Porque os Católicos devem se mobilizar contra a retirada dos Crucifixos das repartições públicas


Crucifixo - Igreja de Saint-Etienne-du-Mont

A maioria dos católicos usa um crucifixo ao invés de uma simples cruz, mas os cristãos não-católicos, principalmente os Evangélicos modernos acham que crucifixos são ofensivos, porque focam no sofrimento do nosso Salvador o que, de certa forma,  ‘tira’ a glória da Ressurreição de Cristo, que é no que os cristãos deveriam se concentrar, afirmam. Há ainda aqueles que errôneamente alegam que qualquer reverência ao Cristo Crucificado seja idolatria, pois a Bíblia ‘condena’ o feitio de imagens (Leia aqui e aqui a refutação contra esse argumento).

Jesus morreu para que nós tivéssemos Vida Eterna, e foi na Cruz que Ele cumpriu a vontade do Pai.

A linguagem da cruz é loucura para os que se perdem, mas, para os que foram salvos, para nós, é uma força divina… (1 Cor 1:18) …Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: “Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas se morre, então produz muito fruto. (Jo 12:24) …”Quanto a mim, não pretendo, jamais, gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.” (Gálatas 6:14) …”Eu vivo, mas já não sou eu; é Cristo que vive em mim. A minha vida presente, na carne, eu a vivo na fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” (Gálatas 2:20) …Sabemos muito bem que o nosso homem velho foi crucificado com Cristo, para que o corpo de pecado fosse destruído e assim já não sejamos mais escravos do pecado. (Romanos 6:6).

Aqueles que desprezam a Santa Cruz representada no crucifixo esquecem-se de que o Cristo nele representado não tem por objetivo substituir o Cristo que habita nas alturas eternamente em Glória, aquele que é Deus pela Santíssima Trindade. O argumento da idolatria ignora o fato de que Deus se revelou ao homem por meio da pessoa humana de Jesus, e que a partir de Jesus inaugurou-se uma nova ‘Economia’ da Imagem Divina, pois em Cristo, o verbo encarnado, nos foi mostrado o semblante de Deus. O que não ocorria no Antigo Testamento.

“Ele é a imagem de Deus invisível, o Primogênito de toda a criação.  Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e as invisíveis. Tronos, dominações, principados, potestades: tudo foi criado por ele e para ele. Ele existe antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem nele.” (Colossenses 1: 15-17)

Por outro lado, ateus e afins afirmam que a simples existência de um crucifixo ou qualquer símbolo religioso num edifício público é uma afronta ao Estado Laico e a promoção do Estado Clérigo. Um argumento falso que ignora totalmente a herança cultural da civilização ocidental da qual o Brasil faz parte, onde o Cristianismo teve um papel imprecindível em sua formação, desenvolvimento e existência.

É preciso também lembrar que os católicos não sub-estimam ou desprezam a Ressurreição de Cristo, na verdade, a Igreja Católica exalta o Senhor Ressuscitado em muitos aspectos de sua tradição. Além da celebração da Páscoa Cristã, a mais importante data da Igreja, juntamente com o Natal, todos os domingos,  na Santa Missa, antes da Liturgia da Palavra começar, recitamos ou cantamos o ‘Gloria in Excelsis Deo’, uma tradicional oração católica na qual louvamos a Deus Pai e a Jesus Ressuscitado:

“Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças, por vossa imensa glória.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor; só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai.” Amen.

 

No entanto, o crucifixo na tradição católica é um memorial do Sacrifício Redentor de Jesus através do qual todos nós fomos salvos. Como afirma São Paulo, não devemos perder de vista o que este grande ato de amor que a Cruz representa. Sendo Deus, Jesus resuscitou e subiu aos céus em Glória, mas Ele sofreu na Cruz como homem por amor a nós. Através de Seu sangue todos os que crêem e são batizados serão salvos.

24Levou ele mesmo no seu corpo os nossos pecados sobre a cruz, para que, mortos para o pecado, pudéssemos viver para a justiça. Pelas suas feridas fomos sarados. (1 Pedro 2:24)

“Irmãos, eu mesmo, quando fui ter convosco, não me apresentei com o prestígio da oratória ou da sabedodoria para vos anunciar o mistério de Deus. Entre vós, eu não quis saber outra coisa a não ser Jesus Cristo, e Jesus Cristo crucificado. “(1 Cor 2, 1-2)” … nós, porém, anunciamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos… “-(1 Cor 1, 23)

A Bíblia nos dá muitos exemplos sobre o mistério pascal e as graças que recebemos , como cristãos, por causa do Sangue de Cristo. Aqui estão alguns exemplos:

Hebreus 9:22 “…E sem derramamento de sangue não há remissão de pecados”.

