Mudanças no Blog Ecclesia Militans – Igreja Militante


Caros leitores e subscreventes do blog Ecclesia Militans, estamos realizando algumas mudanças importantes no blog, motivo pelo qual vos escrevo. Porém, antes agradeço pelo prestígio que cada uma de vossas visitas representa para este espaço. Agradeço especialmente aos leitores assíduos, principalmente àqueles que contribuem para as discussões. O blog tem sido um espaço democrático de discussão e debate e isso não seria possível sem a participação efetiva daqueles que nos visitam e comentam aqui! Obrigada.

A partir de hoje o Blog não mais permitirá comentários aos textos com mais de três meses de publicação. Entretanto, novos comentários serão aceitos para todos os demais posts. Esta medida visa evitar a postagem de comentário repetitivos, uma vez que ficou constatado que a maioria dos novos leitores não costuma consultar as respostas anteriormente publicadas.

Esperamos que isso não afete a missão do blog que é ser um espaço aberto à todos e sobretudo, um lugar para consulta e pesquisa credível para aqueles que buscam aprender mais sobre o catolicismo.

Agradecemos desde já pela compreensão e esperamos continuar a contar com o vosso apoio!

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Mudanças no Blog Ecclesia Militans – Igreja Militante

  1. EDMILSON disse:

    Alegorias da igreja
    Enquanto nas Escrituras, a Igreja é comparada a uma noiva e uma esposa, os Padres da Igreja, 175-200 AD. AC, depois de Tertuliano e Irineu de Lyon, viu rapidamente semelhanças com a mãe.
    //
    E MAIS…
    Tertuliano mostra como a criação de Eva da costela de Adão marcou o nascimento da Igreja do lado entreaberta do Senhor:
    //
    Como Adão era uma figura de Cristo, a dormir Adão prefigurava a morte de Cristo, que estava dormindo o sono da morte, para que a ferida infligida ao seu lado prefigura a Igreja, a verdadeira mãe dos viventes.
    //
    AGORA
    Em seu livro “O Educador” Clemente de Alexandria cerca de 180 da era cristã, chama de Igreja da Virgem Mãe, que dá aos seus filhos o leite da palavra de Deus:
    //
    “O mistério admirável! Um deles é o Pai de todas as coisas, como o Logos simples (Palavra = Jesus) todas as coisas, e o Espírito Santo é uma e a mesma em toda parte.
    //
    Há, finalmente, uma Virgem Mãe, eu gosto de chamar a Igreja. Esta mãe, sozinha, não tinha leite, porque não é apenas tornar-se uma mulher.
    //
    Mas ela é virgem e mãe de ambos, imaculado como uma virgem, e como uma mãe amorosa.
    //
    Apelando para seus filhos, ela alimentava com leite de santidade, o Logos para crianças … Mãe chama seus filhos e buscamos nossa Mãe, a Igreja … O abençoado crianças seus ensinamentos!
    //
    Vamos terminar (nossa presença), a bela figura da Igreja, e correr como crianças, nossa boa mãe. Estamos fazendo os ouvintes da Palavra, exaltar a dispensação abençoado que o homem é elevado e santificado como um filho de Deus, e após os eventos da terra, adquire a cidadania do céu, onde recebeu seu Pai ele aprende no chão. ”
    //

