Instruções Católicas – por Santo Hipólito de Roma


O artigo abaixo é uma contribuição do leitor Edmilson ao Blog Ecclesia Militans
 
por Santo Hipólito de Roma (170–235 dC)

1. MINISTÉRIOS ORDENADOS E NÃO-ORDENADOS

Introdução

Já tratamos de forma conveniente sobre os carismas, esses dons que Deus pôs à disposição dos homens desde o princípio, conforme Sua vontade, atraindo para Si a imagem que Dele se afastara. Agora, movidos pelo amor que devemos a todos os santos, atingimos o ponto máximo da tradição: o que diz respeito às igrejas. Todos, assim, bem instruídos, devem conservar a tradição que perdura até hoje e, conhecendo-a através de nossas palavras, devem permanecer absolutamente firmes, já que o ocorrido recentemente (heresia ou erro) foi motivado pela ignorância e também pelos ignorantes. Que o Espírito Santo conceda a graça perfeita àqueles que crêem na verdade ortodoxa, para que aqueles que lideram a Igreja possam saber como ensinar e preservar tudo de forma conveniente.

Escolha e consagração dos bispos

Deve ser ordenado bispo aquele que tenha sido eleito incontestavelmente por todo o povo. Quando for chamado por seu nome e aceito por todos, reunir-se-ão, no domingo, todo o povo, o presbitério e os bispos. Então, após o consentimento de todos, os bispos imporão as mãos sobre ele e o presbitério permanecerá imóvel. Todos permanecerão em silêncio, orando no coração pela vinda do Espírito Santo. A seguir, um dos bispos, por consenso geral, imporá as mãos sobre o que está sendo ordenado e rezará, dizendo: “Deus e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, Pai da misericórdia e Deus de todo consolo, que habitas nas alturas e baixas o olhar para o humilde; tu, que sabes de todas as coisas antes de nascerem; tu, que deste as leis da tua Igreja pela palavra da graça, elegendo a raça dos justos de Abraão, desde o princípio, constituindo-os chefes e sacerdotes; tu, que não deixaste teu santuário sem administração; tu, que desde o princípio dos séculos, te agradas em ser glorificado por estes que elegeste, derrama neste momento a força que sai de ti, o Espírito de liderança que deste ao teu querido Filho, Jesus Cristo, e que Ele concedeu aos santos apóstolos, de forma que constituíram a tua Igreja por toda a parte, o teu Templo, para louvor e glória eterna do teu nome. Pai, que conheces os corações, permita a este teu servo que escolheste para o episcopado, apascentar o teu rebanho santo, desempenhando o primado do sacerdócio de forma irrepreensível perante ti, servindo-te noite e dia. Concede-lhe tornar propícia a tua imagem, incenssantemente, oferencendo os sacrifícios da tua Santa Igreja e, com um espírito de superior sacerdócio, possuir o dom de perdoar os pecados conforme a tua ordem, distribuir os cargos [eclesiásticos] segundo o teu preceito, desatar quaisquer laços conforme o poder que deste aos apóstolos e ser do teu agrado, pela mansidão e pureza de coração, para que te ofereça um perfume agradável, por teu Filho, Jesus Cristo, pelo qual te damos glória, poder e honra, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na Santa Igreja, agora e pelos séculos dos séculos. Amém”.

Oração Eucarística

Assim que se tenha tornado bispo, todos ofereçam-lhe o ósculo da paz, saudando-o por tornar-se digno. Os diáconos, então, oferecer-lhe-ão o sacrifício e ele, após impor suas mãos [sobre o sacrifício] dará graças, juntamente com todo o presbitério, dizendo: “O Senhor esteja convosco”. Todos responderão: “E com o teu espírito”. [Dirá:] “Corações ao alto”. [Responderão:] “Já os oferecemos ao Senhor”. [Dirá:] “Demos graças ao Senhor”. [Responderão:] “Pois é digno e justo”. Em seguida, prosseguirá: “Nós te damos graças, ó Deus, por teu Filho querido, Jesus Cristo, que nos enviaste nos últimos tempos, [Ele que é nosso] Salvador e Redentor, porta-voz da tua vontade, teu Verbo inseparável, por meio de quem fizeste todas as coisas e, por ser do teu agrado, enviaste do céu ao seio de uma Virgem; aí presente, cresceu e revelou-se teu Filho, nascido do Espírito Santo e da Virgem. Cumprindo a tua vontade, obtendo para ti um povo santo, ergueu as mãos enquanto sofria para salvar do sofrimento todos aqueles que em ti confiaram. Se entregou voluntariamente à Paixão para destruir a morte, quebrar as cadeias do demônio, esmagar o poder do mal, iluminar os justos, estabelecer a Lei e trazer à luz a ressurreição. [Ele] tomou o pão e deu graças a ti, dizendo: ‘Tomai e comei: isto é o meu Corpo que será destruído por vossa causa’. [Depois,] tomou igualmente o cálice e disse: ‘isto é o meu sangue, que será derramado por vossa causa. Quando fizerdes isto, fá-lo-eis em minha memória’. Por isso, lembramos de sua morte e ressurreição e oferecemos-te o pão e o cálice, dando-te graças por nos considerardes dignos de estarmos na tua presença e de te servir. E pedimos: envie o teu Espírito Santo ao sacrifício da Santa Igreja, reunindo todos os fiéis que receberem a eucaristia num só rebanho, na plenitude do Espírito Santo, para fortalecer nossa fé na verdade. Concede que te louvemos e glorifiquemos, por teu Filho, Jesus Cristo, pelo qual te damos glória, poder e honra, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na tua Santa Igreja, agora e pelos séculos dos séculos. Amém”.

Bênção do azeite, queijo e azeitonas

Se alguém oferecer azeite, consagre-o como se consagrou o pão e o vinho, não com as mesmas palavras, mas com o mesmo Espírito. Dê graças, dizendo: “Assim como por este óleo santificado ungiste reis, sacerdotes e profetas, concede também, ó Deus, a santidade àqueles que com ele são ungidos e aos que o recebem, proporcionando consolo aos que o experimentam e saúde aos que dele necessitam”. Do mesmo modo, se alguém oferecer queijo e azeitonas, diga: “Abençoa este leite coalhado, unindo-nos à tua caridade. Concede, ainda, que este fruto da oliveira não se afaste da tua doçura por ser um exemplo da abundância que tiraste da árvore para a vida dos que em ti esperam”. E, a cada bênção, diga: “Gloria a ti, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na Santa Igreja, agora e pelos séculos dos séculos. Amém”.

Ordenação dos presbíteros

Ao se ordenar um presbítero, o bispo (e os demais presbíteros) impõe-lhe as mãos sobre sua cabeça e, como citamos acima, rezará dizendo: “Deus e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo: baixa o olhar sobre este teu servo e transmite a ele o Espírito da graça e do conselho do presbitério, para que ele possa ajudar e governar o teu povo com o coração puro, da mesma forma como baixaste o olhar sobre o teu povo escolhido e ordenaste a Moisés que selecionasse anciãos, nos quais derramaste o Espírito que tinhas dado ao teu servo. E agora, Senhor, dissipando-nos o Espírito da tua graça, conserva-o eternamente em nós e torna-nos dignos de te servir com simplicidade de coração e de te louvar por teu Filho, Jesus Cristo, pelo qual te damos glória, poder e honra, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na Santa Igreja, agora e pelos séculos dos séculos. Amém”.

Ordenação dos Diáconos

Seja o diácono eleito conforme acima referido e ordenado impondo-lhe as mãos apenas do bispo, como prescrevemos. Somente o bispo impõe-lhe as mãos porque o diácono não está sendo ordenado para o sacerdócio, mas apenas para se por à serviço do bispo, para executar o que este lhe ordenar. Ele não participa do conselho clerical, mas cuida da administração, informando ao bispo tudo o que for necessário. Não recebe o Espírito comum do presbitério, do qual participam os presbíteros, mas o que lhe é confiado pelo poder do bispo, razão pela qual somente o bispo ordena o diácono. Porém, na ordenação do presbítero, também os presbíteros imponham as mãos, em virtude do Espírito comum e semelhante do seu cargo: estes, por terem apenas o poder de receber, mas não o de comunicar o Espírito, não ordenam os clérigos mas, na ordenação do presbítero, imponham as mãos enquanto o bispo ordenar. Sobre o diácono, diga [o bispo]: “Ó Deus, que criaste todas as coisas e as ordenaste pelo Verbo, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que enviaste para cumprir a tua vontade e para nos revelar o teu desejo, concede a este servo, que escolheste para servir a tua Igreja, o Espírito Santo da graça, do cuidado e do trabalho, para apresentar em santidade, no teu Santuário, o que te for oferecido pelo herdeiro do sumo sacerdote, para a glória do teu nome, e também para que, exercendo de forma irrepreensível e de coração puro o seu ministério, alcance um grau superior para te louvar e glorificar por teu Filho, Jesus Cristo Nosso Senhor, pelo qual te damos glória, poder e honra, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na Santa Igreja, agora e pelos séculos dos séculos. Amém”.

Os confessores

Não se deve impor as mãos sobre um confessor candidato ao diaconato ou presbiterato se este já tiver sido preso por causa do nome do Senhor. Na realidade, a dignidade de presbítero é igual à honra da sua confissão. Porém, ser-lhe-ão impostas as mãos se for ordenado bispo. Contudo, se o confessor não tiver sido levado à frente do magistrado, nem posto a ferros, nem aprisionado, nem condenado a uma outra pena, mas apenas desprezado por causa do nome do Senhor e castigado de forma branda, deve-se impor as mãos sobre ele para qualquer função que lhe seja digno. Que o bispo dê graças, tal como mencionamos. Porém, não é necessário que, dando graças, se utilize das mesmas palavras que mencionamos, como se o fizesse de memória; pelo contrário, reze cada um segundo suas possibilidades. Se alguém tiver capacidade de rezar uma oração mais longa ou mais solene, melhor; contudo, se outro proferir uma oração mais simples, deixai-o pois o correto é rezar de acordo com a ortodoxia.

As viúvas

Uma viúva, ao ser instituída, não é ordenada, mas eleita pela simples inscrição do nome. Se o seu marido já morreu há muito tempo, seja instituída; contudo, se o seu marido não morreu há muito tempo, não se confie nela; mas se for velha, seja experimentada por algum tempo porque, muitas vezes, as paixões envelhecem com o que as abriga no seu seio. Seja, portanto, a viúva instituída pela palavra e que se junte às demais. Não serão impostas as mãos sobre ela pois não oferece o sacrifício, nem exerce a liturgia. A ordenação é para o clero, por causa da liturgia; a viúva é instituída para a oração, que pertence a todos.

Os leitores

O leitor é instituído no momento em que o bispo lhe entrega o Livro. Sobre ele também não são impostas as mãos.

As virgens

Não serão impostas as mãos sobre a virgem, pois bastará sua decisão para fazer dela uma virgem.

Os subdiáconos

Também não serão impostas as mãos sobre o subdiácono. Ele será nomeado para seguir o diácono.

O dom da cura

Se alguém disser que recebeu o dom da cura por revelação, não serão impostas as mãos sobre ele: os fatos demonstrarão se está dizendo a verdade.

Aqueles que são trazidos pela primeira vez para escutar a Palavra, sejam direcionados aos catequistas, antes da chegada do povo, e sejam interrogados sobre a razão pela qual resolveram se aproximar da fé. Aqueles que os trouxerem, dêem testemunho deles, informando se estão preparados para ouvir a Palavra. Sejam também interrogados sobre a vida que levam: se possuem esposa, se são escravos… Se algum deles for escravo de um fiel (=irmão de fé) e o seu senhor permitir, que escute a Palavra; mas se o seu senhor não der bom testemunho dele, seja recusado. Se o seu senhor for pagão, seja-lhe ensinado a agradar seu senhor, para que se evite a blasfêmia. Se um homem possui mulher ou se uma mulher possui marido, sejam ensinados a se suportarem, o homem com a mulher e a mulher com o marido. Porém, se um homem não vive com a mulher, seja ensinado a não fornicar, recebendo a mulher conforme a Lei ou permanecendo como está. Se alguém estiver possuído pelo demônio, não escute a Palavra doutrinária enquanto não for purificado.

Profissões proibidas

Deve-se interrogar, também, a respeito dos trabalhos e ocupações exercidos por aqueles que se apresentam para ser instruídos. Aquele que possui prostíbulo: desista ou seja recusado. O escultor ou pintor: seja ensinado a não produzir ídolos, isto é, cesse ou seja recusado. O ator que representa no teatro: cesse ou seja recusado. O pedagogo: é bom que cesse, ensinando somente se não possuir outra habilitação. O cocheiro competidor e os que freqüentam espetáculos de luta: cessem ou sejam recusados. O gladiador, o treinador de gladiadores, o bestiário e os empresários de lutas gladiatórias: cessem ou sejam recusados. O sacerdote ou guardião de ídolos: abandone-os ou seja recusado. O soldado que recebe o poder de matar: não matará ninguém, mesmo se isto lhe for ordenado, nem prestará juramento. Se não concordar, seja recusado. O que possui poder de gládio e o magistrado da cidade, que se reveste de púrpura: renunciem ou sejam recusados. O catecúmeno e o fiel que desejam se tornar soldados: sejam recusados por desprezarem a Deus. A prostituta, o pervertido, o homossexual e qualquer outro que pratiquem atos indizíveis: sejam recusados por serem impuros. O mágico: não deve ser apresentado para o interrogatório. O feiticeiro, o astrólogo, o adivinho, o intérprete de sonhos, o charlatão, o ilusionista e o fabricante de amuletos: renunciem ou sejam recusados. A concubina, se for escrava do amante, se tiver educado os filhos e se tiver unido apenas a esse homem: pode ouvir a Palavra; caso contrário, seja recusada. Aquele que possuir uma concubina: renuncie a ele e receba uma mulher conforme a Lei; se não o quiser, seja recusado. Se tivermos omitido algo, as próprias ocupações dirão [se são ou não permitidas], pois todos nós temos o Espírito de Deus.

Os catecúmenos

Os catecúmentos devem escutar a Palavra por três anos. Se algum deles for dedicado e atencioso, não lhe será considerado o tempo: somente o seu caráter, e nada mais, será julgado. Cessando o catequista a instrução, rezarão os catecúmenos em particular, separados dos fiéis. As mulheres, sejam elas catecúmenas ou fiéis, permanecerão rezando em particular em qualquer parte da igreja. Ao concluírem as orações, ainda não darão a paz porque o seu ósculo ainda não será santo. Os fiéis, porém, saudar-se-ão, reciprocamente: os homens aos homens e as mulheres às mulheres; os homens não deverão saudar as mulheres. Estas devem cobrir a cabeça com um manto que não seja feito de linho, pois este tipo não serve para cobrir [a cabeça]. Após a prece, o catequista imporá as mãos sobre os catecúmenos, rezará e os dispensará; não importa se é clérigo ou leigo: aquele que prega a doutrina deve assim agir. Se um catecúmeno for preso por causa do nome do Senhor, não deve se desesperar: se sofrer violência e morrer antes de ter recebido o perdão de seus pecados, será justificado por ter experimentado o batismo em seu sangue.