1 João 1:7 “… o sangue de Jesus Cristo, Filho de Deus, nos purifica de todo pecado.”

Colossenses 1:20 “para, por meio d’Ele, reconciliar consigo todas as coisas, tanto as terrestres como as celestes, estabelecendo a paz pelo seu sangue derramado na cruz…”

Hebreus 9:14 “Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência …”

Hebreus 10:19, 22 “Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus…”

Apocalipse 1 : 5 “… Aquele que nos amou e nos lavou de nossos pecados com seu próprio sangue.”

Em outras palavras, a Cruz de Jesus não é qualquer cruz. É por causa do Seu precioso sangue derramado sobre ela que este se tornou um símbolo sagrado e um memorial para todos os cristãos. Jesus, o Salvador, não pode ser separado da sua Cruz e da sua paixão. É por isso que os católicos devem não apenas continuar a usar crucifixos e a tê-los em casa, mas devem ser encorajados a honrar e respeitar-lo como parte de nossa tradição cristã, e símbolo do Sacrifício que o  Senhor ofereceu por nós. Devemos nos opor a qualquer tentativa de banir essa herança cristã das repartições públicas brasileiras.

Anúncios

Sobre Hellen

Católica militante, expatriada, mãe e arquiteta e estudante de Direito. Quando há tempo, engajada na "missão" de defender a fé católica e evangelizar aos irmãos católicos, especialmente aqueles afastados da Santa Fé . I am an expat architect, law student and Catholic mommy who's taken on blogging. I've doing this for a few years now and I'm totally hooked up. All for the Glory of God!
Esse post foi publicado em Apologética Católica, Tradições Sagradas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para Porque os Católicos devem se mobilizar contra a retirada dos Crucifixos das repartições públicas

  1. Januário disse:

    Se a repartição é pública, significa dizer que pertence ao povo, ou seja, é sustentada com nossos impostos. Nesse caso o Judaísmo, Hinduísmo, Islamismo, Budismo, Xintoísmo, Sikhismo, Bahai, Jainismo, além do Catolicismo, também merecem um símbolo de suas religiões. Vocês não acham?

    Não! Isso não daria certo.
    Melhor não colocar nada nas repartições públicas, e cada um cultue do seu jeito.

    Curtir

  2. Senhores(as), acredito que a discução em si sobre a retirada ou não do “CRUSSIFIXO” tomou uma direção errada.
    Na realidade o que ele quer representar, quando aparece em orgãos públicos, é o “QUARTO PODER”, e não há nada de religião nisto e sim o poder sobre o “POVO”.
    Abram suas mentes para tudo o que nos rodeia, pois através das religiões estamos sendo manipulados por politicos praticantes de religiões ou não.
    É fato que o “crussifixo” em sí, representa a Igreja Católica que sempre esteve nos poder, por ter a maioria da população, e em outros tempos ja foi o primeiro poder, na época dos TEMPLÁRIOS, hoje só é o quarto, abraços aos irmãos e aos amigos(as)!

    Curtir

  3. Fabiano disse:

    Siga as Palavras das Escrituras Sagradas. Religião é do homem, o homem é falho. Deus é perfeito e suas palavras devem ser seguidas.
    Mt 22.14
    Dt 7.26
    Ex 20.1-6
    É simples, ou vc acredita na palavra de Deus ou continua a inventar desculpas para nao aceitar.

    __________________________-

    Prezado Fabiano,

    Seu erro é crer que as Sagradas Escrituras têm o poder de fazer todo mundo entender o que ela convém sem equívocos ou mal-entendidos! Isso NÃO é o caso!! Se fosse, TODOS os cristãos concordariam sobre TUDO o que nela se encontra, mas o oposto ocorre. Existem no mundo por volta de 50 mil denominações protestantes, cada uma com SUA PRÓPRIA interpretação dita “INFALÍVEL” da Revelação Divina ou Sagrada Escritura. Como o vc explica isso? O Espirito Santo é UM e DEUS é UMA Verdade, como pode haver igrejas pregando 50 mil VERDADES diferentes? A quem está enganando?
    Com isso quero dizer: Jesus Cristo designou o ofício de transmissão da Revelação Divina aos seus Santos Apóstolos. Por isso SOMENTE uma Igreja VERDADEIRAMENTE APOSTÓLICA pode ser considerada fiel aos desígnios de Deus.

    Leia Mateus 16:18 e descrubra a quem Ele delegou tal ofício e enterá!