    Agostinho cerca de 380 AD. AD aplica ca.4 :12-13 para a Igreja
    Ca.4: 12 Você é um jardim fechado é minha irmã, noiva minha, um jardim fechado, uma fonte selada. 13 plantas Teus são um pomar de romãs, que são, com o fruto mais excelente
    //
    “Eu aplicar esta passagem apenas para aqueles que são santos e justos, não os golpistas gananciosos accaparateurs bêbados e invejoso.
    //
    Estas partes de um batismo comum com o direito, mas eles não compartilham o mesmo amor. Como eles entraram “, o jardim fechado, fonte selada”? como mencionado, que tenham renunciado ao mundo apenas em palavras, nem ação, no entanto, ele admite, eles estão na Igreja. Se eles forem para formar a “Noiva de Cristo”, é realmente uma “noiva sem mancha nem ruga”? É esta bela pomba manchada por essa parte de seus membros? …Lá vivem atualmente perversamente, eles podem até mesmo ter caído em heresia ou pagão superstições, mas “o Senhor conhece os que são seus.” Pela presciência inefável de Deus, muitos que parecem ter dentro e fora vários que aparecem dentro está fora. ”
    //
    AGORA
    Método, a 300 AD. AD comparou a Igreja a Segunda Eva:
    “Por que o apóstolo ele reporta-se diretamente às palavras de Cristo dizer sobre Adam? Para nós, a reconhecer com certeza que a Igreja é composta de ossos e carne. É por ela que a palavra, deixando seu Pai no céu, até “unir-se com sua esposa,” Ep.5: 31, e adormeceu no êxtase de sofrimento, engajados voluntariamente à morte para ela. Ele queria tudo para apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mancha, para que ele possa receber a semente espiritual e abençoado, a semente do homem que, com suspiros, enterrado nas profundezas da mente . A Igreja recebe a semente como uma mulher concebe e forma, até que ela dá à luz e ao crescimento na virtude. Desta forma, o mandamento “Sede fecundos e multiplicai-vos” GE.1 18 e encontra o seu cumprimento: A Igreja cresce a cada dia em tamanho, beleza e número, a união e comunhão da Palavra “.
    //
    AGORA
    Irineu a 175 AD. JC em comparação com o Jardim do Éden:
    “Nós devemos refugiar-se com a Igreja, que amamentar seu peito e alimentar-nos as Escrituras, nosso Senhor. Para a Igreja foi plantada como um paraíso no mundo. ”
    //
    NOTE QUE…
    Hipólito discípulo representa a Igreja como um ajuste de vela navio para o paraíso celestial, Gude por Cristo o piloto:
    “O mar é o mundo. A igreja é como um navio jogou no abismo. Mas isso não é destruído, pois tem um condutor experiente, o Cristo “.
    //
    O NOSSO…
    Orígenes, por volta de 210 dC. AC, é o primeiro a declarar que a Igreja é a cidade de Deus. Ela atualmente vive lado a lado com o Estado, um Estado em outro estado, mas o poder do Logos, que opera-lo, acabará por triunfar do império secular. Não pode haver salvação fora da Igreja.
    //
    Agora enquanto se aproximava do Montanismo, Tertuliano segundo século chegou a ver mais e mais o corpo do fiel como um grupo e só puramente espiritual, diretamente inspirado pelo Espírito Santo, sem a aprovação dos bispos da Igreja “organizado”, com sua sucessão apostólica. Ele juntou-se ao protestante pensamento de que o movimento evangélico. Tertuliano diz em seu livro mais recente:
    //
    “A igreja em si é principalmente o próprio Espírito, em quem é a Trindade Divina do um – Pai, Filho e Espírito Santo.
    //
    O Espírito organiza a Igreja que o Senhor tem feito para ser “três”. Portanto, desde aquela época, qualquer número de pessoas reunidas nessa fé é “uma igreja” aos olhos do autor e consagrador. E, certamente, se é verdade que “a Igreja” perdoar pecados, mas vai ser a Igreja do Espírito Santo, através de um homem espiritual, e não a assembleia da igreja dos bispos. ”
    Cipriano, para 250, reagiu fortemente a esse ensino, ele rejeita os demônios provocam cismas e heresias.
    //
    É inconcebível para ele que a Igreja Católica se desviou doutrinariamente, então eles são, necessariamente, aqueles que são postados estão errados. Para ele, não existe uma igreja, um baseado em Peter e da sucessão apostólica, não há salvação fora da Igreja:
    //