Os batizandos

Escolhidos aqueles que receberão o batismo, examinar-se-á suas vidas: se viveram com dignidade durante o catecumenato, se honraram as viúvas, se visitaram os doentes, se praticaram apenas boas obras. Ouvirão o Evangelho se aqueles que os apresentaram testemunharem a seu favor, dizendo que assim agiram. Sejam impostas as mãos diariamente sobre eles a partir do momento em que foram separados e sejam, ao mesmo tempo, exorcizados. Aproximando-se o dia do batismo, o bispo exorcizará cada um deles, para saber se é puro. Se algum deles não for bom ou puro, será colocado à parte, pois não ouviu a Palavra com fé, já que não possível que o estranho se oculte para sempre. Sejam os batizandos instruídos para que se lavem e banhem no quinto dia da semana; se uma mulher estiver menstruada, será posta à parte e receberá o batismo num outro dia. Os que receberão o batismo jejuarão na véspera do sábado e, no sábado, serão todos reunidos num mesmo local designado pelo bispo. Serão ordenados todos aqueles que rezarem e se ajoelharem; impondo as mãos sobre eles, o bispo exorcizará todos os espíritos impuros, para que fujam e não retornem mais. Terminando o exorcismo, soprar-lhe-á em suas faces. Após marcá-los na fronte, nos ouvidos e narinas com o sinal da cruz, ele ordenará que se levantem. Então permanecerão vigilantes durante toda a noite: ler-se-á para eles e também serão instruídos. Os batizandos não devem ter nada em seu poder, exceto o que trouxeram para a eucaristia. O que se tornou digno deve participar do sacrifício na mesma hora.

O batismo

Ao cantar do galo, rezar-se-á, primeiramente, sobre a água. Deve ser água corrente, na fonte ou caindo do alto, exceto em caso de necessidade; se a dificuldade persistir ou se tratar de caso de urgência, deve-se usar a água que encontrar. Os batizandos se despirão e serão batizadas, primeiro, as crianças. Todos os que puderem falar por si próprios, falem; contudo, os pais ou alguém da família falem por aqueles que não puderem falar por si mesmos. Depois batizem-se os homens e, por último, as mulheres (que deverão estar de cabelos soltos e sem os enfeites de ouro e prata que levaram). Ninguém deve descer às águas portando objetos estranhos. No instante previsto para o batismo, o bispo renderá graças sobre o óleo que será posto em um vaso e será chamado de óleo de ação de graças. Tomará também um outro óleo que exorcizará e será denominado de óleo de exorcismo. Então o diácono trará o óleo de exorcismo e ficará à esquerda do presbítero; outro diácono pegará o óleo de ação de graças e ficará à direita do presbítero. Acolhendo cada um dos que recebem o batismo, manda renunciar, dizendo: “Renuncia a ti, Satanás, a todo teu serviço e a todas as tuas obras”. Terminada a renúncia de cada um, ungirá com o óleo de exorcismo, dizendo-lhe: “Afaste-se de ti todo espírito impuro”. E irá entregá-lo nú ao bispo ou ao presbítero que está junto da água, batizando. O diácono também descerá com ele e, ao chegar à água aquele que será batizado, aquele que batiza lhe dira, impondo-lhe as mãos sobre ele: “Crês em Deus Pai todo-poderoso?”. E aquele que é batizado responda: “Creio”. Imediatamente, com a mão pousada sobre a sua cabeça, batize-o uma vez, dizendo a seguir: “Crês em Jesus Cristo, Filho de Deus, nascido do Espírito Santo e da Virgem Maria, que foi crucificado sob Pôncio Pilatos, morrendo e sendo sepultado e, vivo, ressurgiu dos mortos no terceiro dia, subindo aos céus e sentando-se à direita do Pai, donde julgará os vivos e os mortos?”. Quando responder: “Creio”, será batizado pela segunda vez. E dirá mais uma vez: “Crês no Espírito Santo, na Santa Igreja e na ressurreição da carne?”. Responderá o que está sendo batizado: “Creio”, e será batizado pela terceira vez. Depois de subir da água, será ungido com o óleo santificado pelo presbítero, que dirá: “Unjo-te com o óleo santo em nome de Jesus Cristo”. Após isto, cada um se enxugará e se vestirá, entrando, a seguir, na igreja.

A confirmação ou Crisma

Impondo as mãos sobre eles, o bispo fará a invocação, dizendo: “Senhor Deus, que os tornaste dignos de merecer a remissão dos pecados pelo banho da regeneração, torna-os dignos de ser repletos do Espírito Santo; lança sobre eles a tua graça para que te sirvam conforme a tua vontade, pois a ti são a glória, ao Pai, ao Filho e com o Espírito Santo na Santa Igreja, pelos séculos dos séculos. Amém”. Após isto, derramará o oléo santo nas mãos e dirá, colocando as mãos sobre a sua cabeça: “Eu te unjo com o óleo santo, no Senhor Pai todo-poderoso e em Jesus Cristo e no Espírito Santo”. Marcando-o na fronte com o sinal da cruz, oferecer-lhe-á o ósculo, dizendo: “O Senhor esteja contigo”. O que foi marcado responderá: “E com o teu Espírito”. Assim deve proceder com cada um. Em seguida, rezarão com todo o povo, não podendo rezar com os fiéis enquanto não atingirem tudo isso. Após a oração, oferecerão o ósculo da paz.

A primeira eucaristia

Os diáconos oferecerão o sacrifício ao bispo e este dará graças sobre o pão, como exemplo do Corpo de Cristo, e sobre o cálice do vinho preparado, para imagem do Sangue que foi derramado por amor de todos que crêem nele. Fará o mesmo sobre o leite e o mel misturados, recordando a plenitude da promessa feita aos antepassados; nessa promessa, Deus anunciou a “terra onde correm leite e mel”. Por ela, Cristo ofereceu a sua Carne e, assim como crianças, se alimentam os que crêem, tornando suave a amargura do coração pela docialidade da Palavra. Da mesma maneira, o bispo renderá graças sobre a água do sacrifício, como representação do batismo, para que o homem interior, isto é, a alma, obtenha os mesmos dons que o corpo. Todos esses fatos devem ser explicados pelo bispo a todos que recebem. Partindo o pão e distribuindo-o em pedaços, dirá: “O Pão Celestial em Jesus Cristo”. E o que está recebendo responderá: “Amém”. Se não forem suficientes os presbíteros, peguem os cálices também os diáconos e, com dignidade, coloquem-se em ordem: primeiro o que segura a água; em segundo, o que segura o leite; em terceiro, o que segura o vinho. Os que recebem provem de cada cálice e, aquele que dá, diga três vezes: “Em Deus Pai todo-poderoso”. Responda o que recebe: “Amém”. [O que dá:] “E em Nosso Senhor Jesus Cristo”. [O que recebe:] “Amém”. [O que dá:] “E no Espírito Santo e na Santa Igreja”. E responda “Amém”. Assim se procederá com cada um. Após a cerimônia, rapidamente pratiquem o bem, agradem a Deus, vivam corretamente, coloquem-se à disposição da Igreja, praticando o que aprenderam e progredindo na piedade. Isto, de maneira resumida, vos transmito sobre o santo batismo e o santo sacrifício, pois já fostes instruídos sobre a ressurreição da carne e tudo o demais, conforme está escrito. Se algo deve ser recordado, diga o bispo secretamente aos que tiverem recebido o batismo, para que os não fiéis não venham a conhecer antes de também receberem. Esta é a ficha branca aludida por João ao dizer: “Um novo nome foi escrito nela e ninguém o conhece a não ser aquele que a receberá”.

2. OUTROS TEMAS E PRÁTICAS

A comunhão dominical

No domingo pela manhã, o bipo distribuirá a comunhão, se puder, a todo o povo com as próprias mãos, cabendo aos diáconos o partir do pão; os presbíteros também poderão parti-lo. Quando o diácono apresentar a eucaristia ao presbítero, estenderá o vaso e o próprio presbítero o tomará e distribuirá ao povo pessoalmente. Nos outros dias, os fiéis receberão a eucaristia de acordo com as ordens do bispo.

O jejum

As viúvas e as virgens devem jejuar e rezar freqüentemente pela Igreja. Os presbíteros e os leigos podem jejuar quando quiserem. O bispo, porém, não pode jejuar a não ser no dia em que todo o povo o faz, pois é possível que alguém queira levar algo até a igreja, não podendo ele recusar pois, se parte o pão, deverá prová-lo.

O ágape

Caso o presbítero não esteja presente, o diácono dará, em casos de urgência, o sinal [signum] aos enfermos com cuidado. Após dar o necessário e receber o que for distribuído, dará graças e aí comerão. Todos aqueles que recebem algo devem dar com cuidado: se alguém receber algo para levar a uma viúva, um doente ou alguém que se dedique à Igreja, devem levá-lo no mesmo dia; se não o fizer, deve levar no dia seguinte, acrescentando com algo de seu por ter permanecido na sua casa o pão dos pobres.

A lucerna

No início da noite, com a presença do bispo, o diácono trará a lucerna e aquele, de pé no meio de todos os fiéis presentes, dará graças. Primeiramente, fará a saudação, dizendo: “O Senhor esteja convosco”. O povo responderá: “E com o teu Espírito”. [Dirá:] “Demos graças ao Senhor”. E responderão: “É digno e justo. A Ele convém a grandeza e a exaltação com a glória”. Não dirá: “Corações ao alto” porque já o faz no sacrifício, mas rezará da seguinte forma: “Graças te damos, Senhor, pelo teu Filho Jesus Cristo Nosso Senhor, pelo qual nos iluminaste, revelando-nos a luz incorruptível. Atingindo agora o fim do dia e chegando a noite, tendo-nos saturado a luz do dia que criaste para nos saciar, e não carecendo agora da luz da tarde pela tua graça, louvamos-te e glorificamos-te, pelo teu Filho Jesus Cristo Nosso Senhor, por quem a ti a glória, o poder e a honra, com o Espírito Santo, agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém”. Responderão todos: “Amém”. Terminada a ceia, de pé, todos rezarão e os meninos e as virgens entoarão salmos. A seguir, o diácono, ao receber o cálice preparado do sacrifício, entoará um desses salmos que possui a palavra “Aleluia”. Se o presbítero ordenar, entoará outro salmo do mesmo tipo. Depois que o bispo oferecer o cálice, dirá um dos que a este se referem, tudo com “Aleluia”, e todos repetirão. Recitando-os, repetirão sempre “Aleluia”, que significa “louvamos Aquele que é – Deus”. Glória e louvor Àquele que criou o Universo somente pelo Verbo. Concluído o salmo, o bispo abençoará o cálice e distribuirá os pedações de pão aos fiéis.

A ceia

Os fiéis presentes, durante a ceia, antes de cortarem o seu próprio pão, receberão das mãos do bispo o pedaço de pão que é uma “eulogia” e não a eucaristia, Corpo do Senhor. É preciso que todos tomem o cálice e rendam graças sobre ele antes de beberem. Portanto, com pureza, comam e bebam. Aos catecúmenos será dado o pão de exorcismo e oferecido um cálice. O catecúmeno não participará da ceia do Senhor. Durante todo o sacrifício, aquele que se serve deve ser digno de quem o convidou, pois para isso foi chamado a entrar sob o seu teto. Agora, quando comerdes e beberdes, fazei-o com dignidade e não com irresponsabilidade, para que ninguém fique zombando ou para que aquele que te convidou não se entristeça com a vossa afronta, esperando ser digno que os santos entrassem em sua casa porque, diz, vós sois o sal da terra. Se alguém oferecer a todos aquilo que se chama em grego apoforeton, aceitai a vossa parte. Porém, se fordes convidado a comer, fazei-o de forma a sobrar, para que todos comam o suficiente e para que aquele que vos convidou possa mandar algo a quem quiser, como sobras dos santos, e fique feliz com a vossa atenção. Comendo, sirvam-se em silêncio os convidados, sem discussões, falando somente o que for permitido pelo bispo, respondendo-lhe se perguntar algo. Ao falar o bispo, calem-se todos, com discrição e respeito, até que ele volte a fazer perguntas. Se os fiéis comparecerem à ceia sem o bispo, com a presença de um presbítero ou um diácono, deverão comer com a mesma dignidade e apressar-se a receber o pão bento da mão do presbítero ou diácono. Também o catecúmeno receba o pão do exorcismo. Reunindo-se leigos, procedam com prudência, pois um leigo não pode conferir o pão bento. Comam todos em nome do Senhor, pois agrada a Deus quando todos, iguais e sóbrios, somos ciosos do nosso comportamento, mesmo entre os gentios. As viúvas convidadas para a ceia devem ser de idade madura e devem ser dispensadas antes do final da tarde. Quem não puder convidá-las por causa do cargo que exercem, deve dispensá-las após dar-lhes alimento e vinho que tomarão em casa da forma que lhes agradar.

Frutos oferecidos ao bispo

Todos devem se apressar a trazer os primeiros frutos da estação ao bispo. Este irá oferecê-los e abençoá-los e, citando quem os oferece, dirá: “Graças te damos, ó Deus, e te oferecemos as primícias dos frutos que nos deste para que os tomemos, nutrindo-os pelo teu Verbo, ordenando à terra que os produza com alegria o alimento dos homens e de todos os animais. Por causa disso tudo, te louvamos, ó Deus, e também por tudo que nos proporcionaste, provendo para nós toda a criação dos mais diversos frutos. Por teu Filho, Jesus Cristo Nosso Senhor, por quem a ti a glória pelos séculos dos séculos. Amém”.

Bênção dos frutos

Os frutos que podem ser abençoados são a uva, o figo, a romã, a azeitona, a pera, a maça, a amora, o pêssego, a cereja, a amêndoa e os damascos. Não podem [ser abençoados] a melancia, o melão, os pepinos, a cebola, o alho ou qualquer outro legume. Pode-se oferecer, às vezes, flores: rosas e lírios, mas não outras. E, sobre todas as coisas, os que as recebem dêem graças ao santíssimo Deus, para a sua glória.

Jejum da Páscoa

Na Páscoa, ninguém coma antes de se fazer o sacrifício, pois quem assim proceder não terá seu jejum considerado. Se uma mulher estiver grávida ou não se sentir bem, não podendo jejuar durante os dois dias, jejue pelo menos no sábado, já que é necessário; mas será um jejum de pão e água. Se alguém, por algum problema, se esquecer da Páscoa, jejue após a Quinquagésima. A imagem passou, cessando no segundo mês, mas todo aquele que tiver aprendido a verdade deverá jejuar.

Os diáconos trabalham com o bispo

Que cada diácono, com seus subdiáconos, executem suas tarefas junto ao bispo. Também lhes serão recomendados os doentes, para que os visitem, caso seja de agrado do bispo, pois o doente sempre se alegra quando o chefe dos sacerdotes dele se lembra.

A oração

Os fiéis de Deus devem rezar assim que acordarem e levantarem, antes de tocar qualquer coisa. Só depois disso é que devem sair para o trabalho. Contudo, se houver instrução pela Palavra, que prefiram ouvir a Palavra de Deus, pois esta é o consolo da alma, e se apressem a ir para a igreja, onde o Espírito floresce.