    O BLOG

    Curtir

    • Pedro disse:

      Nenhum seguidor da verdadeira Palavra de Deus acredita que ela (palavra escrita) tenha o poder de nos dar o entendimento. Quem faz qualquer um entender tudo certinho é o Espírito Santo. Ler por ler é como uma reza decorada e repetida, de nada serve (Mateus 6:7).

      Curtir

      • Helen disse:

        Pedro,
        Eis que finalmente chegamos a um denominador comum. O Espirito Santo, aquele soprado por Jesus em seus Apostolos, eh o UNICO capaz de ensinar a Verdade, com V maiusculo. Pois Deus nao engana e nao eh enganado, e Deus eh a Verdade, e a Verdade eh uma so. A Santa Igreja eh a unica a afirmar ser guidada justamente pelo Espirito Santo, nao ha outra que tenha ousado afirmar o mesmo. Isso porque a promessa de Cristo foi feita aos apostolos e Igreja catolica eh apostolica. Portanto, fico cada mais mais convencida de que as mais de 30 mil denominacoes protestantes NAO podem de maneira alguma possuir a Verdade, pois a partir do momento que ha mais de uma interpretacao para a mesma Sagrada Escritura, sabe-se somente UMA esta correta, e NAO 30 mil.

        Quanto a SUA interpretacao de Mateus 6:7…. Lamento dizer que o verso nao trata de ‘reza decorada’ e repetidas… Se reza decorada nao servisse para nada o Proprio Senhor Jesus Cristo NAO teria ensinado aos seus discipulos o Pai Nosso. O Proprio senhor Jesus Cristo nao teria, no Jardim das Oliveiras, rezado TRES vezes a mesma reza ao Pai eterno!!! Teria?

        Saiba querido Pedro, que Jesus era Judeu, e que a tradicao Judia esta REPLETA de preces escritas para diferentes ocasioes, repetidas piamente pelo bom Judeu, cada qual em sua ocasiao. Prova disso sao os Salmos, que no tempo de Jesus eram recitados DIARIAMENTE pelos Judeus em louvor a Deus.
        Como o Catolicismo eh a continuacao do Judaismo em Cristo, nos catolicos AINDA preservamos a tradicao do Rei Davi, e recitamos o Santo Oficio – ou seja – as 3 preces minimas do dia – Laudos, Vespers e Compline – Eh obrigatoria aos Catolicos ordenados, facultativa aos leigos. Mas, sim, rezamos o Angelus, as 6 da manha e 6 da noite, pois nem todo catolico tem acesso ao livro do Santo Oficio, assim como nao tinham acesso os recem conversos ao cristianismo aos 150 salmos e por isso rezavam o Pai Nosso 150 vezes por dia, TODO dia!!!

        Pois bem, amigo Pedro, espero que esta minha singela e breve explicacao seja suficiente para lhe mostrar que eu li mais sobre a historia do Cristianismo do que o sr estava a julgar, mas principalmente, que lhe sirva de alerta para tirar as vendas dos olhos e PARAR de criticar e julgar o que NAO conhece ou sabe!

        Paz,
        Helen

        Curtir

        • Pedro disse:

          Você pode orar (a mesma oração) quantas vezes desejar, até que sua petição seja atendida, mas não pode transformá-la numa reza decorada (como se fosse um remédio guardado num frasco).
          Uma criança pede sorvete ao pai e insiste até que seu pai lhe dê sorvete; depois, quando ela quiser “passear”, não irá retirar o “pedido de sorvete” da sua memória para conseguir “passear”.
          Imagine se eu estiver com “dor de cabeça” e rezar o “Pai Nosso”; Deus encherá minha casa de “pão”, mas eu continuarei com “dor de cabeça”.
          A oração “modelo” que Jesus nos ensinou foi para nos orientar sobre como nos dirigirmos ao Pai, e não para que a repetíssemos como se fosse uma fórmula mágica, ou uma penitência (castigo por pecados praticados), como o padre costuma fazer após a confissão.

          Curtir

          • Helen disse:

            Sr. Pedro,

            O sr disse: ” Você pode orar (a mesma oração) quantas vezes desejar, até que sua petição seja atendida, mas não pode transformá-la numa reza decorada (como se fosse um remédio guardado num frasco).”

            Muito bem, vejo que ao menos nisso estamos de acordo!!! Mas por favor, nao presuma ou suponha que o catolico reza apenas preces formais. Eu por exemplo, qdo posso recito o Santo Oficio mais as minhas oracoes expontanes, mas normalmente me dirijo a Deus somente de maneira expontanea, ou seja, ofereco-lhe as preces diretamente do meu coracao, com as palavras que o Espirito Santo poe na minha boca.