    Aquele que não se apega à unidade da Igreja, ele acredita que ele continua comprometido com a fé? Aquele que resiste e se opõe a Igreja, é realmente seguro para se estar na Igreja? … Esta unidade, devemos lembrar a afirmação forte, nós, especialmente os bispos que presidem na Igreja, a fim de provar que o episcopado é uno e indivisível …
    //
    Episcopal dignidade é, e cada bispo tem um enredo sem qualquer divisão, e só há uma Igreja que pela sua crescente fertilidade, abraça uma multidão ainda mais. O sol emite muitos raios, mas a fonte de luz é único, a árvore é dividida em diversos ramos, mas existe apenas um tronco forte, pressionando raízes resistentes provêm de uma fonte de muitas correntes e essa multiplicidade derrama, ao que parece, graças à abundância de água, e, no entanto, tudo se resume a uma única origem.
    //
    Raio solar, separada da massa do Sol, a unidade de luz não suporta tal divisão. Arrancar um galho de uma árvore: galho quebrado já não pode germinar. Corte um fluxo de sua fonte, a seca elemento truncadas. O mesmo é verdade para a igreja de Deus difunde-se em todo o universo, os raios de sua luz, mas a luz que está se espalhando por toda parte e a unidade do corpo não está se fragmentando. Ela se estende sobre toda a terra de seus ramos de vida de poder, derrama fora de suas águas superabundantes.
    //
    Há, porém, uma única fonte, uma única origem, uma mãe solteira, ricos sucessos sucessivos de sua fertilidade. É ela que nos leva é o leite que nos alimenta é, é o espírito que nos anima.
    ///////////////////////////////////
    Não pode ter Deus como Pai, quando não temos a Igreja por sua mãe. ”
    //

    Jerônimo, que traduziu a Bíblia para o latim a 375 AD. JC tem linguagem semelhante:
    “Eu não sou o líder supremo, mas Cristo, então eu entrar em comunhão com o seu bem-aventurança, que é a sede de Pedro.
    //
    Sei que a Igreja é edificada sobre a rocha. Quem come o cordeiro pascal fora desta casa (Ex.12: 46) é profano. Quem não está na arca de Noé perecerá quando a inundação “.
    //
    AGORA
    Os reformadores Martinho Lutero e João Calvino, seguindo Wycliffe, fez uma distinção entre a igreja visível e a igreja invisível, alegando que a igreja invisível é composto de apenas funcionários eleitos.
    //
    Portanto, uma pessoa, se o Papa como pode ser parte da igreja visível, sem ser parte da verdadeira Igreja, que é invisível.
    //
    ISSO É INCONTESTÁVEL.
    //////////////////////////////////////////
    COMO ME ORGULHO DE SER CATÓLICO

    Curtir

  2. Helen
    Não se torna necessário continuar com explicações sobre determinados aspectos religiosos, com o objetivo de convencer pessoas de outras religiões à aceitá-las ou a não questioná-las. É quase impossível se atingir esta meta sem oferecer argumentos convincentes e profundos que possam despertar no leitor o desejo de conhecer mais a fundo o que o texto oferece. Você cita que os que não são adeptos do catolicismo não oferecem argumentos novos, acontece que estes devem ser oferecidos por por quem deseja convencer aos demais de que a única religião verdadeira é a católica, portanto cabe a Eclésia Militans oferecer esclarecimentos maiores que possam alcançar o objetivo desejado.

    Abraços Dora.

    Curtir

    • Helen disse:

      Dora,

      Eu tenho mantido este blog há quase três anos. Mantenho outro, mais antigo, na língua inglesa. O que eu quis dizer com a noção de que faltam “argumentos novos” aos não-católicos que aqui aparecem é o seguinte:

      Nesses 4 anos de blog eu já respondi o mesmo argumento, no mesmo tópico uma centena de vezes. Não para mesma pessoa, mas para cada leitor que aqui aparece.
      É impossível convencer qualquer um que não se dispõe a ler o que já foi escrito, seja aqui, seja em outro sítio. Eu já publiquei mais de 300 textos sobre os diversos temas referentes ao catolicismo. Cabe ao leitor genuinamente interessado em aprender a matéria, efetuar a consulta e ponderar sobre os argumentos aqui apresentado.

      Já disse em várias ocasiões: Não é o objetivo do blog converter não-católicos ao catolicismo. Mas informar aos que querem saber o que de fato ensina o catolicismo. Se depois de aprender o que o catolicismo realmente é, alguém decidir segui-lo, bem. Se não o fizer. Bem também.

      Curtir

    • Felipe disse:

      Confesso que como católico fiquei extremamente decepcionado ao ler as seguintes frases:

      “Não é o objetivo do blog converter não-católicos ao catolicismo.”

      “Se depois de aprender o que o catolicismo realmente é, alguém decidir segui-lo, bem. Se não o fizer. Bem também.”

      Mas isto não me surpreende pois este blog é fiel ao ecumenismo do Vaticano II.

