Sinal dos Céus: Raio atinge a Basílica de S. Pedro após a resignação do Papa


Horas após a resignação do Papa, um relâmpago atinge a mais sagrada das Igrejas Católicas

Horas após a resignação do Papa, um relâmpago atinge a mais sagrada das Igrejas Católicas

Este foi o momento em que um raio atingiu o Vaticano ontem – horas após a resignação do Papa Bento XVI – caído do céu azul.

O raio tocou a cúpula da Basílica de São Pedro, um dos mais sagrados templos católicos, após a admissão do Papa que ele não tem força para fazer o trabalho.

O Vaticano ressaltou que nenhuma condição médica específica estimulou a decisão de Bento XVI para sair – o primeiro pontífice a fazê-lo em 600 anos.

O movimento surpreendeu até mesmo seus assessores mais próximos, embora Bento, 85,  tenha deixado claro no passado que deixaria o cargo se ele se tornasse muito velho ou enfermo.

Nos últimos anos, o Papa abrandou significativamente, cortando suas viagens ao exterior e limitando suas aparições em público.

Ele agora procissona ao altar da Basílica de São Pedro em uma plataforma móvel, para poupá-lo da longa caminhada até o altar. Ocasionalmente, ele usa uma bengala.

Seu irmão de 89 anos de idade, Georg Ratzinger, disse que os médicos haviam recentemente aconselhado ao Papa não mais fazer viagens transatlânticas.

“Sua idade está pesando sobre ele”, disse o Sr. Ratzinger. “Nessa idade o meu irmão requer mais descanso.”

Bento XVI anunciou sua renúncia em Latim durante uma reunião de cardeais do Vaticano, chamando-a de “uma decisão de grande importância para a vida da igreja.”

Ele enfatizou que a realização dos deveres de ser papa exige “força tanto da mente e do corpo.”

Ele disse aos cardeais: “Eu cheguei à certeza de que meus pontos fortes, devido a idade avançada. não são mais adequados para um adequado exercício do ministério petrino”.

O Vaticano vai realizar um conclave antes da Páscoa para eleger um novo papa, Bento XVI terá grande influência sobre quem deverá sucedê-lo para liderar o mundo de mais de um bilhão de católicos.

Bento já escolheu a dedo o grosso do Colégio dos Cardeais – os príncipes da Igreja que irão eleger o próximo papa – para garantir um legado igualmente conservador.

Não há óbvioss principais candidatos para substituí-lo – a mesma situação de quando Bento foi eleito em 2005, após a morte do Papa João Paulo II.

Quando Bento XVI foi eleito aos 78 anos, ele era o mais idoso papa escolhido em quase 300 anos.

Ele levantou a possibilidade de renunciar se fosse muito velho ou doente para continuar, quando ele foi entrevistado em 2010 para o livro “Luz do Mundo”.

“Se um papa percebe claramente que ele não está mais fisicamente, psicologicamente e espiritualmente capaz de lidar com os deveres do seu cargo, então ele tem o direito e, sob certas circunstâncias, como a obrigação de renunciar”, disse o papa.

O ex-cardeal Joseph Ratzinger teve uma visão íntima como o Papa João Paulo II, com quem tinha trabalhado junto por quase um quarto de século, sofreu até o final debilitante de seu papado.

O Vaticano disse que imediatamente após a sua demissão que Bento ia para Castel Gandolfo, ao sul retiro de verão de Roma, e em seguida, iria viver em um mosteiro de clausura.

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para Sinal dos Céus: Raio atinge a Basílica de S. Pedro após a resignação do Papa

  1. Renato Costa disse:

    O amor incondicional de Cristo à sua igreja é sobremaneira imensa, que ele dispensou um raio, para relembrar a passagem do Evangelho de João 21:18 , uma alusão ao cargo de Pontífice, dado à Pedro/ Bento XVI.

    Curtir

  2. Deus Iluminou o céu com um raio para lembrar a todos os católicos que nós não caminhamos nas trevas, pq ele está conosco. =)

    Curtir

      • Helen, seria interessante se vc comentasse toda repercussão da renúncia do papa, o modo como infelizmente a imprensa brasileira agride inescrupulosamente nossa fé.

        Aproveito tbm para te convidar a ler meus dois ultimos posts no soteriologica.blogspot sobre a quaresma e o ano da fé e o evangelho do domingo passado.