Comunhão diária

Que todo fiel corra a receber a eucaristia antes de experimentar qualquer outra coisa. Se receber por causa de sua fé, não se prejudicará, mesmo sendo o homem mortal. Todos devem se esforçar para não permitir que o infiel prove a eucaristia, nem um rato ou outro animal; deve-se cuidar para que dela não caia uma migalha e se perca, pois ela é o Corpo de Cristo que deve ser comido pelos fiéis e não pode ser negligenciado. Consagrado o cálice em nome de Deus, que recebestes como a imagem do Sangue de Cristo, não queirais derramá-lo. Que o espírito hostil não venha lambê-lo, desprezando-o, pois serias culpado para com o Sangue, como quem despreza o valor pelo qual foi comprado.

Reunião do clero

Os diáconos e os presbíteros deverão se reunir diariamente no local determinado pelo bispo. Não se deixem de reunir a menos que a doença impeça. Reunindo-se todos, ensinem os que estão na igreja e, após a oração, dirija-se cada um ao seu trabalho.

Os cemitérios

Que ninguém encontre dificuldades para sepultar o irmão nos cemitérios, já que estes pertencem aos pobres. Porém, pague-se o salário ao coveiro, bem como o preço dos tijolos. O bispo deve sustentar guardas e zeladores para que nenhuma taxa seja cobrada àqueles que procuram os cemitérios.

A oração (II)

Todo fiel, homem ou mulher, ao acordarem, lavem as mãos e rezem a Deus antes de tocar qualquer coisa. Só após isto, dirijam-se ao trabalho. Havendo instrução da Palavra de Deus, prefiram encaminhar-se ao local recordando que, na verdade, estão ouvindo a Deus na pessoa daquele que prega. Todo aquele que rezar na igreja vencerá a maldade do dia; aquele que teme a Deus considerará um grande mal não ter ido à instrução, principalmente se souber ler ou sabendo que o catequista estava presente. Que nenhum de vós se atrase para ir à igreja, lugar onde se ensina. Ao que fala, será concedido dizer o que é útil a cada um. Ouvirás coisas nas quais não imaginas e tirarás proveito do que o Espírito Santo vos disser pelo catequista. Vossa fé será reforçada com aquilo que ouvirdes. Aí também será dito o que deveis fazer em casa. Por isso, cada um deve se preocupar em ir à igreja, onde o Espírito Santo floresce. Nos dias em que não houver instrução, cada um em sua casa tome o Santo Livro e leia o que lhe parecer proveitoso. Se estiverdes em casa, rezai e bendizei a Deus na hora terceira. Se estiverdes num outro local, rezai a Deus no coração, pois foi nessa hora que Cristo se viu pregado no madeiro. Também por essa razão, a Lei do Antigo Testamento prescreve que se ofereça o pão da proposição, como imagem do Corpo e Sangue de Cristo, e a imolação do cordeiro, como imagem do Cordeiro perfeito: Cristo é o Pastor e o Pão que desceu do céu. Rezai, igualmente, na hora sexta pois, quando Cristo foi pregado na cruz, o dia se dividiu e as trevas surgiram. Nessa hora, todos rezarão uma oração fervorosa, imitando a voz Daquele que, ao rezar, cobriu de trevas toda a criação perante os judeus incrédulos. Façam, ainda, uma grande prece exaltando o Senhor por volta da hora nona, para sentirem como a alma dos justos glorifica a Deus, que não é mentiroso e lembra dos seus santos, enviando seu Verbo para iluminá-los. Foi nessa hora que Cristo, ferido no lado, verteu água e sangue, e iluminou o resto do dia até o final da tarde. Começando a dormir, Cristo originou o dia seguinte e concluiu a imagem da ressurreição. Rezai ainda antes de dormir. Por volta da meia-noite, levantai, lavai as mãos com água e rezai. Se vossa mulher estiver presente, rezai ambos; se ainda não for batizada, retirai-vos para outro quarto, rezai e voltai para a cama. Não hesitai, porém, de rezar, pois aquele que se encontra casado não está manchado. Em verdade, os que já tomaram banho não precisam tomar outro pois encontram-se limpos. Façai o sinal da cruz com o sopro úmido, recolhendo a saliva com a mão, e o vosso corpo será purificado até os pés, pois o dom do Espírito e a água do banho, oferecidos por um coração puro como se saíssem de uma fonte, purificam todo aquele que crê. Assim, é necessário rezar nesse momento. Os antigos, que nos deixaram a tradição, ensinaram-nos que nessa hora toda criatura descansa um momento para louvar o Senhor; até mesmo as estrelas, as árvores e as águas param por um instante e, com toda a milícia dos anjos que servem a Deus, e junto com as almas dos justos, glorificam a Deus. Por esse motivo, todos os que crêem devem se apressar para rezar nessa hora. Para dar testemunho disso, assim diz o Senhor: “Eis que por volta da meia-noite ouviu-se o clamor dos que diziam: ‘Aí vem o noivo. Saiam ao seu encontro’. E concluiu, dizendo: ‘Vigiai, pois não sabeis a hora em que virá’”. Quando o galo cantar, levantai e rezai, pois nessa hora, ao cantar do galo, os filhos de Israel negaram a Cristo, que conhecemos pela fé, confiantes na esperança da eterna luz da ressurreição dos mortos; temos os olhos fixos nesse dia. Fiéis: procedendo dessa forma, respeitando a tradição, instruindo-vos mutuamente e exortando os catecúmenos, não sereis tentados nem perecereis, pois o Cristo estará sempre presente na lembrança.

O sinal da cruz

Durante a tentação, façai piedosamente na fronte, o sinal da cruz, pois este é o sinal da Paixão reconhecidamente provado contra o demônio, desde que feito com fé e não para vos exibir diante dos homens, servindo eficazmente como um escudo: o Adversário, vendo quão grande é a força que sai do coração do homem que serve o Verbo (pois mostra o sinal interior do Verbo projetado no exterior), fugirá imediatamente, repelido pelo Espírito que está no homem. Era isso que o profeta Moisés representava através do cordeiro morto na Páscoa e ensinava ao aspergir o sangue nos batentes das portas: simbolizava a fé que agora se encontra em nós, ou seja, a fé no Cordeiro perfeito. Ora, persignando-nos na fronte e nos olhos com a mão, afastamos tudo aquilo que tenta nos destruir.

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Patrística, Patriarcas da Igreja, Tradição Católica e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Instruções Católicas – por Santo Hipólito de Roma