      Curtir

      • Helen disse:

        Felipe,

        O sr está enganado. O Blog não é fiel à concilios, mas à Igreja.
        O blog não nasceu para converter ninguém, mas para ensinar os ditos bons e maus católicos, as verdadeiras doutrinas católicas.
        Nesse sentido, permita-me acrescentar que conversão não acontece por imposição, pressão ou coerção. Mas pela graça.
        O bom católico ama a Igreja, defende-e e instrui aqueles que verdadeiramente desejam aprender sobre ela. Ademais, termino dizendo que o bom católico tampouco rejeita aquilo que a Igreja promulga, sejo por meio de concílio X, Y, ou Z, mas obece-a pois é a Igreja do Senhor.

        Curtir

  3. EDMILSON disse:

    MARIA SANTÍSSIMA
    “Apesar de ainda ser virgem, ela carregava uma criança em seu ventre, e a serva e obra de sua sabedoria tornou-se a Mãe de Deus.” – St Efraim deSíria (“Songs of Praise”, c. 351 AD)
    //
    ________________________________________

    “Há um médico que é possuidor de carne e espírito …. tanto de Maria e de Deus”. St. Inácio deAntioch (“Epístola aos Efésios,” c. 105 AD)
    //
    “Por que não se alegram de ver e tratar aquela que deu à luz o verdadeiro Deus de seu próprio ventre, desde que ele é um amigo da nossa fé e religião?” St. Inácio de Antioquia (“A Segunda Epístola a St. John,” c. 105 AD)
    //
    “[Jesus] se fez homem pela Virgem para que o curso que foi tomado pela desobediência no início através da ação da serpente pode ser também o próprio curso pelo qual seria colocar para baixo. Eva, virgem e imaculada, concebeu a palavra da serpente e da desobediência do furo e da morte. Mas a Virgem Maria recebeu fé e alegria quando o anjo Gabriel anunciou a ela as boas novas que o Espírito do Senhor veio sobre ela eo poder do Altíssimo iria ofuscar a ela, para que razão o Santo nascendo dela é o Filho de Deus. E ela respondeu: “Faça-se em mim segundo a tua palavra” [ Lucas 01:38 ]. ” St. Justino Mártir (“Diálogo com o judeu Trifon,” c. 155 AD)
    //
    “Os gnósticos, por isso, que alegam que ele não levou nada da Virgem não erram …. Pois, por que Ele veio para baixo em Mary se fosse para tirar nada dela?” St. Irineu (“Contra Todas as Heresias”, c. 180 AD)
    //
    “E assim também foi que o nó da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de Maria. Pois o que a virgem Eva atou rápido por causa da incredulidade, este fez a Virgem Maria libertado através da fé.” St. Irineu (“Contra Todas as Heresias”, c. 180 AD)
    //
    “Eu já provou que é a mesma coisa que dizer que ele simplesmente parecia a aparecer e afirmar que Ele não recebeu nada de Maria “. St. Irineu (“Contra Todas as Heresias”, c. 180 AD)
    //
    Todas as gerações eles [os profetas] têm retratado por diante os temas grandiosos para a contemplação e para a ação. Assim, também, que pregavam o advento de Deus em carne e osso para o mundo, Sua vinda pela impecável e Deus rolamento (Theotokos) Maria no caminho do nascimento e crescimento, ea forma de sua vida e conversa com os homens, e Sua manifestação pelo batismo, e do novo nascimento, que era para ser para todos os homens, ea regeneração pela pia [de batismo]. ” St. Hipólito (“Discurso sobre o Fim do Mundo”, c. 217 AD)
    //
    “Para Lucas, nas narrativas dos evangelhos inspirados, oferece um testemunho não apenas para Joseph, mas também para Maria, a Mãe de Deus, e dá este relato com referência à própria família e da casa de Davi.” St. Gregório Taumaturgo (“. Quatro Homilias,” c 262 dC)
    //

