interpretação) um anjo passará dizendo essa frase “Sai dela meu povo” se referindo a Santa Igreja Católica.
    //
    Não vou poupar nomes não, as principais seitas que pregam isso abertamente são:
    //
    Ministério 4 Anjos.
    //
    Adventistas em geral seguidores da falsária Ellen G. White.
    //
    Testemunhas de Jeová.
    //
    E vários seitas protestantes pentecostais e neo-pentecostais, não vou citar uma por uma porque são centenas delas.
    //
    Agora eu pergunto para esse bando de lunáticos, será que é isso mesmo que diz Apocalipse?
    //
    Vamos ao texto:
    //
    Apocalipse 18
    4. Ouvi outra voz do céu que dizia: Meu povo, sai de seu meio para que não participes de seus pecados e não tenhas parte nas suas pragas,
    //
    Bem nesse texto diz para as pessoas saírem de um lugar (Não de uma Igreja) para não participar de seus pecados e das suas pragas, até ai tudo bem, porém vamos encontrar na Bíblia Sagrada de que lugar o livro do Apocalipse se referia.
    //
    Lucas 21
    20. Quando virdes que Jerusalém foi sitiada por exércitos, então sabereis que está próxima a sua ruína.
    21. Os que então se acharem na Judéia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade retirem-se; os que estiverem nos campos não entrem na cidade.
    22. Porque estes serão dias de castigo, para que se cumpra tudo o que está escrito.
    23. Ai das mulheres que, naqueles dias, estiverem grávidas ou amamentando, pois haverá grande angústia na terra e grande ira contra o povo.
    24. Cairão ao fio de espada e serão levados cativos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos pagãos, até se completarem os tempos das nações pagãs.
    //
    Bem meus irmãos Católicos, a resposta desse versículo de Apocalipse está no Evangelho de São Lucas, observem o texto e todos vocês entenderão que:
    //

    Jesus Cristo manda as pessoas saírem de Jerusalém e da Judéia.
    /
    Jesus Cristo manda ninguém entrar na cidade.
    Jesus Cristo diz que serão dias de castigos.
    /
    Jesus Cristo diz que esse castigo contra Jerusalém será para se cumprir tudo o que está escrito.
    /
    Jesus Cristo diz que será angustia e ira contra aquele povo.
    /
    Agora eu pergunto:
    Será que existe ainda algum lunático que irá desmentir Jesus Cristo?
    Agora eu vou mostrar aqui o que Jesus Cristo se referia ao dizer:
    //
    “Para que se cumpra tudo o que foi escrito”, olhe o que foi escrito contra Jerusalém (Sai dela meu povo).
    Ezequiel 9
    4. e lhe disse: Percorre a cidade, o centro de Jerusalém, e marca com uma cruz na fronte os que gemem e suspiram devido a tantas abominações que na cidade se cometem.
    5. Depois, dirigindo-se aos outros em minha presença, disse-lhes: Percorrei a cidade, logo em seguida, e feri! Não tenhais consideração, nem piedade.
    //
    RESUMINDO E DESAFIANDO AS SEITAS SATÂNICAS PROTESTANTES QUE NENHUM DESSES PASTORES VAGABUNDOS.
    //
    Jamais alguém encontrará na Bíblia Sagrada um versículo onde há uma condenação a cidade de Roma, isso é apenas fruto das alucinações protestantes.
    //
    EU DESAFIO A QUAL QUER PROTESTANTE VIBRADOR A ME MOSTRAR UM SÓ VERSÍCULO.
    //

    Resumindo o tal “Sai dela meu povo” era referente à cidade de Jerusalém (prostituta da Babilônia).
    //
    SOBRE ISSO VÁRIOS PADRES DA IGREJA SÃO UNÂNIMES EM PROCLAMAR ROMA A SEDE DE PEDRO.
    //

    Curtir

    • Renato disse:

      “Sai dela povo meu!”
      Isso se refere a Babilonia!
      Sobre as diversas doutrinas existentes no mundo,a Biblia as trata por falso profeta.

      Curtir

  14. Antonio Carlos A. Evangelista disse:

    Se a maioria dos católicos tivessem pelo menos 1% do conhecimento da sua religião, jamais se deixaria enganar por seitas .

    Curtir

Os comentários estão encerrados.