  1. EDMILSON disse:
    HIPÓLITO DE ROMA (170-235) As obras existentes e fragmentos de Hipólito: Parte II.-dogmático e histórico Descrição: Hipólito ‘ Tratado sobre Cristo e o Anticristo é um de seus poucos trabalhos que tem sido transmitido em sua forma completa a partir do original grego. Também estão incluídos os fragmentos de seu Treatise Expositivo contra os judeus ,contra Platão, por causa do universo , contra a heresia de Um Noetus , contra Beron e Helix , Discurso sobre o Santa Teofania , discursos sobre as homilias, e outras obras. Proveniência: Hipólito era um sacerdote da Igreja de Roma, que se opôs às heresias de seu tempo, que negou a distinção real entre as pessoas do Pai e do Filho.Quando o Papa não condenou imediatamente essas opiniões, Hipólito começou a perder a fé nele. Mais tarde, ele rompeu com a Igreja e foi eleito antipapa por um pequeno grupo de seguidores. Depois de segurar esta posição durante o mandato de três papas diferente, ele foi exilado para a ilha da Sardenha, juntamente com o Papa Ponciano. Antes de sua morte, ele se arrependeu e prometeu fidelidade à Igreja Católica sob o verdadeiro bispo de Roma. Os dois homens, o Papa Ponciano e Hipólito, eram reverenciados pela Igreja de Roma como mártires. Estas obras foram provavelmente escrito durante o “reinado” Hipólito “, como antipapa, razão pela qual ele se refere a si mesmo como” bispo de Roma “no texto. Porque ele escreveu em grego, suas obras foram esquecidas quando os romanos perderam a compreensão da língua. Seus escritos continuaram a ser lido no Oriente, no entanto, onde se tornou famoso.três papas diferente, ele foi exilado para a ilha da Sardenha, juntamente com o Papa Ponciano. Antes de sua morte, ele se arrependeu e prometeu fidelidade à Igreja Católica sob o verdadeiro bispo de Roma. // Hipólito de Roma, em Entre 217 e 235 AD TRATADO DE CRISTO E ANTICRISTO. 1. Como era seu desejo, meus amados irmãos Teófilo, para ser bem informado sobre esses temas que eu coloquei sumariamente antes de você, eu pensei que direito de definir essas questões de investigação claramente diante de seu ponto de vista, com base em grande parte das Sagradas Escrituras-se como a partir de uma fonte sagrada, a fim de que você não pode apenas ter o prazer de ouvi-los sobre o testemunho dos homens, mas também pode ser capaz, através do levantamento los à luz da (divina) de autoridade, para glorificar a Deus em tudo. Por isso vai ser como uma fonte de certeza de que fornecido por nós para a sua jornada na vida presente, de modo que pelo argumento pronto aplicar as coisas mal entendidas e apreendido pela maioria, você pode plantá-las no chão do seu coração, como em um rico e limpar o solo. Por isso, também, você será capaz de silenciar aqueles que se opõem e contradizer a palavra da salvação. Só ver que você não dar a essas coisas para incrédulos e blasfemos línguas, por isso não há perigo comum. Mas dar-lhes os homens piedosos e fiéis, que desejam viver santamente e justa com medo. Pois não é sem propósito que o bem-aventurado apóstolo exorta Timóteo, e diz: “Ó Timóteo, guarda o que está te foi confiado, evitando os falatórios profanos e às oposições da falsamente chamada ciência, a qual alguns professando se desviaram a fé. ” E de novo: “Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E as coisas que ouviste de mim em muitas exortações, o mesmo cometer tu a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros “. Se, então, o bem-aventurado (apóstolo) entregue essas coisas com um cuidado piedoso, que poderia facilmente ser conhecido por todos, como ele percebida no espírito de que “todos os homens não têm fé”, quanto maior será o nosso perigo, se, precipitadamente e sem pensar, nós nos comprometemos a revelação de Deus aos homens profanos e indigno? vida , de modo que pelo argumento pronto aplicar as coisas mal entendidas e apreendido pela maioria, você pode plantá-las no chão do seu coração, como em um solo rico e limpo. Por isso, também, você será capaz de silenciar aqueles que se opõem e contradizer a palavra da salvação. Só ver que você não dar a essas coisas para incrédulos e blasfemos línguas, por isso não há perigo comum. Mas dar-lhes os homens piedosos e fiéis, que desejam viver santamente e justa com medo. Pois não é sem propósito que o bem-aventurado apóstolo exorta Timóteo, e diz: “Ó Timóteo, guarda o que está te foi confiado, evitando os falatórios profanos e às oposições da falsamente chamada ciência, a qual alguns professando se desviaram a fé. ” E de novo: “Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E as coisas que ouviste de mim em muitas exortações, o mesmo cometer tu a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros “. Se, então, o bem-aventurado (apóstolo) entregue essas coisas com um cuidado piedoso, que poderia facilmente ser conhecido por todos, como ele percebida no espírito de que “todos os homens não têm fé”, quanto maior será o nosso perigo, se, precipitadamente e sem pensar, nós nos comprometemos a revelação de Deus aos homens profanos e indigno? 2. Porque, assim como os profetas abençoados foram feitas, por assim dizer, com os olhos para nós, que previu, mediante a fé os mistérios da palavra, e tornaram-se ministros destas coisas também para as gerações seguintes, não apenas relatando o passado, mas também anunciar que o presente e o futuro, de modo que o profeta não pode parecer ser uma só para o momento, mas também pode prever o futuro para todas as gerações, e assim ser considerada um profeta (verdadeiro). Para esses pais foram equipados com o Espírito, e em grande parte honrado pelo próprio Verbo, e assim como é com instrumentos de música. então eles tinham a Palavra sempre, como a palheta, em união com eles, e quando movido por Ele, os profetas anunciaram que Deus quis. Porque eles não falam do seu próprio poder (que não haja engano quanto a isso), nem se eles declaram-se que o prazer. Mas antes de tudo eles eram dotados de sabedoria pela Palavra, e novamente foram devidamente instruído, no futuro, por meio de visões. E então, quando assim se plenamente convencido, falaram aquelas coisas que foram reveladas por Deus somente a eles, e escondido de todos os outros. Para om que razão deve o profeta ser chamado de um profeta, a não ser que em espírito previu o futuro? Porque, se o profeta de qualquer acontecimento fortuito, ele não seria um profeta, em seguida, falando de coisas que estavam sob o olho do AIL. Mas aquele que estabelece em pormenor as coisas ainda a ser, foi justamente considerado um profeta. Portanto profetas estavam com razão chamado desde os primeiros “videntes”. E, portanto, nós, também, que estão devidamente instruídos no que outrora foi declarado por eles, não falem de nossa própria capacidade. Por que não tentar feita qualquer alteração de uma forma ou outra entre nós nas palavras que foram ditas de idade por eles, mas nós fazemos as Escrituras em que estes são escritos público e lê-los para aqueles que podem acreditar, com razão, por que é um benefício comum para ambas as partes: para aquele que fala, em manter na memória e estabelecendo as coisas corretamente pronunciada de idade, e para quem ouve, dando atenção às coisas faladas. Desde, então, neste há um trabalho atribuído a ambos os partidos juntos, viz., Para aquele que fala, que ele falar diante fielmente sem levar em conta o risco, e quem ouve, de que ouvir e receber a fé de que o que é falado, peço-vos para lutar juntamente comigo nas orações a Deus. 3. Você gostaria então de saber de que maneira a Palavra de Deus, que foi novamente o Filho de Deus, como Ele era velho o Word, comunicou Suas revelações aos profetas abençoados em tempos antigos? Bem, como o Word mostra sua compaixão e sua negação de todo o respeito de pessoas por todos os santos, Ele ilumina-los e adaptá-los ao que é vantajoso para nós, como um médico habilidoso, compreender a fraqueza dos homens. E o ignorante Ele adora ensinar, e os que erram Ele se vira de novo para o seu próprio caminho verdadeiro. E por aqueles que vivem pela fé, Ele é facilmente encontrado, e para aqueles de olho puro e santo coração, que desejam a bater à porta, abre imediatamente. Pois Ele lança fora nenhum dos Seus servos como indignos dos mistérios divinos. Ele não estima o rico mais altamente do que o pobre, nem Ele despreza o pobre por sua pobreza. Ele não desdenha o bárbaro, nem Ele colocou o eunuco lado como ninguém. Ele não odeia a mulher por conta de ato de desobediência da mulher, no início, nem Ele rejeita o macho por causa da transgressão do homem. Mas Ele procura todos, e deseja salvar a todos, que desejam fazer todos os filhos de Deus, e chamando todos os santos para um homem perfeito. Por lá também é um filho (ou servo) de Deus, por quem nós também, recebendo a regeneração através do Espírito Santo, o desejo de vir tudo até um homem perfeito e celestial. 4. Por enquanto a Palavra de Deus era sem carne, Ele tomou sobre Si a carne santa pela Virgem Santa, e preparou um robe que Ele teceu para si mesmo, como um noivo, nos sofrimentos da cruz, a fim de que, unindo a Sua própria poder com o nosso corpo moral, e misturando o incorruptível com o corruptível, e forte com os fracos, ele pode salvar o homem que perece. O feixe de web, portanto, é o passe na do Senhor sobre a cruz e a urdidura em que é o poder do Espírito Santo, ea trama é a carne santa forjado (tecido) pelo Espírito, eo fio é a graça que por amor de Cristo liga e une os dois em um, e os pentes ou (varas) são a Palavra, e os trabalhadores são os patriarcas e profetas que tecem o longa, túnica justo, perfeito para Cristo, ea Palavra passando por estes, como os pentes ou (varas), completa através deles que o Pai o quiser. 5. Mas como o tempo agora pressiona para o exame da questão imediatamente na mão, e como o que já foi dito na introdução que diz respeito à glória de Deus, pode ser suficiente, é bom que tomemos as próprias Sagradas Escrituras na mão, e descobrir-lhes o que e de que maneira, a vinda do Anticristo é, em que ocasião e em que momento que implora um será revelada, e de onde e do que eu tribo (virá), e que seu nome é, que é indicado pelo número na Escritura, e como ele deve funcionar de erro entre as pessoas, recolhendo-os das extremidades da terra, e (como) suscitará a tribulação e perseguição contra os santos, e como ele deve glorificar a si mesmo como Deus, e que seu fim será, e como o aparecimento súbito do Senhor será revelada espuma céu, e que o incêndio de todo o mundo deve ser, e que o reino glorioso e celestial de santos é para ser, quando eles reinar juntamente com Cristo, e que o castigo dos ímpios pelo fogo. 6. Agora, como nosso Senhor Jesus Cristo, que também é Deus, foi profetizado sob a figura de um leão, por conta de sua realeza e glória, da mesma forma que as Escrituras também outrora falado do Anticristo, como um leão, por conta de sua tirania e da violência. Para o enganador procura comparar-se em todas as coisas para o Filho de Deus. Cristo é um leão, assim o Anticristo é também um leão; Cristo é um rei, assim o Anticristo é também um rei.O Salvador se manifestou como um cordeiro, assim também ele, da mesma maneira, vai aparecer como um cordeiro, mas dentro ele é um lobo. O Salvador veio ao mundo na circuncisão, e ele virá da mesma maneira. O Senhor enviou apóstolos entre todas as nações, e ele em forma como irá enviar falsos apóstolos. O Salvador reuniu as ovelhas que foram dispersos, e da mesma maneira vai reunir um povo que se dispersos. O Senhor deu um selo para aqueles que creram nele, e ele lhe dará uma mesma maneira. O Salvador apareceu na forma de homem, e ele também virá na forma de um homem. O Salvador levantou e mostrou a Sua santa carne como um templo, e ele vai levantar um templo de pedra em Jerusalém. E suas artes sedutoras vamos expor a seguir. Mas, para o presente voltemo-nos para a questão na mão. 7. Agora, o abençoou Jacó fala o seguinte efeito em suas bênçãos, testemunhando profeticamente de nosso Senhor e Salvador: “Judá, vamos teus irmãos te louvarão: a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos, os filhos de teu pai se prostrarão diante de ti. Judá é um leãozinho: do tiro, meu filho, tu és subiu: ele se encurva e se deita como um leão, e como um leãozinho, quem o despertará Um governante deve não arredará de Judá, nem um? líder de suas coxas, até que ele venha para quem é reservado, e ele deve ser a expectativa das nações Ele amarrará o seu jumento a uma videira, e potro de sua bunda para a mecha videira;. lavará a sua roupa no vinho, ea sua roupas no sangue das uvas. Seus olhos deve ser alegre como acontece com o vinho, e os dentes devem ser brancos de leite. ” 8. Sabendo, então, como eu faço, como explicar essas coisas em detalhes, eu julgo certo, neste momento, citar as próprias palavras. Mas desde que as expressões-se nos impelem a falar deles. Não vou deixar de fazê-lo. Pois estes são verdadeiramente divino e coisas gloriosas, e as coisas bem calculado para beneficiar a alma. O profeta, ao utilizar a expressão, um leãozinho, significa aquele que nasceu de Judá e de David segundo a carne, que não foi feito de fato da descendência de David, mas foi concebido pelo (poder do) Espírito Santo, e saiu do shoot santo de terra. Pois Isaías diz: “Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e uma flor brotará dele.” Aquilo que é chamado por Isaías uma flor, Jacob chama de tiro. Para o primeiro que ele atirou para trás, e então ele floresceu no mundo. E a expressão “, ele abaixou-se e se deita como um leão, e como um leãozinho”, refere-se a um sono de três dias (morte, curral) de Cristo, como também diz Isaías: “Como é Sion fiel se tornar uma prostituta ! ele estava cheio de julgamento, em que habitava a retidão (expressa);., mas agora homicidas ” E Davi diz para o mesmo efeito: “Eu me deitei (expressa) e dormiu; acordei, porque o Senhor vai me sustentar,” em que as palavras que ele aponta para o fato de seu sono e subindo novamente. E Jacob diz: “Quem o despertará?” E isso é exatamente o que David e Paul ambos referem-se, como quando Paulo diz: “e Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos.” 9. E, dizendo: “Um governante deve não arredará de Judá, nem o líder de suas coxas, até que ele venha para quem é reservado, e ele deve ser a expectativa das nações”, ele se referiu a realização (de que a profecia) para Cristo. Pois Ele é a nossa expectativa. Por que esperamos dele, (e) pela fé vemos como Ele vem do céu, com poder. 10. “Ele amarrará o seu jumento a uma videira:” o que significa que Ele une Seu povo da circuncisão com seu próprio chamado (vocação). Pois Ele era a videira. “E potro de sua bunda para a vinha mecha:” que denota as pessoas das nações, como ele chama a circuncisão ea incircuncisão até uma fé. 11. “Lavará as suas vestes no vinho”, isto é, de acordo com que a voz do Pai que desceu pelo Espírito Santo no Jordão. “E as suas vestes no sangue da uva”. No sangue do que uva, então, mas apenas a sua própria carne, que foi pendurado na árvore como um cacho de uvas?-De cujo lado também fluiu duas correntes, de sangue e água, em que as nações são lavadas e purificadas, que (nações) Ele pode ser suposto ter como um manto sobre ele. 12. “Seus olhos se alegre com o vinho.” E o que são os olhos de Cristo, mas os profetas abençoados, que previram no Espírito, e anunciou de antemão, os sofrimentos que estavam a acontecer a ele, e se alegraram em vê-lo no poder com os olhos espirituais, sendo equipados (para sua vocação) pelo palavra a Si mesmo e Sua graça? 13. E, dizendo: “E os seus dentes (será) mais brancos do que o leite”, ele se refere aos mandamentos que procedem da boca santa de Cristo, e que são puro (purificar), como leite. 14. Assim que as Escrituras pregar antes do tempo desta leão e filhote de leão. E de igual modo também achamos escrito sobre o Anticristo. Para Moisés fala assim: “Dan é um leãozinho, e ele salta de Basã.”. Mas o que ninguém pode errar supondo que isso é dito do Salvador, deixá-lo assistir atentamente o assunto. “Dan”, diz ele, “é um leãozinho”, e na nomeação da tribo de Dan, ele declarou claramente a tribo de que o Anticristo está destinado a primavera. Porque, assim como Cristo brota da tribo de Judá, de modo Anticristo é primavera, da tribo de Dã. E que o caso está assim, vemos também a partir das palavras de Jacob: “Que Dan ser” uma serpente, deitado no chão, mordendo o calcanhar do cavalo. “Qual, então, é o significado da serpente, mas o Anticristo, aquele enganador que é mencionado em Gênesis, que enganou Eva e Adão suplantado (pterni’sas, machucado no calcanhar de Adão)? Mas já que é necessário para provar esta afirmação pelo testemunho suficiente, não devemos recuar diante da tarefa. 15. Que é, na realidade, da tribo de Dan, então, que esse tirano e rei, o juiz teme que o filho do diabo, está destinado a surgir e surgem, o profeta dá testemunho quando diz: “Dan julgará o seu povo , como (ele é) também uma tribo em Israel. ” Mas alguém pode dizer que isso se refere a Sansão, que surgiu a partir da tribo de Dã, e julgou as pessoas de vinte anos.Bem, a profecia teve seu cumprimento parcial em Sansão, mas sua plena realização está reservada para o Anticristo. Para Jeremias também fala nesse sentido: “De Dan estamos a ouvir o som da rapidez dos seus cavalos:. Toda a terra treme ao som do relincho, da condução de seus cavalos” E outro profeta diz: “Ele deve reunir toda a sua força, desde o leste até o oeste Eles a quem ele chama, e que ele não chama, deve ir com ele, ele deve fazer o mar branco com as velas de seu.. navios, eo preto simples, com os escudos de seus armamentos. e quem se opõem a ele na guerra cairão à espada. ” Que essas coisas, então, se diz de ninguém, mas que tirano, e um sem vergonha, e adversário de Deus, veremos a seguir. 16. Mas Isaías também fala assim: “E sucederá que, quando o Senhor acabado toda a sua obra no monte Sião e em Jerusalém, Ele punirá (visitar) a mente forte, o rei da Assíria, e da grandeza (altura .) da glória de seus olhos Para ele disse, por minha força que eu vou fazer isso, e pela sabedoria do meu entendimento eu vou remover os limites dos povos, e roubar-lhes sua força: e eu vou fazer o habitada cidades tremer, e vai reunir todo o mundo na minha mão como um ninho, e eu vou levantá-lo como ovos que são deixados. E não há ninguém que escapará ou contradizer-me, e abrir a boca e conversas. á o machado gloriar-se sem ele que corta com ele, ou se a serra ampliar-se sem ele que faz tremer (draweth) como se deve levantar uma haste ou uma equipe, e os funcionários devem levantar-se:?., e não assim Mas o Senhor enviar para desonra tua honra, e em tua glória um fogo ardente queimará E a luz de Israel será um fogo, e deve santificá-lo em chamas, e devora a floresta como a erva. “. 17. E novamente ele diz em outro lugar: “Como o banho exactor cessou, e como cessou o opressor Deus quebrou o jugo dos governantes dos pecadores, Aquele que feria os povos com furor, e com um acidente vascular cerebral incurável: Aquele que greves . das pessoas com um acidente vascular cerebral incurável, que não poupou Ele deixou (descansou) confiança: toda a terra grita com alegria As árvores do Líbano se alegrou em ti, eo cedro do Líbano, (dizendo): Desde que tu previsto. , não feller sobe contra nós Seol desde o profundo se move na reunião ti.. todos os poderosos, os governantes da Terra, estão reunidos juntos, os senhores de seus tronos todos os reis das nações, todos eles responderão juntos, e dirá: E tu, também, a arte tomada como nós, e tu és contado entre nós Tua pompa é trazido para a terra, tua grande alegria:. eles vão espalhar decadência debaixo de ti, eo bicho deve ser a tua cobertura. Como caíste do céu, ó Lúcifer, filho da alva! Ele é lançado para o chão que envia fora para todas as nações. E tu dizer na tua mente, eu subirei ao céu, eu porei o meu trono acima as estrelas do céu: Eu vou sentar-se sobre as altas montanhas em direção ao norte: Subirei acima das nuvens: Eu serei semelhante ao Altíssimo No entanto, agora serás levado ao inferno, e os fundamentos da terra.! Os que te virem te perguntar sobre ti, e dirá: Este é o homem que animado da terra, que fazia tremer os reis, que fez o mundo todo um deserto, e assolava as cidades, que não liberados os presos. Todos os reis da terra mentiu em honra, cada um na sua própria casa;., mas tu deve ser expulso pelos montes, como uma carcaça repugnante, com a queda que muitos, trespassada pela espada, e indo para o inferno como um manchado vestuário com sangue não é puro, por isso nem tu és formosa (ou limpo), porquanto destruiu a minha terra, e mataram o meu povo Tu não permanecer, e permanece para sempre, uma semente ímpios Prepare os teus filhos para abate, para o.. pecados de teu pai, para que não subir, nem possuem a minha terra. ” 18. Ezequiel também fala dele para o mesmo efeito, assim: “Assim diz o Senhor Deus, porquanto o teu coração se elevou e disseste: Eu sou Deus, eu me sento no trono de Deus, no meio do mar; mas tu és um homem, e não Deus, (embora) que estimas o teu coração como o coração de Deus. Tu és mais sábio que Daniel? Tenha o sábio não te instruiu em sua sabedoria? Com a tua sabedoria e pelo teu entendimento tens conseguido ? ti poder, e ouro e prata em teus tesouros Pela tua grande sabedoria e pelo teu tu tens tráfego aumentou teu poder Teu coração é levantado em poder de teu Portanto, assim diz o Senhor Deus:?. Porquanto o teu coração como o coração de Deus: eis, portanto trarei sobre ti estrangeiros, pragas das nações: e as suas espadas contra ti, e contra a formosura da tua sabedoria, e eles devem nivelar a tua beleza a destruição, e eles te farão descer ,. e tu morrerás pela morte do ferido no meio do mar Acaso dirás ainda diante dos que te matar: Eu sou Deus Mas tu és um homem, e não Deus, na mão do que te ferir? . morrerás da morte dos incircuncisos pela mão de estrangeiros, porque eu falei, diz o Senhor “. 