    “É nosso dever de apresentar a Deus, como sacrifícios, todos os festivais e celebrações hinário, e em primeiro lugar, [a festa] A Anunciação à santa Mãe de Deus, a saber, a saudação que lhe foi feita pelo anjo, “Ave, cheia de graça!” St. Gregório Taumaturgo (“Quatro Homilias,” c. 262 AD)
    //
    As pessoas envolvidas no serviço de transporte público] chegou à igreja da Santíssima Mãe de Deus e sempre Virgem Maria, que, como se começou a dizer, ele tinha construído no bairro ocidental, em um subúrbio, para um cemitério dos mártires. ” St. Pedro de Alexandria (“Os atos genuínos de São Pedro de Alexandria,” c. 305 AD)
    //
    “Salve a ti para sempre, você virgem Mãe de Deus, a nossa alegria incessante, pois a ti eu voltar novamente …. Hail, é fonte de amor do Filho para o homem …. Portanto, pedimos-te, a mais excelente entre as mulheres, que se orgulha da confiança dos seus honras maternos, que você incessantemente nos manter na lembrança. Ó Santa Mãe de Deus, lembre-se de nós, eu digo, que nos gloriamos em ti, e que em hinos agosto celebrar a memória , que nunca vai viver, e nunca desaparecer ” St. Metódio (“Oração sobre Simeão e Ana,” c. 305 AD)
    //
    “Nosso Senhor Jesus Cristo, deveras, (e não apenas na aparência) carregava um corpo, que era de Maria, a portadora de Deus.” St. Alexandre de Alexandria (“Epístolas na heresia ariana e a deposição de Ário,” c. 324 AD)
    //
    “Se eles [os irmãos do Senhor] foram filhos de Maria e não as tomadas de casamento anterior de José, ela nunca teria sido entregue no momento da paixão [crucificação] para o apóstolo João, sua mãe, o Senhor dizendo: a cada um, ‘Mulher, eis aí o teu filho’, e João, “Eis a tua mãe ‘[João 19:26-27), como ele legou o amor filial a um discípulo como um consolo para o assolador.” St. Hilário de Poitiers (“Comentário sobre Mateus,” c. 354 AD)
    //

    “Aqueles, portanto, que negam que o Filho é, por natureza do Pai e adequada à sua essência, negam também que ele tomou verdadeira carne humana a partir da sempre Virgem Maria “. St. Atanásio (“Discursos contra os arianos,” c 360 AD.)
    //
    “Só você e sua mãe são mais bonitas do que qualquer outro, pois não há defeito em você, nem todas as manchas em cima de sua mãe. Quem dos meus filhos pode comparar em beleza a estes?” St. Efraim da Síria (“Hinos Nisibene”, c. 361 AD)
    //
    “O Verbo gerado pelo Pai do alto, inexplicavelmente, inexplicavelmente, incompreensivelmente e eternamente, é aquele que é nascido no tempo aqui abaixo da Virgem Maria, a Mãe de Deus”. St. Atanásio (“A Encarnação do Verbo de Deus,” c. 365 AD)
    //
    “Cremos em um só Deus, Pai todo-poderoso, criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis, e em um só Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus … que por nós homens e para nossa salvação, desceu e se fez carne, que se, nasceu perfeitamente do santo sempre virgem Maria pelo Espírito Santo. Sendo perfeito ao lado do Pai, encarnado entre nós, não na aparência, mas na verdade, ele [o filho] homem remodelada para a perfeição em si mesmo a partir de Mary a Mãe de Deus através do Espírito Santo. ” St.Epifânio de Salamis (“The Man bem ancoradas”, c. 374 AD)
    //
    “E, para Santa Maria, [o título] ‘Virgin’ é, invariavelmente, acrescentou, para que a mulher santa permanece imaculada.” St.Epifânio de Salamis (“Medicine Chest contra todas as heresias”, c. 375 AD)
    //
    “A primeira coisa que acende ardor na aprendizagem é a grandeza do professor. Que é maior do que a Mãe de Deus? Que mais gloriosa do que quem escolheu Glória Itself?” St. Ambrose (“As Virgens”, c. 377 AD)
    //
    “Se alguém não concorda que Santa Maria é Mãe de Deus, ele está em desacordo com a Divindade.” St. Gregório de Nazianzo (“Letter to Cledonius Sacerdote,” c. 382 AD)
    //
    “Vem, então, e buscar as suas ovelhas, e não através de seus servos ou homens contratados, mas fazê-lo sozinho. Levante-me do corpo e na carne, que está caído em Adão. Levante-me não de Sara, mas de Maria, virgem imaculada, não só, mas uma virgem que tinha feito graça inviolada, livre de toda a mancha do pecado. ” St. Ambrose (“Comentário sobre o Salmo 118,” c. 387 AD)
    //
    “Imitar ela [Maria], mães santas, que em seu único amado Filho estabelecidos tão grande exemplo de virtude materiais, para não tê-lo mais doce crianças [de Jesus], nem a Virgem buscar o consolo de ser capaz de suportar outro filho. ” St. Ambrose (“Carta 63”, c. 388 AD)
    //
    “Você tinha boas razões para estar horrorizado com o pensamento de que um outro nascimento pode emitir a partir do mesmo ventre virginal do qual Cristo nasceu segundo a carne. Porque o Senhor Jesus nunca teria escolhido nascer de uma virgem se ele já havia julgado que ela seria tão incontinente a contaminar com a semente de relações humanas o berço do corpo do Senhor, que corte do rei eterno “. Papa São Sirício (“Carta ao Bispo Anysius,” c. 392 AD)
    //
    “Em nascendo de uma virgem que escolheu permanecer virgem até mesmo antes que ela soubesse que estava para nascer dela, Cristo quis aprovar a virgindade ao invés de impô-la. E ele queria a virgindade de ser de livre escolha, mesmo em que a mulher em quem ele tomou sobre si a forma de servo “. St. Agostinho de Hipona (“Holy Virginity”, c. 401 AD)
    //
    “Eu fiquei impressionado que alguns são totalmente em dúvida quanto à existência ou não a Santíssima Virgem é capaz de ser chamada de Mãe de Deus. Porque, se nosso Senhor Jesus Cristo é Deus, como deve ser a Santíssima Virgem que lhe deu não ser a Mãe de Deus? ” St. Cirilo de Alexandria (“Carta aos monges do Egito,” c. 427 AD)
    //
    “Se alguém não confessar que o Emanuel é verdadeiro Deus, e que, portanto, a Santíssima Virgem é a Mãe de Deus, na medida em que na carne, ela deu à luz o Verbo de Deus feito carne [ João 1:14 ]: que ele seja anátema. ” St. Cirilo de Alexandria (“Terceira carta a Nestório,” c. 430 AD)
    //
    “E uma vez que a Virgem santa corporalmente trouxe Deus fez um com a carne de acordo com a natureza, por esta razão, nós também chamá-la de Mãe de Deus, não é como se a natureza da Palavra teve o início de sua existência a partir da carne”. St.Cirilo de Alexandria (“Terceira carta a Nestório,” c. 430 AD)
    //
    “Sua origem [de Cristo] é diferente, mas o [humano] a natureza é o mesmo. Uso humano e personalizado estavam faltando, mas pelo poder divino a Virgem concebeu, Virgem deu à luz, e uma Virgem permaneceu”. Papa São Leão Grande (“Sermão 22,” c. 450 AD)