        Pax Dominum sit semper vobiscum.

        Curtir

        • Helen disse:

          Brener,

          Seria mesmo muito interessante.
          Estou fora do Brasil e para ai já não vou faz algum tempo, quase dois anos. Minhas leituras são feitas por aqui mesmo. Infelizmente, não quer dizer que não tenho lido os ataques absurdos contra a Igreja. A mídia parece um abutre faminto. Celebraram abertamente a resignação do Papa. Acusam-no de tê-lo feito para fugir da responsabilidade sobre os escândalos sexuais envolvendo padres, etc… Estapafúrdias!
          Ninguém falou sobre a coragem e humildade necessária para um homem de Deus, como Bento XVI, fazer tal renúncia. 600 anos sem uma única sequer resignação, não teria sido em vão o gesto de Bento. Há uma mensagem clara por trás disso. Ele fez o que foi correto fazer para o bem do Corpo de Cristo, não para si mesmo. Mas, imagine… Deus revela coisas complexas aos pequeninos e os ditos “sábios” ficam à ver navios, não entendem nada. Tratam a Igreja como se fosse um empresa, uma coisa, não entendem que é a Igreja de Cristo, instituída por Ele, para seguir e servir aos Seus desígnios e não os daqueles do mundo secular.

          Obrigada pela sugestão. Seria mesmo um prazer escrevera algo do gênero. Mas estou “na estrada”, preciso de descanso. Qdo voltar de férias, se ainda for pertinente, farei o possível para produzir algo.

          Parabéns pelo Blog e continue firme.

          Deus abençoe

          H.

          Curtir

          • Helen, obrigado pelo incentivo com o blog.
            espero que desfrute da suas férias e volte logo descansada!

            não sei se vc ficou sabendo de um artigo que saiu na gazeta do povo em resposta a um artigo da Folha de São Paulo referente a renúncia do Santo Padre, mando o link de um blog que aborda o assunto.
            http://coracaocristao.blogspot.com.br/2013/02/bento-xvi-e-o-jornalismo-arregao.html
            pelo facebook foi amplamente discutido nas páginas católicas.

            abraço.

            Curtir

            • Helen disse:

              Pois é Edmilson… mesmo de férias tenho que fazer penitência! rs!
              Brincadeira, faço por amor à Igreja e para servir ao meu Deus.

              Paz e bençãos!

              H.

              Curtir

            • Helen disse:

              Brener,

              Amanhã viajo e provavelmente não poderei escrever… Assim, aproveito agora o tempinho que tenho pra agradecer pelo comentário e pelo envio do belíssimo texto publicado pela Gazeta do Povo. Deus abençoe o autor, o jornal e seus editores. Que Ele permita que mesmo sussurrada, a voz dos cristãos ainda tenha algum espaço no mundo secularizado – ou deveria dizer paganizado? – em que vivemos.

              Vou publicá-lo aqui também. Se der jeito, vou traduzir para o Inglês e publicar tb no meu blog naquela língua. Deus permita.

              Continue ai Brener, sejamos fiéis. Ele que vê tudo, ha de nos ajudar…

              Pax.
              H.

              Curtir

            • Hellen, paganizado acho que é mais correto do que secularizado, um tipo de paganismo que o cristianismo primitivo conheceu muito, a religião política que persegue e oprime religiões que não corroboram suas práticas sociais.

              Curtir

            • De fato, Helen. O relativismo impera em nossa cultura, a ditadura do meio termo (Aristóteles que me perdoe e Santo Tomás também) mas a verdade é que a nossa cultura se tornou deveras idolatra, pratica a latria do luxo, do ego, da ganancia. cultuam-se vários deuses travestidos de falsas necessidades. Enquanto o verdadeiro Deus é desprezado em nome de uma felicidade imcompleta. abraço.

              Curtir

              • Helen disse:

                Sim, essa é a grande apostasia do nosso tempo. Não lhe parece tão estranho a quantidade enorme de pessoas que, ao mesmo tempo que acusam a Igreja Católica de Idolatria, falham em perceber que a grande idolatria dos dias de hoje nem mesmo é reconhecida como tal? Você descreveu isso muito bem: o ego, a ganância, as falsas necessidades… Enquanto a verdadeira felicidade, aquela que somente Deus pode oferecer, fica esquecida.

                Curtir

    • renato disse:

      :))))))))
      Que cegueira….

      Curtir

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s