19. Estas palavras, em seguida, sendo assim apresentado, vamos observar um pouco em detalhes o que Daniel diz que em suas visões. Para a distinguir os reinos que estão a subir, depois destas coisas, ele mostrou também a vinda do Anticristo nos últimos tempos, ea consumação de todo o mundo. Ao expor a visão de Nabucodonosor, em seguida, ele fala assim: “Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua em pé diante de ti o chefe de que era de ouro fino, seus braços e ombros de prata, o ventre e suas coxas de bronze, e as pernas de ferro, (e) os seus pés em parte de ferro e em parte de barro. viste, então, até que uma pedra foi cortada, sem auxílio de mãos, feriu a estátua nos pés que eram de ferro . e de barro, e as quebrou ao fim Então eram o barro, o ferro, o bronze, a prata, (e) o ouro quebrado, e tornou-se como a palha do verão eira, ea força (plenitude) de o vento os levou, e não havia um lugar bastante para eles. E a pedra que feriu a estátua se tornou uma grande montanha, e encheu toda a terra. ” 20. Agora, se vamos definir próprias visões de Daniel também lado a lado com isso, teremos uma exposição de dar os dois juntos, e deve (ser capaz de) mostrar como concordante com o outro eles são, e como verdade. Para ele fala assim: “Eu Daniel viu, e eis que os quatro ventos do céu agitavam o grande mar E quatro grandes animais vieram do mar, a uma diversidade de outro A primeira (era) como uma leoa, e teve.. asas como de águia. Vi até as asas lhe foram arrancadas, e foi levantado da terra, e posto em pé como um homem, e coração de um homem foi dado a ele. E eis que a segunda besta como a um urso, e foi feito ficar em uma parte, e tinha três costelas na boca dela. olhei, e eis que uma besta semelhante a um leopardo, e tinha nas costas quatro asas de ave, eo animal tinha quatro cabeças Depois disso, eu vi, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte;. tinha dentes de ferro e daws de bronze, que devorava e freio em pedaços, e pisava aos pés o que , e era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres eu considerava os chifres, e eis que entre eles subiu outro chifre pequeno, e antes havia três dos primeiros chifres arrancados pela. raízes, e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas. ” 21. “Eu continuei olhando, até os tronos foram criados, e um ancião de dias se assentou; eo seu vestido era branco como a neve, eo cabelo da sua cabeça como a pura lã: seu trono era uma labareda de fogo, suas rodas eram fogo ardente. Um rio de fogo corria diante dele milhares de milhares o serviam, e dez mil vezes dez mil estavam ao redor dele:.. se o juízo, e os livros foram abertos vi depois, por causa da voz das grandes palavras que o chifre falou, até que o animal foi morto e morreu, e seu corpo dado à queima de fogo. eo domínio dos outros animais foi tirado. ” 22. “Eu vi na visão noturna, e eis que um como o Filho do homem estava vindo com as nuvens do céu, chegou-se ao ancião de dias, e foi apresentado diante dele. E foi-lhe dado o domínio, ea honra , eo reino, e todos os povos, tribos, línguas e deve servi-Lo: o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, eo seu reino não será destruído “. 23. Agora, desde que essas coisas, ditas como eles estão com um significado místico, pode parecer um pouco difícil de entender, vamos reter nada equipado para transmitir uma apreensão inteligente deles para aqueles que são dotados de uma mente sã. Ele disse, então, que a “leoa veio do mar”, e por que ele quis dizer o reino dos babilônios no mundo, que também era a cabeça de ouro na imagem. Ao dizer que “não tinha asas como de águia”, ele quis dizer que o rei Nabucodonosor se levantou e foi exaltado contra Deus. Em seguida, ele diz, “as asas lhe foram arrancadas”, isto é, a sua glória foi destruída, pois ele foi expulso do seu reino. E as palavras, “o coração do homem foi dado a ele, e ele foi posto em dois pés como um homem”, referem-se ao fato de que ele se arrependeu e reconheceu-se a ser apenas um homem, e deu glória a Deus. 24. Então, depois de a leoa, ele vê uma “segunda besta como um urso”, e que denotava os persas. Para depois os babilônios, os persas detinha o poder soberano e na economia de que havia “três costelas na boca dela”, ele apontou para três nações, a saber, os persas e os medos e os babilônios, que também foram. representado na imagem da prata após o ouro. Então, (houve) “, o terceiro animal, um leopardo”, o que significava que os gregos. Para depois os persas, Alexandre da Macedônia obteve o poder soberano em subverter Darius, como também é mostrado pelo bronze na imagem. E ao dizer que tinha “quatro asas de ave”, ele ensinou-nos mais claramente como o reino de Alexandre foi dividido. Para de falar de “quatro cabeças”, ele fez menção de quatro reis, viz., Aqueles que surgiram de que (reino).Para Alexander, ao morrer, o seu reino dividido em quatro divisões. 25. Então ele diz: “Um quarto animal, terrível e espantoso, tinha dentes de ferro e garras de bronze.” E quem são estes, mas os romanos? que (reino) que significa o ferro do reino que já está estabelecida, pois as pernas do que (imagem) eram de ferro. E depois disso, o que resta, amados, mas os dedos dos pés da imagem, em que parte é de ferro e parte de barro, misturado? E misticamente pelos dedos dos pés que ele quis dizer que os reis que estão a surgir entre eles, como Daniel também diz (nas palavras), “Eu considerei a besta, e eis que havia dez chifres por trás dele, entre os quais se levantará outro (trompa), um ramo, e deverá arrancar pela raiz os três (que eram) antes dele. ” E sob esta foi significada nada menos que o Anticristo, que também é próprio para elevar o reino dos judeus. Ele diz que são três chifres arrancados pela raiz por ele, viz., Os três reis do Egito e Líbia, e da Etiópia, a quem ele corta na matriz de batalha. E ele, depois de ganhar o terrível poder sobre tudo, sendo, no entanto, um tirano, suscitará a tribulação e perseguição contra os homens, exaltando-se contra eles. Para Daniel diz: “Eu considerei a buzina, e eis que este chifre fazia guerra contra os santos, e prevalecia contra eles, até que o animal foi morto e morreu, e seu corpo foi dado à queima de fogo.” 26. Depois de um pouco de espaço a pedra virá do céu, que fere a imagem e quebra em pedaços, e subverte todos os reinos, e dá o reino dos santos do Altíssimo. Esta é a pedra que se torna uma grande montanha, e enche toda a terra, de que Daniel diz: “Eu vi nas visões da noite, e eis que um como o Filho do Homem veio com as nuvens do céu, chegou-se ao ancião de dias, e foi apresentado diante dele E foi-lhe dado domínio, e glória, e um reino, e todos os povos, tribos e línguas o servirão:. eo Seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e Seu reino não será destruído. ” Ele mostrou todo o poder dado pelo Pai para o Filho, que é ordenado Senhor dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e Juiz de todos: dos que estão nos céus, porque Ele nasceu, a Palavra de Deus, antes de tudo (idades), e das coisas da terra, porque Ele se fez homem no meio dos homens, para recriar nosso Adam através de si mesmo, e debaixo da terra, porque Ele também foi contado entre os mortos, pregando o Evangelho às almas dos santos, (e) pela morte morte superação. 27. Como estas coisas são, então, no futuro, e como os dez dedos dos pés da imagem são equivalentes aos (muitos) democracias, e os dez chifres do quarto animal são distribuídos ao longo de dez reinos, vamos olhar para o assunto um pouco mais de perto, e considerar estas questões como a luz clara de uma pesquisa pessoal. 28. A cabeça de ouro da imagem e da leoa denotado os babilônios, os ombros e os braços de prata, o urso, representado os persas e medos, o ventre e as coxas de bronze, eo leopardo, significava que os gregos, que detinham a soberania de tempo de Alexandre, as pernas de ferro, ea besta terrível e espantoso, expressa os romanos, que detêm a soberania no momento, os dedos dos pés, que faziam parte de barro e parte de ferro, e os dez chifres, eram emblemas dos reinos que ainda estão a subir, o outro chifre pequeno que cresce entre eles significava o Anticristo em seu meio, a pedra que fere a terra e traz julgamento sobre o mundo era Cristo. 29. Essas coisas, amados, nós dar-lhe com medo, e ainda prontamente, por conta do amor de Cristo, que excede todo. Porque, se os profetas abençoados que nos precederam não escolheu para proclamar estas coisas, se soubessem eles, abertamente e corajosamente, para que não deveria inquietar as almas dos homens, mas contou-lhes misticamente em parábolas e enigmas, falando assim: “Aqui está a mente que tem sabedoria, “quanto maior o risco que correrão em se aventurar a declarar abertamente as coisas ditas por eles em termos obscuros! Vejamos, portanto, as coisas que estão para acontecer essa prostituta imunda nos últimos dias, e (vamos considerar) o que e que tipo de tribulação é destinado a visitá-la na ira de Deus antes do julgamento como uma garantia do sua condenação. 30. Vem, então, ó bem-aventurado Isaías, surgem, nos dizem claramente o que tu profetizar com respeito à poderosa Babilônia. Porque tu falar também de Jerusalém, ea tua palavra é realizada. Porque tu falar com coragem e abertamente: “O país está assolada, as vossas cidades estão abrasadas pelo fogo; vossa terra os estranhos a devoram em vossa presença, e está devastada, como derrubado por muitos estranhos à filha de Sião ficará como um arquivo. cabana na vinha, como a choupana no pepinal, como uma cidade sitiada “. E depois? Não são essas coisas acontecem? Não são as coisas anunciadas por ti cumprido? Não é o seu país, a Judéia, desolado? Não é o lugar santo queimou com fogo? Não são seus muros derrubados? Não são as suas cidades destruídas? Sua terra, não estranhos a devoram?Não os romanos governar o país? E, de fato essas pessoas ímpias odiava ti, e que te vi em pedaços, e Cristo crucificado. Tu és mortos no mundo, mas tu vives em Cristo. 31. Qual de vocês, então, posso estima mais de ti? No entanto, Jeremias, também, foi apedrejado. Mas se eu deveria estima Jeremias mais, mas Daniel também tem o seu testemunho. Daniel, confio-te acima de tudo, ainda John também não dá falso testemunho.Com quantas bocas e línguas se Eu te louvo, ou melhor, a Palavra que falou em você! Ye morremos com Cristo, e vós vai viver com Cristo. Escutai, e se alegra, contemplar as coisas anunciadas por você foram cumpridas em seu tempo. Para vistes estas coisas vos em primeiro lugar, e depois vos proclamou-los para todas as gerações. Ye ministrou os oráculos de Deus para todas as gerações. Ye profetas foram chamados, para que vos pode ser capaz de salvar a todos. Pois então é um profeta de fato, quando, depois de ter anunciado as coisas dantes sobre ser, ele pode depois mostram que eles têm realmente aconteceu. Ye foram os discípulos de um bom mestre. Essas palavras me dirijo a você como se estivesse vivo, e com propriedade. Para vós já detêm a coroa da vida e da imortalidade, que é reservada para vós nos céus. 32. Fale comigo, ó bem-aventurado Daniel. Dá-me plena certeza, peço-te. Tu fazes profetizar sobre a leoa na Babilônia, pois foste cativo lá. Tu desdobrou o futuro sobre o urso, pois foste ainda no mundo, e te ver as coisas acontecerem. Então falas-me de o leopardo, e onde podes tu saber isso, pois tu és já tinha ido para o teu descanso? Quem te instruiu para anunciar essas coisas, mas Ele que te formou no ventre de (de) a tua mãe? Que é Deus, que dizes.Falaste de fato, e que não falsamente. O leopardo tem surgido, o bode veio, ele feriu o carneiro, ele lhe quebrou os chifres em pedaços, ele tem estampado sobre ele com os pés. Ele tem sido exaltado pela sua queda; (a) quatro chifres vêm-se sob aquele. Alegrai-vos, bem-aventurados Daniel! não tens sido um erro: todas essas coisas têm vindo a passar. 33. Após este novo tu me contou da besta terrível e espantoso. “Ele tinha dentes de ferro e garras de bronze, que devorava e freio em pedaços, e pisava aos pés do dele.” Já as regras de ferro, já que subjuga e quebra tudo em pedaços, já que traz todo o disposto em sujeição; já vemos essas coisas nós mesmos. Agora vamos glorificar a Deus, sendo instruído por ti. 34. Mas como a tarefa diante de nós era falar da prostituta, sê conosco, ó bem-aventurado Isaías. Vamos marcar o que dizes sobre a Babilônia. “Venha, sente-se no chão, ó virgem filha de Babilônia, sentar-se, ó filha dos caldeus,. Tu não ser chamado de terno e delicado Pegue a pedra de moinho, mói a farinha, tirar de lado o teu véu, raspar os cabelos brancos, . fazer nu as pernas e passa os rios Tua vergonha será descoberta, a tua censura deve ser visto: eu vou fazer justiça de ti, eu não vou mais te dar mais para os homens, quanto ao teu Redentor, (Ele é) do Senhor. dos Exércitos, o Santo de Israel é o seu nome Assenta-te em compunção, entra nas trevas, ó filha dos caldeus. tu não será mais chamado a força do reino. 35. “Eu estava indignado com o meu povo, eu tenho minha herança poluído, tenho dado na tua mão, e tu lhes mostrar nenhuma piedade, mas em cima do antigo (os anciãos) tens muito pesado o teu jugo E tu disseste:. Serei uma princesa para sempre: tu não colocar essas coisas para o teu coração, nem te lembraste teus últimos dias Pelo que agora ouve isto, tu que és delicada, que assentado, que a arte confiante, que dizes no teu coração: Eu sou. , e não há outro, eu não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos, mas agora essas duas coisas virão sobre ti num só dia, viuvez e perda de filhos: eles virá sobre ti de repente. em tua magia, com a força dos teus encantos poderosamente, na esperança da tua prostituição. Pois tu disseste: Eu sou, e não há outro. ea tua prostituição será a tua vergonha, porque tu dizias no teu coração: Eu E sou a destruição virá sobre ti, e tu não sabe (e haverá) um poço, e tu cheio para ele;.. ea miséria cairá sobre ti, e tu não ser capaz de ser limpos; e destruição virá sobre ti, e não saberás a que estão agora com os teus encantamentos, e com a multidão das tuas feitiçarias, que tu aprendeu desde a tua mocidade;. se é tu poder ser beneficiado Cansaste-te. em teus conselhos Que os astrólogos dos céus se e salvar-te;. deixar a estrela-contempladores anunciar a ti o que virá sobre ti Eis que todos eles serão como varas para o fogo;. assim serão queimadas, e eles devem não entregar sua alma a chama Porque tu tens brasas de fogo, sentar-se sobre eles;. assim será para a tua ajuda Cansaste-te com a mudança desde a tua mocidade Homem se extraviou (cada um) por si mesmo,.. e não deve haver salvação para ti. ” Essas coisas que Isaías profetizou para ti. Vamos ver agora se o John falou com o mesmo efeito. 36. Para ele vê, quando na ilha de Patmos, a revelação de mistérios terríveis, que ele relata livremente, e dá a conhecer aos outros. Diga-me, bem-aventurado João, apóstolo e discípulo do Senhor, o que fizeste ver e ouvir a respeito de Babilônia? Levanta-te, e falar, pois te enviou também para o exílio. “E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, vou mostrar-te o julgamento da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas, com quem os reis da terra se prostituíram, e os habitantes da terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição, e ele me levou em espírito a um deserto., e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor escarlate, cheia de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres. E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas, com um cálice de ouro na mão, cheio de abominações e imundícia da prostituição de a terra. na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra. 37. “E vi que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue dos mártires de Jesus: e quando eu a vi, maravilhei-me com grande admiração E o anjo me disse: Por que te admiras eu vou.? direi o mistério da mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres A besta que viste foi e já não é;. e deve subir do abismo, e irá à perdição , e os que habitam sobre a terra se admirarão (cujo nome não foi escrito no livro da vida desde a fundação do mundo), quando virem a besta que era e já não é, e ainda será. 38. “E aqui é a mente que tem sabedoria As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada E são também sete reis: cinco já caíram, e um é eo outro não vindes, e quando ele vem,.. ele deve permanecer pouco tempo. E a besta que era e não é, (mesmo que ele é o oitavo), e é dos sete, e vai à perdição. E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não recebeu reino como, mas receberão poder como reis por uma hora com a besta Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta Estes combaterão contra o Cordeiro, eo Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor.. dos senhores eo Rei dos reis, e os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis. 39. “E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, e multidões, e nações, e línguas. E os dez chifres que viste, ea besta, estes odiarão a prostituta ea tornarão desolada e nua, e comerão a sua carne, ea queimarão no fogo. Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram a sua vontade, e concordo, e dar o seu reino à besta, até que as palavras de Deus será cumprida . E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra. 40. “Depois destas coisas vi outro anjo descer do céu, que tinha grande poder, ea terra foi iluminada com a sua glória E ele clamou com voz forte, dizendo: a grande Babilônia Caiu, caiu, e se tornou. morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e uma gaiola de toda ave imunda e detestável. Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela, e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias. Ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejais participantes de seus pecados, e para que não vos receber nas suas pragas : por seus pecados fez unir até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela l. 41. “Tornai-lhe a dar como ela recompensado (você), e-lhe em dobro, de acordo com as suas obras: no copo que ela encheu, preencher a ela em dobro Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, tanto de tormento e. pranto: porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto Portanto virão as suas pragas em um dia, a morte, eo pranto, ea fome, e ela será queimada. com o fogo, porque poderoso é o Senhor Deus que a julga E os reis da terra, que se prostituíram e viveram em delícias com ela, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio,. Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai, ai da grande cidade, Babilônia, cidade poderosa para em uma hora veio o teu julgamento E os mercadores da terra chorarão e se lamentarão sobre ela;!. porque ninguém deve comprar mais as suas mercadorias. mercadorias de ouro, de prata, de pedras preciosas e de pérolas, e de linho fino, de púrpura, de seda e escarlate, e toda a madeira odorífera, e todos os navios de marfim, e todos vasos tipos de madeira preciosíssima, de bronze e ferro, e de mármore, e canela e especiarias, e odores, e pomadas, e incenso, e vinho, e azeite, e flor de farinha, e trigo, e gado, ovelhas , e cabras e cavalos, e carros, e escravos (corpos), e as almas dos homens. Também os frutos que a tua alma cobiçava foram-se de ti e todas as coisas que eram delicadas e suntuosas pereceram de ti, e tu encontrá-los não mais em tudo. Os mercadores destas coisas, que foram por ela se enriqueceram, ficarão de longe por medo do tormento dela, chorando e lamentando, e dizendo: Ai, ai, aquela grande cidade, que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlate, e adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas! pois numa hora tão grandes riquezas é chegar a nada. E cada comandante, e toda a empresa em navios, e marinheiros, e como muitos como o comércio por mar se puseram de longe, e gritou, quando viram a fumaça do incêndio dela, dizendo: Que cidade é semelhante a esta grande cidade? E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamavam, chorando e lamentando, dizendo: Ai! , infelizmente a grande cidade, na qual se enriqueceram todos os que tinham navios no mar em razão da sua gordura! pois numa hora foi assolada. 