    Curtir

  4. Thiago disse:

    Acho justo, você não tem que ficar respondendo coisas já respondidas.

    Curtir

  5. Aldobrandina Rodrigues disse:

    Parabns Helen, at que enfim voc reconheceu que o assunto em tela estava por demais repetitivo. As respostas enveredaram pelo mesmo caminho, face a relutncia em manter o mesmo tema, por parte da Eclsia Militans. Desejo xito nas prximas abordagens. Obrigada Dora

    Curtir

    • Helen disse:

      Dora,

      De fato, as discussões, após meses – e no caso de alguns artigos, anos – tornaram-se repetitivas e até cansativas. Contudo, isso não aconteceu por relutância do blog em abordar outros temas, (prova disso é que há no blog cerca de 300 artigos já publicados sobre temas diferentes. Estranha-me que esta tenha sido sua conclusão) mas sim no fato de que alguns leitores ignoravam respostas e explicações dadas anteriormente.

      O blog sempre tentou responder à todos. É importante que isso fique claro, isso porque acredito que leitores sem respostas às suas perguntas, não retornam. Por isso muitas das discussões (respostas dos blog) acabavam voltando à questões já debatidas em outros comentários.

      Porém, é importante também não exceder o limite da razão. Não fazia sentido – ao menos pra mim – continuar, por exemplo, a explicar para todo protestante ou não católico que vista o blog que no catolicismo não há adoração de imagens! Principalmente quando os adeptos dessa visão do catolicismo não apresentavam argumentos novos aos quais o blog devesse responder. Nessa mesma linha, o problema ocorria também em outros temas. Daí minha decisão de limitar o tempo aberto para as discussões.

      Pax Domini

      Curtir

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s