            O problema maior dos protestantes como o Sr eh querer julgar algo que mal conhecem. Acredita mesmo que um Catolico orando por um filho enfermo, por exemplo, vai falar com Deus por meio de um simples Pai Nosso, ou vai abrir seu coracao e rezar com a emocao de uma pessoa que tem fe? Pense um pouco…

            Ja que o Sr gosta tanto de ‘ensinar’ as pessoas, sugiro sinceremente que leia as paginas do Livro Jesus de Nazare, do Papa Bento XVI, no capitulo onde ele trata da oracao do Pai Nosso. Eh uma aula de teologia que vai te encher os olhos e o coracao. Joseph Ratiznger eh considerado o maior teologo vivo no mundo de hoje, alem de ser um homem de Deus, eh inteligentissimo e tem muitissimo a ensinar.

            Se quiser acabar com seu preconceito leia aqui o que o Papa, que eh a autoridade maior dentro da Igreja de Cristo aqui na terra, fala sobre a oracao. Aqui esta a prova clara, preto no branco, para o sr definitivamente abandonar sua visao um tanto preconceituosa que tem dos catolicos e seu modo de orar…

            Curtir

            • Pedro disse:

              Sobre a oração, concordo contigo, mas seu ponto de vista não é o que acontece, realmente, nas igrejas (não só católicas). Eu citei a “reza”, em referência a “ler por ler a Bíblia”.
              Eu reconheço a inteligência do atual Papa, e sei que ele gostaria de corrigir muitas coisas, mas sei que ele está rodeado de pessoas com suas mentes cauterizadas pelas tradições, e não cederão com facilidade.

              Eu não sou presbítero, teólogo, inteligente, e não falo línguas estrangeiras, nem tenho nada de mim a ensinar pra ninguém, assim como nunca escrevi livro nenhum.
              Eu só posso contar com a sabedoria do Espírito Santo; mas tenho uma última ressalva:
              1 Coríntios 3:19-20
              19 Porque a sabedoria deste mundo é loucura aos olhos de Deus. Pois está escrito: “Ele apanha os sábios na astúcia deles”;
              20 e também: “O Senhor conhece os pensamentos dos sábios e sabe como são fúteis”.

              Curtir

  4. Rogério Miranda Chagas disse:

    O mal invade os corações e a mente dos que se afastam da cruz salvadora de Jesus Cristo; o massacre já começou, e foi numa escola, numa repartição pública, que com certeza já tinha aderido aa retirada do crucifixo.

    Curtir

    • Fabiano disse:

      Sinceramente eu nao sabia que tinha sido a cruz que salvou a Jesus. Aquele que acredita nisso tenha uma cruz para adorar e já esteja preparado para arcar suas contas com Jesus. Jesus Cristo é o nosso Senhor e não a cruz.

      É importante ler a bíblia, independente de qualquer religião, leia as escrituras sagradas lá tem-se a resposta para todas as perguntas. Não acredite no dogmatismo imputado por seres mortais. Abra a mente, Deus está te chamando! Existe uma coleção que eu particularmente gostei, se chama “Ferramenta” http://www.edferramenta.com.br é um ponta pé para o estudo biblíco. Não ignore, leia a bíblia.

      Curtir

      • Helen disse:

        Sr Fabiano,
        Talvez vc não tenha entendido o conteudo do texto que leu acima. A Santa Cruz é o memorial do Sacrifício Redentor de Cristo que nos salvou, e por isso deve ser exaltada, não como um mero objeto, mas pelo que ela representa. Negá-la, seria como negar a paixão de Cristo. Desde a antiguidade, quando ainda não havia o tal «evangelicalismo protestante», essa é uma prática dos cristãos primitivos. Basta dizer que Sta. Helena, já nos primeiros séculos do cristianismo, recebeu revelação do Senhor sobre onde se encontrava a relíquia da Cruz de Cristo, e em idade avançada deslocou-se à terra Santa desde Roma, para reaver tal relíquia, que hoje se encontra no acervo do Vaticano.

        Qdo vc ‘aconselha’ que não se «Não acredite no dogmatismo imputado por seres mortais», sugiro que siga o próprio conselho, pois suas opiniões estão pesadamente carregadas e influenciadas pelos preceitos protestantes difundidos por ‘seres mortais’, tais como Lutero, Calvino e tantos outros.

        O Blog

        Curtir

  5. Pingback: Images of Jesus Christ

Seja respeitoso. Não ataque o autor, debata sua idéia. Não use linguagem obscena, profana ou vulgar. Fique no tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s