42. “Alegra-te sobre ela, ó céus, e vós os anjos e apóstolos e profetas, porque Deus vingou-lo em seu E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Assim, com. . violência deve a grande cidade Babilônia ser jogado para baixo, e não será jamais achada mais nada E a voz de harpistas, de músicos, de flautistas e de trombeteiros, não se ouvirá mais em ti, e não artesão, de qualquer ofício que seja, deve ser encontrado mais em ti, e ao som de uma pedra de moinho não se ouvirá mais em ti, e à luz de uma vela não mais brilhará em ti, e voz de noivo e de a noiva não se ouvirá mais em ti:. porque os teus mercadores eram os grandes homens da terra, pela tua feitiçarias todas as nações foram enganadas E nela se achou o sangue dos profetas e dos santos, e de todos os que estavam morto sobre a terra. ” 43. Com todo respeito, então, ao juízo particular nos tormentos que estão por vir sobre ele nos últimos tempos pela mão dos tiranos que se levantará em seguida, a afirmação mais clara foi dada nestas passagens. Mas isso nos torna ainda mais diligentemente para analisar e estabelecer o período em que estas coisas hão de acontecer, e como o pequeno chifre brotará no meio deles. Pois, quando as pernas de ferro já emitido nos pés e dedos dos pés, de acordo com a semelhança da imagem e que o terrível animal, tal como foi demonstrado no exemplo acima, (em seguida, deve ser a hora) quando o ferro e a argila deve ser misturados juntos. Agora, Daniel será estabelecido este assunto para nós. Pois ele diz: “E uma semana fará uma aliança com muitos, e será que no meio (metade) da semana meu sacrifício ea oblação cessarão.” Após uma semana, portanto, ele traz a última semana que é para estar no final de todo o mundo da semana que os dois profetas Enoch e Elias vai ocupar a metade.Para pregarão 1.260 dias vestidas de saco, proclamando o arrependimento ao povo e todas as nações. 44. Porque, assim como dois adventos de nosso Senhor e Salvador são indicadas nas Escrituras, o único a ser sua primeira vinda na carne, que teve lugar sem honra em razão de seu ser aviltado, como Isaías falou dele outrora, dizendo: “Nós viu, e Ele não tinha parecer nem formosura, mas a Sua forma foi desprezado (e) rejeitou (literalmente = deficiente) acima de todos os homens, um homem ferido e familiar com rolamento enfermidade (por Seu rosto foi rejeitado), Ele era desprezado, e não estimado “. Mas Seu segundo advento é anunciado como glorioso, quando vier do céu com o exército de anjos, ea glória de seu Pai, como diz o profeta: “Vereis o rei na glória”, e: “Eu vi um como o Filho do homem vindo sobre as nuvens do céu, e ele veio ao Ancião de dias, e ele foi levado para Ele. E foram-lhe dado domínio, e honra, e glória, eo reino;. todas as tribos e línguas servirão Ele: Seu domínio é um domínio eterno, que não passará “. Assim também dois precursores foram indicados. O primeiro foi João, filho de Zacarias, que apareceu em todas as coisas um precursor e arauto do nosso Salvador, a pregação da luz celestial que tinha aparecido no mundo. Primeiro, ele cumpriu o curso de precursor, e que desde o ventre de sua mãe, que está sendo concebido por Isabel, a fim de que aqueles, também, que são as crianças desde o ventre de sua mãe, ele poderia declarar o novo nascimento que estava a ter lugar por amor deles por do Espírito Santo e da Virgem. 45. Ele, ao ouvir a saudação dirigida a Elisabeth, saltou de alegria no ventre de sua mãe, reconhecendo Deus, o Verbo concebido no ventre da Virgem. Posteriormente, ele veio para a frente pregando no deserto, pregando o batismo de arrependimento para o povo, (e assim), anunciando profeticamente salvação para as nações que vivem no deserto do mundo. Depois disso, no Jordão, ao ver o Salvador com seus próprios olhos, ele aponta-lo, e diz: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” Ele também pregou primeiro aos de Hades, tornando-se um precursor lá quando ele foi condenado à morte por Herodes, que há muito ele poderia insinuar que o Salvador iria descer para resgatar as almas dos santos da mão da morte. 46. Mas desde que o Salvador foi o início da ressurreição de todos os homens, era cumprir o que o Senhor só deve ressuscitar dos mortos, por quem também o julgamento é entrar para o mundo inteiro, para que os que têm lutado dignamente também pode ser coroada dignamente por Ele, pelo Arbiter ilustre, a saber, que se realizou pela primeira vez o curso, e foi recebido nos céus e se assentou à direita de Deus Pai, e que há de se manifestar novamente no final do mundo como Juiz. É uma coisa natural que seus precursores deve aparecer primeiro, como ele diz por Malaquias e ao anjo: “Eu vos enviarei Elias, o tisbita, antes do dia do Senhor, o grande e glorioso dia, vem, e ele deve voltar os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à sabedoria dos justos, para que eu não venha, e fira a terra completamente. ” Estes, então, virão, e proclamar a manifestação de Cristo, que é ser do céu, e eles também realizam sinais e prodígios, a fim de que os homens podem ser confundidos e se virou para o arrependimento por sua maldade superando e impiedade. 47. Para João diz: “E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco.” Essa é a metade da semana do qual Daniel falou.”Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Senhor da terra e, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo vai continuar fora de sua boca, e devorará os seus inimigos;. E se alguém vai machucá-los, ele deve desta forma ser morto Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova nos dias da sua profecia;. e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda sorte de pragas quantas vezes quiserem. E, quando acabarem o seu curso e seu testemunho “, o que diz o profeta? “A besta que sobe do abismo lhes fará guerra contra eles, e os vencerá, e matá-los”, porque eles não vão dar glória ao Anticristo. Para isso é feito pelo chifre pequeno que cresce. Ele, que está sendo agora exultante de coração, começa a exaltar-se, e para glorificar a si mesmo como Deus, perseguindo os santos e blasfemar contra Cristo, como diz Daniel, “Eu considerei a buzina, e eis que, no chifre havia olhos, como os olhos de homem, e uma boca que falava grandes coisas, e ele abriu a boca em blasfêmias contra Deus, e que nascido fazia guerra contra os santos, e prevalecia contra eles, até que o animal foi morto, e morreu, e seu corpo foi entregue para ser queimado.. ” 48. Mas, como cabe-nos para discutir o assunto da besta, mais exatamente, e em particular a questão de como o Espírito Santo tem também misticamente indicado o seu nome, por meio de um número, vamos proceder para declarar mais claramente o que dá em cima dele. João, então, fala assim:. “Vi ainda outra besta emergir da terra, e tinha dois chifres, como um cordeiro, mas falava como um dragão e exerceu todo o poder da primeira besta na sua presença, e ele fez a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada. Ele fez grandes maravilhas, de modo que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens, e engana os que habitam em a terra por meio de sinais que lhe foi permitido fazer na presença da besta, dizendo aos que habitam sobre a terra, que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. E ele tinha poder para dar fôlego à imagem da besta, para que a imagem da besta falasse, e fizesse que todos os que não adorassem a imagem da besta deve ser morto. E fez a todos, pequenos e grandes , ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita ou na testa, e para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta, ou o número do seu nome .. Aqui está a sabedoria Aquele que tem entendimento calcule o número da besta;. pois se é o número de um homem, eo seu número é seiscentos e sessenta e seis ” 49. Pelo animal e, em seguida, saindo da terra, ele quer dizer o reino do Anticristo, e pelos dois chifres que ele quer dizer ele eo falso profeta depois dele. E ao falar de “os chifres sendo como um cordeiro”, ele quer dizer que ele vai tornar-se como o Filho de Deus, e pôs-se à frente como rei. E os termos “, ele falou como um dragão”, significa que ele é um enganador, e não verdadeira. E as palavras, “exerceu todo o poder da primeira besta na sua presença, e fez a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada”, significa que, segundo o costume da lei de Augusto , pela qual o império de Roma foi fundada, ele também vai reger e governar, sancionando tudo por ele, e tendo maior glória para si mesmo. Pois este é o quarto animal, cuja cabeça foi ferido e curado novamente, em seu ser quebrado ou até mesmo desonrado, e dividido em quatro coroas, e então ele (o Anticristo) com habilidade knavish curá-lo, por assim dizer, e restaurá-lo . Por isso é que se quer dizer com o profeta quando ele diz: “Ele vai dar vida à imagem, ea imagem da besta vou dizer.” Para ele agirá com vigor novamente, e provar forte por causa das leis estabelecidas por ele, e ele fará com que todos os que não adorassem a imagem da besta, para ser condenado à morte. Aqui, a fé ea paciência dos santos vai aparecer, pois ele diz: “E ele fará com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita ou na testa, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tem a marca, o nome da besta, ou o número do seu nome. ” Pois, cheio de malícia, e exaltando-se contra os servos de Deus, com o desejo de afligir-los e persegui-los para fora do mundo, porque não dar glória a ele, ele vai pedir incenso panelas para ser configurado por todos em todos os lugares, para que ninguém entre os santos pode ser capaz de comprar ou vender, sem primeiro sacrificar, pois isso é o que se quer dizer com a marca recebeu sobre a mão direita. E a palavra “em sua testa”, indica que todos são coroados, e colocar uma coroa de fogo, e não da vida, mas da morte. No ibis sábio, também, fez Antíoco Epifânio, rei da Síria, o descendente de Alexandre da Macedônia, elaborar medidas contra os judeus. Ele, também, na exaltação do seu coração, emitiu um decreto, naqueles tempos, que “todos devem estabelecer santuários antes de suas portas, e sacrifício, e que eles devem marchar em procissão em honra de Dionísio, acenando com grinaldas de hera; “e que aqueles que se recusaram a obediência deve ser condenado à morte por estrangulamento e tortura. Mas ele também conheceu sua recompensa devida na mão do Senhor, o juiz justo e todo-buscando a Deus, porque ele morreu comido por vermes. E se alguém deseja investigar de que, mais precisamente, ele vai achar que é registrado nos livros dos Macabeus. 50. Mas agora vamos falar do que está diante de nós. Para essas medidas, ele também elaborar, buscando a afligir os santos em todos os sentidos. Para o profeta e apóstolo diz: “Aqui está a sabedoria, Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de um homem, eo seu número é seiscentos e sessenta e seis.” Com relação ao seu nome, não está em nosso poder explicá-lo exatamente, como o bem-aventurado João entendeu e foi instruído sobre isso, mas apenas para dar uma explicação conjectural dele, pois quando ele aparece, o abençoado vai nos mostrar o que procuramos saber. No entanto, na medida em que nossa apreensão duvidoso da questão passa, podemos falar. Muitos nomes de fato encontramos, as letras das quais são o equivalente a este número: como, por exemplo, a palavra Titan, um nome antigo e notável, ou Evanthas, por isso também faz com que o mesmo número, e muitos outros que poderiam ser encontrado. Mas, como já dissemos, a ferida da primeira besta foi curada, e ele (a segunda besta) era fazer a imagem falar, isto é, ele deve ser poderoso, e é manifesto a todos que aqueles que no momento ainda detêm o poder são latinos. Se, então, vamos dar o nome como o nome de um único homem, torna-se latinos. Portanto devemos nem dar-lhe para fora, como se isso fosse certamente o nome dele, nem tampouco ignorar o fato de que ele não pode ser de outra forma indicado.Mas ter o mistério de Deus em nosso coração, devemos com medo de manter fielmente o que nos foi dito pelos profetas abençoados, para que quando essas coisas acontecem, podemos estar preparados para eles, e não enganado. Por vezes, quando o avanço, ele também, de quem estas coisas são ditas, será manifestado. 51. Mas não nos limitar a estas palavras e argumentos por si só, com o propósito de convencer aqueles que gostam de estudar os oráculos de Deus, vamos demonstrar o assunto por muitas outras provas. Para Daniel diz: “E estas devem escapar de sua mão, mesmo Edom e Moabe, e os chefes dos filhos de Amom.” Amom e de Moabe são os filhos de Lot por suas filhas, e sua raça sobrevive até hoje. E Isaías diz: “E voarão nos barcos de estranhos, saqueando o mar juntos, e (eles devem estragar) os do oriente, e imporão as mãos sobre Moabe primeiro, e os filhos de Amom deve primeiro obedecê-las. ” 52. Naqueles tempos, então, ele se levantará e conhecê-los. E quando ele suplantou três chifres dos dez na matriz de guerra, e tem enraizado estes para fora, viz., Egito e Líbia, e da Etiópia, e tem os seus despojos e armadilhas, e trouxe as pontas restantes que sofrem em sujeição, ele vai começar a ser levantado no coração, e exaltar-se contra Deus como mestre de todo o mundo. E sua primeira expedição será contra Tiro e Berytus, eo território circunjacente. Pelo assalto essas cidades primeira ele vai atacar o terror nos outros, como diz Isaías: “Sê vergonha, ó Sidom, o mar falou, a fortaleza do mar falou, dizendo, eu não parto, nem dei à luz crianças , nem eu enfermeira-se homens jovens, nem trazer virgens Mas quando a notícia chegar ao Egito, a dor deve aproveitá-las para Tiro. “. 53. Essas coisas, então, deve ser, no futuro, amado, e quando os três chifres são cortadas, ele vai começar a mostrar-se como Deus, como Ezequiel disse outrora: “Porque o teu coração foi levantado, e tu dizias , Eu sou Deus. ” E, para o efeito, como Isaías diz: “E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, eu exaltarei o meu trono acima das estrelas do céu: Eu serei semelhante ao Altíssimo No entanto, agora tu deve ser trazido para baixo. inferno (Hades), para os fundamentos da terra. ” Da mesma forma também Ezequiel: “Acaso dirás ainda para aqueles que te matar: Eu sou Deus Mas tu (deve ser) um homem, e não Deus?”. 54. Como sua tribo, então, e sua manifestação, e sua destruição, foram estabelecidos com estas palavras, e como o seu nome também foi indicado misticamente, vamos olhar também para sua ação. Para ele irá convocar todas as pessoas para si mesmo, de todos os países da dispersão, tornando-o seu, como se fossem seus próprios filhos, e prometendo restaurar seu país e estabelecer novamente seu reino e nação, a fim de que ele pode ser adorado por eles como Deus, como diz o profeta: “Ele vai coletar todo o seu reino, desde o nascer do sol até à sua configuração: eles quem convocação e os que ele não convocar marcharão com ele.” E Jeremias fala dele assim, em uma parábola: “A perdiz chorou, (e) reuniu o que ele não fez escotilha, fazendo-se riquezas sem juízo no meio de seus dias as deixará e no seu fim será um enganar. ” 55. Não vai ser prejudicial, por isso, o curso de nosso argumento presente, se explicar a arte dessa criatura, e mostrar que não falou o profeta, sem um propósito no uso da parábola (ou semelhança) da criatura. Porque, assim como a perdiz é uma criatura vaidosa, quando se vê à mão o ninho de outro perdiz com jovens na mesma, e com o pai-pássaro longe na asa em busca de comida, ele imita o grito do outro pássaro e chama o jovem a si mesmo, e eles, levando-o a ser seu próprio pai, correr para ele. E isso encanta-se orgulhosamente nas frangas alienígenas como em seu próprio. Mas quando o verdadeiro pai-pássaro retorna, e chama-los com seu próprio grito familiar, o jovem reconhecê-lo, e abandonar o enganador, e se dirigem para o pai real. Esta coisa, então, o profeta adotou como um símile, aplicando-o de forma semelhante ao Anticristo. Para ele a atrairei a humanidade para si mesmo, querendo ganhar a posse daqueles que não são seus, e prometendo a libertação de todos, enquanto ele é incapaz de salvar a si mesmo. 56. Ele, então, depois de ter se reunido para si o descrente em todos os lugares em todo o mundo, chega à sua chamada para perseguir os santos, os seus inimigos e antagonistas, como o apóstolo e evangelista diz: “Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem considerado homem, e havia uma viúva naquela cidade, que veio a ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário e ele não iria por um tempo, mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens,. todavia, porque esta viúva me incomoda, vou vingar dela. ” 57. Até o juiz injusto, que não teme a Deus, nem considera o homem, ele quer dizer, sem dúvida, o Anticristo, pois ele é um filho do diabo e uma embarcação de Satanás. Pois, quando ele tem o poder, ele vai começar a exaltar-se contra Deus, nem em verdade temia a Deus, nem em relação ao Filho de Deus, que é o juiz de todos. E ao dizer que havia uma viúva na cidade, ele se refere a si Jerusalém, que é verdadeiramente viúva, abandonado por seu perfeito, esposo celeste, Deus. Ela o chama de seu adversário, e não seu Salvador, porque ela não entende o que foi dito pelo profeta Jeremias: “Porque eles não obedeceram a verdade, um espírito de erro falará em seguida, a este povo ea Jerusalém.” E Isaías também para o efeito como: “Porquanto o povo se recusa a beber a água de Siloé, que anda suavemente, mas escolhe ter de Rasin e Romeliah filho como rei sobre vós, pois, eis que o Senhor fará vir sobre você a água da rio, forte e cheia, até mesmo o rei da Assíria. ” Até o rei que ele quer dizer, metaforicamente, o Anticristo, como também um outro profeta diz: “E este será a nossa paz de mim, quando os assírios virão até em sua terra, e quando pisar em suas montanhas.” 58. E da mesma maneira Moisés, sabendo de antemão que o povo iria rejeitar e repudiar o verdadeiro Salvador do mundo, e participar com o erro e escolher um rei terreno, e definir o Rei celestial em nada, diz: “Não é este colocado acima na loja comigo, selado nos meus tesouros? No dia da vingança eu retribuirei (elas) e, no momento em que o pé deve deslizar. ” Eles fizeram slide, portanto, em todas as coisas, como eles foram encontrados para estar em harmonia com a verdade em nada: nem no que diz respeito a lei, porque eles se tornaram transgressores, nem no que diz respeito aos profetas, porque eles cortaram até mesmo os próprios profetas; nem no que diz respeito a voz do Evangelho, porque eles crucificaram o Salvador mesmo, nem em acreditar os apóstolos, porque eles perseguiam. Em todas as vezes que eles se mostraram inimigos e traidores da verdade, e foram encontrados para ser inimigos de Deus, e não amantes dele, e como eles serão, em seguida, quando eles encontram oportunidade, porque, despertando-se contra os servos de Deus, eles procurará obter vingança pela mão de um homem mortal. E ele, estando cheio de orgulho por sua subserviência, começará a missivas expedição contra os santos, ordenando a cortá-los todos fora de todos os lugares, no chão de sua recusa em reverência e adorá-lo como Deus, de acordo com a palavra de Isaías: “Ai as asas dos vasos da terra, além dos rios da Etiópia: (ai ele), que manda aval à beira-mar, e cartas de papiro (sobre a água, para mensageiros ágeis vão) para uma nação ansiosa e expectante, e um povo estranho e amargo contra eles; uma nação sem esperança e pisada “. 59. Mas temos que esperar o Filho de Deus são perseguidos e pisada pelos infiéis. Para as asas dos vasos são as igrejas, eo mar é o mundo, no qual a Igreja está definida, como um navio jogou no abismo, mas não destruídos, pois ela tem com ela o piloto hábil, Cristo. E ela tem no meio dela também o troféu (que é erguido) sobre a morte, pois ela carrega com ela a cruz do Senhor. Por sua proa é o leste, e sua popa é a oeste, e sua espera é o sul, e seus rebentos são os dois Testamentos, e as cordas que se estendem ao seu redor são o amor de Cristo, que liga a igreja, e as líquidas que ela carrega com ela é a camada da regeneração que renova a fé, de onde também são essas glórias. Como o vento do Espírito do céu está presente, pelo qual aqueles que crêem são selados: ela também tem âncoras de ferro acompanhá-la, a saber, os santos mandamentos de Cristo, que é forte como o ferro.. Ela também tem os marinheiros à direita e à esquerda, os avaliadores como os santos anjos, pelo qual a Igreja é sempre governada e defendida. A escada em sua liderança até o sailyard é um símbolo da paixão de Cristo, que traz os fiéis para a subida dos céus. E os top-velas no ar sobre o pátio são o grupo de profetas, mártires e apóstolos, que entraram em seu descanso no reino de Cristo. 60. Agora, sobre a tribulação da perseguição que está a cair sobre a Igreja do adversário, John também fala assim: “E vi um grande e admirável sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e sobre a sua cabeça uma coroa de doze estrelas. E ela, com criança, gritos, dores de parto, sofrendo tormentos para ser entregue. eo dragão parou CurtirCurtir
  2. EDMILSON disse:

    VEJA AQUI UM UM PEQUENO TRECHO DA OBRA DE

    S. Justino Mártir 155 AD) em Liturgia cristã

    O batismo cristão
    Além disso, vou relacionar a maneira pela qual nos dedicamos a Deus quando tinha sido feito novo através de Cristo, a fim de que, se omitir isso, parece que estamos a ser injusto na explicação que estamos fazendo. A todos quantos estão convencidos e acreditam que o que ensinamos e diz é verdade, e se comprometem a ser capaz de viver em conformidade, são instruídos a orar e suplicar a Deus com jejum, para a remissão de seus pecados passados, estamos orando e jejuando com eles. Em seguida, eles são trazidos por nós, onde há água, e são regenerados da mesma maneira em que se estabeleceu que foram regenerados. Para, em nome de Deus, Pai e Senhor do universo, e de nosso Salvador Jesus Cristo, e do Espírito Santo, que, em seguida, receber a lavagem com água. Porque também Cristo disse: “Se não vos é nascer de novo, vocês não entrarão no reino dos céus. Agora, isso é impossível para aqueles que uma vez foram nascido para entrar em úteros de suas mães, é manifesto a todos. E como aqueles que pecaram e se arrepender deve escapar de seus pecados, é declarado pelo profeta Isaías, como eu escrevi acima, ele fala assim: “Lave-lo, torná-lo limpo, tirai a maldade de vossos atos de vossas almas, aprender a fazer o bem ; justiça ao órfão, e pleiteia para a viúva: e venha argüi, diz o Senhor. E, embora os vossos pecados sejam como a escarlata, vou fazê-los brancos como a lã, e ainda que sejam como o carmesim, vou fazê-los brancos como a neve. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, a espada vos devorará, porque a boca do Senhor o disse “.
    E para este rito que aprendemos com os apóstolos este motivo. Uma vez que no nosso nascimento nós nascemos sem o nosso próprio conhecimento ou a escolha, pelos nossos pais que vêm juntos, e foram criados em maus hábitos e treinamento ímpios, a fim de que nós não podemos permanecer os filhos da necessidade e da ignorância, mas pode tornar-se o crianças de escolha e de conhecimento, e pode obter na água a remissão dos pecados anteriormente cometidos, não se pronuncia sobre ele que escolhe para nascer de novo, e se arrependeu de seus pecados, o nome de Deus Pai e Senhor do universo; o que leva a camada de a pessoa que está a ser lavado a chamá-lo por este nome sozinho. Porque ninguém pode pronunciar o nome do Deus inefável, e se alguém se atreve a dizer que não é um nome, ele delira com a loucura sem esperança. E esta lavagem é chamado iluminação, porque aqueles que aprender essas coisas são iluminados em seus entendimentos. E em nome de Jesus Cristo, que foi crucificado sob Pôncio Pilatos, e em nome do Espírito Santo, que através dos profetas predisse todas as coisas sobre Jesus, aquele que é iluminado é lavado.
    Sua imitação por demônios
    E os demônios, na verdade, tendo ouvido esta lavagem publicado pelo profeta, instigou aqueles que entram seus templos, e estão prestes a abordá-los com libações e holocaustos, também para polvilhar-se, e eles levá-los também para lavar-se totalmente, como afastar-se do sacrifício, antes de entrar nos santuários em que suas imagens estão definidos. E o comando, também, dada pelos sacerdotes para aqueles que entram e adoram nos templos, que tirar os sapatos, os Diabos, aprendendo o que aconteceu com o referido profeta Moisés, têm dado à imitação dessas coisas. Porque naquele momento, quando Moisés foi ordenado a descer para o Egito e levar as pessoas dos israelitas que estavam lá, e enquanto ele estava cuidando dos rebanhos de seu tio materno, na terra da Arábia, o nosso Cristo conversou com ele sob o aparência de fogo a partir de um arbusto, e disse: “Tira os teus sapatos, e se aproximar e ouvir.” E ele, quando ele colocou os sapatos e se aproximou, soube que ele estava a descer para o Egito e levar as pessoas dos israelitas ali, e ele recebeu grande poder de Cristo, que falou com ele na aparência de fogo , e desceu e levou as pessoas, depois de ter feito coisas grandes e maravilhosas, o que, se você deseja saber, você vai aprendê-las com precisão a partir de seus escritos.
    O batismo e a consagração da Eucaristia
    Mas, depois de ter lavado assim que ele foi convencido e tem concordado com o nosso ensino, trazê-lo para o lugar onde aqueles que são chamados irmãos são montados, a fim de que possamos oferecer orações saudáveis em comum para nós e para os batizados pessoa iluminada, e por todos os outros em todos os lugares, para que possamos ser dignos, agora que aprendemos a verdade, por nossas obras também podem ser encontrados bons cidadãos e os detentores dos mandamentos, para que possamos ser salvos com uma eterna salvação. Tendo terminado as orações, nós saudamos uns aos outros com um beijo. Há, em seguida, levado ao presidente do pão irmãos e um copo de vinho misturado com água, e ele tomá-los, dá louvor e glória ao Pai do universo, através do nome do Filho e do Espírito Santo, e oferece graças ao comprimento considerável para sermos dignos de receber essas coisas em suas mãos. E quando ele concluiu as orações e ações de graças, todas as pessoas presentes expressam seu assentimento, dizendo amém . Esta palavra Amen respostas na língua hebraica para genoito que assim seja. E quando o presidente deu graças, e todas as pessoas têm manifestado o seu consentimento, daqueles que são chamados por nós, diáconos dar a cada um dos presentes para participar do pão e do vinho misturado com água sobre a qual a ação de graças foi pronunciada, e para aqueles que estão ausentes eles levarem uma porção.
    A Eucaristia
    E este alimento é chamado entre nós Eucaristia , da qual ninguém está autorizado a participar, mas o homem que acredita que as coisas que nós ensinamos são verdadeiras, e que tenha sido lavado com a lavagem que é para a remissão dos pecados, e para regeneração , e que é tão viva como Cristo ordenou. Para não como pão comum e bebida comum é que nós recebemos estes, mas na forma como a Jesus Cristo, nosso Salvador, depois de ter sido feito carne, a Palavra de Deus, teve carne e sangue para nossa salvação, assim também nos foi ensinado que o alimento que é abençoado pela oração da Sua Palavra, e da qual o nosso sangue e carne por transmutação são nutridos, é a carne eo sangue de Jesus que que se fez carne. Para os apóstolos, nas memórias compostas por eles, que são chamados de Evangelhos, têm, assim, entregou a nós o que foi prescrito a elas, para que Jesus tomou o pão e, tendo dado graças, disse: “Isso fazei em memória de mim, este é o meu corpo “, e que, da mesma maneira, tendo tomado o cálice e tendo dado graças, disse:” Este é o meu sangue “, e deu a eles sozinho. Que os demônios maus imitaram nos mistérios de Mitra, ordenando a mesma coisa para ser feito. Pois, o pão e um copo de água são colocados com encantamentos certos nos ritos místicos de quem está sendo iniciado, ou você sabe ou pode aprender.
    Culto semanal dos cristãos
    E depois continuamente lembrar um ao outro essas coisas. E os ricos entre nós ajudar os necessitados, e sempre mantemos juntos, e por todas as coisas que estamos fornecidos, bendizemos o Criador de tudo através de Seu Filho Jesus Cristo, e através do Espírito Santo. E no dia chamado domingo, todos os que vivem nas cidades ou no campo se reúnem para um lugar, e as memórias dos apóstolos ou os escritos dos profetas são lidos, enquanto o tempo permitir, então, quando o leitor tenha cessado , o presidente instrui verbalmente, e exorta à imitação dessas coisas boas. Então, todos nós nos levantamos juntos e orar, e, como já disse antes, quando nossa oração está terminada, pão e vinho e água são trazidos, eo presidente do mesmo modo oferece orações e ações de graças, de acordo com sua capacidade, e as pessoas assentimento, dizendo: Amém, e há uma distribuição a cada um, e uma participação do que sobre os quais se havia dado graças, e para aqueles que estão ausentes uma parte é enviada pelos diáconos. E os que estão bem a fazer, e pronto, dar o que cada um pensa ajuste, e que é coletado é depositado com o presidente, que socorre os órfãos e as viúvas e aqueles que, por doença ou qualquer outra causa, estão em falta, e aqueles que estão em títulos e os estrangeiros hospedados entre nós, e em uma palavra cuida de todos os que estão em necessidade. Mas o domingo é o dia em que todos temos nossa assembléia comum, porque é o primeiro dia em que Deus, depois de ter feito uma mudança nas trevas ea matéria, fez o mundo, e Jesus Cristo, nosso Salvador no mesmo dia ressuscitou dos mortos. Pois Ele foi crucificado na véspera de Saturno (sábado), e no dia seguinte ao de Saturno, que é o dia do Sol, aparecendo aos seus apóstolos e discípulos, Ele ensinou-lhes estas coisas, que apresentaram para você também para sua consideração
    (Isto aqui é só dos capítulos 61-67 da Primeira Apologia de Justino Mártir.

    Curtir

  3. EDMILSON disse:

    Santo Hegésipo (ca. 110 — 7 de abril de 180[f]), em grego: Ἅγιος Ἡγήσιππος, foi um cronista cristão durante o cristianismo primitivo e que provavelmente era um judeu convertido1e que certamente escreveu contra heresias como o gnosticismo e o marcionismo. A data em que Hegésipo viveu é obtida de maneira insegura através de uma afirmação de Eusébio de que a morte e a apoteose de Antínoo (em 130 d.C.) ocorrera quando Hegésipo estava vivo[a], de que ele teria ido a Roma durante o reinado do Papa Aniceto (ca. 150 – 168 d.C.) e teria escrito durante Papa Eleutério (ca. 174 – 189 d.C.)2 .

    Fragmentos de seus cinco livros de comentários sobre os Atos da Igreja.

    ————

    [Ad 170.] Uma das idade sub-apostólica, um contemporâneo de Justin e dos mártires de “o bom Aurélio,” nós ainda precisamos distinguir Hegesippus dois dos apologistas. Ele é o mais antigo da Igreja cronistas, dificilmente podemos chamá-lo de um historiador. Seus objetivos eram nobres e seu caráter era puro, nem podemos recusar-lhe o crédito devido a uma previsão de necessidade suprema da Igreja de material histórico, que ele se esforçou para fornecer.

    O que é comumente considerado como o defeito é na realidade um dos seus maiores méritos como uma testemunha: ele era um hebreu, e olha para a Igreja desde o ponto de vista de “Tiago, irmão do Senhor.” Quando observamos o seu espírito católico, portanto, bem como a sua ortodoxia católica, a sua simpatia com a Igreja dos gentios e Pauline fé do Corinthians, o seu repúdio da “Circuncisão” tão longe quanto ele criados seitas e heresias contra Cristo, e quando nós encontrá-lo confirmando o testemunho dos Padres Apostólicos, e manter as tradições de Antioquia por aqueles de Jerusalém, temos duplo motivo para valorizar o seu nome, e entesourar “os pedaços que sobejaram” de suas obras. Que tocar episódio da linhagem de Cristo, como eles apareceram antes de Domiciano, sempre impressionou a minha imaginação como digno de ser classificado com a história de São João e do ladrão, como um dos incidentes mais sugestivas da história cristã primitiva. Devemos lamentar a perda de outras partes das memórias que foram conhecidas a existir no século XVII. Ele era um viajante, e deve ter visto muito das igrejas Apostólicas do Oriente e do Ocidente, e as meras migalhas que temos de sua narrativa sobre Corinto e Roma excitar a curiosidade natural quanto ao resto, o que pode levar a descobertas gratificantes.

    I.

    Quanto ao martírio de Tiago, irmão do Senhor, do livro V. 1
    Tiago, irmão do Senhor, sucede ao governo da Igreja, em conjunto com os apóstolos. Ele tem sido universalmente chamado o Justo , desde os dias do Senhor até o presente momento. Para muitos, tinha o nome de James, mas este era santo desde o ventre de sua mãe. Ele não bebia vinho ou outrabebida inebriante, 2 nem comeu carne, navalha não veio em cima de sua cabeça, ele não se ungir com óleo, nem fazer uso do banho. Ele só foi autorizado a entrar no lugar santo: três para ele não usar qualquer peça de vestuário de lã, mas bem só de linho . Ele sozinho, eu digo , estava acostumado a ir para o templo, e ele costumava ser encontrada ajoelhada de joelhos, implorando perdão para o povo, para que a pele dos joelhos ficou excitado como a de um camelo, em razão da sua constantemente dobrando o joelho em adoração a Deus, e pedindo perdão para o povo.Portanto, em conseqüência de sua justiça pré-eminente, foi chamado o Justo , e Oblias , 4 , que significa em grego Defesa do Povo , e da Justiça , de acordo com o que os profetas declaram a respeito dele.

    Agora, algumas pessoas pertencentes a sete seitas existentes entre as pessoas, que foram antes descritos por mim nas notas, perguntou-lhe: “Qual é a porta de Jesus?” E ele respondeu que era o Salvador. Em conseqüência dessa resposta, alguns acreditavam que Jesus é o Cristo. Mas as seitas antes mencionado não acreditava, ou na ressurreição ou na vinda de um para retribuir a cada um segundo as suas obras, mas aqueles que o fizeram acreditar, acreditava que por causa de Tiago. Assim, quando muitos, mesmo da classe dirigente acreditava, houve um tumulto entre os judeus, e os escribas, e fariseus, que disse: “Um pouco mais, e teremos todas as pessoas à procura de Jesus como o Cristo.

    Eles vieram, portanto, em um corpo de James, e disse: “Suplicamos-te, conter as pessoas:. Pois são extraviados em suas opiniões a respeito de Jesus, como se ele fosse o Cristo Suplicamos te convencer todos os que vieram cá para o dia da páscoa, a respeito de Jesus para todos nós ouvir a tua persuasão;.. uma vez que, assim como todas as pessoas, testemunho que és justo, e showest parcialidade para nenhum Faze, portanto, convencer o as pessoas não para entreter as opiniões errôneas a respeito de Jesus: para todas as pessoas, e nós também, ouvir tua persuasão Toma a tua posição e, em seguida, sobre o cume. 5 do templo, que a partir daquele ponto elevado possas ser visto claramente, ea tua palavras podem ser claramente audível para todas as pessoas. Pois, a fim de participar da Páscoa, todas as tribos se reuniram para cá , e alguns também os gentios “.

    Os escribas e fariseus referidas nesse sentido definido James no topo do templo, e gritou em voz alta para ele, e disse: “Oh, apenas uma, a quem todos nós somos obrigados a obedecer, porquanto as pessoas é um erro, e segue a Jesus Cristo crucificado , que nos digas o que é a porta de Jesus, o crucificado. ” E ele respondeu com voz forte: “Por que vocês me perguntam a respeito de Jesus o Filho do homem que Ele mesmo está assentado nos céus à destra do Grande Poder, e virá sobre as nuvens do céu?”.

    E, quando muitos foram totalmente convencido por estas palavras , e ofereceu louvor pelo testemunho de Tiago, e disse: “Hosana ao Filho de Davi”, em seguida, novamente o referido escribas e fariseus disseram uns aos outros: “Nós não fizemos bem em obter este testemunho de Jesus. Mas vamos subir e jogá-lo para baixo, que eles podem ter medo, e não acreditar nele. ” E clamavam em alta voz, e disse: “!. Oh oh o homem só se é um erro”Assim, eles cumpriram a Escritura escrito em Isaías: “Vamos acabar com o homem justo, porque ele é problemático para nós:. Portanto comerão o fruto das suas ações” Então eles foram para cima e jogou o homem justo, e disseram uns aos outros: “. Vamos pedra Tiago, o Justo” E eles começaram a apedrejá-lo, porque ele não foi morto pela queda, mas ele virou-se e ajoelhou-se e disse: “. Suplico-Te, Senhor Deus, nosso Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”

    E, enquanto eles estavam apedrejando-o assim à morte, um dos sacerdotes, filhos de Recabe, filho de Rechabim, a quem testemunho é confirmado por Jeremias, o profeta, começou a chorar em voz alta, dizendo: “Deixai, que fazeis? O homem apenas está orando por nós. ” Mas um deles, um dos fullers, levou o pessoal com que ele estava acostumado a arrancar as roupas tingidas ele , e atirou na cabeça do homem justo.

    E assim, ele sofreu o martírio, eo sepultaram no local, eo pilar erguido em sua memória ainda permanece, perto do templo. Este homem era um verdadeiro testemunho tanto judeus como gregos, que Jesus é o Cristo.

    E logo após Vespasiano sitiada Judéia, levando-os cativos.

    Quanto aos parentes de nosso salvador. 6

    Há ainda sobreviveu da linhagem do Senhor os netos de Judas, que segundo a carne foi chamado o irmão. Estes foram informados contra, como pertencente à família de David, e Evocatus trouxe-os perante Domiciano César: para que o imperador temia a vinda de Cristo, como Herodes tinha feito.

    Então ele perguntou-lhes se eles eram de família de David, e eles confessaram que eram. Em seguida, ele perguntou-lhes o imóvel que tinham, ou quanto dinheiro que possuíam. Ambos responderam que tinha apenas 9000 denaria entre eles , cada um deles possuir metade dessa soma, mas mesmo isso, eles disseram que não possuem em dinheiro, mas como o valor estimado de um terreno, composta por trinta e nove plethra só, fora dos quais tiveram de pagar as dívidas, e que eles próprios apoiado por seu próprio trabalho. E então eles começaram a realizar as suas mãos, exibindo, como prova de seu trabalho manual, a aspereza de sua pele, e os milhos levantada em suas mãos por um trabalho constante.

    Sendo, então, pediu a Cristo e Seu reino, que era sua natureza, e quando e onde era para aparecer, eles voltaram resposta que não era deste mundo, nem da terra, mas que pertencem à esfera do céu e os anjos, e faria a sua aparição no final dos tempos, quando vier na glória, e julgar vivos e mortos, e retribuirá a cada um de acordo com o curso da sua vida. 7

    Logo após Domiciano passou nenhuma condenação sobre eles, mas os tratou com desprezo, como também significar para o aviso prévio, e deixá-los em liberdade. Ao mesmo tempo, ele emitiu uma ordem, e pôr um fim à perseguição contra a Igreja.

    Quando eles foram liberados tornaram-se líderes de oito das igrejas, como era natural, no caso daqueles que eram ao mesmo tempo mártires e da linhagem do Senhor. E, após o estabelecimento da paz para a Igreja , suas vidas foram prolongadas até ao reinado de Trojan.

    Quanto ao martírio de Simeão, o filho de Clopas, bispo de Jerusalém. 9

    Alguns destes hereges, em verdade, colocou uma informação contra Simeão, o filho de Clopas, como sendo de família de David, e um cristão. E sobre essas acusações que ele sofreu o martírio quando tinha 120 anos de idade, no reinado de Trajano César, quando Atticus foi legado consular 10na Síria . E assim aconteceu, diz o mesmo autor, que, apesar de inquérito estava sendo feito para aqueles pertencentes à tribo real dos judeus, os próprios acusadores foram condenados por pertencer a ela. Com o show da razão pode-se dizer que Simeão era um daqueles que realmente viu e ouviu o Senhor, em virtude da sua idade avançada, e também porque a escritura dos Evangelhos faz menção de Maria, filha de Cléofas, que, como nossa narrativa já mostrou, era seu pai.

    O mesmo historiador cita outros também, da família de um dos irmãos de renome do Salvador, chamado Judas, como tendo sobrevivido até este mesmo reinado, após o depoimento que deu à luz pela fé de Cristo, no tempo de Domiciano, como já registrado .

    Ele escreve o seguinte: Eles vieram, então, tomou a presidência de todas as igrejas, como testemunhas de Cristo , e como sendo da linhagem do Senhor. E, depois de profunda paz tinha sido estabelecido em cada igreja, que permaneceu até o reinado de César Trojan: isto é , até o momento em que ele, que foi suspensa a partir de um tio do Senhor, Simeão, filho de Cléofas mencionado, foi informado contra pelas diversas heresias, e submetido a uma acusação como o resto, e pela mesma causa, perante o legado Atticus e, ao sofrer indignação durante muitos dias, ele prestou testemunho de Cristo: para que todos, inclusive o próprio legado, foram atônito acima da medida que um homem de 120 anos deveria ter sido capaz de suportar tais tormentos . Ele foi finalmente condenado a ser crucificado.

    … Até esse período, a Igreja havia permanecido como uma virgem pura e incorruptível, pois, se havia quaisquer pessoas que estavam dispostos a mexer com a regra salutar da pregação da salvação, 11 que ainda se escondia em algum lugar escuro do dissimulação ou outro. Mas, quando a banda sagrada de apóstolos tinham de várias maneiras fecharam suas vidas, e que a geração de homens a quem tinha sido concedida para ouvir a sabedoria divina com os seus próprios ouvidos passaram, então, que a confederação do erro ímpio tomar o seu subir através da traição de falsos mestres que, vendo que nenhum dos apóstolos por mais tempo sobreviveu, pelo comprimento tentado com nu e crucificado de cabeça para opor-se à pregação da verdade pregando o “conhecimento falsamente chamada”.

    A respeito de sua viagem a Roma, e as seitas judaicas. 12

    E a igreja do Corinthians continuou na fé ortodoxa 13 até o momento em que Primus foi bispo de Corinto. Eu tive algumas relações com esses irmãosem minha viagem a Roma, quando passei vários dias com o Corinthians, durante o qual fomos mutuamente refrescado pela fé ortodoxa.

    Na minha chegada a Roma, elaborou uma lista da sucessão de bispos até Aniceto, cujo diácono era Eleutério. Para Aniceto conseguiu Soter, e depois dele veio Eleutério. Mas, no caso de cada sucessão, 14 e em cada cidade, o estado de coisas está de acordo com os ensinamentos da Lei e dos Profetas e do Senhor ….

    E depois de Tiago, o Justo sofreu o martírio, como teve o Senhor também e na mesma conta, mais uma vez Simeão, o filho de Clopas, desceu do Senhor tio, é feito bispo, a sua eleição a ser promovida por todos como sendo um parente do Senhor .

    Portanto, a Igreja foi chamada uma virgem, pois ela ainda não foi corrompido pelo ensino inútil. 15 Thebulis era que, descontente porque ele não foi feito bispo, começou a corrompê-la em segredo. Ele também estava conectado com os sete seitas que existiam entre as pessoas, como Simon, de quem vem a Simoniani e Cleobius, de quem vem a Cleobiani e Doritheus, de quem vem a Dorithiani e Gorthaeus, de quem vem a Gortheani; Masbothaeus, de quem vem a Masbothaei. A partir destes homens vêm as Menandrianists e os Marcionists eo carpocratianos eo Valentinians e os Basilidians e os Saturnilians. Cada um desses líderes em sua própria capacidade privada e distinta trouxe em sua própria opinião privada. Destes vieram falsos cristos, falsos profetas, falsos apóstolos-homens que se separaram da única Igreja em partes de 16 através de suas doutrinas corruptoras,proferidas em menosprezo de Deus e do seu Cristo ….

    Havia, além disso, várias opiniões no assunto da circuncisão entre os filhos de Israel, realizada por aqueles que se opuseram à tribo de Judá e de Cristo: como os essênios, os galileus, os Hemerobaptists, o Masbothaei, os samaritanos, os saduceus, dos fariseus.

    Curtir

  4. Pingback: Instruções Católicas – por Santo Hipólito de Roma

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s